Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 09/08/2018 (Quinta-Feira) às 20:10 Unibet
Beisebol

MLB: Baltimore Orioles (David Hess) x Tampa Bay Rays (Hunter Wood)

Odd: 2,65
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 09/08/2018 às 18:21

Rivais de divisão, Orioles e Rays se enfrentam no Tropicana Field encerrando uma série de três jogos. 

Local do evento: St. Petersburg – Flórida

Os Rays venceram o primeiro jogo da série por 4x3, mas foram derrotados ontem por 5x4. Com total definido em 7,5, o primeiro jogo terminou em under, enquanto que a partida de ontem acabou em over com total definido previamente em 7,5. Na temporada foram 15 confrontos entre as equipes, com 8 vitórias dos Orioles. Os totais ficaram em 10-5 O/U. 

O Tropicana Field é um under park, com total base de 7,5, que pode variar dependendo do matchup. O estádio é um dome e por isso informações sobre temperatura, direção e intensidade dos ventos são irrelevantes para o total. 

Os Orioles (35-79 W/L) venceram ontem conseguindo uma virada na 9° entrada e o time vem melhorando em relação a primeira metade da temporada, indo 5-5 W/L nos últimos dez jogos disputados. A equipe no entanto, possui junto aos Kansas City Royals, o pior recorde da temporada, sendo a última colocada na divisão East a Liga Nacional, com aproveitamento de apenas 30,7%. Após esse jogo, os Orioles voltam para Baltimore e recebem os rivais Boston Red Sox em uma série de quatro partidas com início amanhã. 

David Hess (RHP, 2-6 W/L e ERA 6.41) trabalhou no bullpen no mês de julho, mas voltou a rotação em agosto. O pitcher tem sido um dos piores da MLB nessa temporada, tendo problemas de controle, conseguindo uma baixíssima taxa de strikeouts e sendo propicio a ceder home runs, com média de 2.19 HRs sofridos a cada 9.0 IP. Hess faz uso excessivo de sua bola rápida, utilizando o arremesso em 60,8% de seus pitches e tem um slider como pitche complementar. Seu slider tem sido bom, mas sua bola rápida tem sido um dos arremessos mais fáceis de se rebater na liga esse ano. O arremessador enfrentou os Rays duas vezes nessa temporada, uma como starter e outra sendo acionado como reliever, Hess cedeu 4 corridas em 7.2 IP de serviço contra o time de Tampa. 

Pior ataque da primeira metade da temporada, os Orioles voltaram bem mais produtivos após o retorno do All-Star Game e até o momento, são um dos ataques mais eficientes dessa segunda etapa. Nos últimos sete jogos disputados, a equipe teve média de 5,1 corridas por jogo, com linha de: 280/314/463 (AVG/OBP/SLG) no período. Chris Davis melhorou um pouco, apesar de ainda sofrer muitos strikeouts e ter baixo aproveitamento no bastão, mas os grandes responsáveis pelo bom momento ofensivo do time são: Tim Beckham, Mark Trumbo, Adam Jones e o recém chegado Jonathan Villar, todos com forte produção nessa segunda metade de temporada. 

O bullpen foi consistentemente um dos mais fracos da liga esse ano, mas a unidade melhorou após a pausa para o All-Star Game, mesmo com os Orioles negociando seus dois principais relievers. Evan Phillips, Cody Carroll e Tanner Scott arremessaram bem nas últimas vezes em que foram acionados e ontem, Mychal Givens gravou seu 3° save na temporada, Givens porém, vem com ERA 6.75 ao longo de 9 jogos em que foi acionado nessa segunda metade da temporada. 

A defesa não se beneficiou da melhora geral da equipe e segue bastante fraca. Tim Beckham é tão deficiente quando Manny Machado – agora nos Dodgers – na posição de shortstop e o campo externo segue sofrendo com as péssimas atuações de: Adam Jones, Trey Mancini e Mark Trumbo. Na posição de catcher, Caleb Joseph tem sido o titular na maioria dos jogos, Joseph está em declínio na parte defensiva, vindo mal em enquadramento de arremessos, quesito onde foi bom nos últimos anos. 

Derrotados ontem, os Rays (57-57 W/L) vivem péssima fase e perderam quatro de seus últimos cinco jogos disputados. A equipe ocupa a 3° colocação na divisão East da Liga Americana, 23,5 jogos atrás dos líderes Boston Red Sox. Após esse jogo, o time viaja para Toronto no Canadá, onde enfrentará os rivais Blue Jays em uma série de três partidas com início amanhã. 

Hunter Wood (RHP, 0-0 W/L e ERA 3.32) não é um starter, ele só a primeira parte de um jogo combinado de bullpen, algo que o manager Kevin Cash tem feito com muita frequência nessa temporada. Wood porém, tem sido um dos piores iniciantes nesse sistema de Cash e cedeu corridas em quatro das últimas seis vezes em que foi utilizado. Os Rays não utilizam um padrão de substituição nesses jogos de bullpen, mas normalmente: Ryan Yarbrough, Yonny Chirinos ou Jacob Faria aparecem como long-relievers após 2.0 IP do titular. 

O time não vive grande fase no ataque, a equipe tem média de apenas 4,1 corridas por jogo e linha de: 216/315/320 (AVG/OBP/SLG) ao longo dos últimos sete jogos disputados e: C.J. Cron, Kevin Kiermaier, Willy Adames, Matt Duffy e Jesus Sucre pouco fizeram desde o retorno do All-Star Game. O jogador mais produtivo tem sido Mallex Smith, que vem sendo o leadoff da equipe e que coletou 2 hits e anotou 2 corridas nessa série. 

O bullpen tem sido utilizado a exaustão nessa temporada, já que muitas vezes a equipe utiliza a unidade como extensão para um começo curto de um titular. O setor não vem bem recentemente, Jalen Beeks, Jaime Schultz, Diego Castillo, Ryan Yarbrough e Hunter Wood - starter de hoje – mostrando problemas de controle nessa segunda metade da temporada. Closer da equipe, Sergio Romo ontem gravou seu 7° blown save na temporada e foi marcado com a 3° derrota. Os Rays porém, são 32-29 W/L na temporada em jogos decididos por relievers. 

A defesa tem sido apenas mediana, Kevin Kiermaier voltou a ser um defensor de elite no campo central e: Joey Wendle, Jake Bauers e Matt Duffy são bons no campo interno, mas Willy Adames é terrível como shortstop e Carlos Gomez ainda é abaixo da média no campo direito. Na posição de catcher, a equipe deverá utilizar o veterano Jesus Sucre na partida de hoje, Sucre ainda bloqueia bem mas vem mal em enquadramento de arremessos. 

Scott Barry (8-11 O/U) será o umpire do home plate. Barry tem sido um under umpire nessa temporada, chamando strikes em 63,8% dos pitches e tendo relação SO/Walks de 2.66. Seus jogos tiveram média de 9,0 corridas esse ano. 

Linha Projetado: Rays 1.92/Orioles 2.09
Total Projetado: 10

Onde está o valor?

Esqueça os Orioles da primeira metade da temporada, o ataque tem sido muito quente recentemente e o bullpen melhorou um pouco, o que faz deles já não tão fracos quanto foram nos primeiros meses da temporada. David Hess é péssimo, mas um combinado de um bullpen que tem caído de produção não é projetado para ser muito melhor do que o titular dos Orioles. Acredito que a força recente do ataque dos Orioles equilibre a partida, tornando esse jogo quase que com probabilidade de vitória de 50% para cada lado, sendo assim, vejo um bom valor para apoiar os Orioles nessa partida. 

Aposta: Baltimore Orioles ML @2.65 na Unibet
 



Apostar na Unibet Unibet




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar



Outras Dicas

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

20/10/2018

MLB Playoffs: NLCS - Los Angeles Dodgers (Walker Buehler) x Milwaukee Brewers (Jhoulys Chacin) Game #7

Playoffs do Baseball, 20/10, Início às 21:09 e transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN2

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: Over e Under | Odd 1.83

LEIA MAIS

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

19/10/2018

MLB Playoffs: NLCS - Los Angeles Dodgers (Hyun-Jin Ryu) x Milwaukee Brewers (Wade Miley) Game #6

Playoffs do Baseball, 19/10, Início às 21:39 e transmissão ao vivo pela ESPN

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: Over e Under | Odd 1.93

LEIA MAIS

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

18/10/2018

MLB Playoffs: ALCS - Boston Red Sox (David Price) x Houston Astros (Justin Verlander) Game #5

Playoffs do Baseball, 18/10, Início às 21:09 e transmissão ao vivo pela ESPN2

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: 1 x 2 | Odd 1.48

LEIA MAIS