NFL Playoffs: Divisional Round - Atlanta Falcons x Philadelphia Eagles

Publicado em 13/01/2018 às 17:54

Melhor time da NFC durante essa temporada, os Eagles enfrentam os atuais campeões da Conferência, que avançaram para o Divisional Round superando os Los Angeles Rams na semana passada. A partida terá transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN. 

NFL: Atlanta Falcons x Philadelphia Eagles
Data: 13/01/2018 às 17:35 (horário de Brasília, Transmissão ESPN)
Local do evento: Lincoln Financial Field
Estádio: Philadelphia – Pennsylvania
Dica de aposta: Philadelphia Eagles +2,5
ODD: 1.99
Casa de aposta: 188Bet188Bet
Stake: 1und (Bank dividido em 30 unidades)

As equipes não se enfrentaram durante a temporada regular. 

No Lincoln Financial Field, a partida será disputada sob uma temperatura de 0°C, céu bastante nublado e com ventos fortes, variando entre 10 e 20mph na direção noroeste. Sem previsão de neve durante a partida. 

Os Falcons (10-6 W/L) superaram os Rams fora de casa na rodada de Wild-Card, em boa atuação da defesa e com Matt Ryan sendo consistente no ataque. O time teve a 4° tabela mais difícil da NFL nessa temporada. 

Agora com o coordenador Steve Sarkisian, o ataque dos Falcons piorou em relação a última temporada, com Matt Ryan tendo terminado com rating de 91.4 durante a temporada regular. Ryan foi mais propicio a turnovers esse ano, tendo tido 12 interceptações. O quarterback teve boa atuação na partida contra os Rams e possui em: Julio Jones e Mohamed Sanu uma dupla eficiente de recebedores, trabalhando bastante com os running-backs: Tevin Coleman e Devonta Freeman como alvos secundários. Matt Ryan foi bastante pressionado na partida de Wild-Card, mas no geral a linha ofensiva do Falcons é sólida na proteção ao quarterback, tendo no center Alex Mack um dos melhores jogadores da liga na posição. 

O time teve 124 jardas terrestres na primeira partida dos playoffs e o jogo corrido é parte essencial do ataque de Atlanta. Devonta Freeman e Tevin Coleman formam uma forte dupla de running backs, dividindo as carregadas na equipe. 

A defesa mostra problemas semelhantes aos da última temporada, sendo abaixo da média na contenção ao jogo terrestre e tendo permitido 7,2yds por tentativa de corrida do running back Todd Gurley II no último jogo. O pass-rush seguiu funcionando na primeira rodada dos playoffs e os Falcons tiveram três sacks contra uma excelente OL dos Rams. Adrian Clayborn é a maior ameaça para os quarterbacks adversários, mas o time ainda tem em: Vic Beasley Jr. e De'Vondre Campbell jogadores capazes de pressionar os quarterbacks. Apesar do pass-rush funcionou, o time foi abaixo da média defendendo o passe nessa temporada, permitindo rating médio de 91.9 para os quarterbacks adversários. A secundária formada por: Robert Alford, Desmond Trufant, Ricardo Allen e Keanu Neal é efetiva, mas o grupo de linebackers participa pouco na cobertura. 

O special team comandado pelo coordenador Keith Armstrong tem dificuldade para conter os retornos adversários, com os Falcons tendo permitido médias de: 26,2yds por retorno de kickoff e 8,1yds em retornos de punt durante a temporada regular. Andre Roberts foi apenas mediano nos retornos para a equipe e Matt Bosher tem tido baixo alcance nos punts, deixando o kicker Matt Bryant como o ponto mais forte de um special team abaixo da média. 

Com a melhor campanha da NFC durante a temporada regular, os Eagles (13-3 W/L) tiveram uma bye week durante a primeira semana dos playoffs e seguirão jogando em casa caso avancem nesse Divisional Round. Os Eagles tiveram a tabela mais fácil da NFC nessa temporada. 

A lesão de Carson Wentz, fará com que Nick Foles seja o quarterback titular dos Eagles nos playoffs. Foles não conseguiu manter produções próximas a do segundanista e se mostrou impreciso, tendo completado apenas 56,4% de seus passes, com Foles como titular porém, os Eagles venceram duas de três partidas. A linha ofensiva sofreu com bastante lesões durante a temporada regular, mas ainda foi eficiente na proteção aos quarterbacks da equipe, o setor segue sem o tackle Jason Peters, deixando Lane Johnson e Jason Kelce como os grandes destaques na OL. Alshon Jeffery, Nelson Agholor e Zach Ertz formam um grupo talentoso de recebedores, com destaque para o tigh end, que capturou 74 passes para um total de 824 jardas e 8 touchdowns durante a temporada regular. 

Com LeGarrette Blount e Jay Ajayi dividindo as carregadas, o jogo terrestre dos Eagles foi fortíssimo durante a temporada regular, com o time tendo médias de: 132,2 jardas terrestres por partida e 4,5yds por tentativa de corrida. Ambos devem ser bastante utilizados na partida de hoje, visando explorar uma deficiência clara da defesa dos Falcons. 

A defesa também foi um setor de destaque dos Eagles nessa temporada. O front-seven é forte contendo o jogo terrestre, com: Vinny Curry, Tim Jernigan, Fletcher Cox e Brandon Graham formando uma das DLs mais efetivas da liga. A secundária também tem grandes nomes e o time conseguiu 19 interceptações na temporada regular, com Malcolm Jenkins sendo um safety dominante e: Jalen Mills, Ronald Darby, Rodney McLeod e Patrick Robinson completando uma secundária que tende a desviar muitos passes. Exercer pressão sobre os quarterbacks adversários é a única deficiência visível da defesa dos Eagles, a equipe teve 38 sacks aplicados durante a temporada regular, conseguindo sacks em 5,9% dos snaps, 22° melhor marca da liga apenas. Brandon Graham, Chris Long, Fletcher Cox e Derek Barnett são sólidos pressionando os quarterbacks, mas a defesa dos coordenador Jim Schwartz utiliza poucas blitz com apoio da secundária. 

No special team, o novato kicker Jake Elliott fez um bom trabalho substituindo o lesionado Caleb Sturgis, mas Donnie Jones segue como um punter impreciso e abaixo da média na posição. Kenjon Barner produziu pouco através de retornos na temporada regular, mas os especialistas dos Eagles também não permitiram muitas jardas através de retornos para os adversários. 

Lesões

Atlanta Falcons 

Andy Levitre (G, Inativo), Jordan Tripp (LB, Inativo) e Jack Crawford (DE, Inativo). 

Philadelphia Eagles 

Darren Sproles (RB, Inativo), Donnel Pumphrey (RB, Inativo), Jordan Hicks (LB, Inativo), Jason Peters (T, Inativo), Chris Maragos (S, Inativo), Carson Wentz (QB, Inativo), Joe Walker (LB, Inativo) e Caleb Sturgis (K, Inativo).

A Linha

Linha Projetada: Philadelphia Eagles -10
Total Projetado: 44,5

Registros: Falcons 8-9 ATS e 5-12 O/U, Eagles 10-6 ATS e 8-8 O/U. 

A linha foi aberta em Falcons -3 e oscilou entre a abertura e -2,5 durante a semana. 53% das apostas vieram no handicap dos Falcons nessa partida. 

O total foi aberto em 43 e caiu bastante, chegando a 40 no dia do jogo. Sites de consenso apontam as apostas dividias em 50% entre over e under. 

Onde está o valor?

A enorme distorção entre a minha projeção e a linha solta pelas casas de aposta se deve a interpretações diferentes quanto a projeção esperada do quarterback Nick Foles. Oddmakers aparentemente estão utilizando os números construídos por Foles em suas partidas nessa temporada como a projeção de eficiência do quarterback para os restante dos playoffs, com isso, eles consideram Foles como um quarterback bastante abaixo da média, com números comparáveis aos quarterbacks menos produtivos da temporada. Já eu, considero que Foles possa ser projetado como um quarterback levemente acima da média, já que comanda um ataque que possui bons recebedores e uma linha ofensiva eficiente, com Foles tendo apenas uma temporada fraca na carreira e vindo de um ano onde entrou bem quando solicitado como back-up nos Kansas City Chiefs. A distância entre a noção acerca do quarterback dos Eagles e mais a predisposição do público por Atlanta, após o time ter surpreendido e vencido os Rams no Wild-Card, criam a linha atual, que é na minha visão muito distorcida em comparação as probabilidades reais da partida. 

Com o frio e muitos ventos, as equipes devem utilizar mais o jogo corrida, o que tira parte da vantagem de matchup dos Falcons e diminui a possibilidade de erros de Nick Foles, que se muito, deve trabalhar em passes curtos, especialmente para o tigh end Zach Ertz. A forte defesa dos Eagles deve respeitada, sendo capaz de gerar turnovers e facilitar as coisas para o ataque. Os Eagles ainda são o melhor time, mesmo sem seu quarterback titular e mereciam o favoritismo nesse jogo, ainda que possivelmente não tanto quanto a minha projeção indica. 

Palpite: Philadelphia Eagles +2,5 @1.99 na 188Bet
 






Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar



Outras Dicas

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

16/10/2016

NFL: Atlanta Falcons x Seattle Seahawks

Dica de aposta para o jogo entre Falcons e Seahawks, válido pela semana 06 da temporada da NFL

LEIA MAIS
Lucas Portela Lucas Portela

01/12/2016

NFL: Dallas Cowboys @ Minnesota Vikings

Quinta-feira, 01/12 às 23h30.

LEIA MAIS
Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

16/10/2016

NFL: Dallas Cowboys x Green Bay Packers

Dica de aposta para o jogo entre Cowboys e Packers, válido pela temporada regular da NFL

LEIA MAIS