Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 05/05/2021 (Quarta-Feira) às 20:00 Betfair
Basquete

Palpite: Boston Celtics x Orlando Magic - NBA - 05/05

Odd: 1,90
Stake: 5/10

Status: Ganha

Publicado em 05/05/2021 às 18:43

Abrindo a rodada desta quarta-feira na NBA, Boston Celtics e Orlando Magic se enfrentam no Amway Center. 

 Vs 

Local do evento: Orlando - Flórida

As equipes já se enfrentaram duas vezes nessa temporada e os Celtics venceram e cobriram o handicap nos dois confrontos. Os totais ficaram em: 1-1 O/U. 

A partida será disputada no Amway Center, casa do Orlando Magic. Por conta da pandemia do Covid-19, o ginásio tem operado com restrição de público, recebendo apenas 19% de sua capacidade total, com média de 3,578 expectadores por jogo.

Os Celtics (34-31 W/L) estão vindo de derrota em casa frente aos Blazers por 129x119. A equipe é a 7° colocada na Conferência Leste, 0,5 jogo atrás da zona de classificação direta aos playoffs. Após essa partida, o time viaja para Illinois, onde enfrentará os Chicago Bulls na próxima sexta-feira. 

O time anotou 119 pontos em sua última partida contra os Blazers, mas segue oscilando de produção no ataque, possuindo o 13° melhor ORtg da liga nessa temporada, com média de 114 pontos a cada cem posses de bola. A equipe não consegue encaixar contra ataques com frequência, produzindo poucos pontos através de cestas fáceis e apesar do time realizar um bom trabalho no perímetro, com aproveitamento de 37,4% nos arremessos de três e uma utilização alta do recurso, a equipe pontua pouco próximo ao aro. Kemba Walker, que tem sofrido com lesões e vem tendo uma temporada abaixo do esperado, desfalcou os Celtics nos últimos jogos, mas deve retornar na partida de ontem, porém, Jaylen Brown, 2° maior pontuador do time com média de 24,7pts por jogo, é desfalque por conta de uma lesão no tornozelo. Jayson Tatum lidera o time com média de 26,5pts por partida e ainda tem sido bastante efetivo no ataque, mas recebe pouca ajuda, com Marcus Smart sustentando um aproveitamento baixo e com a segunda unidade contribuindo pouco nos dois lados da quadra. Evan Fournier, que tem sofrido com lesões desde que chegou ao time, vem de uma boa exibição, anotando 21 pontos e indo 5-7 em suas tentativas de arremessos de três na última partida contra os Blazers, mas ainda mantém aproveitamento de apenas 37,6% nos arremessos de quadra desde que chegou aos Celtics. 

O ataque oscila de produção, mas é a defesa que tem sido o ponto fraco dos Celtics nessa temporada. A equipe é excessivamente faltosa, permitindo que os oponentes construam parte relevante de sua pontuação através de lances-livres e o time tem concedido muito espaço no perímetro, permitindo um alto aproveitamento em arremessos de média distância e da linha de três para os oponentes. Kemba Walker permanece um defensor fraco no perímetro e Jayson Tatum não tem sido um defensor tão efetivo quanto foi em seus três primeiros anos na liga, enquanto: Payton Pritchard, Romeo Langford e Aaron Nesmith, adicionam pouco nos dois lados da quadra na segunda unidade. O destaque do time na defesa é o center Robert Williams, que hoje deve começar entre os titulares na ausência de Tristan Thompson. Williams é um bom protetor de aro com grande capacidade de distribuir tocos, possuindo média de 1,8 tocos por jogo em apenas 19,1 minutos de ação por partida. 

Um dos desfalques dos Celtics nessa partida é o center Tristan Thompson, titular em 40 dos 65 jogos do time nessa temporada. Thompson, porém, tem sido o elo mais fraco do quinteto titular e uma grande decepção, no que sua ausência deve ser pouco sentida pela equipe. O center permanece um defensor abaixo da média e é pouco acionado no ataque, onde pontua próximo ao aro através de um baixo aproveitamento. O único quesito onde Thompson contribui ativamente é nos rebotes, possuindo média de 8,1 rebotes por jogo, sendo 3,2 ofensivos, mas Robert Williams III, provável substituto de Thompson, também é um reboteiro efetivo, sendo mais eficiente na definição de jogadas no garrafão e um defensor bastante superior. 

Após uma sequência de seis derrotas consecutivas, o Magic (21-44 W/L) se saiu melhor em suas últimas partidas, vencendo três de seus últimos quatro jogos, com a vitória mais recente vindo sobre os Detroit Pistons fora de casa na última segunda-feira por 119x112. A equipe é a 13° colocada na Conferência Leste e já está matematicamente eliminada, 13,0 jogos atrás dos adversários de hoje na classificação. Após essa partida, o time viaja para North Carolina, onde enfrentará os Charlotte Hornets na próxima sexta-feira. 

Após uma série de péssimas performances ofensivas no início do mês, passado, o ataque melhorou um pouco nas últimas partidas, com a equipe cometendo poucos turnovers e terminando com aproveitamento de 51,1% nos arremessos de quadra na vitória sobre os Pistons na última segunda-feira. O time, porém, mantem o 2° pior ORtg da liga, com média de apenas 105,5pts a cada cem posses de bola, com pouco uso dos arremessos de três e o pior aproveitamento da liga nos arremessos de quadra. Já foram 27 jogadores utilizados pelo Magic nessa temporada, o que atrapalha o entrosamento do time, mas entre os que compuseram a rotação recentemente, o center Wendell Carter tem sido o mais efetivo no ataque, com média de 12,5pts por jogo e aproveitamento de 52,5% nos arremessos de quadra, enquanto Ignas Brazdeikis, que assinou com a equipe recentemente, teve uma boa atuação em sua estreia, anotando 14 pontos na vitória sobre os Pistons. 

A defesa foi eficiente no início da temporada, mas a equipe caiu muito de produção na parte defensiva após ter desmanchado o elenco na última trade deadline. A equipe segue cometendo poucas faltas, obrigando que os oponentes construam a pontuação através dos arremessos de quadra e equipe ainda tem tido sucesso em afastar os adversários do garrafão, induzindo que tentem arremessos de média distância ou da linha de três. O problema é que mesmo com o time afastando adversários do garrafão, Wendell Carter ainda não é um grande defensores e oponentes possuem um aproveitamento alto quando o exploram na marcação, enquanto: Cole Anthony, Dwayne Bacon e Gary Harris, concedem muito espaço no perímetro, com a equipe permitindo um alto aproveitamento em arremessos de média distância ou da linha de três. 

Dwayne Bacon é um dos jogadores que mais atuaram pelo Magic nessa temporada, mas tem se saído tão mal quanto nos últimos anos, quando ainda era membro dos Charlotte Hornets. Abaixo da média na defesa e sem contribuir ativamente em assistências e rebotes, Bacon deveria ser um scorer eficiente, mas sua distribuição de arremessos é ruim e o jogador sustenta aproveitamento de apenas 40,3% nos arremessos de quadra e 29,6% nas bolas de três. Mesmo na vitória sobre os Pistons, onde a equipe teve uma boa atuação ofensiva, Bacon não esteve bem, indo 4-11 nos arremessos de quadra, anotando 9 pontos.

Lesões

Boston Celtics

Jaylen Brown (SG, Out) e Tristan Thompson (C, Out). 

Orlando Magic 

James Ennis III (SF, Out), Wendell Carter Jr. (PF, Questionável), Terrence Ross (SG, Out), Michael Carter-Williams (PG, Out), Otto Porter Jr. (SF, Out), Chuma Okeke (PF, Out), Markelle Fultz (PG, Out for season), Jonathan Isaac (PF, Out for season) e Devin Cannady (PG, Out for season).

A Linha

Linha Projetada: Boston Celtics -8
Total Projetado: 217,5

Registros: Celtics 30-34 ATS e 34-31 O/U, Magic 32-33 ATS e 35-29 O/U.

A linha foi aberta em Celtics -10,5 e subiu ao longo do dia, chegando a -12 em alguns sportbooks. 69% das apostas vieram no handicap dos Celtics. 

O total foi aberto em 218,5 e caiu para 218 na maioria dos sportbooks. 79% das apostas vieram no over. 

Onde está o valor?

Minha projeção não mostra valor no handicap dos Celtics, mas nessa reta final de temporada, os meus números não refletem bem a produção esperada das equipes, especialmente de um time como o Magic, que se desmontou no meio da temporada e já fez uso de 27 jogadores diferentes, com diversas formações de quintetos titulares. Orlando conseguiu três vitórias em seus últimos quatro jogos, mas que vieram em jogos onde o time estava em boa situação e enfrentando equipes desfalcadas, enquanto os Celtics estarão sem Jaylen Brown nesse jogo e ainda possuem problemas na defesa, mas devem ser capazes de superar um Orlando Magic deficiente nos dois lados da quadra. Essa versão dos Celtics não é tão boa quanto a das últimas temporadas, mas acredito que sejam capazes de derrotar Orlando por uma alta margem e gosto do handicap de Boston como um dos bons valores de aposta nessa rodada. 

Palpite: Boston Celtics -11,5 @1.90 na Betfair


Apostar na Betfair Betfair



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


Bônus R$ 200

9.4 (nossa avaliação)

A Betfair é o site de apostas favorito dos traders e de muitos apostadores em todo Mundo. Boa navegação, facilidade para depósitos e saques e boas odds são suas principais características.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail

Outras Dicas

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

23/06 (Qua) às 21:30

Palpite: East Finals - Atlanta Hawks x Milwaukee Bucks (Game #1) - NBA Playoffs - 23/06

Palpite para o jogo #1 das finais do Leste entre Atlanta Hawks e Milwaukee Bucks, com início às 21:30 e transmissão ao vivo pela Band e SporTV2

Mercado: Over e Under | Odd 1.91

LEIA A DICA APOSTA

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

22/06 (Ter) às 22:00

Palpite: West Finals - Los Angeles Clippers x Phoenix Suns (Game #2) - NBA Playoffs - 22/06

Palpite para o jogo #2 das finais do Oeste entre Los Angeles Clippers e Phoenix Suns, com início às 22:00 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.94

LEIA A DICA APOSTA

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

20/06 (Dom) às 16:30

Palpite: West Finals - Los Angeles Clippers x Phoenix Suns (Game #1) - NBA Playoffs - 20/06

Palpite para o jogo #1 das finais do Oeste entre Los Angeles Clippers e Phoenix Suns, com início às 16:30 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: Over e Under | Odd 1.90

LEIA A DICA APOSTA