Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 03/07/2021 (Sábado) às 21:30 Bet365
Basquete

Palpite: East Finals - Milwaukee Bucks x Atlanta Hawks (Game #6) - NBA Playoffs - 03/07

Odd: 1,90
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 03/07/2021 às 19:04

Com chances de encerrar a série, os Milwaukee Bucks enfrentam os Atlanta Hawks na State Farm Arena na noite deste sábado pelo jogo #6 das finais do Leste. A partida terá transmissão ao vivo para o Brasil por: Band, SporTV2, Youtube e Twitch. 

 Vs 

Local do evento: Atlanta – Geórgia 

Contando temporada regular e playoffs, as equipes já se enfrentaram oito vezes e os Bucks venceram e cobriram o handicap em cinco das oito partidas. Cinco dos oito jogos, terminaram em under. 

A partida será disputada na State Farm Arena, casa dos Atlanta Hawks. Por conta da pandemia do Covid-19, a arena operou com restrição de público durante a temporada regular, recebendo apenas 10,2% de sua capacidade total, com média de 1,721 expectadores por jogo.

Sem Giannis Antetokounmpo, mas em grande atuação de Brook Lopez, os Bucks (3-2 W/L na série) confirmaram o mando de quadra e superaram os Atlanta Hawks no jogo #5 na última sexta-feira por 123x112. A equipe agora se encontra em uma situação confortável na série, precisando de apenas uma vitória em dois jogos e decidindo um possível jogo #7 em casa no Fiserv Forum em caso de derrota hoje. 

Sem o seu principal jogador, os Bucks se adaptaram no ataque, com Bobby Portis entrando no quinteto titular e com a equipe distribuindo mais as tentativas de arremesso, com: Khris Middleton, Jrue Holiday, Brook Lopez e Bobby Portis combinando para 78 tentativas de arremesso e 106 pontos no jogo #5. Lopez foi o maior destaque do time, pontuando com muita frequência no garrafão e terminando a partida com 33pts e 4 rebotes ofensivos, indo 14-18 em suas tentativas de arremesso, enquanto Portis, que normalmente busca uma alta quantidade de arremessos de três, também trabalhou mais próximo ao aro. Mesmo na excelente atuação do jogo #5, o time ainda mostrou dificuldades em suas tentativas da linha de três, convertendo apenas 9 de 29, o quesito foi um dos pontos fortes dos Bucks na temporada, mas tem sido um problema para a equipe nessa série, com o time mantendo aproveitamento de apenas 29,3%. Em compensação, os Bucks cometeram menos erros nos últimos jogos e estão dominando os rebotes, ficando com 30,9% dos rebotes na quadra de defesa de Atlanta, o que tem feito com que a equipe termine com mais passes de bola na maioria das partidas. Khris Middleton e Jrue Holiday, ainda que mantenham um baixo aproveitamento nos arremessos de três, estão fazendo uma boa série, combinando para 43pts em média por partida, enquanto P.J. Tucker, apesar de ser muito pouco acionado no ataque, tem sustentado aproveitamento de 42,1% nos arremessos de quadra e 36,4% nas bolas de três, sendo também, um dos principais contribuintes do bom trabalho do time nos rebotes ofensivos. 

Na defesa, os Bucks tiveram mais dificuldade nos dois últimos jogos do que haviam apresentado nas três primeiras partidas, permitindo mais rebotes ofensivos para Atlanta e também um alto aproveitamento nos arremessos de três. A equipe tem conseguido induzir erros, com os Hawks desperdiçando 12,2% de suas posses nessa série, mas no último jogo, Atlanta coletou 13 rebotes ofensivos e terminou com aproveitamento de 39,5% nos arremessos de três. Bobby Portis fez o possível para suprir a ausência de Giannis Antetokounmpo nos dois lados da quadra, mas é um defensor bem menos efetivo do que o grego, enquanto Brook Lopez também se destacou na defesa no último jogo, conseguindo 4 tocos e 2 roubos e P.J. Tucker se mantém um sólido marcador. Bryn Forbes, porém, segue trazendo problemas a defesa no tempo em que fica em quadra e Jrue Holiday tem sido menos efetivo na parte defensivo nos playoffs do que o esperado. 

Jrue Holiday foi uma das peças mais importantes da equipe na temporada regular, com o time caindo bastante de produção no período em que o jogador ficou afastado por lesão. Nos playoffs, Holiday não tem mantido o mesmo nível defensivo, conseguindo menos roubos e por vezes não conseguindo evitar infiltrações dos armadores adversários, no ataque, porém, sua contribuição tem sido bastante importante nessa série, com o jogador mantendo média de 21pts por jogo, com bom aproveitamento de 46% nos arremessos de quadra e 38,2% nas bolas de três. Holiday também é o principal criador de jogadas da equipe, desperdiçando poucas posses e possuindo média de 10,2 assistências por jogo nessa série, com sua melhor atuação vindo no jogo #5, onde distribuiu 13 assistências e cometeu apenas 2 turnovers. 

Após uma excelente vitória no jogo #4, os Hawks (2-3 W/L na série) ainda desfalcados de Trae Young, não tiveram forças para bater os Bucks fora no jogo #5 na última quinta-feira, sendo derrotados 123x112. A equipe agora, precisa de uma vitória em casa hoje à noite para forçar um 7° e decisivo jogo da série, que se ocorrer, será disputado na próxima segunda-feira em Milwaukee. 

Mesmo desfalcados de Trae Young, os Hawks tiveram boas exibições ofensivas nos jogos #4 e #5 dessa série. Bogdan Bogdanovic vem de duas excelentes atuações, tendo liderado a equipe com 28 pontos na última partida, convertendo 7 de 16 tentativas da linha de três e Lou Williams vem bem substituindo Young, pontuando mais através de infiltrações, com 17 pontos anotados na última partida. John Collins se recuperou de uma fraca exibição no jogo #4, contribuindo com 19 pontos e 3 rebotes ofensivos no jogo #5, mas Kevin Huerter tem feito uma série fraca, com média de apenas 10,2pts por jogo e aproveitamento de 36,7% nos arremessos de três. Os Hawks não cometeram tantos erros no último jogo, mas os turnovers foram um problema na série como um todo, com a equipe desperdiçando 12,4% de suas posses. Nos rebotes, porém, o time fez um melhor trabalho nas duas últimas partidas, mesmo com Clint Capela tendo ficado pouco tempo em quadra no jogo #5, com o time coletando 13 rebotes ofensivos, 4 deles do novato Onyeka Okongwu. 

Surpreendidos por um forte jogo coletivo e insistência dos adversários em buscarem arremessos próximos ao aro, os Hawks tiveram uma fraca exibição na parte defensiva no jogo #5, sendo mais uma vez dominados nos rebotes, forçando poucos turnovers e permitindo 66 pontos no garrafão, com Clint Capela ficando pouco tempo em quadra por conta de um problema no olho e com o técnico Nate McMillan optando por uma formação baixa durante grande parte da partida, que se mostrou muito vulnerável defensivamente. Na série, os Hawks fizeram um bom trabalho reduzindo o fluxo e a eficiência dos Bucks nos arremessos de três, limitando Milwaukee a um aproveitamento de apenas 29,3% no quesito, mas o time já vinha se mostrando vulnerável no garrafão, com Clint Capela e John Collins não mantendo o mesmo bom nível defensivo das séries anteriores, enquanto os rebotes estão sendo um grande problema, com o time permitindo que os Bucks fiquem com 30,9% dos rebotes na quadra de defesa de Atlanta, o que tem gerado constantes segundas oportunidades de arremesso para os adversários. Cam Reddish, que recentemente retornou de um longo período lesionado e tem sido opção no banco, tem se destacado pelo time na defesa em seu tempo em quadra e no último jogo, conseguiu 4 rebotes, 2 roubos de bola e um toco em 23 minutos de ação. 

Sem atuar desde fevereiro, Cam Reddish retornou de lesão durante essa série e foi prontamente incluído na rotação pelo técnico Nate McMillan, ganhando minutos relevantes nas últimas três partidas. No ataque, Reddish tem pontuado através de arremessos de média distância, mantendo um bom aproveitamento de 51,9% nos arremessos de quadra nessa série, com média de 10pts por jogo, mas ainda tem cometido turnovers em excesso, desperdiçando 13,6% de suas posses. Na defesa, porém, a participação do jogador tem sido bastante valiosa, com Reddish fechando espaços no perímetro e no garrafão e também forçando turnovers com consistência, com um total de 5 roubos de bola e 2 tocos em três partidas. 

Lesões

Milwaukee Bucks 

Donte DiVincenzo (SG, Out for season) e Giannis Antetokounmpo (SF, Improvável). 

Atlanta Hawks 

Trae Young (PG, Questionável), De'Andre Hunter (PF, Out for season) e Brandon Goodwin (PG, Out for season).

A Linha

Linha Projetada: Atlanta Hawks -8,5
Total Projetado: 233

Registros: Bucks 41-47 ATS e 45-41 O/U, Hawks 49-40 ATS e 40-48 O/U. 

A linha foi aberta em Hawks -1 e subiu até -2,5 em alguns sportbooks. 59% das apostas vieram no handicap dos Hawks. 

O total foi aberto em 216 e subiu para 217 na maioria dos sportbooks. 68% das apostas vieram no over. 

Onde está o valor?

Tenho o handicap dos Hawks para os que quiserem saber o que eu penso no mercado principal da partida, mas é uma aposta por exercício de fé, já que todos os números apontam um domínio dos Bucks na série, que se manteve no jogo #5, mesmo na ausência de Antetokounmpo, que deve ficar fora novamente, enquanto Trae Young é listado como questionável. O melhor valor desse jogo, no entanto, não está em nenhum dos lados do handicap e sim no total, por isso optei por fornecer a dica de total como a principal aqui no site. 

Minha projeção de 233 considera os números das equipes na temporada regular, mas que passam longe da forma como os times estão atuando nos playoffs. No jogo #5, apesar de uma alta pontuação, vimos os Bucks adotando um ritmo cadenciado na ausência de Antetokounmpo, girando mais a bola, distribuindo mais as tentativas de arremesso e não encaixando tantos contra ataques, enquanto os Hawks seguiram esse estilo durante a maioria das partidas e anotaram apenas 7 pontos através de contra ataques no último jogo. O jogo #5 terminou em over por conta de um aproveitamento muito alto dos Bucks nos arremessos de quadra, em parte merecido pelo excelente trabalho que o time fez no garrafão, mas espero que Nate McMillan seja capaz de corrigir parte dos problemas dos Hawks no garrafão, ao mesmo tempo em que não acredito que os times combinarão novamente para 44 lances-livres cobrados, o que foi muito acima da média que vinha ocorrendo na série. O total é semelhante ao aberto na última partida, mas acredito que forneça valor em uma aposta no under. 

Palpite: Under 217 @1.90 na Bet365


Apostar na Bet365 Bet365



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


R$ 200 bônus

9.4 (nossa avaliação)

A bet365 é uma das maiores casas de apostas do mundo. Tem mais de 22 milhões de clientes e a maior cobertura de eventos. A empresa atua no Brasil por décadas e é reconhecida pelo público brasileiro.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail Baixe nosso Ebook Grátis

Outras Dicas

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

20/07 (Ter) às 22:00

Palpite: Phoenix Suns x Milwaukee Bucks (Game #6) - NBA Finals - 20/07

Palpite para o jogo #6 das finais da NBA entre Phoenix Suns e Milwaukee Bucks, com início às 22:00 e transmissão ao vivo por Band e ESPN.

Mercado: Over e Under | Odd 1.86

LEIA A DICA APOSTA

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

14/07 (Qua) às 22:00

Palpite: Phoenix Suns x Milwaukee Bucks (Game #4) - NBA Finals - 14/07

Palpite para o jogo #4 das finais da NBA entre Phoenix Suns e Milwaukee Bucks, com início às 22:00 e transmissão ao vivo por Band e ESPN.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.86

LEIA A DICA APOSTA

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

06/07 (Ter) às 22:00

Palpite: Milwaukee Bucks x Phoenix Suns (Game #1) - NBA Finals - 06/07

Palpite para o jogo #1 das finais do Leste entre Milwaukee Bucks e Phoenix Suns, com início às 22:00 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.89

LEIA A DICA APOSTA