Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 07/06/2018 (Quinta-Feira) às 23:05 Rivalo
Beisebol

MLB: Kansas City Royals (Jason Hammel) x Oakland Athletics (Paul Blackburn)

Odd: 2,30
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 07/06/2018 às 19:49

Com os dois times em má fase, Royals e Athletics se enfrentam na abertura de uma série de quatro jogos.

Local do evento: Oakland – Califórnia

As equipes se enfrentaram em uma série de três jogos recentemente e os A’s venceram duas das três partidas. Os totais ficaram em 1-1-1 O/U. 

O Oakland Coliseum é um under park, com total base de 7,5, que tende a ter baixa pontuação devido a sua extensa área de foulball. Os totais no campo podem variar dependendo do matchup e/ou das condições climáticas. Hoje os ventos sopram fortes a 15mph em direção ao campo central, com temperatura de 15°C e umidade do ar na casa de 67%. Céu aberto e sem previsão de chuva durante a partida. 

Os Royals (21-41 W/L) já somam quatro derrotas consecutivas, sendo varridos pelos Los Angeles Angels na última série disputada. A equipe ocupa a 4° colocação na divisão Central da Liga Americana, 12 jogos atrás dos líderes Cleveland Indians. Os Royals tiveram a 3° tabela mais fácil da liga até o momento. 

Jason Hammel (RHP, 2-5 W/L e ERA 5.17) tem números muito semelhantes aos de sua última temporada, vendo sua taxa de strikeouts diminuir a cada ano e sendo um pouco propicio a ceder home runs. Hammel porém, mostrou uma evolução em suas últimas três partidas, cedendo apenas 4 corridas ao longo de seus últimos 18.1 IP de serviço. Sua velocidade não teve alterações, mas Hammel passou a utilizar mais o seu slider sendo esse o ajuste que explica a sua melhora de produção. Seu último início foi justamente contra os A’s, com Hammel cedendo 7 hits e 3 corridas ao longo de 6.0 IP de serviço. 

O ataque tem sido fraco nessa temporada e o time anotou média de 3,7 corridas com linha de: 245/294/406 (AVG/OBP/SLG) ao longo das últimas sete partidas. Jorge Soler voltou a jogar bem, Whit Merrifield e Mike Moustakas estão tendo um ano sólido e Hunter Dozier tem sido bom desde que subiu da Triple-A, já: Alcides Escobar e Alex Gordon seguem em declínio na carreira. 

O grupo de relievers ainda é bastante fraco e exceto pelo closer Kelvin Herrera, o time não possui jogadores confiáveis no bullpen. A unidade tem ERA conjunto de 5.60 esse ano e: Burch Smith, Trevor Oaks e Brian Flynn seguem com péssimo desempenho. 

A defesa tem sido bem fraca, com Alcides Escobar em declínio como shortstop e tendo um DRS -9 na temporada e Abraham Almonte jogando mal quando escalado no campo externo. O catcher Salvador Perez segue fazendo um bom trabalho controlando os corredores nas bases, mas é pouco efetivo em enquadramento de arremessos. 

Os Athletics (31-31 W/L) não vivem um bom momento e perderam três de seus últimos quatro jogos disputados, indo 4-6 W/L nas últimas dez partidas. O time ocupa a 4° colocação na divisão West da Liga Americana, 7,5 jogos atrás dos líderes Seattle Mariners. A equipe teve a 5° tabela mais difícil da liga até o momento. 

Lesionado no início da temporada, Paul Blackburn (RHP, 0-0 W/L e ERA -) fará sua estreia esse ano. O pitcher postou ERA 3.22 em seu ano primeiro ano na liga durante a última temporada, mas seu conjunto de habilidades não é tão chamativa e Blackburn acabou beneficiado por um baixo BABIP e uma baixa taxa de home runs sofridos. O pitcher postou taxa de strikeouts de apenas 3.85 a cada 9.0 IP e é esperado que ele não seja tão eficiente esse ano. 

Após uma péssima fase, o ataque se apresentou melhor na última semana, com média de 4,7 corridas por jogo e linha de: 254/318/414 (AVG/OBP/SLG) no período. Khris Davis, Matt Olson e Dustin Fowler estão rebatendo bem, mas Jonathan Lucroy e Stephen Piscotty ainda são pouco efetivos no bastão e Marcus Semien, Matt Chapman e Jed Lowrie caíram bastante de produção em relação ao início da temporada. 

O bullpen tem sido instável mas a maior parte dos relievers da equipe vivem um bom momento. Santiago Casilla é um desfalque importante no grupo, mas Chris Hatcher subiu de produção após um péssimo início de temporada e: Emilio Pagan, Daniel Coulombe e Yusmeiro Petit foram eficientes nos últimos jogos. O destaque fica por conta do closer Blake Treinen, que já salvou 13 jogos e possui um ERA 0.95 ao longo de 28.1 IP de serviço esse ano. 

A defesa foi consistentemente uma das piores da liga ao longo dos últimos anos mas isso mudou nessa temporada. Matt Chapman é um defensor de elite na 3B e possui um DRS +17 até o momento, enquanto que Marcus Semien melhorou bastante como shortstop e Dustin Fowler tem jogado defesa de elite no campo central. Na posição de catcher, Jonathan Lucroy segue em declínio mas melhorou um pouco em enquadramento de arremessos ao longo do último mês. 

Linha Projetada: A's 1.85/Rangers 2.20
Total Projetado: 8,5

Onde está o valor?

Paul Blackburn sustentou um ERA baixo em seu 1° ano e agora estreia na temporada enfrentando um arremessador de ERA 5.17, isso mais o fato de os Royals serem um time terrível cria essa odd distorcida. Eu não acho que Blackburn seja melhor do que Hammel, especialmente nesse momento em que o veterano vem mostrando alguns ajustes interessantes e os A’s como um time não podem sustentar uma odd tão baixa sem terem alguma vantagem no montinho. Nessa odd, vejo um bom valor para apoiar os Royals nessa partida. 

Aposta: Kansas City Royals ML @2.30 na Rivalo
 



Apostar na Rivalo Rivalo




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar



Outras Dicas

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

18/08/2018

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: 1 x 2 | Odd 2.60

LEIA MAIS

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

18/08/2018

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: 1 x 2 | Odd 2.51

LEIA MAIS

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

17/08/2018

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: 1 x 2 | Odd 1.52

LEIA MAIS