De Olho na NFL: Semana 01


2017-09-14

Terminada a primeira semana de jogos da temporada, é hora de darmos uma passada pelo recorde de nosso especialista na NFC, além de conferimos os destaques, surpresas, decepções e resultados das apostas mais apoiadas pelo público na semana de abertura da temporada. 

Gustavo Zambrano

Recorde: 3-5-1 (37%), -2,34und
ODD Média: 1.92
ROI%: -26%
Handicaps: 3-5-1 (37%), -2,34und

Não foi uma boa primeira semana para nossas apostas, a rodada já começou ruim com os Patriots surpreendentemente perdendo a partida de abertura e não passando perto de uma cobertura no handicap, enquanto que o domingo seguiu fraco, com escolhas mal sucedidas sobre: Bengals, Titans, Seahawks e Giants. Já na segunda uma pequena recuperação, com os Vikings vencendo facilmente o jogo um do Monday Night Football e com os Chargers em grande reação para terminaram derrotados exatamente pela linha de handicap, trazendo neles como devolvida.

Destaque

Equipe: Kansas City Chiefs (1-0 W/L)

Underdogs por 8,5 pontos fora de casa contra os atuais campeões, os Chiefs mostraram uma força inesperada no ataque e anotaram 42 pontos frente a defesa que menos cedeu pontos durante a última temporada. Alex Smith teve a sua melhor exibição da carreira e o novato Kareem Hunt foi uma das surpresas dessa primeira semana de jogos, se recuperando de um fumble sofrido em sua primeira carregada da carreira e terminando o jogo com 246 jardas totais entre corridas e recepções. 

Jogador de Ataque: Alex Smith (QB, Kansas City Chiefs)

Smith foi quase perfeito na vitória dos Chiefs sobre os Patriots por 42x27. Veterano, o quarterback dos Chiefs fez de longe a sua melhor partida na carreira, lançando para 368 jardas, 4 touchdowns e saindo sem interceptações. Smith completou 80% de seus passes para uma média de 10,5yds por tentativa de passe, lançando na direção de oito alvos diferentes durante a partida. 

Jogador de Defesa: Calais Campbell (DT, Jacksonville Jaguars)

Campbell não poderia ter tido uma estreia melhor em sua nova equipe, ex-Cardinals o jogador atormentou a linha ofensiva dos Texans e terminou com 4 sacks totais em sua primeira partida pelos Jaguars, marca que já corresponde à metade de sacks conseguidos pelo defensive tackle durante toda a última temporada. 

Jogador Especialista: Jon Ryan (P, Seattle Seahawks)

Um dos melhores jogadores de sua posição, Ryan teve ótima partida frente aos Packers, apesar de seu time ter saído derrotado. Quatro de seus seis punts terminaram na linha de 20 ou menos jardas do campo adversário e nenhum foi retornado, com os Packers terminando com média de 0,0yds através de retornos de punt. 

Surpresa

Equipe: Los Angeles Rams (1-0 W/L)

Tudo bem que os Rams enfrentaram uma fraca e desfalcada equipe dos Indianapolis Colts, mas com um ataque fraco nos últimos anos, poucos esperavam que eles fossem capazes de produzir uma pontuação tão alta. Os 46 pontos anotados pelos Rams foram a maior marca de uma equipe na semana 01 e Jared Goff pareceu bastante seguro comandando um ataque que ganhou bons reforços entre os recebedores. A defesa também foi implacável contra o fraco Scott Tolzien, conseguindo 4 sacks e 2 interceptações, com destaque para Trumaine Johnson, que fez uma das interceptações e esteve bastante seguro na marcação durante todo o jogo. 

Jogador de Ataque: Dalvin Cook (RB, Minnesota Vikings)

O novato dos Vikings trouxe consistência para um jogo terrestre que foi classificado como o pior da liga na última temporada. Cook ultrapassou a marca de 100 jardas e terminou com média de 5,8yds por carregada na vitória dos Vikings sobre os Saints por 29x19. Após saída de Adrian Peterson (Saints), Cook tem o caminho livre para se tornar o próximo grande running back da equipe e seu início de carreira foi bastante promissor. 

Jogador de Defesa: T.J. Watt (DT, Pittsburgh Steelers)

Irmão do excelente J.J Watt jogador dos Texans, T.J. Watt se destacou em sua estreia na liga, conseguindo dois sacks e 7 tackles totais na vitória dos Steelers sobre os Browns por 21x18. A linha ofensiva dos Browns não conseguiu conter o novato e quando saiu para cobrir passes, Watt também se mostrou bastante efetivo, conseguindo uma interceptação e retornado para 17 jardas. 

Jogador Especialista: Giorgio Tavecchio (K, Oakland Raiders)

Tavecchio não teria um emprego se Sebastian Janikowski não tivesse se machucado, mas tendo assumido a posição de última hora, o novato se destacou nessa rodada, convertendo todas a suas quatro tentativas de field goal, sendo duas delas para mais de 50yds. 

Decepção

Equipe: New England Patriots (0-1 W/L)

A decepção da semana não poderia ser outra senão os atuais campeões, derrotas por 42x27 logo na partida de abertura da temporada. O ataque foi anêmico e os 21 pontos anotados ainda dão uma noção errada sobre um setor que não conseguiu mover a boa com consistência tanto pelo ar quanto pela terra. Já a defesa foi irreconhecível e acabou consagrando o novato running back Kareem Hunt e o veterano quarterback Alex Smith.        

Jogador de Ataque: Andy Dalton (QB, Cincinnati Bengals)

Dalton teve uma estreia para se esquecer contra os Ravens, lançando quatro interceptações, completando apenas 51% de seus passes e sendo sackado cinco vezes por um forte pass-rush de Baltimore. Dalton foi completamente dominado na partida e terminou a semana 1 com rating de apenas 28.4, a pior marca entre os quarterbacks na rodada de abertura da temporada. 

Jogador de Defesa: Jabaal Sheard (LB, Indianapolis Colts)

Veterano de sete temporadas e campeão pelos Patriots no último ano, Sheard foi a maior adição de uma defesa que precisava desesperadamente de ajuda, mas o linebacker acabou tendo uma das piores performances defensivas individuais da semana 1, perdendo diversos tackles e sendo dominado pela OL dos Rams quando tentou pressionar o quarterback Jared Goff. 

Jogador Especialista: Adam Vinatieri (K, Indinapolis Colts)

A decepção entre jogadores de special team também vem de um jogador dos Colts nessa semana 01. Veterano de 22 temporadas, o lendário kicker Adam Vinatieri teve uma fraca performance durante o jogo contra os Rams, errando um extra-point e um field goal curto na derrota da equipe por 46x9. 

O Green

Los Angeles Rams -3,5, contra os Indianapolis Colts. Os Rams receberam 78% das apostas na linha de spread.

Poucos apostadores devem ter tido algo nesse jogo, mas os que resolveram apostar na partida optaram em sua maioria pelo spread dos Rams em uma linha baixa frente a um adversário desfalcado de seu quarterback titular, o que se mostrou uma escolha inteligente. Os Colts não foram capazes de mover a bola com consistência e a defesa continuou tão frágil quanto na última temporada, com isso o time de Los Angeles obteve uma vitória fácil, conseguindo a maior margem de diferença da semana 01 e cobrindo facilmente a linha de -3,5. 

Arizona Cardinals x Detroit Lions, Over 48,5. 82% das apostas em totais vieram sobre o Over.

O over na partida entre Cardinals e Lions foi um dos maiores consensos de aposta da semana 01 e se mostrou uma escolha correta, com Matthew Stafford liderando os Lions para 35 pontos e com os Cardinals ainda sendo capazes de contribuir na pontuação. É importante notar porém, que entre os três totais que possuíam um consenso de apostas acima de 80% na semana 01, esse over foi o único bem sucedido. 

O Red

Atlanta Falcons -7, contra os Chicago Bears. Os Falcons receberam 78% das apostas na linha de spread.

Derrotados no último Super bowl, mas saindo de um ano onde consagraram Matt Ryan como MVP da liga, os Falcons estrearam na temporada enfrentando uma adversário que havia vencido apenas três jogos na última temporada e com isso o público foi massivamente a favor do handicap da equipe, mesmo atuando fora de casa. Os Bears mantiveram o jogo próximo e tiveram chances de ganhar, quando Mike Glennon falhou quatro passes para touchdown no último drive da partida. Eu apontei aqui que os Bears seriam competitivos e o grande público parece ter subestimado a equipe de Chicago, sofrendo assim a maior derrota em um consenso de handicaps na semana 01.

Oakland Raiders x Tennessee Titans, Over 50,5. 83% das apostas vieram sobre o Over.

Ambas equipe possuem talentosos quarterbacks jovens e bons ataques no geral, o que fez com que grande parte dos apostadores levassem o over da partida. No entanto, eles negligenciaram a força das duas defesas, que foram dominantes por grande parte do jogo e que acabaram mantendo um total baixo na partida. Com 83% das apostas em totais tendo vindo no over, essa partida foi a maior derrota coletiva durante a primeira semana. 

Fique de Olho:

Tennessee Titans (0-1 W/L)

Não foi a estreia esperada para os Titans, já que acabaram derrotados em casa, mas eles estavam frente a um forte adversário e se algo de positivo pode ser notado, é o fato de a defesa ter segurado um forte ataque dos Raiders durante boa parte do jogo, com o setor tendo ficado em campo por 31:39 minutos devido a ineficiência do ataque na partida. O ataque é talentoso e irá melhorar naturalmente e se a defesa puder continuar nesse nível de exibição, então os Titans serão uma equipe interessante nessa temporada. 

Deixe de Lado:

Kansas City Chiefs (1-0 W/L)

A vitória dominante deles sobre os Patriots na semana 01 elevou muito o status de um time que ofensivamente não tem chances de ser tão bom quanto mostraram durante a primeira partida. Alex Smith é um quarterback bastante consistente, mas é limitado e não terá atuações tão boas quanto naquele jogo, enquanto que a defesa ainda parecia ter problemas na contenção ao jogo terrestre. Os Chiefs tendem a serem supervalorizados nas próximas rodadas devido a impressão que deixaram no primeiro jogo, mas é melhor esperarmos um pouco para entendermos qual a verdadeira força deste time. 


Casas de apostas

188BET

Bônus

R$400

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$500

Ganhar
10Bet

Bônus

R$300

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

U$500

Ganhar



  • Futebol Americano

    De Olho na NFL: Semana 06
  • Futebol Americano

    De Olho na NFL: Semana 03
  • Futebol Americano

    De Olho na NFL: Semana 02
  • Futebol Americano

    NFL - Confira os previews da NFL 2017