Apostar é uma Arte - a importância do Foco nas apostas







Seu trabalho é um ofício artístico, e se você aprimorar suas habilidades e aplicá-las com respeito e dedicação, então você poderá encontrar significado nos seus esforços diários da sua vida profissional. Cal Newport
 

Nosso trabalho com apostas é um trabalho raro, que necessita um raro esforço para fazê-lo funcionar.

 

 

Muitos se apaixonam pelo aspecto deslumbrante do mundo das apostas, mas não se detém ao esforço necessário para se alcançar o sucesso, que certamente passa pelo fato de aprimorar a si mesmo.

Um dos primeiros conselhos que recebi de um amigo apostador foi: “Foco! Foco e mais foco!”. Isso foi pouco antes do tema “foco” virar capa de diversos livros sobre rendimento cognitivo, ainda assim passei anos tentando transformar o conselho em algo útil e aplicável.

Esse conselho é igual ao que nossas mães nos falam: “Tome cuidado”, quando se despedem da gente. Ou ainda aquele seu amigo te vê saindo à noite para uma quebrada e diz: “Não vá fazer besteira”. É claro que se você é criança você não vai tomar cuidado, vai pular muro, invadir terrenos vazios, descer ladeira a mil por hora, vai se arrebentar todo e mais tarde quando sair de noite vai aprontar: vai beber demais, se juntar com as pessoas “erradas”, brigar, esquecer do horário de voltar, como voltar, etc.

Existem muitos conselhos bons que deveriam vir com um manual de instruções.

 

 

Olhe bem e preste atenção

Minha primeira reação ao conselho de focar foi aumentar a atenção ao que eu estava fazendo (apostando) e vendo (jogos). 

Com o passar do tempo consegui acompanhar 4 a 5 jogos ao mesmo tempo, alterando o áudio para o jogo mais “interessante” do momento.

Até hoje mantenho esse padrão de multi-telas em algumas sessões de apostas, porém não em todas, que é muito cansativo e desgastante.

Além disso, precisamos manter os olhos nas mudanças de odds e linhas de handicaps e linhas de over/under. Caso a linha de um dos times se torne atrativa, precisamos confirmar na tela se vale a entrada ou não. E ao contrário, quando um time mostra qualidade, devemos conferir se a linha atual permite algum investimento.

Esse é um movimento constante: checar odds e linhas. Às vezes uma linha de over bate muito mais cedo que o normal. Para sabermos o que é o “normal” de uma linha de totais over/under só há um jeito: conhecer a liga em que se trabalha e acompanhar vários jogos até identificar os padrões. 

Distraídos Venceremos ?!

gato

Minha segunda ação foi interpretar o aviso do “foco” como priorizar a atividade apostar e evitar distrações. Esse ponto de vista é fundamental, claro, porém bem complicado de colocar em prática se considerarmos que um computador e um celular são focos gigantesco de distração em potencial.

Você vai receber mensagens de fora de seu grupo de trabalho, e-mails, propagandas, avisos de postagem no Facebook, chamadas por engano do Skype, pop-up do Slack, postagem de quem você segue no Telegram ou Whatsapp, etc.
Parte do que você recebe de notificações será sobre os jogos em si, outras não.

Para contornar isso eu decidi sair da maioria de grupos dos quais participava (inclusive muitos bons grupos de apostadores de outros países) e também silenciar todos os grupos remanescentes. Só deixo aberto os que realmente são 100% dedicados a apostas LIVE.

Em termos de distração, outro problema clássico é o que fazer com aqueles indivíduos que habitam o mesmo lar que você: sua família. O ideal, claro, é ter um canto isolado na casa.

No meu caso, com filhos pequenos, preciso estar sempre próximo, na vigilância para que ninguém resolva tentar sair voando pelas escadas ou para que a casa não exploda ou algo semelhante. Então meu set-up fica na sala e nós nos acostumamos às regras combinadas.

Como diz o Arnaldo, aqui as regras são claras: só comemoramos gols dos times em que estamos e se eu estiver usando fones de ouvidos é sinal para não incomodar à toa. 

carrinho

Nada vai me tirar do sério, e tira o tempo todo:)

Mesmo com a prática acumulada e a noção da necessidade de atenção plena, existem dias que trabalho com menor intensidade ou foco, por estar cansado, ou por saber que não conseguirei me concentrar de forma ideal, ou porque ainda tenho atividades pendentes.

Infelizmente não é nada fácil separar em nossas cabeças os problemas de um “trabalho” dos problemas de um “outro” trabalho. Aparentemente ficamos ainda pensando em como resolver os problemas anteriores. Em outras ocasiões alguma irritação causada por outra atividade permanece por mais tempo do que gostaríamos. Seja uma discussão com alguém próximo ou um email descabido que recebemos.

gato

Nesses casos eu procuro ajustar minha atividade, meu foco, minhas stakes, meu tempo de acompanhamento dos jogos, quantidade de jogos e até mesmo me desligar completamente das apostas, se necessário. 

Por mais que tenhamos força de vontade e metas, algumas vezes as tentações de descansar, comer, curtir a família e se divertir terão prioridade.

Nessas situações, só faço as apostas que “clamam” para serem feitas e trabalho em um estado de “atenção distraída”.

Como as apostas envolvem habilidades com um alto grau de complexidade, necessárias para se obter sucesso, a atividade em si pode ser uma excelente “válvula de escape” para quem teve um dia cheio e cansativo no trabalho. Nesse caso o segredo é “mudar a chave”, como dizem os boleiros, e esquecer o que passou para focar no que se está fazendo no momento.

As vezes eu consigo fazer isso, às vezes não. Identificar esses momentos é muito importante e te ajudarão a evitar péssimas tomadas de decisão.

Medidas Práticas que podem nos ajudar a obter mais foco

  • Priorizar o que é mais importante no momento e evitar pensamentos desnecessários que tragam sentimentos negativos é boa prática a ser seguida.
  • Relevar pequenos acontecimentos ao seu redor ou pequenos contratempos nas apostas complementam a saúde mental do apostador.
  • Manter rotinas e rituais preparatórios antes de começar sessões de apostas podem ajudar a se colocar em “estado de apostador” e preparar a mente para a atividade atenta. Por ritual entenda tudo que te faça dar aquela “acordada”. Lutadores de boxe levam uns tapas na cara para criar stress físico e deixar corpo e mente aptos à luta. Já para quem está estressado, podemos indicar meditar e relaxar antes de operar.
  • Ter uma agenda semanal calibrada e cadenciada me facilita a cumprir as tarefas mais importantes e ajustar as novas que venham a aparecer. Se você é do mundo digital pode recorrer a softwares como: Evernote ou Todoist .

Para finalizar esse artigo, é difícil encontrar melhor conselho do que o oferecido por Winfried Gallagher: "Quem você é, o que você pensa, sente, e faz, o que você ama- é a soma daquilo em que você foca... Aquilo que escolhemos para focar e as coisas que escolhemos ignorar - isso vai definir a qualidade da sua vida".

Livros indicados sobre os temas abordados:

  • Rápido e Devagar, de Daniel Kahneman
  • Foco, de Daniel Goleman
  • Trabalho Focado, de Cal Newport
  • Thinking in Bets, de Annie Duke
  • Attention and the Focused Life, de Winfried Gallagher
  • O Poder do Hábito, de Charles Duhrigg
  • Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes, de Stephen Covey

A imagen dos filme refere-se  ao ótimo Big Short (A Grande  Aposta). Assista-o hoje mesmo.
 




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar


Outros Artigos