Tudo o que você precisa saber sobre o Gauchão 2018







Por Paty Fagundes

Guia do Campeonato Gaúcho 2018

Mais uma temporada do futebol gaúcho se inicia no dia 17 de janeiro e nós aqui do Aposta10 trazemos para você um pouco sobre cada equipe participante da edição de 2018 e o que podemos esperar dessa temporada. No ano de 2017, tivemos uma zebra, uma equipe do interior vencendo os grandes clubes. Será que em 2018 o Novo Hamburgo será novamente o “Leicester dos Pampas”? Acredito que o raio não deva cair duas vezes seguidas no mesmo lugar. Sem mais delongas, vamos ao que interessa, tchê.

Como funciona o Gauchão 2018

A competição terá nesse ano um grupo único com 12 clubes participantes e enfrentamentos das equipes em turno único. As primeiras oito colocadas passam para as quartas de final e a partir daqui é mata-mata com jogos de ida e volta, assim como na semifinal e na final.

Internacional

Sem dúvidas, 2018 é um ano de recomeço para o clube do Internacional. Após um ano pela primeira vez na segunda divisão nacional, o Inter conseguiu subir para a primeira divisão novamente. No Campeonato Gaúcho de 2017, conseguiu chegar a final, mas foi batido pelo Novo Hamburgo, que conquistou seu primeiro título. Neste ano, o título do Gauchão pode dar um gás inicial para a temporada do Inter.

Quem chega:

O meia Martín Sarrafiore do Huracán, lateral direito Ruan do ABC e Dudu do Figueirense, volantes Fernando Bob emprestado a Ponte Preta, Patrick do Sport e Gabriel Dias do Paraná. Atacantes Wellington Silva do Fluminense, e Roger do Botafogo. Ainda podem surgir novos nomes em negociação por parte do clube.

Quem sai:

O zagueiro Léo Ortiz, laterais Geferson e Carlinhos, o meia Alex Santana e os atacantes Eduardo Sasha, Aylon, Diego e Carlos retornando ao Atlético-MG. Ainda há negociações para saída do lateral direito Alemão, o atacante Nico López e o zagueiro Eduardo Bauermann.

Avaliação: Candidato ao título

Grêmio

Mais uma equipe que chega com muita força para buscar o título. Diferente do rival Internacional, o Grêmio teve um ano de 2017 muito bom com o título da Copa Libertadores. No Campeonato Gaúcho de 2017, o clube foi eliminado pelo Novo Hamburgo nas semifinais. Embora seja muito favorito, a equipe também passou por modificações e o campeonato estadual pode servir de base para ajustar o time para o ano. Luan foi preservado, mas praticamente todo o ataque deve ser modificado. Também há uma preocupação por parte do Grêmio em volta a vencer a competição, sendo que a última vez foi em 2010; de lá para cá o rival Internacional levou todos, exceto o de 2017. Vale ter cuidado nas apostas nos primeiro jogos do time gremista, já que teremos em campo um elenco de transição.

Quem chega:

O zagueiro Paulo Mirando do RB Leipzig da Alemanha, o lateral direito Madson do Vasco, o lateral esquerdo Iago voltando de empréstimo do Figueirense, os meias Alisson do Cruzeiro, Thaciano do ABC, e Lima do Ceará (voltando de empréstimo). O volante Moisés Gaúcho retornando da Chapecoense e os atacantes Guilherme retornando do Botafogo e Nicolas Careca retornando do Figueirense. Ainda há interesse em Sassá do Cruzeiro, Adriano Imperador e Carlos Henrique do Londrina.

Quem sai:

O zagueiro Denilson, lateral direito Edílson, lateral esquerdo Raul e atacantes Lucas Barrios, Batista, Fernandinho, Jael e Arroyo.. Ainda há interesse do Barcelona pelo volante Arthur e Jailson pelo Hoffenheim.

Avaliação: Candidato ao título

Juventude

Uma equipe que chega com boas possibilidades de competir com os grandes clubes. Em 2017, retornou à Série B e garantiu sua permanência conquistando a 9ª posição. No Gauchão de 2017, a equipe de Caxias do Sul foi eliminada nas quartas de final e em 2016 foi vice-campeã. Seu primeiro e último título da competição veio lá em 1998; desde então o clube Jaconeiro vem se destacando e pode a qualquer momento surpreender. Atualmente comandando por Antonio Carlos Zago, o clube fez quatro novas contratações para a temporada e trouxe o lateral esquerdo Fernando das categorias de base.

Avaliação: Pode surpreender

Veranópolis

O Veranópolis, clube fundado em 1992, tem sido um coadjuvante no Campeonato Gaúcho. Na edição de 2017 se classificou para as quartas de final, mas foi eliminado pelo Grêmio por um placar agregado de 7 a 0. Seu maior feito foi o 3ª lugar na edição de 2007. E para complicar ainda mais, alguns atletas da competição passada se destacaram e acabaram sendo vendidos para clubes da segunda e terceira divisão nacional, o que dificultou a remontagem da equipe.

Avaliação: Coadjuvante

Novo Hamburgo

O campeão gaúcho de 2017, ganhou uma legião de novos fãs no Rio Grande do Sul com sua boa atuação que resultou no primeiro título estadual do clube. Já na Série D o time não passou da fase de grupos, mas se prepara para uma boa campanha novamente esse ano, que também terá Recopa Gaúcha e Copa do Brasil.

Sem dúvidas, será bem difícil o “Nóia” conseguir alcançar o feito do ano passado, até mesmo por ter perdido atletas daquele plantel. Os atacantes Edson Pernambucano e Branquinho e o centroavante Flávio Torres foram contratados e uma joia da base subiu para o elenco profissional, o goleiro Arthur de Marco. Além do guarda redes, o meia Filipe Fraga e o volante Rafael Pereira também assinaram seus primeiros contratos com o clube anilado como profissionais. Acredito que o Novo Hamburgo até possa passar sim da primeira fase, mas neste ano dificilmente levará o título.

Avaliação: Coadjuvante

Avenida

O Avenida caiu para a segunda divisão do estadual em 2015 e retornou à primeira divisão com o vice-campeonato da Divisão de Acesso em 2017. O time fez boa campanha na segunda divisão e tem se destacado nos jogos treinos, inclusive empatando com o Grêmio por 1 a 1 em amistoso feito em Porto Alegre. Destaques nas novas contratações são o meia Diego Torres, com passagem por Luverdense e Sport e o meia Léo Campos que estava atuando pelo ASA em 2017 na Série C e que já passou por Grêmio e Avaí. Além desses, vários novos atletas foram apresentados ao clube para reforçar o elenco na temporada. Acredito que o “Nida” poderá garantir sua permanência na primeira divisão, mas dificilmente conseguirá chegar a disputa de título.

Avaliação: Coadjuvante

Caxias

Com uma campanha muito boa na primeira fase no ano de 2017, o Caxias eliminou o Juventude nas quartas de final e chegou até a semifinal onde o Internacional conseguiu ir adiante. O clube de Caxias do Sul fez bom trabalho em 2017 e neste ano disputa Copa do Brasil, Gauchão e Série D.

Em 2018, o Caxias pode ser uma pedra no caminho dos clubes maiores, já que reforçou seu elenco com um grande número de novas contratações e buscará seu acesso à Série C no nacional. É possível que o clube esteja também entre os finalistas do Campeonato Gaúcho 2018.

Avaliação: Pode surpreender

Brasil de Pelotas

O Xavante nem passou para as quartas de final no campeonato estadual de 2017, mas garantiu sua permanência na Série B do Brasileirão com a 8ª posição, após a mudança de treinador. Para 2018, podemos esperar o Grêmio Esportivo Brasil (ou apenas Brasil de Pelotas para os mais chegados) com uma postura diferente, mas só vamos saber se isso realmente irá acontecer após a bola rolar nas primeiras rodadas da competição, afinal o elenco mantém apenas 9 atletas que disputaram a Série B no ano passado e 17 novos foram contratados. Vale ficar de olho nessa equipe, que trouxe vários atletas do Internacional por intermédio do técnico Clemer (goleiro campeão da Copa Libertadores e Mundial de Clubes pelo Internacional em 2006), entre eles estão os meias Alisson Farias e Mossoró, lateral-esquerdo Arthur e o atacante Robério.

Avaliação: Pode surpreender

Cruzeiro-RS

O Cruzeiro fez uma bela campanha na primeira fase do Campeonato Gaúcho 2017, com a segunda melhor campanha e apenas uma derrota para o time do Grêmio por 2 a 0, mas caiu nas quartas de final com o placar agregado de 5 a 1 contra o Internacional. Embora o clube tenha mais de 100 anos de tradição, apenas em 1929 conseguiu o título do Gaúchão. Com algumas contratações para a temporada, o Cruzeiro espera fazer uma boa atuação e ao menos se garantir na primeira divisão, mas acredito que chances de título sejam bem remotas.

Avaliação: Coadjuvante

São Luiz

Longe da primeira divisão do estadual desde 2014, o São Luiz finalmente conseguiu retornar para a elite do futebol gaúcho com direito a título pela Divisão de Acesso em 2017; na primeira divisão, o clube não conseguiu nenhum título em toda sua história. Mesmo tendo feito boa campanha na segunda divisão do estadual no ano passado, acredito que o máximo que o São Luiz pode conseguir é sua permanência na primeira divisão.

Avaliação: Coadjuvante

São José

O clube de Porto Alegre fez campanhas de destaque com o título do Campeonato Gaúcho do Interior em 2016 e a Super Copa Gaúcha em 2015, mas o almejado Gauchão ainda não foi alcançado. O time conseguiu passar às quartas de final em 2017, mas foi eliminado pelo campeão Novo Hamburgo. Na Série D, o clube chegou às quartas de final, mas foi eliminado pelo Atlético Acreano. Com novo treinador, o elenco não sofrerá fortes modificações, o que pode ajudar no entrosamento, mas ainda assim não deve se destacar frente a elite.

Avaliação: Coadjuvante

São Paulo-RS

E temos ainda o São Paulo-RS que por pouco não foi rebaixado para a segunda divisão estadual em 2017. Seu último e único título do estadual foi em 1933. Em 2018, a equipe quer mudar sua situação e fez novas contratações em busca de uma possível vaga na Série C e pelo menos a sua permanência na primeira divisão do estadual. O clube passou por dificuldades financeiras e teve apoio de investidores para 2018. Uma novidade é a contratação do volante  Diguinho, ex-Vasco que também passou pelo Fluminense e Botafogo; além deste jogador, também foram contratados o lateral Anderson Pico, ex-Grêmio, os volantes Leanderson e Marcelo Labarthe, ambos com passagens no Grêmio e o meia Diogo, ex-Inter.

Embora conta com uma base reforçada, é possível que todo o investimento não dê certo, até porque o elenco ainda não teve tempo o suficiente para treinar e entrosar a equipe. Se garantir sua permanência já fez muita coisa e uma vaga nas quartas de final seria mais ousado ainda.

Avaliação: Coadjuvante




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar