Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 09/01/2021 (Sábado) às 22:15 Bet365
Futebol Americano

Palpite: NFC Wild Card Round - Tampa Bay Buccaneers x Washington Football Team - Playoffs NFL - 09/01

Odd: 1,90
Stake: 5/10

Status: Push (retorna)

Publicado em 09/01/2021 às 09:19

Encerrando o 1° dia do Wild Card dos playoffs da NFL, Tampa Bay Buccaneers e Washington Football Team se enfrentam no FedExField. A partida terá transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN. 

 Vs 

Local do evento: Landover - Maryland

A última vez que as equipes se enfrentaram foi na temporada 2018/19 e o até então Washington Redskins, venceu em casa por 16x3 como underdogs por 3,5pts no handicap. O total, definido em 51 naquela partida, terminou em under. 

No FedExField, a temperatura será de 5°C, com umidade do ar em 39% e ventos fortes entre 8 e 13mph. Céu aberto e sem previsão de chuva durante a partida. 

Fora dos playoffs desde a temporada de 2007/2008, os Buccaneers (Seed #5) venceram 11 jogos na 1° temporada de Tom Brady como quarterback da equipe e conquistaram uma das vagas do Wild Card. A equipe tem uma conquista de Super Bowl, tendo os então Oakland Raiders por 48x21 no Super Bowl XXXVII em 2003. 

Tom Brady oscilou de produção em alguns momentos na temporada, mostrando menos precisão do que o de costume, lançando passes ruins com frequência e também sofrendo com drops de seus recebedores, mas Brady fez uma série de boas exibições para encerrar a temporada e ainda terminou com números sólidos, completando 65,7% de seus passes para uma média de 7,6yds por tentativa, com 40 passes para touchdown, 12 interceptações e rating de 102.2. A linha ofensiva fez um excelente trabalho na proteção ao quarterback, permitindo apenas 21 sacks na temporada regular e Brady foi pressionado em apenas 17,2% dos dropbacks. O left tackle Donovan Smith foi o único ponto problemático da OL, permitindo 6 sacks, enquanto o left guard Ali Marpet esteve entre os melhores de sua posição nessa temporada e o novato Tristan Wirfs, 13° escolha geral do último draft, foi bastante sólido em sua 1° temporada. Mike Evans, Chris Godwin, Antonio Brown, Scotty Miller, Rob Gronkowski e Cameron Brate formam um dos melhores grupos de recebedores da liga, dando a Brady diversas opções de qualidade no jogo aéreo. Evans, que é questionável para essa partida devido a uma lesão no joelho, foi o recebedor mais acionado no jogo aéreo dos Buccaneers, somando 1,006 jardas em recepções e anotando 13 touchdowns, enquanto Godwin agarrou 77,45% dos passes lançados em sua direção e Brown 72,6%. O runnning back Leonard Fournette é outra opção de alvo em passes curtos, mas não esteve bem, cometendo 7 drops e produzindo média de apenas 6,5yds por recepção. 

A equipe utiliza pouco o jogo terrestre e teve baixa produção durante a temporada, com médias de apenas: 94,9 jardas terrestres por jogo e 4,1yds por tentativa de corrida. Running back principal do time, Ronald Jones II esteve bem em suas tentativas, com média de 5,1yds por carregada, mas Leonard Fournette, que divide carregadas com Jones, produziu poucas jardas após sofrer contato e terminou a temporada regular com média de apenas 3,8yds por carregada. 

Mesmo na ausência do nose tackle Vita Vea, os Buccaneers mantiveram uma defesa de elite contra o jogo terrestre, limitando os oponentes a uma média de apenas 3,6yds por tentativa de corrida nessa temporada, enquanto que com: Shaquil Barrett, Ndamukong Suh, William Gholston e Jason Pierre-Paul, o pass-rush também foi uma força e a equipe somou 48 sacks na temporada. A equipe porém, não terá o linebacker Devin White nesse jogo, que junto ao também linebacker Lavonte David, se destacou parando corridas, somando 18 tackles que geraram perda de jardas nos adversários. Enquanto o front-seven é forte, a secundária foi um pouco instável e é ponto fraco dos Buccaneers, com o safety Antoine Winfield Jr. e o cornerback Sean Murphy-Bunting indo mal na temporada regular, combinando para 12 touchdowns permitidos. O ponto mais sólido da secundária é o cornerback Carlton Davis, listado como questionável para esse jogo e que somou 18 passes desviados e 4 interceptações na temporada, permitindo recepções em apenas 61,9% dos passes quando alvejado na cobertura. 

Jaydon Mickens se saiu bem retornando kickoffs para a equipe na temporada, mas foi menos produtivo nos retornos de punt e os Buccaneers tiveram dificuldades na cobertura dos chutes, com a equipe permitindo um touchdown através de um retorno de punt e cedendo médias de: 33,6yds para os adversários nos retornos de kickoffs e 10,3yds nos retornos de punt. O kicker Ryan Succop, converteu 28 de 31 tentativas de field goal, mas errou 5 extra-points e foi apenas 1-2 em chutes para mais de 50 jardas. O punter Bradley Pinion possui alcance mediano, mas mostrou excelente precisão, sustentando uma relação IN20/TB de 90,4%, com apenas 2 touchbacks na temporada. 

Em sua 1° temporada após ter abandonado o nome Redskins, o agora Washington Football Team (Seed #4) conquistou a NFC East mesmo com uma fraca campanha de 7-9 W/L, retornando aos playoffs pela 1° vez desde a temporada 2015/16. Como Washington Redskins, a franquia conquistou três Super Bowls, mas a última conquista foi no Super Bowl XXVI em 1992. 

Recuperado de uma grave lesão, Alex Smith assumiu a titularidade como quarterback de Washington durante a temporada, mas não conseguiu grandes performances, trabalhando muitas vezes em passes curtos e lançando mais interceptações do que passes para touchdown. Os problemas do ataque vão além da performance do quarterback, que tem sido bastante pressionado no pocket, com os guards: Wes Schweitzer e Brandon Scherff e o right tackle Morgan Moses tendo dificuldades na proteção. O wide receiver Terry McLaurin é a principal opção para Smith no jogo aéreo e somou 1,118 jardas em recepções, anotando 4 touchdowns na temporada. O tigh end Logan Thomas e o running back J.D. McKissic também são opções constantes de alvos, mas Thomas oscilou muito de produção durante a temporada, cometendo 7 drops e agarrando apenas 65,5% dos passes lançados em sua direção. Cam Sims, Steven Sims Jr. e Antonio Gibson são outras opções para Smith trabalhar nos passes, mas nenhum deles foi alvejado mais de 50 vezes nessa temporada. 

A equipe não fez muito uso do jogo terrestre nessa temporada, mas o novato Antonio Gibson teve boas performances quando acionado, terminando a temporada com 795 jardas terrestres e 11 touchdowns, com média de 4,7yds por carregada. J.D. McKissic é mais utilizado como recebedor em passes curtos, mas também conseguiu boas corridas quando acionado, mas as fracas exibições de Peyton Barber, que terminou a temporada com média de apenas 2,7yds por carregada, colocaram os números totais do jogo terrestre de Washington para baixo. 

Uma excelente defesa foi o fator principal para levar Washington até os playoffs, com a equipe terminando com a 4° menor média de pontos sofridos por jogo, apenas 20,6. Chase Young, Ryan Kerrigan, Da'Ron Payne, Jonathan Allen e Montez Sweat formam uma das melhores linhas defensivas da liga e juntos, combinaram para 27 dos 46 sacks conseguidos pela equipe. Além de um pass-rush de elite, a defesa de Washington também se sai bem na contenção ao jogo terrestre, com o linebacker Cole Holcomb sendo consistente parando corridas e a com a equipe permitindo média de apenas 4,2yds por tentativa de corrida dos adversários. Com os cornerbacks Ronald Darby e Kendall Fuller tendo uma boa temporada e com o forte pass-rush facilitando o trabalho da secundária, a equipe limitou os quarterbacks adversários a um rating médio de apenas 81.4 na temporada regular, permitindo que apenas 62,4% dos passes fossem completados para uma média baixa de 6,2yds. 

O special team é sólido na cobertura dos chutes e a equipe não permitiu muitos retornos explosivos para os adversários nessa temporada, mas Danny Johnson e Steven Sims Jr. também não foram muito produtivos retornando chutes para o time. O kicker Dustin Hopkins, converteu apenas 79,4% de suas tentativas de field goal, indo 2-4 em chutes para mais de 50 jardas. O destaque do special team de Washington é o punter Tress Way, que terminou a temporada regular com média de 48yds viajadas por punt, além de mostrar excelente precisão em seus chutes, com relação IN20/TB de 88,4%. 

Lesões

Tampa Bay Buccaneers

Mike Evans (WR, Questionável), Devin White (LB, Out), Steve McLendon (DL, Questionável), Carlton Davis (CB, Questionável), Jeremiah Ledbetter (DT, Out), T.J. Logan (RB, Out for season), A.Q. Shipley (OL, Inativo), Kenjon Barner (RB, Inativo), Cyril Grayson (WR, Inativo), Jack Cichy (LB, Dispensado), Vita Vea (DT, Inativo) e O.J. Howard (TE, Out for season). 

Washington Football Team 

Kevin Pierre-Louis (LB, Questionável), Thomas Davis Sr. (LB, Questionável), Shaun Dion Hamilton (LB, Inativo), Deshazor Everett (S, Inativo), Ryan Anderson (DE, Inativo), Geron Christian (T, Inativo), Saahdiq Charles (T, Out for season), Kyle Allen (QB, Out for season), Bryce Love (RB, Inativo), Greg Stroman (CB, Inativo), Antonio Gandy-Golden (WR, Inativo), Landon Collins (S, Out for season), Reuben Foster (LB, Inativo), Matt Ioannidis (DL, Out for season) e Caleb Brantley (DT, Out for season).

A Linha

Linha Projetada: Tampa Bay Buccaneers -2,5 
Total Projetado: 40

Recordes: Buccaneers 9-6-1 ATS e 9-7 O/U, Washington 8-7-1 ATS e 5-10-1 O/U. 

A linha foi aberta em Buccaneers -7,5, subiu até -8,5 e depois caiu e se fixou em -8. 65% das apostas vieram no handicap dos Buccaneers. 

O total foi aberto em 46,5 e caiu até 44,5. 60% das apostas vieram no over. 

Onde está o valor?

Entendo o motivo dos oddmakers terem aberto os Buccaneers como grandes favoritos fora de casa e a diferença entre as equipes no meu Power Ranking é de exatamente 9,5pts, mesmo número de abertura da linha, que caiu posteriormente, porém, minha projeção de linha considerando o matchup e o mando de campo, mostra um favoritismo de apenas 2,5 para o time de Tampa e eu prefiro apoiar o underdog aqui.

Já imaginava que Washington seria um bom alvo de uma aposta de valor nos playoffs, o ataque tem muitos problemas, o que prejudica o potencial da equipe, mas a defesa é de elite, o que pode manter o time competitivo na partida. Tampa possui um elenco bastante talentoso, mas a defesa oscilou de desempenho em muitos momentos na temporada e Brady encontrou dificuldades quando enfrentou boas defesas. Acredito que de fato os Buccaneers sejam superiores, mas vejo Washington com potencial de se manter próximo no placar devido a excelente defesa.

Palpite: Washington Football Team +8 @1.90 na Bet365


Apostar na Bet365 Bet365



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


R$ 200 bônus

9.4 (nossa avaliação)

A bet365 é uma das maiores casas de apostas do mundo. Tem mais de 22 milhões de clientes e a maior cobertura de eventos. A empresa atua no Brasil por décadas e é reconhecida pelo público brasileiro.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail Baixe nosso Ebook Grátis

Outras Dicas

Dica em aberto

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

26/09 (Dom) às 14:00

Palpite: Washington Football Team x Buffalo Bills - NFL - 26/09

Palpite para a partida entre Washington Football Team e Buffalo Bills, válida pela semana 03 de jogos da NFL, com início às 14:00.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.83

LEIA A DICA APOSTA

Dica em aberto

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

26/09 (Dom) às 14:00

Palpite: Indianapolis Colts x Tennessee Titans - NFL - 26/09

Palpite para a partida entre Indianapolis Colts e Tennessee Titans, válida pela semana 03 de jogos da NFL, com início às 14:00.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.80

LEIA A DICA APOSTA

Dica em aberto

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

26/09 (Dom) às 14:00

Palpite: Cincinnati Bengals x Pittsburgh Steelers - NFL - 26/09

Palpite para a partida entre Cincinnati Reds e Pittsburgh Steelers, válida pela semana 03 de jogos da NFL, com início às 14:00.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.99

LEIA A DICA APOSTA