MLB: Cleveland Indians (Carlos Carrasco) x Tampa Bay Rays (Jacob Faria)


por: Gustavo Zambrano


Com dois dos ataques mais frios da liga no momento, Indians e Rays se encontram na segunda partida da série, com partida iniciando às 20:10 no horário de Brasília. 

MLB: Cleveland Indians (Carlos Carrasco) x Tampa Bay Rays (Jacob Faria)
Data: 11/08/2017 às 20:10 (horário de Brasília)
Local do evento: St. Petersburg - Flórida
Estádio: Tropicana Field
Dica de aposta: Cleveland Indians ML 
ODD:  1.80
Casa de aposta: Bet365
Stake: 1 und (Bank dividido por 60 unidades)

Danny Salazar foi dominante, mas Nick Goody permitiu três corridas na parte baixa da 8° entrada e os Indians saíram derrotados no jogo #1 por 4x1. O total que havia sido definido em 8, terminou em under. 

Com um ataque deficiente, os Indians (60-52 W/L) não vivem uma boa fase e venceram apenas três de seus últimos dez jogos disputados. O time ainda lidera a divisão Central na Liga Americana, mas agora tem apenas 3,5 jogos de vantagem sobre os Minnesota Twins, atuais 2° colocados. 

Carlos Carrasco (RHP, 10-5 W/L e ERA 4.06) foi nocauteado em suas duas últimas partidas, sua velocidade tem descido, o que indica que talvez o arremessador esteja prestes a sofrer uma lesão e seu controle foi um pouco mais deficiente recentemente. O arremessador vinha bem em julho, onde postou ERA 3.31 ao longo de cinco começos. O pitcher tem mantido sua tendência de arremessar melhor fora de casa, onde tem ERA 3.44 em comparação com 4.80 no Progressive Field. Esse ano porém, canhotos explodiram em produção contra o pitcher, conseguindo linha de 266/333/517 (AVG/OBP/SLG). 

O ataque tem sido horrível ao longo dos últimos jogos e a equipe anotou média de apenas 3,0 corridas por jogo na última semana, com linha de: 170/238/286 (AVG/OBP/SLG) no período. A equipe adquiriu Jay Bruce do New York Mets, mas o rebatedor também tem sido abaixo da média recentemente, enquanto que Edwin Encarnacion e Bradley Zimmer caíram muito de produção. 

O bullpen postou ERA 5.13 ao longo dos últimos 14 dias e caiu bastante de produção. Goody foi marcado com a derrota na partida de ontem, após permitir três corridas na 8° entrada e Mike Clevinger também não trabalhou bem como reliever, além das enormes quedas de produção de: Cody Allen e Bryan Shaw e da ausência do machucado Andrew Miller.

A defesa tem sido muito boa desde que Bradley Zimmer assumiu a vaga no campo central e até mesmo o recém chegado Jay Bruce, tem sido um defensor positivo esse ano. O catcher brasileiro Yan Gomes tem feito grande trabalho no controle dos corredores nas bases, evitando roubos frequentemente. 

Os Rays (59-57 W/L) não estão bem e venceram apenas dois de seus últimos seis jogos disputados. O time ocupa a 3° colocação da divisão East na Liga Americana e está empatado com os Mariners na disputa pela 2° vaga de Wild Card. 

Jacob Faria (RHP, 5-2 W/L e ERA 2.81) não tem sido tão eficiente quanto seu ERA sugere. Canhotos rebateram apenas: 169/321/169 (AVG/OBP/SLG), mas conseguiram 15 walks enquanto sofreram apenas 16 strikeouts em 65 ABs, o que indica que o pitcher tem problemas contra rebatedores LHs e que eles aparecerão quando o BABIP estabilizar. Faria é um fly baller que força uma boa quantidade de infield fly balls, mas seu controle não é tão bom e sua média de 0.80 home runs cedidos a cada 9 IP deve subir conforme os rebatedores ganhem mais familiaridade contra ele. 

Os Rays tiveram um bom começo de temporada no setor ofensivo, mas o ataque tem sido um dos menos produtivos da liga desde o retorno do All-Star Game e foi ainda pior na última semana, com o time anotando média de 1,9 corridas por jogo no período. Lucas Duda ainda tem sido eficiente, mas Corey Dickerson, Trevor Plouffe, Mallex Smith, Adeiny Hechavarria e Wilson Ramos vivem péssima fase. 

Com problemas na unidade durante toda a temporada, os Rays estão vivendo dias melhores no bullpen e o setor teve bom ERA 2.68 ao longo dos últimos 14 dias. Brad Boxberger, Steve Cishek e Sergio Romo passaram a jogar bem e Alex Colome é um dos closers mais confiáveis da temporada. 

A defesa é um dos setores fracos nos Rays, com problemas especialmente no campo central e na segunda base. Mallex Smith é um defensor bem menos capaz do que o antigo titular Kevin Kiermaier e Brad Miller ainda é um dos piores defensores de toda a MLB. 

O Tropicana Field é um under park, com total base de 7,5, que pode variar devido ao matchup; O estádio é um dome e que por isso não sofre influência das condições climáticas externas no total da partida. 

Vic Carapazza (9-11 O/U) será o umpire do home plate. Carapazza é um dos maiores under umpires da liga, chamando strikes em 65,3% dos pitchs e tendo alta relação SO/Walks de 2.74. Seus jogos tiveram média de 9 corridas nessa temporada. 

Linha Projetado: Indians 1.71/Rays 2.40
Total Projetado: 5,5

Conclusão

O over só não é a minha escolha de aposta porque os dois ataques foram péssimos recentemente, do contrário seria a minha opção. Carrasco pode ter tido problemas nos dois últimos jogos, mas ele é melhor fora de casa e deve se recuperar contra um time que não tem rebatido ninguém, ao ponto em que Faria tende a ter problemas contra rebatedores canhotos, que são maioria no lineup dos Indians, além de ser um arremessador bem menos capaz do que aparenta.       

Aposta: Cleveland Indians ML @1.80 na Bet365
 




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$400

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$500

Ganhar
10Bet

Bônus

R$300

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

U$500

Ganhar



  • Beisebol

    MLB: World Series 2017 - Houston Astros (Lance McCullers Jr.) x Los Angeles Dodgers (Yu Darvish) (Game 7)
  • Beisebol

    MLB: World Series 2017 - Houston Astros (Justin Verlander) x Los Angeles Dodgers (Rich Hill) (Game 6)
  • Beisebol

    MLB: World Series 2017 - Los Angeles Dodgers (Alex Wood) x Houston Astros (Charlie Morton) (Game 4)
  • Beisebol

    MLB: World Series 2017 - Los Angeles Dodgers (Yu Darvish) x Houston Astros (Lance McCullers Jr.) (Game3)