NFL Preview: AFC North


2017-09-10

Baltimore Ravens 

Campanha em 2016/17 – 8-8 W/L (2° na AFC North)

Mesmo com um ataque pouco produtivo, os Ravens ainda terminaram com 50% de aproveitamento na última temporada, devido a uma defesa eficiente e a uma tabela fácil. 

Análise 

Joe Flacco teve mais uma temporada ruim em 2016, mesmo apoiado por uma linha ofensiva eficiente. Flacco deve ainda ter mais problemas nessa temporada, já que Steve Smith Sr. optou pela aposentadoria e Dennis Pitta foi dispensado após seguidas lesões. Jeremy Maclin chega para reforçar o corpo de recebedores, mas parece o único jogador talentoso entre os wide receivers do time. O jogo terrestre foi apenas mediano na última temporada e o veterano Danny Woodhead chega para dividir as carregadas com Terrance West. 

A defesa foi bem no ano passado e o time reforçou uma secundária que já contava com o excelente Eric Weddle. A linha de linebackers porém, não possui muito talento exceto por C.J. Mosley e com um pass-rush pouco efetivo na última temporada, o time optou por selecionar jogadores defensivos nas três primeiras rodadas do draft, buscando melhorar a produção de um setor que teve apenas 31 sacks no ano passado. 

Justin Tucker é um dos melhores kickers da liga e Sam Koch um punter competente, então os Ravens estão bem representados nos chutes. Chris Moore e Michael Campanaro também são bons retornadores, fechando um forte special team para Baltimore. 

Total de Vitórias Estipulado: 8,5

O total me parece muito elevado, já que eu não espero que os Ravens sejam uma equipe muito diferente da última temporada. A defesa deve ter uma leve piora considerando o envelhecimento de alguns de seus membros e o ataque tem pouco talento exceto por uma boa linha ofensiva. 8,5 me parece fora das capacidades desse time. 

Aposta:  Under 8,5 wins @1.71 na Bet365

Cincinnati Bengals

Campanha em 2016/17 – 6-9 W/L (3° na AFC North)

 Com uma péssima linha ofensiva, os Bengals foram uma grande decepção na última temporada, terminando na 3° colocação em uma divisão fraca. O time porém, enfrentou um tabela difícil e pode se sair melhor esse ano.  

Análise 

Andy Dalton regrediu um pouco no último ano, sofrendo com as ausências de alguns de seus principais alvos no decorrer da temporada e com a linha ofensiva não sendo tão eficiente quanto nas temporadas anteriores. Os Bengals não fizeram muito para consertar a OL e optaram por utilizar alguns jogadores que eram reservas na última temporada, mas saudável, um corpo de recebedores que inclui: A.J. Green, Tyler Eifert, Tyler Eifert e o novato Josh Malone pode fazer com que a produção ofensiva do time suba nessa temporada. O jogo terrestre é um pouco mais problemático e por isso o time optou por selecionar Joe Mixon na segunda rodada do último draft, trazendo mais opções para um time que não obteve grande produção da dupla: Giovani Bernard e Jeremy Hill.

A defesa teve problemas para pressionar os quarterbacks adversários e para conter o jogo na terrestre na temporada passada, mas deve evoluir ao menos no primeiro quesito, já que o grupo de linebackers foi reforçado com Kevin Minter, que vem de boa temporada pelo Cardinals. A secundária é forte e tem nomes como: Adam Jones, George Iloka, Shawn Williams e Dre Kirkpatrick, no que a defesa contra o passe ainda deve ser acima da média. 

No special team, Randy Bullock e Kevin Huber retornam como kicker e punter respectivamente, mas ambos são jogadores abaixo da média em suas posições. Adam Jones deve continuar sendo o principal retornador, mas o time também poderá utilizar Alex Erickson nos retornos, com o jogador tendo ido bem na última temporada.

Total de Vitórias Estipulado: 8,5 

Depois de uma temporada decepcionante em 2016, eu gosto dos Bengals para se recuperarem esse ano. O ataque tem muito talento entre os recebedores e Andy Dalton já provou ser um quarterback capaz de grandes performances, enquanto que na defesa o time deverá ter um pass-rush mais eficiente e ainda conta com uma boa secundária. Vejo os Bengals como uma possível força na divisão esse ano e acredito que eles ultrapassem oito vitórias na temporada. 

Aposta: Over 8,5 wins @2.10 na Bet365

Cleveland Browns 

Campanha em 2016/17 – 1-15 W/L (4° na AFC South)

Os Browns foram a pior equipe da última temporada, o que lhes deu direito a primeira escolha do draft desse ano, pick que foi utilizada no defensive end Myles Garrett. O time teve um diferencial de pontos de -188 em 2016. 


 
Análise 

Os Browns utilizaram quatro quarterbacks diferentes no ano passado e isso comprometeu a produção de um ataque que apresentou um bom jogo terrestre e uma linha ofensiva de elite. Ambos quesitos ainda devem se manter fortes no time, já que a linha tem jogadores talentosos como: Joe Thomas e Joel Bitonio e ainda foi reforçada pelo center JC Tretter. Já a produção do jogo aéreo é uma incógnita com o time iniciando o novato DeShone Kizer como quarterback titular e tendo perdido Terrelle Pryor Sr. na offseason, trazendo o bem menos talentoso Kenny Britt para o lugar. 

A secundária foi o grande problema na defesa em 2016, com os Brown permitindo um rating médio de 101.8 para os quarterbacks adversários. Sofrendo com seguidos problemas de lesão, Joe Haden foi cortado da equipe, que terá: Briean Boddy-Calhoun e Jamar Taylor como cornerbacks, além do novato Jabrill Peppers como safety. O corpo de linebackers deve ser um pouco mais forte esse ano, agora que Jamie Collins Sr. já está habituado ao sistema de jogo da equipe e com problemas para exercer pressão sobre os quarterbacks adversários, o time selecionou o Myles Garrett com a 1° escolha do último draft.

Total de Vitórias Estipulado: 4,5

Esse time não era horroroso no ataque na última temporada e a instabilidade na posição de quarterback cobrou um alto preço da equipe. Porém, ter um quarterback novato e cru não deve ajudar o time no jogo aéreo e um bom jogo terrestre ainda é muito pouco para suportar toda a carga ofensiva. A defesa tem alguns nomes interessantes e pode melhorar bastante caso os novatos: Jabrill Peppers e Myles Garrett joguem perto do potencial esperado. Os Browns estão indo na direção certa, mas esse ainda deve ser um ano de reconstrução e eu não vejo eles ganhando muitos jogos se o ataque aéreo ainda for muito deficiente, então fico com o under para eles esse ano. 

Aposta: Under 4,5 wins @2.20 na Bet365

Pittsburgh Steelers 

Campanha em 2016/17 – 11-5 W/L (1° na AFC North)

Os Steelers dominaram uma divisão enfraquecida, apresentando um forte ataque e avanços na defesa. O time caiu apenas no Conference Championship frente aos Patriots, que viriam a ganhar o Super Bowl. 

Análise 

Ben Roethlisberger deve fazer sua última temporada esse ano, já que considerou a aposentadoria durante a offseason, mas não há motivos para acreditar que o jogador não irá ter uma outra excelente temporada, sendo apoiado por uma das melhores linhas ofensivas da NFL e tendo em Antonio Brown um dos melhores wide receivers da liga. O jogo terrestre também tende a ser de elite, já que Le'Veon Bell vem de excelente temporada, tendo média de 4,9yds por carregada e superando a marca de mil jardas. Para desafogar Bell na carga terrestre, o time selecionou o calouro James Conner na 3° rodada do último draft. 

A defesa evolui na última temporada e possui talento jovem na secundária e experiente no front-seven. Joe Haden chega para atuar como cornerback #1 ao lado de Artie Burns e com a equipe ainda tendo William Gay como opção. Irmão de J.J. Watt, T.J. Watt é um bom prospecto e atuará ao lado de jogadores talentosos no corpo de linebackers, como: Ryan Shazier e Bud Dupree. Aos 39 anos, James Harrison também retorna para mais uma temporada. 

No special team residem as maiores fraquezas da equipe. Chris Boswell é um kicker ruim e Jordan Berry tem baixo alcance nos punts. Antonio Brown no entanto, ainda deve ser uma ameaça retornando punts, com Eli Rogers sendo utilizado em retornos de kickoffs. A equipe precisa melhorar na contenção de retornos, já que sofreu no quesito na última temporada. 

Total de Vitórias Estipulado: 10,5

Vejo os Steelers como uma das equipes mais fortes entrando nessa temporada, com o time só tendo pontos explicitamente fracos no special team. O ataque deve continuar bastante eficiente e a defesa se não é de elite, ao menos é acima da média. Com Ben Roethlisberger provavelmente entrando em sua última temporada, eu posso ver esse time intensificando em produção para tentar dar ao quarterback o seu último título e aparição de Super Bowl. 10,5 é um total alto, mas em uma divisão pouco talentosa, acredito que o time supere com facilidade esse número. 

Aposta:  Over 10,5 wins @1.66 na Bet365
 


Casas de apostas

188BET

Bônus

R$400

Ganhar
Bumbet

Bônus

R$150

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$500

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
10Bet

Bônus

R$300

Ganhar



  • Futebol Americano

    De Olho na NFL: Semana 01
  • Futebol Americano

    NFL - Confira os previews da NFL 2017
  • Futebol Americano

    NFL Preview: AFC East
  • Futebol Americano

    NFL Preview: AFC West