Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 20/06/2021 (Domingo) às 16:30 Betfair
Basquete

Palpite: West Finals - Los Angeles Clippers x Phoenix Suns (Game #1) - NBA Playoffs - 20/06

Odd: 1,90
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 20/06/2021 às 14:18

Dando inicio as finais da Conferência Oeste, Los Angeles Clippers e Phoenix Suns se enfrentam na Phoenix Suns Arena na tarde deste domingo. A partida terá transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN. 

 Vs 

Local do evento: Phoenix - Arizona

As equipes se enfrentaram três vezes durante a temporada regular e os Clippers venceram e cobriram o handicap em dois dos três jogos. Duas das três partidas, terminaram em under. 

A partida será disputada na PHX Arena, casa dos Phoenix Suns. Por conta da pandemia do Covid-19, a arena operou com restrição de público durante a temporada regular, recebendo apenas 14,4% de sua capacidade total, com média de 2,592 expectadores por jogo.

Mesmo desfalcados de Kawhi Leonard, os Clippers (Seed #4) fizeram um grande jogo #6 na última sexta-feira contra os Jazz e em grande atuação de Terance Mann, superaram Utah por 131x119, eliminando a equipe de melhor campanha da temporada em seis jogos e avançando as finais de conferência pela 1° vez na história da franquia. 

O ataque foi o mais eficiente dos playoffs até o momento, com ORtg de 124.4 em 13 partidas e com a equipe mantendo aproveitamento de 49,4% nos arremessos de quadra e 40,1% nas bolas de três. A ausência de Kawhi Leonard, principal pontuador do time, evidentemente prejudica a equipe na parte ofensiva, mas com: Paul George, Reggie Jackson e Terance Mann dividindo a carga de arremessos e mantendo boa eficiência nas tentativas do perímetro, a equipe foi capaz de contornar a ausência de Leonard, vencendo as duas últimas partidas da série contra os Jazz. Leonard ainda permanecerá fora por tempo indeterminado, no que a tendência é que o técnico Tyronn Lue mantenha a formação que começou o jogo #6 contra os Jazz na última sexta-feira. A exemplo do que ocorreu na temporada regular, os Clippers ainda estão pontuando pouco no garrafão, priorizando tentativas no perímetro, onde estão mantendo um alto aproveitamento. O time tem feito um trabalho decente nos rebotes, mesmo com Lue optando por uma formação baixa sem um center de origem no quinteto titular e a equipe também tem ido com mais frequência para a linha de lance-livre em comparação com a temporada regular. Reggie Jackson, Nicolas Batum e Paul George foram bastante efetivos em suas tentativas de arremesso até o momento e Marcus Morris Sr., apesar de ter anotado apenas 7 pontos na última partida, vinha em ascensão na série anterior, anotando 24 e 25 pontos nos jogos #4 e #5 respectivamente. 

Com a equipe forçando poucos turnvoers e mostrando dificuldades para conter os oponentes no garrafão, a defesa teve problemas em alguns momentos da temporada regular, mas os Clippers ainda terminaram com o 8° melhor DRtg da liga, sofrendo apenas 111,2pts em média a cada cem posses de bola. Na defesa, porém, a equipe não se saiu tão bem nos playoffs até o momento, com o time fechando melhor o garrafão, mesmo com Tyronn Lue tendo optado por uma formação mais baixa, mas com a equipe sofrendo nos rebotes e piorando a marcação no perímetro, concedendo espaços para os arremessos e permitindo um alto aproveitamento para os oponentes nos arremessos de média distância e nas bolas de três. A ausência de Kawhi Leonard não apenas impacta a equipe na parte ofensiva, como também torna a defesa mais vulnerável, com Terance Mann sendo bem menos efetivo na defesa, enquanto Marcus Morris segue com dificuldades e Ivica Zubac não se saiu muito melhor quando esteve em quadra, tanto que perdeu espaço na rotação nos dois últimos jogos. Patrick Beverley, que agora tem vindo como opção na segunda unidade, ainda se mantém um excelente especialista defensivo e o veterano Nicolas Batum é outro ponto forte da defesa, vindo de uma excelente atuação no jogo #6 contra os Jazz, com 2 roubos e 3 tocos na partida. 

Na ausência de Kawhi Leonard, cabe a Paul George o posto de principal pontuador da equipe e apesar de ter cometido turnovers em excesso, o jogador esteve bem nos dois últimos jogos da série contra os Jazz, com sua melhor atuação vindo no jogo #5, quando anotou 37 pontos e coletou 16 rebotes. No ataque, George permanece bastante efetivo, tendo evoluído como passador nessa temporada, liderando o time em assistências nos playoffs e indo com frequência para a linha de lance-livre, além de possuir um arremesso confiável de média e longa distância. O ponto fraco do jogador tem sido a defesa, com sua capacidade defensiva tendo se deteriorado ao longo das últimas temporadas. 4 vezes eleito para o 1°time de defesa, George tem cometido faltas em excesso nos playoffs, gerando impacto negativo na defesa, assim como já havia ocorrido na temporada regular. 

Os Suns (Seed #2) não entram em quadra desde o último domingo, quando colocaram fim a sua série de semifinais contra os Nuggets, varrendo a equipe de Denver em quatro jogos e avançando até as finais de Conferência pela 1° vez desde a temporada 2009-10. A equipe, porém, terá um desfalque significativo para esse jogo #1, com Chris Paul ausente por Covid. 

Com uma boa distribuição de arremessos e um alto aproveitamento nos arremessos de quadra e nas bolas de três, o ataque foi um dos mais eficientes da liga durante a temporada regular, mesmo com a equipe recuperando poucos rebotes no ataque e não chegando com frequência na linha de lance-livre. Nos playoffs, a equipe teve dificuldades na parte ofensiva contra os Lakers, mas o ataque melhorou bastante nas semifinais contra Denver. O time ainda não chega com tanta frequência na linha de lance-livre e segue criando poucas segundas oportunidades de arremesso através de rebotes ofensivos, sendo dependente de um bom aproveitamento nos arremessos, que até o momento, se manteve, com a equipe sustentando aproveitamento de 48,2% nos arremessos de quadra e 38,4% nas bolas de três ao longo de 10 partidas nos playoffs. Chris Paul, que hoje desfalcará a equipe, teve uma grande série contra os Nuggets e vinha com médias de 15,7pts e 8,7 assistências por jogo, enquanto Devin Booker ainda é o principal pontuador e Deandre Ayton, Mikal Bridges, Jae Crowder e Cameron Johnson também forneceram boa ajuda na parte ofensiva ao longo das séries anteriores. Cameron Payne é o provável substituto de Paul, sendo um criador de jogadas bem menos eficiente, mas capaz de auxiliar o ataque nos arremessos de três, quesito em que vem com aproveitamento de 38,9% nos playoffs, com média de 3,6 arremessos de três por partida. 

O ataque esteve bem, especialmente nas semifinais contra os Nuggets, mas foi a forte defesa o que mais chamou a atenção nos Suns nesses playoffs, com o time limitando os oponentes a um aproveitamento de apenas 42,3% nos arremessos de quadra e 32,1% nas bolas de três. Deandre Ayton, apesar de principal reboteiro da equipe, não é um defensor tão efetivo no garrafão, enquanto Devin Booker segue vulnerável no perímetro, mas os Suns possuem um forte núcleo de defensores em: Jae Crowder, Mikal Bridges e Torrey Craig e na parte defensiva, Cameron Payne pode suprir bem a ausência de Chris Paul, sendo um marcador menos efetivo, mas com boa capacidade de gerar turnovers através de tocos e roubos. Os Suns cometeram poucas faltas em suas séries anteriores, obrigando os oponentes a trabalharem através dos arremessos de quadra, onde o time realiza uma forte marcação no sistema do técnico Monty Williams, mas apesar das boas performances defensivas da equipe, alguns problemas puderam ser observados nas séries anteriores, o principal deles o desempenho nos rebotes, com Phoenix permitindo que os oponentes ficassem com 23,5% dos rebotes no ataque, criando constantes segundas oportunidades de arremesso. 

Após aparecer pouco na série contra os Lakers, Dario Saric teve boas exibições saindo do banco nas semifinais contra os Nuggets, limitando erros, auxiliando o time em rebotes e assistências e pontuando com eficiência em suas poucas tentativas de arremesso, apesar de ter mantido um aproveitamento baixo nos arremessos de três. Utilizado como backup de Deandre Ayton, Saric mudou um pouco suas características nessa temporada, utilizando menos os arremessos de três e passando a pontuar com mais frequência no garrafão. Na defesa, Saric é tão limitado quanto Ayton e propicio a cometer faltas, mas no sistema de Monty Williams, não teve um impacto defensivo tão negativo quanto o esperado, com a defesa se mantendo sólida durante o seu tempo em quadra na série anterior contra os Nuggets. 
 
Lesões

Los Angeles Clippers

Serge Ibaka (C, Out for season) e Kawhi Leonard (SF, Out). 

Phoenix Suns

Chris Paul (PG, Out) e Abdel Nader (SF, Out for season).

A Linha

Linha Projetada: Pick’Em
Total Projetado: 216

Registros: Clippers 46-37 ATS e 42-43 O/U, Suns 50-30 ATS e 46-36 O/U. 

A linha foi aberta em Suns -5 e caiu até -4. 58% das apostas vieram no handicap dos Suns.

O total foi aberto em 221,5 e caiu até 219,5 em alguns sportbooks. 62% das apostas vieram no over. 

Onde está o valor?

Difícil prever como as equipes se sairão nesse jogo, já que os Suns tiveram um descanso prolongado após eliminarem os Nuggets em quatro jogos, o que nem sempre é positivo em um esporte de repetição como o basquete, tendo ainda o fato de que o sistema de jogo deve sofrer alguma alteração na ausência de Chris Paul, principal articulador de jogadas da equipe, enquanto os Clippers jogaram uma partida decisiva na sexta-feira, com pouco tempo para se prepararem para um adversário tão difícil quanto Phoenix.

Não tenho certeza de que os Suns sejam um time melhor do que os Clippers, e de fato, pela maioria das métricas avançadas, eles não foram durante a temporada regular, ainda que tenham vencido quatro jogos a mais, mas com os desfalques e incerteza quanto ao nível dos times nesse jogo #1, prefiro fornecer uma dica para o total, que parece o melhor valor de aposta para essa partida.

Ambas equipes atuam em rimo cadenciado, trocando passes e buscando a melhor oportunidade disponível para o arremesso e isso reduz a contagem de posses das partidas, o que por consequência, acaba reduzindo o total. Os Suns são bastante eficientes na marcação, o que deve se manter mesmo na ausência de Paul e a tendência é que os Clippers em algum momento, tenham mais dificuldade na parte ofensiva na ausência de Kawhi Leonard, ainda que tenham se saído bem nos dois últimos jogos, enquanto a defesa de Los Angeles foi um problema para a equipe nos playoffs até o momento, mas pode ter mais sucesso contra um time que cria menos segundas oportunidades de arremessos através de rebotes ofensivos e que busca mais tentativas no garrafão do que Mavericks e Jazz, adversários dos Clippers nas séries anteriores. Projetei 216 como um total justo para essa partida e gosto do under com a linha atual em 219,5. 

Palpite: Under 219,5 @1.90 na Betfair


Apostar na Betfair Betfair

🎁 Promoções Ativas Betfair



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


Bônus R$ 200

9.4 (nossa avaliação)

A Betfair é o site de apostas favorito dos traders e de muitos apostadores em todo Mundo. Boa navegação, facilidade para depósitos e saques e boas odds são suas principais características.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail Baixe nosso Ebook Grátis

Outras Dicas

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

20/07 (Ter) às 22:00

Palpite: Phoenix Suns x Milwaukee Bucks (Game #6) - NBA Finals - 20/07

Palpite para o jogo #6 das finais da NBA entre Phoenix Suns e Milwaukee Bucks, com início às 22:00 e transmissão ao vivo por Band e ESPN.

Mercado: Over e Under | Odd 1.86

LEIA A DICA APOSTA

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

14/07 (Qua) às 22:00

Palpite: Phoenix Suns x Milwaukee Bucks (Game #4) - NBA Finals - 14/07

Palpite para o jogo #4 das finais da NBA entre Phoenix Suns e Milwaukee Bucks, com início às 22:00 e transmissão ao vivo por Band e ESPN.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.86

LEIA A DICA APOSTA

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

06/07 (Ter) às 22:00

Palpite: Milwaukee Bucks x Phoenix Suns (Game #1) - NBA Finals - 06/07

Palpite para o jogo #1 das finais do Leste entre Milwaukee Bucks e Phoenix Suns, com início às 22:00 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.89

LEIA A DICA APOSTA