Aposte no "fan"







 Artigo de Angelo Alberoni, originalmente publicado  no website Betzilian .

Você já ouviu falar do Copa90? E da Arsenal FanTV? Com certeza já acessou os vídeos da FullTimeDEVILS ou da sua rival The RedmenTV, ok? Caso sua resposta seja não para todas essas perguntas, você continua assistindo aqueles programas enfadonhos de domingo à noite onde se escuta sempre mais do mesmo, pelos ditos “conhecedores” de futebol.

Todos esses canais estão no Youtube e são formas de os fãs do futebol mostrarem quem, de fato, entende do jogo ou pelo menos do seu clube de coração.

De todos, o Copa90 é, de longe, talvez por ser multiclubistico, o mais interessante e o que possui o maior número de usuários e conteúdo, explorando quase todas as plataformas digitais, entre elas o Instagram (141k), o Twitter (160K) e, claro, o Youtube (1.5M). Bem resumidamente, o canal Copa90 foi comprado em 2012 pela Big Balls Media, e tem como principal foco o conteúdo produzido de fans para fans, com uma rede superior a 200 colaboradores pelo mundo, que produzem conteúdo original e sempre através da visão emocional do torcedor.

 

  

 

Com o objetivo de transmitir a mesma mensagem (feito pelo fan para os fans) todos os outros canais têm como foco o clube de coração de seus criadores, caso da Arsenal FanTV. O canal começou como uma brincadeira de seu apresentador, o antigo locutor de reggae da BBC Radio, Robbie Lyle, onde ele e seu câmera man, ‘Tal’, entrevistavam torcedores dos gunners antes e após as partidas no Emirates Stadium.

Hoje, o canal possui mais de 764K inscritos e seus vídeos já foram visualizados algumas milhões de vezes, sem falar nos programas semanais e na participação de astros do time vermelho de Londres, como Wellbeck, Xhaka e outros.

 

 

E o Brasil? Possui fans produzindo conteúdo para fans? A resposta é sim, mas ainda um tanto tímidos.

Em uma pesquisa rápida no Youtube, sobre os cinco principais clubes em torcida do país (Flamengo, Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Vasco da Gama), encontramos poucos canais genuinamente construídos e administrados por fans, tais como aqueles que são uma febre na Inglaterra.

O grande fenômeno entre eles é o Corinthians MilGrau. Criado em 2013, o canal possui 736K de assinantes e mais de 132mi visualizações, além de 199K seguidores no Instagram, 130K no Twitter e 601K no Facebook. Esses números, principalmente no Youtube, são impressionantes se compararmos com seus adversários.

 

 

Atualmente, a publicidade em televisão ficou extremamente cara e, em relação ao custo de aquisição por cliente (CPA), mesmo sendo um canal de “massa”, bateu níveis inviáveis, principalmente quando comparado ao alcance à um público-alvo específico a partir de estratégias bem desenhadas no ambiente digital e suas multiplataformas associado aos seus custos.

No ambiente digital, a criatividade na geração de leads para as landing pages e posterior conversão de clientes no ambiente esportivo tem que ser extrapolada, pois as estratégias são quase sempre muito parecidas (tv, banners em blogs, placas em jogos, etc.), ações que cobrem basicamente a primeira etapa da jornada do cliente e, muitas das vezes, sem o interlocutor perfeito, além de não produzirem qualquer ROI efetivo para a empresa.

Aqui existe uma oportunidade. Os espaços criados por fans, com conteúdo feito e distribuído por eles, é um excelente espaço para associação entre marcas que estejam diretamente ligadas ao ambiente do futebol e, nisso, as casas de apostas desportivas online se encaixam bem, pois oferecem um produto com emoção, imprevisibilidade, paixão e prêmios!

Fica a dica!

 

O autor Angelo Alberoni:




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$300

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar


Outros Artigos