TUDO SOBRE O JOINVILLE PARA O CATARINENSE EM 2018.







 

TUDO SOBRE O JOINVILLE PARA O CATARINENSE EM 2018.

Dia 17 de janeiro começa o Campeonato Catarinense da 1ª divisão. O adversário do Joinville é a equipe do Brusque. A curiosidade desse ano está na fórmula de disputa. Por ora a competição será com fórmula de pontos corridos, com 18 rodadas em turno e returno. Terá uma final se for encontrada data para o jogo! O motivo foi que a CBF enxugou o calendário do primeiro semestre por conta da disputa da Copa do Mundo na Rússia. Mas ainda há esperança de uma data extra para realização da decisão.

 

TEMPORADA EM 2017

O ano de 2017 foi frustrante para a equipe do Joinville.

Campeonato Catarinense: Campanha mediana.

 


Copa do Brasil: Foi eliminado na 4ª fase.


 

1ª Liga: Desclassificado na fase de grupos.


 

Campeonato Brasileiro Série C: Permaneceu na série C.


 

Copa SC: Fraco desempenho.


 

Estatística em 2017:





ATLETAS QUE JOGARAM EM 2017 E NÃO JOGARÃO MAIS EM 2018.


Tabale do Joinville no Catarinense 2018:

 

O QUE ESPERAR DE 2018?

O grande objetivo é diminuir o índice de erro nas contratações feitas pelo clube. Nos últimos três anos, por exemplo, o Tricolor contratou 99 jogadores, acumulou dois rebaixamentos e uma campanha pífia na Série C. Um dos primeiros acertos do grupo foi a regularização do pagamento dos salários dos funcionários e atletas do JEC. Nesta semana, o Tricolor quitou o 13º, férias e uma das parcelas do acordo feito pela gestão Jony Stassun para o pagamento dos meses de julho e agosto. Além destes ajustes, o Joinville já adiantou o direito de imagem e o auxílio-moradia de dezembro, que venceriam neste mês. As regularizações só foram possíveis graças ao recurso de R$ 1 milhão que o JEC recebeu junto à Caixa pelas apostas feitas na Timemania. Para ter todos os pagamentos em dia, o JEC ainda precisa acertar os direitos de imagem de outubro (que venceram em novembro), novembro (que venceram em dezembro) e a última parcela do acordo para o pagamento dos meses de julho e agosto.

O Joinville trabalha um plano para aumentar o número de sócios, que daria fôlego na quitação de todas as dívidas – até o fim do ano, o clube pretende voltar a ter 10 mil sócios. Para aumentar o número de sócios, o Joinville entrou em acordo com a empresa Emulti, que apresentou um plano que agradou ao clube. A ideia é que ela faça campanhas e atraia os sócios por meio de mais benefícios. O primeiro projeto já saiu do papel: como agradecimento aos 3.500 sócios que se mantêm ativos, o JEC vai oferecer uma placa com o nome do sócio nas cadeiras da Arena – basta o torcedor escolher o local que deseja e, claro, todas as cadeiras da Arena estarem instaladas.

A diretoria do Joinville está em busca de mais três reforços para o início do Campeonato Catarinense. O diretor de futebol Carlos Kila, confirmou que o time precisa ter atletas mais experientes e essa será a prioridade no mercado. Com um elenco jovem, uma das premissas é buscar um goleiro mais cascudo já que Matheus (22), Felipe Leineker (20) e Dalberson (20) são considerados muito novos. -Queremos um zagueiro experiente, um atacante mais de lado de campo, de velocidade, e um goleiro também mais velho, pois os que temos aqui são jovens - disse Kila. O elenco do Coelho conta com 23 jogadores e com os três atletas que podem chegar, o grupo estará fechado para o início do Campeonato Catarinense. A situação financeira do Joinville no ano de 2018 é a pior entre os “5 grandes” de Santa Catarina. (Assessoria JEC)


Diretoria e Comissão Técnica de 2108.

A novidade na diretoria é a entrada de Luiz Fernando Bublitz, que assumiu o comando da diretoria de patrimônio. Entre os gerentes, estão Sergio Alexandre Régis (administrativo/financeiro); Jean Luciano Nascimento (comercial); e Paulo Amaral (coordenador técnico das categorias de base). Uma das novidades do novo comando do Joinville é a formação de uma comissão de futebol. Com mais pessoas envolvidas, a missão ficará menos sobre as costas dos gerentes de futebol, que passarão a ser mais fiscalizados. No momento, a comissão será formada pelo atual presidente, Jony Stassun; pelo futuro presidente, Vilfred Schapitz; pelo diretor financeiro, Alexandre Poleza; pelo atual vice-presidente, Jurandir da Silva; pelo advogado Roberto Pugliese Júnior; e pelo médico André Vilela. Será a eles que Carlos Kila terá de se reportar quando tiver em mãos um plano de fazer uma contratação. Com a avaliação dos seis (Jony e Jurandir até abril), o Joinville vai ter um melhor filtro na busca de novos jogadores.  Zeca Martins, de 53 anos, assumiu o posto de auxiliar técnico. (Assessoria JEC)

 Técnico Rogério Zimmermann 


Elenco da Chapecoense de 2018:


QUEM CHEGA:

Carlos Kila foi enfático em entrevista concedida nesta quinta-feira. Para o diretor de futebol do Joinville, a volta do zagueiro Douglas Aguiar ainda parece distante, assim como a negociação do lateral-direito Caíque Sá com o Goiás, mesma equipe do defensor. Na defesa, o clube busca o retorno de Bruno Aguiar, atleta identificado com o Coelho nos três anos que atuou em Santa Catarina - 2014, 2015 e 2016. O acerto, entretanto, ainda parece distante pela questão financeira.

- É uma negociação difícil pelos valores. Precisamos cumprir um valor orçamentário e não podemos ultrapassar, a não ser que venha um patrocinador para ajudar. Temos a necessidade de um zagueiro com experiência, nosso grupo é muito jovem, sabemos que precisamos qualificar. Na defesa, o clube busca o retorno de Bruno Aguiar, atleta identificado com o Coelho nos três anos que atuou em Santa Catarina - 2014, 2015 e 2016. O acerto, entretanto, ainda parece distante pela questão financeira

O Joinville confirmou a contratação do sétimo jogador para a temporada de 2018. E ele é mais uma cara conhecida do Brasil-RS. Elias, atacante de beirada, 24 anos, chegou à cidade na noite desta terça-feira. O atacante possuía vínculo com o Aimoré-RS. Com a pré-temporada iniciada, o fato de Elias ter trabalhado com Zimmermann no Brasil-RS, em 2016 e 2017, é visto como ponto positivo pela diretoria, já que o jogador conhece o método de trabalho do treinador.

JEC Anunciou como um dos reforços do Joinville para a temporada de 2018, o lateral-direito Helder. Aos 29 anos, Helder foi revelado pelo Juventude e acumula passagens por diversos clubes do futebol brasileiro, como Internacional, Ceará e América-MG. O atleta também já defendeu o Nancy, da França, e os romenos Rapid Bucuresti, Dinamo Bucuresti e Poli Timisoara.

Também foram contratados os jogadores: lateral Evaldo, o zagueiro Dick, o volante Michel Schmoller, o meia Murilo Rangel, que teve passagens no Paraná,e o meia Marcos Paraná.

Pré-Temporada:

No terceiro teste do time para o Campeonato Catarinense, o Joinville perdeu por 2 a 1 para o Prudentópolis, nesta quarta-feira, na Arena Joinville. O único gol do Tricolor foi marcado pelo zagueiro Evaldo. Pela equipe paranaense, o atacante Robinho fez os dois.

O Joinville começou a partida com Matheus; Dick, Alisson, Evaldo e Alex Ruan; Michel Schmoller, Eduardo Person, Madson, Breno e Thiago Alagoano; Grampola.

Os meias Murilo Rangel e Marcos Paraná, potenciais titulares, foram poupados da atividade. Segundo a assessoria de imprensa do Tricolor, os dois não preocupam para a estreia no estadual, no dia 17 de janeiro, contra o Brusque, em casa.

Os visitantes saíram na frente do placar aos 14 minutos do segundo tempo, com Robinho. O Joinville empatou aos 27, após rebote do goleiro e que Evaldo completou para o fundo da rede. O gol da vitória veio em cobrança de pênalti de Robinho, aos 39.

Antes de receber o Prudentópolis, o time comandado por Rogério Zimmermann havia vencido o sub-20 do Atlético-PR por 2 a 0 e empatado em 1 a 1 com o mesmo Atlético-PR, mas desta vez contra o time sub-23 e mais alguns atletas do profissional.

No segundo jogo-treino da semana, o Joinville empatou em 0 a 0 com o Iraty, na tarde desta quinta-feira, no CT do clube. Na atividade, o técnico Rogério Zimmermann escalou apenas os reservas.

O Tricolor foi escalado com Dalberson; Hélder, Lazio, André Baumer e Gustavo; Roberto e Renan Teixeira; Adsson (Léo Braga) (Elias), Jean Felipe (Breno) e Guto ; Marlyson. (GE JEC)

Principal contratação: Lateral direito Helder.

 

 




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar