Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 08/10/2021 (Sexta-Feira) às 20:02 Betway
Beisebol

Palpite: ALDS - Boston Red Sox (Chris Sale) x Tampa Bay Rays (Shane Baz) - Game #2 - MLB Playoffs - 08/10

Odd: 1,69
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 08/10/2021 às 16:18

Liderando a série por 1x0 após a vitória no jogo de ontem, os Tampa Bay Rays recebem novamente os Boston Red Sox no Tropicana Field pelo jogo #2 do Divisional Series da Liga Americana. A partida terá transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN.

 Vs 

Local do evento: St. Petersburg - Flórida

Rivais de divisão, as equipes se enfrentaram 19 vezes na temporada regular e os Rays venceram 12 das 19 partidas. Os totais ficaram em: 12-8 O/U. Os Rays venceram o jogo #1 dessa série como favoritos por 1.65 na odd e o total, definido em 7,5, terminou em under.

O Tropicana Field é um under park, com total base de 8, que pode variar dependendo do matchup e/ou das condições climáticas. Rebatedores canhotos possuem vantagem nesse campo. O estádio é fechado, portanto, direção e intensidade dos ventos não influem no total.

D.J. Reyburn (12-16 O/U) será o umpire do home plate. Reyburn chamou strikes em apenas 63% dos arremessos na temporada regular, mas com alta relação SO/Walks de 2.51. Seus jogos tiveram média de 8,3 corridas.

Após derrotarem os Yankees na terça-feira em partida única do Wild Card e avançarem até o Divisional Series, os Red Sox (0-1 W/L na série) acabaram derrotados pelos Rays por 5x0 na partida #1 dessa série, que foi disputada na noite de ontem. Após esse jogo, a série se muda para duas partidas em Boston.

Chris Sale (LHP, 5-1 W/L e ERA 3.16) será o starter dos Red Sox. Fora da última temporada e de boa parte dessa, Sale retornou de lesão no final de agosto e teve boas performances, cedendo mais do que três corridas em apenas um de seus nove começos, justamente em uma partida contra os Tampa Bay Rays, adversários desse Divisional Series. O arremessador ainda manteve uma alta taxa de strikeouts, eliminando 24,4% dos rebatedores enfrentados por strikeouts e também apresentou um bom controle, mas seus arremessos perderam um pouco de velocidade e Sale promoveu um ajuste em seu repertório, excluindo o sinker e passando a utilizar mais a sua bola rápida. Sale não permitiu muito contato forte, mas sofreu 6 home runs em 42.2 IP e foi hittable durante um período, com seu changeup permitindo linha de: 444/459/667 (AVG/OBP/SLG) para os rebatedores. Sale nunca teve grandes divisões de desempenho, mas em amostragem limitada nessa temporada, dominou rebatedores canhotos, que conseguiram linha de apenas: 154/154/192 (AVG/OBP/SLG), enquanto destros tiveram bem mais sucesso, rebatendo: 291/363/461 (AVG/OBP/SLG) contra ele. Sale enfrentou os Rays duas vezes, com ERA 2.79 em 9.2 IP.

Normalmente menos efetivo contra arremessadores canhotos, o lineup não conseguiu corridas na partida de ontem, mas os rebatedores combinaram para apenas 5 strikeouts sofridos e conseguiram 9 hits, todos simples. Dois dos principais pontos de produção do lineup, Kyle Schwarber e Xander Bogaerts conseguiram 2 hits cada e Christian Arroyo, que provavelmente dará lugar a J.D. Martinez na escalação de hoje, também teve 2 hits. Os Red Sox tiveram um dos melhores ataques da temporada regular, com média de 5,1 corridas por jogo e linha de: 261/328/449 (AVG/OBP/SLG), Rafael Devers liderou o time em home runs e Bobby Dalbec subiu bastante de produção na segunda metade da temporada, com 15 home runs e linha de: 269/344/611 (AVG/OBP/SLG) nos jogos pós All-Star Game.

O bullpen foi um setor problemático para os Red Sox na segunda metade da temporada, com a unidade terminando a temporada regular com um ERA conjunto de 4.00. No jogo #1 dessa série, Garrett Richards, Josh Taylor e Adam Ottavino foram acionados e não cederam corridas, mas Nick Pivetta, que trabalhou na rotação durante a maior parte da temporada, não esteve bem como long relievers, cedendo 3 corridas em 4.2 IP. Tanner Houck, outro que fez parte da rotação, entrou como reliever na partida de Wild Card contra os Yankees e teve um bom desempenho, enquanto: Ryan Brasier, Garrett Whitlock e Hansel Robles são algumas das outras opções para o manager Alex Cora na unidade.

Apesar de uma boa atuação na partida do wild card contra os Yankees na terça-feira e de ter se mostrado sólida no jogo #1 dessa série, a defesa dos Red Sox é um dos problemas do time. A formação atual do campo externo com: Alex Verdugo, Enrique Hernandez e Hunter Renfroe é forte, mas Kyle Schwarber deve voltar para o campo externo hoje com J.D. Martinez de volta na função de DH, movendo Hernandez para a segunda base, onde é menos eficiente do que no campo central. Rafael Devers, Xander Bogaerts e Bobby Dalbec são todos defensores problemáticos no campo interno e somaram juntos, -25 corridas salvas pela métrica de DRS na temporada regular, com Devers cometendo 22 erros. O catcher Christian Vazquez, permitiu um roubo no home plate na partida de ontem e já havia permitido 55 roubos de base na temporada regular, além de ter piorado em enquadramento de arremessos, quesito em gerou impacto negativo nessa temporada. 

Equipe de melhor campanha da Liga Americana durante a temporada regular, com 100 vitórias, os Rays (1-0 W/L na série) derrotaram os Red Sox ontem por 5x0 na partida de abertura dessa série, mantendo a vantagem do mando de campo. O time recebe os Red Sox no Tropicana Field mais uma vez na partida de hoje e depois viaja para dois confrontos na casa do adversário.

Shane Baz (RHP, 2-0 W/L e ERA 2.03) será o starter dos Rays. Arremessador novato de apenas 22 anos e 12° escolha geral do draft de 2017, Baz foi promovido da Triple-A no final da temporada, fazendo três partidas pelos Rays e ganhando a oportunidade de iniciar como titular nos playoffs. Com uma bola rápida que atinge 97.1mhp e utilizando um slider e um curveball como arremessos de apoio, Baz foi completamente dominante em suas três partidas, induzindo swings no vazio em 16,2% de seus arremessos, o que se traduziu em uma média de 12.15 strikeouts a cada 9.0 IP. Com rebatedores pouco familiarizados com ele, Baz permitiu linha de apenas: 130/184/348 (AVG/OBP/SLG) ao longo de três partidas. O arremessador teve uma rápida ascensão pelas ligas menores e vinha com ERA 1.76 na Triple-A antes de ser promovido para a equipe principal.

Mesmo contra um arremessador canhoto, os Rays estiveram bem no bastão na partida de ontem, com os rebatedores combinando para 4 walks e 6 hits, produzindo 5 corridas. A equipe costuma ser menos efetiva contra canhotos porque perde os bastões de Austin Meadows, Joey Wendle e Ji-Man Choi na formação, enquanto Brandon Lowe também não costuma se sair bem, mas Wander Franco teve grande atuação na partida de ontem, com duas rebatidas duplas, enquanto Nelson Cruz e Randy Arozarena rebateram um home run cada, com Arozarena chegando em base duas vezes através de walks e anotando 3 corridas na partida, uma delas em um roubo do home plate. Mike Zunino conseguiu um hit na partida de ontem e foi o grande destaque da equipe contra arremessadores canhotos na temporada regular, com 16 home runs e linha de: 342/419/868 (AVG/OBP/SLG) em 65 passagens no bastão contra LHP.

Mesmo sofrendo com um surto de lesões entre os arremessadores, os Rays tiveram um dos bullpens mais eficientes da temporada regular, com a unidade terminando com ERA conjunto de 3.31. O manager Kevin Cash, utilizou três relievers na partida de ontem, com: JT Chargois, David Robertson e J.P. Feyereisen combinando para 4.0 IP, 2 K, 0 BB e 0 ER. Andrew Kittredge, Collin McHugh, Matt Wisler e Pete Fairbanks são algumas das outras opções de relievers no bullpen de Tampa, com Kittredge tendo terminado a temporada com ERA 1.65 em 65.1, enquanto Wisler sustentou média de 11.47 strikeouts a cada 9.0 IP.

A defesa permanece sólida e os Rays combinaram para duas double plays na partida de ontem, enquanto Brandon Lowe, um dos poucos pontos fracos defensivos do time, cometeu um erro, único da equipe na partida. O campo externo, que a exemplo de ontem, deve ser formado por: Manuel Margot, Kevin Kiermaier e Randy Arozarena, é o ponto forte da defesa dos Rays e os três combinaram para 24 corridas salvas pela métrica de DRS na temporada regular. O catcher Mike Zunino, tem dificuldade no controle dos corredores em base e permitiu um roubo no jogo de ontem, mas Zunino tem feito um bom trabalho em enquadramento de arremessos, quesito em que terminou entre os dez melhores de sua posição na temporada regular.

Linha Projetada: Rays 1.82/Red Sox 2.22
Total Projetado: 8,5

 Onde está o valor?

Ambos arremessadores possuem amostragem limitada nessa temporada e no caso de Baz, na carreira como um todo, o que torna difícil produzir uma projeção exata para essa partida, por isso, estou descartando a minha projeção de linha nessa partida, confiando mais na minha análise subjetiva. 

Sale ainda manteve um bom ERA em sua amostragem limitada da temporada, mas não parece tão dominante quanto em seus melhores anos, com arremessos que perderam velocidade e tendo se mostrado hittable, algo que já havia ocorrida na temporada de 2019 antes de ele se lesionar. Baz por outro lado, foi completamente dominante em seus três inícios até aqui e conta com a vantagem de ainda ser desconhecido pelos rebatedores dos Red Sox, que devem ter dificuldades contra os arremessos com bastante velocidade e movimento de Baz. O ataque dos Rays costuma se sair pior contra arremessadores canhotos, mas eles já viram a nova versão de Sale esse ano e após serem dominados no 1° confronto, produziram bem na 2 partida contra o arremessador, no que possuem boa expectativa de produção nesse jogo.

O bullpen dos Rays também leva vantagem sobre o dos Red Sox, no que penso que Tampa justificaria um favoritismo um pouco maior na odd, ainda que minha projeção não tenha apontado isso.

Aposta: Tampa Bay Rays ML @1.69 na Betway

MLB - Playoffs 2021

Recorde: 2-2 (50%), 0,00und
ODD Média: 2.25
ROI%: 0%
ML: 1-2 (33%), -0,95und
Totais: 1-0 (100%), +0,95und
Site: 1-2 (33%), -0,95und
Youtube: 1-0 (100%), +0,95und


Apostar na Betway Betway

🎁 Promoções Ativas Betway



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


R$ 100 bônus

9 (nossa avaliação)

A Betway é uma consolidada casa de apostas européia. Seu site de apostas oferece diversos mercados para vários esportes e muitas promoções para novos e antigos clientes.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail Baixe nosso Ebook Grátis

Outras Dicas

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

02/11 (Ter) às 21:09

Palpite: World Series - Atlanta Braves (Max Fried) x Houston Astros (Luis Garcia) - Game #6 - MLB - 02/11

Palpite para o jogo #6 da World Series entre Atlanta Braves e Houston Astros, com início às 21:09 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: Over e Under | Odd 2.06

LEIA A DICA APOSTA

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

31/10 (Dom) às 21:15

Palpite: World Series - Houston Astros (Framber Valdez) x Atlanta Braves (Tucker Davidson) - Game #5 - MLB - 31/10

Palpite para o jogo #5 da World Series entre Houston Astros e Atlanta Braves, com início às 21:15 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: Over e Under | Odd 1.90

LEIA A DICA APOSTA

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

30/10 (Sáb) às 21:09

Palpite: World Series - Houston Astros (Zack Greinke) x Atlanta Braves (Jesse Chavez) - Game #4 - MLB - 30/10

Palpite para o jogo #4 da World Series entre Houston Astros e Atlanta Braves, com início às 21:09 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: 1 x 2 | Odd 1.95

LEIA A DICA APOSTA