NFL Playoffs: NFC Wild Card - Carolina Panthers x New Orleans Saints


por: Gustavo Zambrano


Rivais na NFC South, Panthers e Saints se encontram em partida de Wild Card, no jogo que fecha a primeira rodada dos playoffs desse ano. A partida terá transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN. 

NFL: Carolina Panthers x New Orleans Saints
Data: 07/01/2017 às 19:40 (horário de Brasília, Transmissão ESPN)
Local do evento: New Orleans – Louisiana
Estádio: Mercedes-Benz Superdome
Dica de aposta: New Orleans Saints -6,5
ODD: 1.95
Casa de aposta: Bet365
Stake: 1und (Bank dividido em 30 unidades)

Rivais de divisão, os time se enfrentaram duas vezes na temporada e os Saints venceram ambos os confrontos, superando os Panthers por 34x13 na semana 03 fora de casa e por 31x21 em New Orleans. Ambas as partida terminaram em over e os Saints cobriram o handicap nos dois jogos. 

O Mercedes-Benz Superdome é um estádio fechado e por conta disso fatores climáticos externos não influenciam diretamente na partida. 

Após um começo ruim de temporada, os Panthers (11-5 W/L) venceram 7 de seus últimos 9 jogos e se classificaram com a seed #1 do Wild-Card, ficando atrás dos Saints na divisão devido ao desempate por confronto direto. O time teve a 3° mais difícil dessa temporada. 

Cam Newton teve outro ano abaixo da média, terminando com rating 80.7 e tendo lançado 16 interceptações. Newton tem poucas boas opções no corpo de recebedores, trabalhando muito com o running back Christian McCaffrey em passes curtos e buscando o wide receiver Devin Funchess nos passes em profundidade, Newton também pode acionar o tigh end Greg Olsen, recebedor competente mas que perdeu boa parte da temporada por conta de uma lesão. A linha ofensiva tem bons pontos, como: Andrew Norwell e Daryl Williams, mas Ryan Kalil tem sido um dos centers mais improdutivos da liga nessa temporada e Cam Newton frequentemente sofre pressão pelo meio da linha, tendo sido sackado 35 vezes na temporada. O ataque dos Panthers foi o menos faltoso da liga durante a temporada regular, o que auxilia a produção do setor.

Abaixo da média como um passador, Cam Newton foi o corredor mais produtivo dos Panthers na temporada e o único com média acima de 4,0yds por carregada entre os três mais utilizados pela equipe. Jonathan Stewart foi bastante improdutivo nessa temporada e o calouro Christian McCaffrey se sai melhor recebendo passes. 

O front-seven talentoso dos Panthers é consistente na contenção ao jogo terrestre, permitindo média de 4,0yds por tentativa de corrida adversária e também um dos mais agressivos no pass-rush, com o time tendo conseguido 50 sacks na temporada. Luke Kuechly é destaque na linha de linebackers, enquanto que: Mario Addison e Julius Peppers combinaram para 22 sacks no ano. O grupo de cornerbacks formado por: James Bradberry, Daryl Worley e Captain Munnerlyn é o grande problema da defesa dos Panthers, com os três jogadores sendo abaixo da média, o que fez com que a equipe permitisse um rating médio de 92.8 para os quarterbacks adversários.

No special team, Graham Gano e Michael Palardy se destacaram nos chutes, com Gano tendo convertido 96,7% de suas tentativas de field goal e com Palardy possuindo média de 46yds viajadas por punt. Os retornos porém não fluem bem, com Fozzy Whittaker e Kaelin Clay sendo pouco produtivos no quesito. 

Os Saints (11-5 W/L) começaram a temporada perdendo seus três primeiros jogos, mas depois dominaram a AFC South, sendo derrotados apenas duas vezes nas 13 partidas seguintes e terminado com apenas uma derrota dentro de sua divisão. Assim como os Panthers, os Saints também tiveram uma tabela complicada nessa temporada. 

Veterano, Drew Brees teve outra excelente temporada e conduziu o ataque dos Saints a uma média de 28pts por partida, 4° melhor marca dessa temporada, terminando o ano com rating de 103.9. Michael Thomas foi um wide receivers mais dominantes da liga nessa temporada e capturou 104 de 149 passes lançados em sua direção, tendo 22 recepções para 20 ou mais jardas, além de Thomas, Brees também trabalha em passes longos com o wide receiver Ted Ginn Jr. e aciona frequentemente os running backs: Alvin Kamara e Mark Ingram, os envolvendo no jogo aéreo. Brees é muito bem protegido por sua linha ofensiva, que permitiu sacks em apenas 3,0% dos snaps, segunda melhor marca da temporada. Por conta de lesões, a OL teve constantes mudanças nessa temporada, mas Ryan Ramczyk tem se mantido saudável e é o maior destaque do núcleo de offensive linemens dos Saints. 

O ataque também é uma potência no jogo terrestre, com o novato Alvin Kamara possuindo média de 6,1yds por tentativa de corrida e com Mark Ingram tendo anotado 12 touchdowns na temporada, também obtendo uma respeitável média de 4,9yds por carregada. Como equipe, os Saints produzem em média: 129,4 jardas terrestres por jogo e 4,7yds por tentativa de corrida. 

A defesa melhorou bastante em relação aos últimos anos e foi a 10° que menos permitiu pontos nessa temporada, o setor porém, permanece com um problema crônico na contenção ao jogo terrestre, permitindo 4,4yds em média por tentativa de corrida adversária. Já contra o passe, a equipe tem se saído muito bem, limitando os quarterbacks oponentes a um rating médio de 79.0 e com o pass-rush sendo uma força da equipe, com destaque para Cameron Jordan, que teve 13 sacks nessa temporada. A secundária tem contado com excelentes exibições dos jovens: Marshon Lattimore e Ken Crawley, com ambos combinando para 8 interceptações nessa temporada. 

O special team é o setor mais fraco da equipe, com Ted Ginn Jr. não conseguindo boas posições de campo através de retornos e com o kicker Wil Lutz e o punter Thomas Morstead fazendo um trabalho ruim nos chutes. Os especialistas dos Saints também estão tendo problemas nas coberturas de retornos adversários, permitindo médias de: 24,6yds em retornos de kickoffs e 10,4yds em retornos de punt, com o time já tendo sofrido um touchdown através de retorno. 

Lesões

Carolina Panthers 

John Theus (OL, Inativo), Curtis Samuel (WR, Inativo), Damiere Byrd (WR, Inativo), David Mayo (LB, Questionável), Kevon Seymour (CB, Questionável), Chris Manhertz (TE, Inativo), Derek Anderson (QB, Questionável), Demetrious Cox (DB, Inativo), Jeremy Cash (LB, Inativo) e Brenton Bersin (WR, Inativo). 

New Orleans Saints 

David Parry (DT, Suspenso), Coby Fleener (TE, Inativo), Alex Okafor (DE, Out for season), Daniel Lasco (RB, Inativo), A.J. Klein (LB, Inativo), Hau'oli Kikaha (LB, Inativo), Trey Hendrickson (DE, Questionável), John Hughes (DE, Inativo), Kenny Vaccaro (S, Inativo), Alex Anzalone (LB, Inativo), Mitchell Loewen (DE, Inativo), Zach Strief (T, Inativo), Jon Dorenbos (LS, Inativo) e Delvin Breaux (CB, Inativo).

A Linha

Linha Projetada: New Orleans Saints -13,5
Total Projetado: 49

Recordes: Panthers 9-6-1 ATS e 9-7 O/U, Saints 9-7 ATS e 9-7 O/U. 

A linha foi aberta em Saints -6 e chegou até -7,5 antes de recuar e se estabilizar em -6,5. 61% das apostas vieram no handicap dos Saints nessa partida.

O total foi aberto em 48,5 e caiu um ponto, indo para 47,5. 61% das apostas vieram no over de pontos da partida. 

Onde está o valor?

Difícil imaginar que um grupo tão ruim de cornerbacks como o dos Panthers consiga limitar a produção ofensiva de Drew Brees ainda que o time possa levar dificuldade ao jogo terrestre dos Saints. Brees deve ter caminho livre para trabalhar com Michel Thomas em profundidade e os Saints devem terminar com uma boa produção ofensiva, enquanto que do outro lado, Cam Newton é abaixo da média passando a bola e deve encontrar dificuldades contra uma secundária surpreendentemente forte de New Orleans. Minha projeção aponta um favoritismo bem maior para os Saints nesse jogo o que me faz ver uma aposta de valor no lado de New Orleans. 

Palpite: New Orleans Saints -6,5 @1.95 na Bet365
 




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$400

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$500

Ganhar
10Bet

Bônus

R$300

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

U$500

Ganhar



  • Futebol Americano

    NFL Playoffs: Divisional Round - Jacksonville Jaguars x Pittsburgh Steelers
  • Futebol Americano

    NFL Playoffs: Divisional Round - New Orleans Saints x Minnesota Vikings
  • Futebol Americano

    NFL Playoffs: Divisional Round - Atlanta Falcons x Philadelphia Eagles
  • Futebol Americano

    NFL Playoffs: Divisional Round - Tennessee Titans x New England Patriots