Guia do Paulistão A2







 

Fala Pessoal! Sou Fernando Pereira, do Blog Punter na Área, quando recebi o convite para pesquisar e fazer um guia das Séries A-2 e A-3 retornei à minha infância.
Lá pelos idos de 1991/92, quando comprava os guias e escutava no rádio os jogos do Norusca (Noroeste, time de Bauru, cidade do articulista), buscava informações de times e via o interior revelar sempre surpresas como o Mogi de Rivaldo, Leto e Válber ou o União São João de Israel, Ozias ou o Guarani de Edilson.
São imensas memórias afetivas. Uma pena que as federações ano a ano tentem matar o maior patrimônio tirando o espaço para um calendário dos times menores, mas isso é assunto para outra hora.
Agora vamos pegar a velha locomotiva do trem que cortava o Estado e passear por diversas cidades.

Abraços e ótima Leitura!

 

Série A2
Clubes:16
Período: 17 de Janeiro a 7 de Abril
Fórmula de Disputa
Times jogam todos contra todos entre si na 1º Fase em Turno Único, os 4 primeiros se classificam para as semifinais e os dois últimos serão rebaixados para Série A3 2019.

Raio X
Mais enxuta a A2 conta com times de tradição nacional como Guarani e Portuguesa.
Os 15 jogos da Primeira Fase são distribuídos em apenas 2 meses, uma bola fora da Federação pois para muitos times o ano se encerra ai.
Entre os favoritos Inter de Limeira e XV de Piracicaba, com boas campanhas na Copa Paulista e Oeste, com ótima campanha na Série. Água Santa e Guarani vem logo atrás.
Mas por ser uma competição com muitos jogos em um curto espaço de tempo podem existir surpresas, que consigam uma boa série de vitórias.


 

Esporte Clube Água Santa

Estádio: Distrital do Inamar - 10.000 (Capacidade)
Fundação: 27/10/1981
Cidade: Diadema
Série A2 2017: 3º Colocado
Site: http://www.aguasanta.esp.br/

O Netuno iniciou sua história como um time Amador, com uma história riquíssima e cheia de títulos, e decidiu a partir de 2013 disputar Campeonatos Profissionais e em sua estreia já conquistou o acesso e continuou seu acesso meteórico até chegar a Série A1 em 2016.
Porém, apesar de uma goleada de 4x1 no Palmeiras, o time não conseguiu se manter na Elite e foi rebaixada. Em 2017 fez uma ótima Série A2 e perdeu o acesso na disputa por pênaltis contra o Bragantino, após liderar a competição na 1º fase.
Para 2018 as expectativas são enormes para o Netuno. O time fez boas contratações e conta com o apoio de sua participativa torcida. Comandados por Jorginho. o Água deve brigar na parte de cima e lutar pelo acesso.

Expectativas: Acesso

 

Grêmio Osasco Audax



Estádio: José Liberatti - 17.430 ( Capacidade)
Fundação: 8 de Dezembro de 1985
Cidade: Osasco
Série A1 2017: 16º Rebaixado
Site: http://www.audaxsp.com.br/

O Audax começou suas atividades no futebol profissional como Pão de Açúcar em 2007, disputando a 4º divisão Paulista e após 3 anos chegou a Série A-2, em 2010.
A partir de 2011 mudou seu nome para Audax e em 2013 conseguiu o acesso a Série A1.
Em 2016,comandado por Fernando Diniz, o Audax eliminou São Paulo, Corinthians e por pouco não conquistou o Paulistão, parando na derrota por 1x0 para o Santos na Vila.
No ano seguinte a equipe, enfraquecida, foi rebaixada e fez um papel ruim na Série D e na Copa Paulista.
Para 2018, o técnico Luciano Quadros comanda a reformulação e irá contar com diversos jogadores da base. A expectativa é de uma campanha para meio de tabela, porém, ao contrário de anos anteriores o time precisa tomar cuidado com o rebaixamento.


Batatais Futebol Clube


Estádio: Oswaldo Scatena – 15.000 ( Capacidade)
Fundação: 18 de Setembro de 1919
Cidade: Batatais
Série A2 2017 – 5º Colocado
Site: Não Tem

Após dois anos batendo na trave o Batatais, do técnico Alexandre Ferreira, busca finalmente conseguir o acesso e comemorar seu centenário na elite. Porém o time lida com diversos problemas financeiros, que foram postos de lado nas duas ultimas temporadas, mas que podem refletir agora. Dificuldades para contratar e um campeonato extremamente complicado. Mesmo com o vice da Copa São Paulo, parece que as revelações não renderam dinheiro ao clube. Sendo assim as expectativas são modestas na Ghost Arena.

 

Guarani Futebol Clube
 


Estádio: Brinco de Ouro da Princesa – 29.130 ( Capacidade)
Fundação: 2 de Abril de 1911
Cidade : Campinas
Série A-2 2017: 6º Colocado
Site: http://www.guaranifc.com.br

Ao lado da Portuguesa o Bugre é o time que conseguiu voôs mais altos nacionalmente nesta Série A2.
 Ano passado o roteiro no Paulista e no Brasileiro foram parecidos, o time começou bem a competição e caiu de rendimento. No Paulista ainda ficou em 6º, mas na Série B a queda não veio por pouco.
 O Campeão Brasileiro de 78 e Vice em 86 apostou na mudança trazendo Fernando Diniz, mas o treinador abandonou o barco e partiu rumo ao CAP-PR, pega de surpresa a diretoria efetivou Umberto Louzer. O interminável Fumagalli é o nome mais conhecido, provável que jogue menos pela condição física. Onde o Bugre pode chegar? Uma incógnita total.
 

AA Internacional de Limeira


Estádio: Major José Levy Sobrinho (Limeirão) – 45.000(Capacidade)
Fundação: 5 de Outubro de 1913
Cidade: Limeira
Série A3 2017 :2º Colocada – Acesso
Site: https://www.interdelimeira.com.br/
 

A Campeã Paulista de 1986 retorna a A2 após 9 anos de ausência. Comandada por João Vallim que chegou em 2016, livrou a equipe da queda na A3 e conseguiu o acesso ano passado e o Vice da Copa Paulista.

Tudo isso coloca a Inter como uma das favoritas ao acesso, pois o grupo é praticamente o mesmo.

 

Clube Atlético Juventus
 

Estádio: Conde Rodolfo Crespi (Rua Javari) – 5.000 ( Capacidade)
Fundação: 20 de Abril de 1924
Cidade: São Paulo
Série A2 2017 – 7º colocado
Site: http://www.juventus.com.br/

Um dos times mais tradicionais de São Paulo, o Juventus da Mooca vem com o técnico Edmilson de Jesus, um estudioso do futebol. O elenco conta com alguns jogadores conhecidos como Rosinei (ex-Corinthians) e Wendell (ex-Palmeiras).

Ano passado a equipe fez uma fraca campanha na Copa Paulista e ficou no meio da tabela da Série A2, o que deve ser novamente o destino nesta temporada.
 

 

Nacional Atlético Clube
 

Estádio: Nicolau Alayon - 10.117 ( Capacidade)
Fundação: 16 de Fevereiro de 1919
Cidade: São Paulo
Série A3 2017: Campeão
Site: http://nacionalacsp.com.br/

Campeão da Série A3 no ano passado, o Naça pegou um grupo forte na Copa Paulista e ficou na 5º colocação, sendo eliminado na 1º Fase.

O técnico Betinho tenta surpreender, como no ano passado, e ascender para Elite, que seria uma conquista sensacional, pois o Nacional completa 100 anos ano que vem. A tarefa é bem difícil e o Naça deve frequentar o meio da tabela.
 

Oeste Futebol Clube


Estádio: Arena Barueri – 31.452 ( Capacidade)
Fundação: 25 de Janeiro de 1921
Cidade: Barueri
Série A2 2017: 11º Colocação
Site: http://www.oestefc.com.br/

O Oeste é um caso curioso, após mais de 90 anos trocou de cidade, saiu de Itapolis e foi para Barueri, uma briga entre os gestores do time e a prefeitura fez uma grande história e uma torcida ser deixado para trás. Ano passado a equipe fez uma campanha ruim na Série A2 e uma grande campanha na Série B, terminando na 6º colocação e até brigando pelo acesso.
O técnico Roberto Cavalo foi mantido, assim como o craque do time Mazinho, o Messi Black.
Alguns jogadores como Guilherme Romão e o goleiro Felipe deixaram o clube, mas a base continua. E isso faz com que o Rubrão deva brigar por uma vaga nas semifinais.

 

Clube Atlético Penapolense



Estádio: Tenente Carriço – 8.769 ( Capacidade)
Fundação: 16 de Novembro de 1944
Cidade: Penápolis
Série A2 2017 : 9º Colocada
Site: Não Tem

Comandada por Thiago Oliveira, o CAP quer fazer uma boa campanha nesta Série A2.O time tem como destaque Leandro Love, que subiu com o São Bento para Série B Nacional.
Os planos do técnico são, primeiramente, se manter na A2, pois existem clubes com orçamento bem maior.

 

Associação Portuguesa de Desportos



Estádio: Canindé – 21.004 ( Capacidade)
Fundação: 14 de Agosto de 1920
Cidade: São Paulo
Série A2 2017 :13º Colocada
Site: http://portuguesa.com.br/

A Lusa vive o pior momento de sua história. Sem divisão nacional após fracassar na Série D, a equipe aposta em Guilherme (AQUELE Ex- Galo) para comandar a equipe. O ano passado foi bem complicado para Lusa que lutou contra a queda no Paulista e ficou nas semifinais da Copa Paulista contra a Ferroviária.
Alguns nomes conhecidos como Willian Batoré, reforçam a equipe e até Zé Roberto, pode sair da aposentadoria e tentar um último gás nesta caminhada. Por hora e pela preparação, a Lusa corre por fora, até pelos tantos problemas administrativos que enfrenta.
 



Rio Claro Futebol Clube



Estádio: Schimidtão – 8.284 ( Capacidade)
Fundação: 9 de Maio de 1909
Cidade: Rio Claro
Série A2 2017: 4º Colocado
Site: Não Tem

Após bater na trave ano passado na briga pelo acesso, perdendo para o São Caetano, o Rio Claro aposta em Fahel Junior para dar um passo a mais.
O presidente Luiz Balbo tem diversos atritos com a torcida, o que atrapalha a equipe. Como exemplo foi a saída do técnico Sérgio Guedes, comandante na Série A2 2017, tinha contrato até o final de 2018 e após criticar a falta de planejamento do clube para a temporada foi desligado, sem muitas explicações.
A chegada de Fahel, muito pela pressão da torcida, é a esperança de reviver o ótimo trabalho dele em 2014. Entre os jogadores a maioria são de nomes desconhecidos, destaque para Acleisson.
 


São Bernardo Futebol Clube



Estádio: Primeiro de Maio – 15.159 ( Capacidade)
Fundação: 20 de Dezembro de 2004
Cidade: São Bernardo do Campo
Série A1 2017: 15º ( Rebaixado)
Site: http://www.saobernardofc.com.br/


Rebaixado da A1 em 2017, o Bernô conta com o forte apoio da cidade para retornar a Elite.

Na Série D a equipe ficou nas Oitavas de Final, perdendo nos pênaltis para o São José.

O técnico Wilson Jr foi mantido e reforços chegaram ao Primeiro de Maio.
 


Sertãozinho Futebol Clube


Estádio: Frederico Dalmaso - 7.860(Capacidade)
Fundação: 6 de Agosto de 1944
Cidade: Sertãozinho
Série A2 2017: 8º colocado
Site: http://www.sertaozinhofc.com.br/


Comandando pelo experiente Ruy Scarpino o Sertãozinho iniciou sua preparação no fim de Novembro de 2017 para A2.

O 8º lugar ano passado acabou satisfatório e a equipe acabou não disputando a Copa Paulista.


Esporte Clube Taubaté



Estádio: Joaquinzão – 10.000 ( Capacidade)
Fundação: 1º de Novembro de 1914
Cidade: Taubaté
Série A2 2017: 10º colocado
Site: http://www.esporteclubetaubate.com.br/
 

Após um 2017 discreto tanto na Série A2 e Copa Paulista, o Burro da Central deposita suas esperanças no treinador Alberto Felix.

Os jogadores mais conhecidos são Fábio, ex-Palmeiras, e Elivelton, ex-Santos.
Os bons jogos do time na 1º fase da Copinha são um alento para que o time use jogadores da base.



Clube Atlético Votuporanguense



Estádio: Plínio Marin – 8.145 ( Capacidade)
Fundação: 11 de Dezembro de 2009
Cidade: Votuporanga
Série A2 2017 :14º Colocado
Site:
http://www.cavotuporanguense.com.br/

O técnico Rafael Guanaes é estreante na Série A2 e após escapar da queda ano passado pelo saldo de gols a equipe de Votuporanga vem toda renovada, pois parou suas atividades pós o Paulista.

O elenco todo foi montado para a competição.


 

Esporte Clube XV de Novembro



Estádio:Barão da Serra Negra – 18.000 ( Capacidade)
Fundação: 15 de Novembro de 1913
Cidade: Piracicaba
Série A2 2017 : 12º Colocado
Site:
http://www.xvpiracicaba.com.br/

Um dos mais tradicionais clubes do interior, o XV quer traduzir o sucesso que tem tido na Copa Paulista para a Série A2. A manutenção de Evaristo Piza no comando da equipe foi um dos pontos principais.

O time mantém diversos jogadores da campanha e deve se apoiar nesse entrosamento.
 




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar