Eliminatória Sul-americana: Bolívia x Brasil


por: Renan Costa


Estádio Hernando Siles - La Paz - BOL

Quinta-feira às 17h00

 BOLÍVIA X BRASIL

Jogo válido pela 17ª rodada da Eliminatória Sul-americana. Brasil é líder da Eliminatória e está com vantagem de 10 pontos sobre o 2º colocado o Uruguai. O Brasil está com a vaga assegura para a Copa do Mundo na Rússia em 2018. O Brasil ocupa a posição de número 1 do ranking da FIFA. A Bolívia é a penúltima colocada na competição. Está fora da Copa do Mundo. Teremos aqui um amistoso de luxo. A famosa altitude de 3.640 metros de La Paz é a principal arma da seleção Boliviana. Não existe uma forma de acabar com os efeitos da altitude de La Paz em pouco tempo. Mas é possível minimizá-los. O Brasil passará apenas oito horas na cidade e levará um cilindro de ar para cada titular. Existem três efeitos que ela provoca: fisiológicos, mecânicos e clínicos. Dor de cabeça, mal estar e falta de ar são os sintomas mais comuns. A Bolívia só conseguiu vitórias nessa eliminatória somente em La Paz. Foram 4 vitórias:

Resultado dos últimos 3 encontros entre Bolívia x Brasil:


 A Bolívia ocupa a 9ª colocação da tabela com 13 pontos. Seu desempenho é de 4 vitórias, 1 empates e 11 derrotas. Seu ataque anotou 14 gols e sua defesa sofreu 34 gols. Seu desempenho como mandante é de 4 vitórias, 1 empate e 3 derrotas. Seu ataque anotou 12 gols e sua defesa sofreu 12 gols. Venceu em casa sua última partida contra o Chile por 1-0.

Números da Bolívia:

  • Está há 5 jogos de invencibilidade como mandante;
  • Nos 16 jogos da eliminatória, sua defesa foi vazada em 13 delas;
  • Nos últimos 7 jogos, 5 deles foram gols Under 2,5.
  • Nos últimos 7 jogos, seu ataque anotou gols em 6 deles.

Pré-jogo:

Ex-Cruzeiro, Grêmio e Flamengo, Marcelo Moreno é principal nome da seleção do país. Rodrigo Ramallo, do Vitória-BA, também é lembrado pelo técnico Ángel Hoyos. Moreno retornou à seleção boliviana na última convocação para as eliminatórias após um ano afastado. No retorno de Moreno, a Bolívia conquistou quatro de seus sete pontos, com a vitória por 2 a 0 em cima do Peru e o empate por 0 a 0 diante do Chile. Atacante reserva do Vitória, Rodrigo Ramallo voltou a ser chamado. Neste ano, ele foi convocado apenas para a disputa da Copa América. No restante da lista, as novidades são as ausências. Os bolivianos esperavam a presença do meia Martin Smedberg, do Goteborg-SUE, mas ele não foi convocado. O zagueiro Nelson Cabrera, do Bolívar, também era aguardado, mas a comissão técnica preferiu não chama-lo para evitar uma punição da Fifa. Cabrera é paraguaio e se naturalizou boliviano recentemente.

Selecionados Bolivianos:

GOLEIROS:

Carlos Lampe (Huachipato-CHI), Guillermo Viscarra (Oriente Petrolero) e Alex Arancibia (Jorge Wilstermann).

DEFENSORES:

Ronald Eguino, Edemir Rodríguez, Erwin Saavedra y Enrique Flores (Bolívar), Ronald Raldes (Oriente Petrolero), Edward Zenteno (Jorge Wilstermann), Alejandro Melean (Sport Boys) e Marvin Bejarano (The Strongest).

MEIO-CAMPISTAS:

Walter Flores, Leonel Morales y Rudy Cardozo (Bolívar), Walter Veizaga, Pablo Escobar y Raúl Castro (The Strongest), Cristhian Machado (Jorge Wilstermann), Pedro Azogue (Oriente Petrolero), Jorge Eduardo Lovera (Guabirá), Joselito Vaca (Blooming) y Jhasmani Campos (Sport Boys).

ATACANTES:

Marcelo Moreno (Changchun Yatai-CHN), Yasmani Duk (Cosmos-EUA), Rodrigo Ramallo (Vitória-BRA), Juan Carlos Arce (Bolívar), Leonardo Vaca (Sport Boys), Carlos Robledo (Blooming), Rodrigo Vargas (The Strongest) y Carmelo Algarañaz (Oriente Petrolero).


 O Brasil ocupa a 1ª colocação da tabela com 37 pontos. Seu desempenho é de 11 vitórias, 4 empates e 1 derrotas. Seu ataque anotou 38 gols e sua defesa sofreu 11 gols. Seu desempenho como visitante é de 4 vitórias, 3 empate e 1 derrotas. Seu ataque anotou 15 gols e sua defesa sofreu 7 gols. Empatou sua última partida contra a Colômbia por 1-1.

Números do Brasil:

  • Detém uma invencibilidade de 15 jogos pela Eliminatória;
  • Seu ataque anotou gols nos últimos 15 jogos da eliminatória;
  • Nos últimos 10 jogos da Eliminatória, sua defesa foi vazada em 3 deles;
  • Não vence da Bolívia como visitante há 32 anos, foram 6 jogos com 3 vitórias e 3 empates;

Pré-jogo:

O Técnico Tite fará algumas mudanças no time principal. Casemiro será o capitão da seleção brasileira. A principal novidade foi na zaga: Thiago Silva treinou na vaga de Marquinhos. Na esquerda, Alex Sandro será o substituto de Marcelo, cortado por lesão. Outra novidade foi o retorno de Philippe Coutinho à equipe. Sobre o retorno de Coutinho, que foi reserva contra Equador e Colômbia, Tite elogiou Willian, do Chelsea, e lembrou que o meia do Liverpool acabou deixando o time por ter ficado sem atuar durante a negociação com o Barcelona: O sistema de jogo é parecido. Tenho um mais vertical e agudo, que ataca os espaços (Willian), e outro mais construtor (Coutinho).

Provável Escalação:

Alisson, Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Alex Sandro; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus.

Convocados do Brasil:

GOLEIROS:

Alisson (Roma-ITA)
Cássio (Corinthians)
Ederson (Manchester City-ING)

LATERAIS:

Daniel Alves (PSG-FRA)
Danilo (Manchester City-ING)
Filipe Luís (Atlético de Madri-ESP)
Alex Sandro (Juventus-ITA)

ZAGUEIROS:

Marquinhos (PSG-FRA)
Jemerson (Monaco-FRA)
Miranda (Inter de Milão-ITA)
Thiago Silva (PSG-FRA)

MEIO-CAMPISTAS:

Arthur (Grêmio)
Fred (Shakhtar Donetsk-UCR)
Casemiro (Real Madrid-ESP)
Fernandinho (Manchester City-ING)
Paulinho (Barcelona-ESP)
Philippe Coutinho (Liverpool-ING)
Renato Augusto (Beijing Guoan-CHN)
Willian (Chelsea-ING)

ATACANTES:

Diego Tardelli (Shandong Luneng-CHN)
Neymar (PSG-FRA)
Roberto Firmino (Liverpool-ING)
Gabriel Jesus (Manchester City-ING)


Jogo equilibrado e de difícil prognóstico. Apesar das diferenças de qualidades entre as duas seleções, o fator altitude favorece aos bolivianos. A seleção Brasileira, no entanto, vive seu melhor momento em resultados e boas exibições. As duas equipes deverão jogar “soltas”, pois suas situações já estão definidas na competição.

Sugestão de aposta: Ambas as equipes marcam a 1.76; Over 2,5 a 1.89; Brasil handicap -0.50 a 1.88.

Dica de Aposta: Chance dupla Brasil e ambas as equipes marcam a 2.12 no 188bet.

VCREDITOS, o modelo de operações da VCréditos é conhecido como a de uma carteira virtual. Ela atua como intermediária entre o cliente e os sites de apostas parceiros, servindo para facilitar depósitos, transferências e saques.

CRIAR UMA CONTA.

Fontes: soccerway.

 




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$400

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$500

Ganhar
10Bet

Bônus

R$300

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

U$500

Ganhar



  • Futebol

    Campeonato Inglês 2017/2018: Manchester United x Manchester City
  • Futebol

    Premier League: Liverpool x Everton
  • Futebol

    Premier League: Southampton x Arsenal
  • Futebol

    Premier League: West Ham x Chelsea