Semana de Clássicos nos Estaduais - Saiba como Apostar!


07/03/2018


                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        por Fernando Pereira

 

   Os principais Estaduais estão chegando a suas fases decisivas e com isso os clássicos aparecem, com uma rivalidade mais aquecida.

   De 07 a 11/03, mostramos os principais clássicos estaduais no Brasil!

  

 

 

 

 Nesta Quarta a partir das 19:30, o Estádio Nílton Santos recebe o Clássico dos Gigantes pela Taça Rio.
 
As duas equipes ficaram de fora das semifinais da Taça Guanabara e para chegarem as semifinais da fase final, precisam de boas campanhas e até aqui tem conseguido.

Pelo Grupo A o Vasco lidera com 6 pontos em 3 jogos, já o Fluminense lidera o Grupo B com 100% de aproveitamento, 9 pontos em 3 jogos.


Ambos times perderam muitos jogadores da temporada passada e estão em construção.

O Gigante da Colina enfrentou uma fase preliminar da Copa Libertadores, onde passou , apesar do susto frente ao Jorge Wilstermann e agora foca no Estadual.

O Fluminense sofreu com seus principais jogadores pedindo para sair devido a grave crise financeira que o clube passa, Abelão continuo e vem apostando nos garotos para seguir um trabalho.



Sobre o Jogo:

 O Vasco de Zé Eduardo vem com sua principal formação, de olho na estréia pela fase de Grupos da Libertadores na próxima semana, destaque para o goleiro Martín Silva e os jovens Paulinho e Evander.

 Pelo lado das Laranjeiras, o Flu aposta em Marcos Junior e Pedro no ataque, a dupla que se destacou na goleada frente ao Flamengo por 4x0.

 

O Confronto na História:

Nos últimos 10 jogos, o Cruz-Maltino venceu 6, tivemos 1 empate e 3 vitórias do Fluminense. 
Tivemos gols em todos jogos, porém em apenas 3 ambas equipes marcaram e em 4 oportunidades tivemos mais de 2 gols.

Já na história separei um confronto inesquecível para cada lado:

Em 2003 com Marcelinho Carioca, Léo Lima, Valdir, Souza o Vasco conquistou o Campeonato Carioca batendo o Fluminense de Renato Gaúcho e Carlos Alberto na final.




Para os tricolores, a final do Brasileiro de 1984 permance na memória, a equipe venceu o primeiro jogo por 1x0 com gol de Romerito e empatou o segundo jogo em 0x0, conquistando o título.

 



O Clássico das Multidões, reune as duas maiores torcidas de Pernambuco, é o destaque da última rodada da fase de classificação do Estadual.

O Sport está na 2º colocação, enquanto o Santa Cruz foi irregular em toda fase e está em 7º e com estas posições os dois se encontrariam já no domingo pelas Quartas de Finais da Competição.

Os dois buscam fugir dessa situação e curiosamente um resultado positivo da Cobra Coral ajudaria, pois como o Afogados já está classifica e encerrou sua participação na 1º fase e o Salgueiro enfrenta o Central fora de casa, a equipe poderia chegar a 4º ou 5º posição, enquanto o rival poderia no máximo cair para 3º colocação.

Porém uma derrota hoje deixaria o ambiente conturbado na Ilha do Retiro, devido a eliminação na Copa do Brasil, os problemas com André e Rithely que queriam sair do clube, não foram negociados e não tem jogado e a polêmica escolha em não disputar a Copa do Nordeste.

 




Sobre o Jogo:

Exceto o volante Anselmo, pendurado com dois cartões, o Leão tem força máxima para partida e ainda, quem sabe, chegar a liderança.

Como mandante, o Sport venceu os 4 jogos até aqui e não sofreu gols, porém foi goleado no único clássico que disputou, frente ao Naútico por 3x0.

O Santa empatou muito até aqui, 6 vezes, foi eliminado na Copa do Brasil, mas faz uma campanha boa na Copa do Nordeste, liderando seu grupo.

Com diversos jogadores com problemas físicos, o Santa ainda não definiu a equipe. O desfalque confirmado é de Arthur.

Henrique Ávila, Jorginho, Vítor e o goleiro Tiago são as dúvidas.
 

O Confronto na História:

Nos últimos 10 confrontos, extremo equilibrio com 3 vitórias para cada lado e 1 empate.

O curioso é que cada equipe venceu duas vezes como visitante!

Separei dois grandes confrontos recentes dos rivais, com uma lembrança boa para cada.

Em 2016, o Santa Cruz fazia campanha fraca e estava virtualmente rebaixado, o Sport lutava contra o descenso e tomou 2x0 no inicio do segundo tempo, empatou, tomou o terceiro e marcou dois gols no fim da partida.



O Santa Cruz estava em uma fase terrível pelo Brasileiro 2016 e enfrentava o rival pela Copa Sul-Americana, o Sport vinha a competição com carinho para tentar seguir o passo de internacionalizar a marca.





O Choque-Rei desta semana tem uma importância que vai além da tabela.

O Palmeiras já está classifica e o São Paulo está próximo da vaga, porém outras coisas mexem com a cabeça de todos envolvidos.

O Milionário Palmeiras vem alternando apresentações e já não vence a 4 rodadas pelo Paulista, apesar da ótima estréia na Copa Libertadores.

Já o São Paulo não venceu clássicos no ano, problema que já vem acontecendo algum tempo, e além disso uma derrota, combinada com a vitória do São Caetano, pode deixar a equipe na segunda colocação.



Sobre o Jogo:

O Palmeiras de Roger Machado, não deve ter problemas para este jogo, Jaílson cumpriu suspensão e deve voltar.
Lucas Lima, Borja, Dudu e Felipe Mello estão confirmados e o Verdão quer continuar sem perder ou empatar com o rival no Allianz Parque.
 

No São Paulo, Dorival deve deixar Diego Souza e Nenê novamente no banco. Com o jovem Brenner e Valdívia como titulares.
Reinaldo, Jucilei e Sidão são desfalques para a partida.


O Confronto na História:

Nos últimos 10 jogos, a vantagem é Palmeirense com 6 vitórias, o Tricolor venceu 3 e tivemos um empate. 

Todas vitórias do São Paulo foram no Morumbi, já o Palmeiras venceu todos 5 jogos que mandou no Allianz Parque, sendo todos jogos com mais de 2 gols.


O primeiro Choque-Rei da Arena Palmeirense, é lembrado até hoje, pelo golaço de Robinho e pelo baile alviverde.



O São Paulo tem um histórico bom frente ao rival em jogos eliminatórios e em 2005, campanha do Tri na Copa Libertadores, o Tricolor não encontrou dificuldades para despachar o rival.





O Paratiba de hoje é o 100º da história, com ligeira vantagem do Coxa, 38 vitórias, contra 32 do Tricolor, e 29 empates.

Na Vila Capanema o Coxa tem 5 vitórias, contra 4 do Paraná e 5 empates, mas em matéria de gols o Tricolor leva vantagem: 18x14.

O Paraná fez um primeiro turno ruim, sendo lanterna em seu grupo, já o Coritiba foi o campeão da Taça Dionisio Filho e se vencer a Taça Caio Junior conquista o título sem precisar jogar a final.


Sobre o Jogo:

Rogério Micale irá usar a mesma base que empatou com o Cianorte, apenas com uma dúvida entre Alemão e Júnior na lateral direita.
Em 10º lugar na classificação geral e próximo a zona de rebaixamento, a luz de alerta acendeu na Vila para o Brasileirão da Série A em que o clube retorno após 11 anos.


O Coritiba  sofreu uma dura derrota na estréia do segundo turno para o Maringá, porém o técnico Sandro Forner tinha poupado a maior parte dos jogadores.
Para este confronto, o volante Vítor Carvalho é baixa confirmada. Matheus Galdezani e João Paulo disputam a posição.

O Confronto na História:

O Paraná não vence o Coritiba a 10 anos e curiosamente foram 10 confrontos de lá para cá com 7 vitória do Coritiba e 3 empates.
 

Para os paranistas um jogo em 1999 é especial,mesmo sem valer título! 
6x2 com show de Ilan e Lúcio Flávio, a equipe de Márcio Araujo, massacrou na estréia de Abel Braga no Coritiba.



O troco veio no mesmo ano com o título do Coritiba, quebrando um jejum de 10 anos sem taças.





Domingo o Grenal está de volta, após 1 ano.

O Inter que viveu a Série B em 2017, segue inconstante, mesmo liderando o Gauchão.

Já o Grêmio colocou os titulares para jogar mais tarde, passou boa parte do campeonato na zona de rebaixamento mas já chega em 8º lugar.

Os dois times entram em campo no meio da semana contra os dois últimos colocados e devem chegar com o objetivo alcançado.

Porém dependendo do que acontecer, o clássico pode determinar novo jogo nas Quartas entre eles!


Sobre o jogo:

O Inter poupa seus jogadores no meio de semana de olho no Grenal, o técnico Odair Hellman sabe da importância do confronto então segurou os jogadores para ter força máxima.

O Grêmio joga pela classificação no meio de semana frente ao São Paulo e vem dando ritmo aos seus titulares, para o jogo de domingo está confirmada a escalação de força máxima, mas sem poupar ninguém no jogo de Quarta.
 

O Confronto na História:

São 412 confrontos entre os rivais, com vantagem para o Colorado com 154 vitória contra 128 do Tricolor.
O clássico é colocado por muitos, como o de maior rivalidade no País!

Em 1997, o Inter vivia uma época de vacas magras e vendo o rival acumular títulos, mas Fabiano fez o jogo de sua vida e os Colorados venceram por 5x2 dentro do Olímpico.



Em 1999, um jovem Ronaldinho Gaúcho aparecia para o Brasil com uma atuação espetacular, com dribles desconcertantes sobre o capitão do Tetra Dunga e com o gol decisivo, levava o Tricolor Gaúcho ao título.





Domingo temos Re-Pa, clássico mais repetido no Brasil, com 742 confrontos e vantagem do Remo com 258 vitórias contra 232 do Papão.

 



Sobre o Confronto:

Eliminado na Copa Verde e na Copa do Brasil, o Remo de Givanildo Oliveira, venceu o primeiro clássico do ano por 2x1 e lidera seu grupo, com passagem praticamente garantida as semifinais.

O Paysandú ainda está vivo na Copa Verde e joga Quarta frente ao Santos, o treinador Dado Cavalcanti inclusive deve utilizar uma equipe mista de olho no clássico.

O Confronto na História:

Em 2015 os rivais se encontraram pelas semifinais da Copa Verde e após perder a primeira partida por 2x0, o Remo deu o troco e conquistou a vaga nos penaltis.



Em 2016, o Papão deu o troco vencendo os dois jogos pela Copa Verde contra o rival.



Os Estaduais chegam aos seus momentos finais e agora os encontros entre rivais se tornam mais frequentes e decisivos, emoção e mais capítulos sendo escritos.


Estes jogos você encontra na Bodog.

Conheça e se cadastre por aqui.




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$300

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar



Outras Notícias