Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 07/10/2021 (Quinta-Feira) às 17:07 Betano
Beisebol

Palpite: ALDS - Chicago White Sox (Lance Lynn) x Houston Astros (Lance McCullers Jr.) - Game #1 - MLB Playoffs - 07/10

Odd: 2,12
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 07/10/2021 às 12:00

Abrindo um dos confrontos do Divisional Series da Liga Americana, Chicago White Sox e Houston Astros se enfrentam no Minute Maid Park na tarde desta quinta-feira.

 Vs 

Local do evento: Houston - Texas

As equipes se enfrentaram sete vezes na temporada regular e os Astros venceram cinco dos sete confrontos. Os totais ficaram em: 4-3 O/U.

O Minute Maid Park é um campo neutro para totais, com total base de 8,5, que pode variar dependendo do matchup e/ou das condições climáticas. Rebatedores destros possuem vantagem nesse campo. O estádio possui um teto retrátil, que deve permanecer fechado nessa partida, anulando assim, o efeito da direção e intensidade dos ventos sobre o total. 

Os White Sox (Seed #3 da Liga Americana) lideraram a divisão Central da Liga Americana durante toda a temporada, conquistando o título e classificação aos playoffs com bastante antecedência. O time venceu 93 jogos na temporada, mas a equipe teve a 4° tabela mais fácil da temporada regular. 

Lance Lynn (RHP, 11-6 W/L e ERA 2.69) será o starter dos White Sox. Arremessador veterano de 34 anos, Lynn fez a melhor temporada de sua carreira. O arremessador sustentou um ERA 1.99 até a pausa para o All-Star Game, caindo um pouco de produção na segunda metade da temporada, com ERA 3.66. Arremessador de bolas rápidas, com três tipos diferentes em seu repertório, Lynn promoveu um ajuste nessa temporada, passando a utilizar mais o seu cutter. Parte de seu excelente ERA é atrelado a um BABIP .263 e um LOB 81,5%, mas Lynn entra no seleto grupo de arremessadores capazes de manter baixo BABIP e alto LOB% por induzir contato fraco com frequência e uma alta taxa de infield flyballs, que tornam eliminações em uma proporção muito alta. Rebatedores registraram velocidade média de saída da bola no bastão de apenas 87.7mph contra Lynn, que além de ter sucesso em induzir contato fraco, também manteve uma alta média de 10.09 strikeouts a cada 9.0 IP, aliada a um bom controle. Lynn dominou rebatedores destros nessa temporada, limitando-os a uma linha de apenas: 192/230/303 (AVG/OBP/SLG), enquanto canhotos rebateram: 227/302/375 (AVG/OBP/SLG) contra ele. O arremessador enfrentou os Astros uma vez duarnte a temporada regular e teve uma de suas piores exibições, cedendo 6 corridas em 4.0 IP.

A equipe terminou a temporada quente no bastão, com média de 5,9 corridas por jogo e linha de: 297/378/504 (AVG/OBP/SLG) nas últimas sete partidas e apesar do baixo número de home runs, o time sustentou um ataque efetivo esse ano, com média de 4,9 corridas por jogo e linha de: 256/336/422 (AVG/OBP/SLG) na temporada. Yasmani Grandal, Luis Robert e Eloy Jimenez perderam boa parte da temporada por lesão e desses, apenas Jimenez não teve um forte desempenho quando saudável. Jose Abreu liderou a equipe com 30 home runs, Gavin Sheets apareceu bem na reta final e Yoan Moncada e Tim Anderson ainda foram produtivos no bastão, com Moncada chegando em base através de walks em 13,6% de suas passagens no bastão, enquanto Anderson manteve aproveitamento de .309. O ponto fraco do lineup é Cesar Hernandez, que apesar de ter mostrado boa potência nessa temporada, terminou com linha de apenas: 232/308/386 (AVG/OBP/SLG), rebatendo mais flyballs do que nos últimos anos, mas conseguindo menos line drives.

O bullpen foi um problema durante parte da temporada, mas a equipe buscou reforços no período de negociações e apresentou um bullpen mais consistente na segunda metade da temporada, mesmo com a queda de performance de Craig Kimbrel, que perdeu velocidade em seus arremessos e postou ERA 4.18 desde o retorno do All-Star Game. Além de Kiimbrel, Michael Kopech, Jose Ruiz, Aaron Bummer, Ryan Burr, Garrett Crochet e Ryan Tepera formam o núcleo principal de relievers da equipe, enquanto o closer Liam Hendriks não cedeu corridas nas últimas 15 partidas em que foi acionado e foi o grande destaque entre os relievers dos White Sox nessa temporada, somando 38 saves com ERA 2.54 em 71.0 IP.

A defesa tem potencial de conseguir melhores atuações, mas não foi tão consistente nessa temporada, com a equipe cometendo erros em excesso e conseguindo poucas double plays. Luis Robert ainda é um excelente defensor no campo central, enquanto Eloy Jimenez parece ter evoluído como defensor no campo esquerdo, mas Leury Garcia não esteve tão bem no campo direito. No campo interno, Jose Abreu e Yoan Moncada são defensores sólidos nos cantos e Tim Anderson se saiu melhor do que nas últimas temporadas, mas Cesar Hernandez, apesar de ter cometido poucos erros, terminou a temporada com -11 corridas salvas pela métrica de DRS. Yasmani Grandal já foi um dos melhores catchers defensivos da liga, mas piorou em enquadramento de arremessos e teve problemas no controle dos corredores em base, com 50 roubos permitidos em 76 partidas como titular esse ano.

Os Astros (Seed #2 da Liga Americana) caíram um pouco de produção na reta final da temporada regular, indo 4-6 W/L em suas últimas dez partidas, mas fizeram uma temporada bastante consistente, vencendo 95 jogos, 5 a mais do que os Oakland Athletics, 2° colocados na divisão West da Liga Americana. A equipe teve o 2° melhor saldo de corridas da liga americana, com +205, apenas uma corrida a menos do que a marca obtida pelos Tampa Bay Rays, que venceram cinco jogos a mais.

Lance McCullers Jr. (RHP, 13-5 W/L e ERA 3.16) será o starter dos Astros. Entrando em sua 6° temporada na liga, McCullers apresentou ajustes esse ano, incluindo um slider em seu repertório de arremessos, que se mostrou bastante eficiente, com rebatedores conseguindo linha de apenas: 152/276/247 (AVG/OBP/SLG) contra o arremesso. McCullers ainda apresentou problemas de controle, cedendo média de 4.21 walks a cada 9.0 IP, mas compensa o mau controle conseguindo uma alta taxa de strikeouts e induzindo groundballs em 56,4% das bolas rebatidas contra ele, o que faz com que permita poucos home runs. Com um curveball como arremesso forte, McCullers sustentou uma divisão de desempenho inversa contra rebatedores durante a maior parte de sua carreira, no entanto, após passar a fazer uso do slider, o arremessador dominou rebatedores destros esse ano, permitindo linha de apenas: 188/270/300 (AVG/OBP/SLG), enquanto canhotos rebateram: 223/340/350 (AVG/OBP/SLG) contra ele. O arremessador enfrentou os White Sox duas vezes na temporada e teve excelentes performances, com ERA 2.08 em 13.0 IP, somando 14 K e 6 BB.

O ataque liderou a liga em média de corridas por jogo nessa temporada, com 5,3 e a equipe terminou a temporada regular com linha de: 267/339/444 (AVG/OBP/SLG). Yordan Alvarez, Jose Altuve e Kyle Tucker, combinaram para 94 home runs na temporada, enquanto Carlos Correa teve linha de: 279/366/485 (AVG/OBP/SLG) com 26 home runs. Yuli Gurriel mostrou pouca potência, mas grande capacidade de produzir contato, sofrendo strikeouts em apenas 11,2% de suas passagens no bastão, com linha de: 319/383/462 (AVG/OBP/SLG). Michael Brantley e Alex Bregman também se mantiveram como rebatedores produtivos e o novato Jose Siri, titular na reta final da temporada, teve 4 home runs em 49 passagens no bastão. O único ponto fraco no lineup da equipe é Martin Maldonado, que terminou a temporada com linha de apenas: 172/272/300 (AVG/OBP/SLG) em 426 passagens no bastão.

Apesar da ótima campanha dos Astros, o bullpen não terminou a temporada com bons números gerais. A equipe teve ERA conjunto de 4.03 na unidade, indo: 32-31 W/L em jogos decididos pelos relivers e convertendo apenas 55,7% de suas oportunidades de save. Utilizado como reliever na reta final da temporada, Cristian Javier teve ERA 7.53 no mês de setembro, enquanto Kendall Graveman teve 3 blown saves no último mês, apesar de ter mantido um baixo ERA. Phil Maton e Yimi Garcia também não se saíram bem em trecho recente, enquanto Ryne Stanek e o closer Ryan Pressly são os pontos de destaque da unidade, com Stakek terminando a temporada regular com ERA 3.42 em 68.1 IP, enquanto Pressly converteu 26 de 28 oportunidades de save, com média de 11.39 strikeouts a cada 9.0 IP e ERA 2.25.

A defesa foi bastante sólida nessa temporada, sendo de grande ajuda aos arremessadores da equipe, com o time cometendo apenas 71 erros, 2° menor marca da liga. Kyle Tucker foi o destaque entre os defensores no campo externo e Carlos Correa evoluiu para um defensor de elite na posição de shortstop, com 21 corridas salvas pela métrica de DRS na temporada regular. Alex Bregman melhorou como defensor na terceira base e Yuli Gurriel se saiu bem na primeira base. O catcher Martin Maldonado, também se manteve efetivo em sua função, sendo sólido nos bloqueios, controlando bem os corredores em base e gerando impacto positivo através de enquadramento de arremessos.

Linha Projetada: Astros 2.00/White Sox 2.00
Total Projetado: 7,5

Onde está o valor?  

Entendo que os oddmakers tenham os Astros como favoritos em casa nessa partida, já que os White Sox construíram seus números contra uma concorrência bastante fraca durante a temporada regular e ainda assim, não foram tão efetivos quanto Houston no bastão, no entanto, essa diferença de desempenho, não justifica uma grande alteração nas probabilidades de vitória na minha visão e tenho o bullpen dos White Sox com alguma vantagem sobre a unidade dos Astros, enquanto também considero Lynn como um arremessador superior a McCullers Jr., o que se traduziu em um pick’em na minha projeção. 

Apoiei os underdogs nos jogos de Wild Card terça e quarta e novamente vejo valor no underdog, com os White Sox sendo a minha escolha para esse jogo #1. 

Aposta: Chicago White Sox ML @2.12 na Betano

MLB - Playoffs 2021

Recorde: 1-1 (50%), +0,05und
ODD Média: 2.47
ROI%: +2,5%
ML: 1-1 (50%), +0,05und
Site: 1-1 (50%), +0,05und
 


Apostar na Betano Betano

🎁 Promoções Ativas Betano



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


Bônus R$ 200

9.1 (nossa avaliação)

Com bônus muito atraente para novos clientes, a Betano é uma ótima escolha para quem gosta de apostar e participar de novas promoções semanais.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail Baixe nosso Ebook Grátis

Outras Dicas

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

02/11 (Ter) às 21:09

Palpite: World Series - Atlanta Braves (Max Fried) x Houston Astros (Luis Garcia) - Game #6 - MLB - 02/11

Palpite para o jogo #6 da World Series entre Atlanta Braves e Houston Astros, com início às 21:09 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: Over e Under | Odd 2.06

LEIA A DICA APOSTA

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

31/10 (Dom) às 21:15

Palpite: World Series - Houston Astros (Framber Valdez) x Atlanta Braves (Tucker Davidson) - Game #5 - MLB - 31/10

Palpite para o jogo #5 da World Series entre Houston Astros e Atlanta Braves, com início às 21:15 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: Over e Under | Odd 1.90

LEIA A DICA APOSTA

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

30/10 (Sáb) às 21:09

Palpite: World Series - Houston Astros (Zack Greinke) x Atlanta Braves (Jesse Chavez) - Game #4 - MLB - 30/10

Palpite para o jogo #4 da World Series entre Houston Astros e Atlanta Braves, com início às 21:09 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: 1 x 2 | Odd 1.95

LEIA A DICA APOSTA