Guia da Fase de Grupos da Copa Libertadores da América 2019 - Grupo H







 

 

Após três fases eliminatórias, a Copa Libertadores da América tem o inicio de sua fase de grupos.
 

Será a 60º edição do torneio, que vem com diversas alterações, sendo a principal a final em jogo único, que será disputado em Santiago do Chile, em 23 de novembro.

Outra padronização interessante, se mantida, são as datas dos jogos. Antes tínhamos a primeira rodada desmembrada em diversas semanas, alguns times jogavam três rodadas e outros tinham atuado uma, agora todos jogam na mesma semana.

Apesar das alterações buscarem a organização da UEFA na Champions League, a Conmebol segue pecando, como em casos de escalações irregulares, que já derrubou o Barcelona/EQU na fase de grupos e multou outros muitos times, inclusive oito brasileiros, envolvidos na competição da Conmebol.

Buscar a melhoria do torneio, apagar as bagunças de 2018 e sobretudo melhorar o nível da competição, sem perder a identidade, são coisas bem complicadas para a Confederação Sul-Americana.


Mas apesar de todos esses desafios, a competição segue com seu charme e promete muito.

O regulamento segue o mesmo, são trinta e duas equipes divididas em oito grupos de quatro times.

Os dois primeiros se classificam para as Oitavas de Final, com os confrontos sendo definidos por sorteio, posteriormente.

Os terceiros colocados vão para Copa Sul-Americana.
 

Grupo H

O Grêmio surge como grande favorito nesse grupo, que tem nomes tradicionais do futebol sul-americano.
Em baixa, o Rosário Central terá que ligar seu modo copeiro para surpreender, pois Católica e Libertad estão em um estágio acima, inclusive os paraguaios do Libertad são os favoritos para segunda vaga, após grandes jogos na segunda e terceira fase, eliminando The Strongest e Atlético Nacional da Colômbia.

Libertad

Imagem relacionada

O Libertad eliminou o bom time do Atlético Nacional na fase preliminar e chega embalado na fase de grupos. Antes disso tinha passado pelo The Strongest.
A equipe costuma chegar as fases mata-mata da competição e tem um grupo bem equilibrado para buscar isso.
Se na fase preliminar da Libertadores a campanha foi bem sucedida, nos jogos do Campeonato Paraguaio foram uma campanha satisfatória, em sete duelos, com três vitórias, um empate e três derrotas.
Treinado pelo colombiano Leonel Álvarez, os paraguaios tem como destaque o veterano Óscar Cardozo, o ponta Bareiro, o goleiro Martin Silva e Macnelly Torres.
Com uma equipe interessante, o Libertad briga por vaga nas Oitavas.

Melhor campanha: Semifinal ( 2006)


Universidad Católica

Resultado de imagem para Universidad Catolica escudo



Campeã chilena, a Católica entra em um grupo bem difícil para buscar vaga nas Oitavas.
Em três jogos na temporada chilena, venceu dois e perdeu um, as duas vitórias foram como visitante.
Treinado por Gustavo Quinteros, a equipe tem jogadores experientes como o capitão Fuenzalida, o colombiano Riascos e o meia Diego Buonanotte.
Tem um bom time e deve lutar pela segunda vaga no grupo.

Melhor campanha: Vice ( 1993)

Rosário Central

 

Resultado de imagem para Rosario Central escudo

Sem vencer a dez jogos, o Rosário vive um momento ruim neste início de ano.
Edgardo Bauza venceu a Copa da Argentina, torneio que trouxe alívio e uma festa incrível para os torcedores Canallas, mas que não garantiu o treinador no comando.
O jovem Loncho Ferrari assume o comando e vive grandes problemas.
No elenco jogadores como Zampedri e o jovem Lovrera, Allione, que veio do Palmeira, Ortigoza, Caruzo e Lioi.
Mas o desespero no torneio nacional, onde o problema com o promedio e a queda ainda aflige, deixa o sinal de alerta nos primeiros jogos da Libertadores.
Os argentinos entram como azarão.

Melhor campanha: Semifinal ( 1975)

Grêmio

Resultado de imagem para Grêmio escudo

 

O time de Renato Gaúcho entra novamente em busca do título. Se perdeu algumas peças como Ramiro, segue com a dupla Geromel e Kanemann, além de Everton e Luan, que ganharam a presença de Diego Tardelli.
Nos poucos jogos pelo campeonato Gaúcho, o time titular encontrou e mostrou o futebol vertical de sempre.
A grande baixa é no gol, a saída de Marcelo Grohe ainda é sentida e será testada nos jogos de grande nível.
Com um ótimo ataque e boas peças, o tricolor gaúcho confia no trabalho de Renato, para ir longe novamente e brigar pelo tetra.
É o favorito no grupo.

Melhor campanha: 3 títulos ( 1981, 1995 e 2017)

 


Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
Bodog

Bônus

R$200

Ganhar
22BET

Bônus

100%

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

R$150

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betfair

Bônus

$30

Ganhar
Sportingbet

Bônus

R$120

Ganhar


Outros Artigos