MLB: World Series 2017 - Houston Astros (Justin Verlander) x Los Angeles Dodgers (Rich Hill) (Game 2)


por: Gustavo Zambrano


Após vitória dos Dodgers no jogo #1, Houston Astros e Los Angeles Dodgers se enfrentam hoje à noite pela segunda partida da World Series. O jogo terá transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN. 

MLB: Houston Astros (Justin Verlander) x Los Angeles Dodgers (Rich Hill)
Data: 25/10/2017 às 22:09 (horário de Brasília, Transmissão ESPN)
Local do evento: Los Angeles – Califórnia
Estádio: Dodger Stadium
Dica de aposta: Los Angeles Dodgers ML 
ODDs:  1.86
Casa de aposta: Bet365
Stake: 1 und (Bank dividido por 60 unidades)

Clayton Kershaw foi dominante no monte na noite de ontem e o ataque produtivo, com isso os Dodgers venceram o 1° jogo da série e saíram na frente na disputa da World Series 2017. O total que havia sido definido em 7, terminou em under. 

O ataque foi dominado por Clayton Kershaw e os Astros (0-1 na série) começaram atrás na disputa pela World Series. A equipe agora envia Justin Verlander para o monte e após esse jogo, a série terá sua primeira partida em Houston na próxima sexta-feira. 

Justin Verlander (RHP, 15-8 W/L e ERA 3.36) foi dominante em seus três inicios nos playoffs. Verlander permitiu apenas 3 corridas e conseguiu 24 strikeouts ao longo de 22 IP de serviço, com os Astros vencendo as três partidas iniciadas pelo pitcher. Verlander deixou uma mal início de temporada para trás e foi o arremessador titular mais dominante da liga após o All-Star Game, postando ERA 1.95 ao longo de 15 inicios durante a segunda metade da temporada. O arremessador tem demostrado excelente controle e cedeu média de apenas 1.87 walks a cada 9 IP no período. Sua bola rápida registrou as maiores velocidades desde a temporada de 2011 e voltou a ser o arremesso mais produtivo do pitcher.

O ataque vem caindo um pouco de produção e os rebatedores dos Astros sofreram um total de 12 strikeouts na partida de ontem.     Brian McCann, Marwin Gonzalez e Carlos Beltran pouco fizeram nessa pós-temporada e a produção ofensiva tem sido dependente o trio: Jose Altuve, Carlos Correa e Yuli Gurriel. 

O bullpen foi pouco confiável nos playoffs. Acionado ontem, Brad Peacock cedeu um walk antes de conseguir sua única eliminação e encerrar a 7° entrada. Chris Devenski tem sido instável e Ken Giles e Joe Musgrove tiveram performances horríveis nessa pós-temporada. 

A defesa melhorou nos playoffs e ontem o infield coletou 3 double plays. O time no entanto, ainda tem defensores pouco confiáveis em: Alex Bregman e Yulieski Gurriel e Brian McCann já não é mais positivo em enquadramento de arremessos. Com baixo alcance, Jose Altuve e Carlos Correa também foram defensores abaixo da média durante a temporada regular, apesar de terem terminado com DRS positivo. 

Os Dodgers (1-0 na série) foram efetivos no bastão e o bullpen terminou sem problemas uma boa exibição de Kershaw, com isso, a equipe começou vencendo a série e fará hoje mais um jogo em casa antes de viajar para Houston e encarar os Astros em três jogos no Minute Maid Park. 

Rich Hill (LHP, 12-8 W/L e ERA 3.32) teve alguns problemas em seu primeiro começo nessa pós-temporada na série divisional frente aos Diamondbacks, mas dominou os Cubs na final da Liga Nacional, conseguindo 8 strikeouts e permitindo apenas 3 hits ao longo de 5.0 IP. Aos 37 anos, Hill teve o seu maior número de entradas arremessadas desde a temporada de 2007, quando ainda jogava sob um contrato de novato com os Chicago Cubs. Hill tem uma abordagem diferenciada no monte, lançando apenas dois tipos de arremesso em grande parte do tempo e fazendo uso excessivo de sua curveball, um dos mais pitchs mais difíceis de serem rebatidos na liga. 

Chris Taylor rebateu um home run no primeiro arremesso de Keuchel na partida de ontem e segue fazendo ótima pós-temporada. De volta ao lineup, Corey Seager teve dois hits na partida de ontem e fortalece o que já vinha sendo o ataque mais efetivo da pós-temporada. Contra um destro, o lineup hoje deve ser bem diferente do apresentado no jogo #1, com Enrique Hernandez e talvez Logan Forsythe saindo da equipe titular. 

Brandon Morrow e Kenley Jansen combinaram para dois innings sem permitirem corridas e garantiram a vitória no jogo #1. O bullpen é uma grande força dos Dodgers, tendo sido um dos melhores durante a temporada regular e ainda possuindo armas como: Kenta Maeda, Tony Cingrani Josh Fields. 

A defesa é uma das mais fortes da liga e a volta de Corey Seager fortalece o setor para a disputa da World Series. Enrique Hernandez é versátil e capaz de jogar boa defesa em quase todas as posições em que pode ser escalado, enquanto que Cody Bellinger se fixou como um defensor acima da média na primeira base. Austin Barnes é mais eficiente do que Yasmani Grandal no controle aos corredores em base e traz qualidade semelhante em enquadramento de arremessos. 

Paul Nauert (10-18 O/U) será o umpire do home plate nessa partida. Apesar de seu recorde e de uma média de apenas 8,2 corridas por jogo arbitrado por Nauert nessa temporada, o umpire tem números de over umpire, chamando uma baixa taxa de 62% de strikes e tendo relação SO/Walks de 2.30. 

O Dodger Stadium é um under park, com total base de 7, que pode variar dependendo do matchup e/ou das condições climáticas. Hoje os ventos sopram a 6mph em direção ao campo externo esquerdo, com temperatura de 33°C e umidade do ar na casa de 11%. Céu limpo e sem previsão de chuva durante a partida. 

Linha Projetado: Dodgers 1.89/Astros 2.12
Total Projetado: 7

Conclusão

Os Dodgers são menos favoritos do que deveriam porque o grande púbico tem a noção de que Verlander é superior a Hill nesse momento, o que não é verdade. Hill e Verlander se equivalem em produção esperada e Hill segue atuando em frente a uma defesa melhor e tendo um catcher melhor orientando os arremessos. O bullpen dos Dodgers ainda leva grande vantagem e a diferença entre os ataques é pequena para gerar qualquer distorção de linha a favor dos Astros. Minha projeção ainda supervaloriza um bullpen dos Astros, que nesse momento é bem pior do que os números da temporada indicam e ainda assim aponta os Dodgers favoritos por um número próximo ao da linha atual. 

Aposta: Los Angeles Dodgers ML @1.86 na Bet365
 




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$400

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$500

Ganhar
10Bet

Bônus

R$300

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

U$500

Ganhar



  • Beisebol

    MLB: World Series 2017 - Houston Astros (Lance McCullers Jr.) x Los Angeles Dodgers (Yu Darvish) (Game 7)
  • Beisebol

    MLB: World Series 2017 - Houston Astros (Justin Verlander) x Los Angeles Dodgers (Rich Hill) (Game 6)
  • Beisebol

    MLB: World Series 2017 - Los Angeles Dodgers (Alex Wood) x Houston Astros (Charlie Morton) (Game 4)
  • Beisebol

    MLB: World Series 2017 - Los Angeles Dodgers (Yu Darvish) x Houston Astros (Lance McCullers Jr.) (Game3)