NFL Super Bowl LII: New England Patriots - Análise do Elenco

Publicado em 03/02/2018 às 03:09

NFL Super Bowl LII: AFC Champions – New England Patriots

A caminhada até o Super Bowl

Atuais campeões e favoritos para a conquista do título desde a semana 01, os Patriots tiveram uma caminhada com mais percalços do que o esperado. A equipe iniciou a temporada sofrendo uma pesada derrota frente aos Kansas City Chiefs em casa por 42x27 e a defesa permitiu mais do que 30 pontos em três dos quatro primeiros jogos do time. Conforme a temporada progrediu, os Patriots foram melhorando e venceram 11 de seus últimos 12 jogos, conquistando a seed #1 da AFC novamente. 

Nos playoffs, o time iniciou sua campanha com uma vitória tranquila sobre um fraco Tennessee Titans, mas quase foi surpreendido pelos Jaguars no Conference Championship, chegando a ficar 10 pontos atrás do placar antes de Tom Brady conduzir a virada no último quarto e carregar a equipe para mais uma disputa de Super Bowl, a 8° na era Brady. 

Ataque

Quarterback:

QB - Tom Brady #12

Tom Brady não parece envelhecer e aos 40 anos, carregou os Patriots para mais uma disputa de Super Bowl. O quarterback teve o 3° melhor rating da liga na temporada regular e atuou ainda melhor nos playoffs, completando 67% de seus passes, lançando para 5 touchdowns e não sofrendo interceptações nas duas partidas que conduziram o time de New England até mais uma disputa de Super Bowl. 

Runnning Backs

RB - Dion Lewis #33

Lewis começou a temporada participando de poucos snaps, mas foi gradualmente subindo a carga de carregadas e terminou conquistando novamente a titularidade, tendo tido o maior número de carregadas na equipe nas duas partidas dos playoffs. O running back vem sendo crucial para o ataque dos Patriots, sendo efetivo correndo entre os tackles e também sendo bastante participativo no jogo aéreo, tendo feito 16 recepções nos playoffs e tendo ganho 67 jardas após recepção. 

RB – James White #28

White foi um dos heróis da última conquista de Super Bowl da equipe, mas trabalhou pouco durante essa temporada e também não apareceu tanto nas duas partidas dos playoffs. White é um running back versátil, podendo alinhar como slot receiver e se saindo bem no jogo aéreo como opção para o quarterback Tom Brady. O running back porém, agarrou apenas 58% dos passes lançados em sua direção nessa pós-temporada. 

RB - Rex Burkhead #34

Burkhead chegou a ser o running back #1 do time em algumas partidas na temporada, mas tem sido preterido nesses playoffs, tendo apenas uma carregada na pós-temporada. Com Bill Belichick mexendo muito na rotação dos running backs e podendo surpreender no Super Bowl, é possível que Burkhead apareça mais na final do que vinha aparecendo nos playoffs. 

FB - James Develin #46

James Develin é versátil e pode correr e receber passes além de ser um excelente bloqueador. Com a piora na linha ofensiva dos Patriots nessa temporada, Develin tem sido exclusivamente utilizado para bloquear e a auxiliar os OLs da equipe nas poucas vezes em que alinha nas formações do time. O fullback porém, pode aparecer como surpresa recebendo passes nesse Super Bowl. 

Linha Ofensiva

LT - Nate Solder #77

Solder foi um dos melhores membros da linha ofensiva dos Patriots no último ano, mas esteve apenas na média durante essa temporada. O veterano faz um trabalho decente abrindo espaços para o jogo terrestre, mas teve problemas protegendo Tom Brady e permitiu pressões sobre o quarterback no lado esquerdo. 

LG - Joe Thuney #62

Thuney foi a parte fraca do setor na última temporada mas fez avanços em seu 2° ano na liga e foi consistente durante boa parte da temporada. O guard é excelente abrindo espaços para o jogo terrestre, mas sofre um pouco na proteção ao quarterback, permitindo mais pressões pelo meio da linha do que o normal. 

C - David Andrews #60

Ainda jovem para a posição, Andrews tem melhorado seu jogo ano a ano, sendo agora menos propicio a faltas e a erros nos snaps e entendendo melhor as contagens e chamadas de Tom Brady, algo que foi um problema para o center na última temporada. Andrews tem sido bom tanto na abertura de espaços para o jogo terrestre quando na proteção ao quarterback. 

RG - Shaq Mason #69

Mason é um guard limitado, sendo ótimo na abertura de espaços para o jogo terrestre, mas deficiente na proteção ao quarterback. O right guard tem sido constantemente batido pelos DLs adversários e boa parte das pressões sofridas pelo quarterback Tom Brady são originadas pelo lado de Mason.  

RT - Cameron Fleming #71

Substituto do lesionado Marcus Cannon, Cameron Fleming tem bem menos qualidade do que o antigo titular, mas tem feito um trabalho sólido atuando ao lado de um deficiente Shaq Mason. Os Patriots chegaram a utilizar LaAdrian Waddle na posição, mas Waddle também tem sofrido com lesões e é questionável para a disputa do Super Bowl. Com Fleming tendo feito um trabalho melhor do que Waddle nos jogos em que iniciou como titular, é provável que os Patriots o mantenham na posição. 

Receivers

WR - Brandin Cooks #14

Com Julian Edelman lesionado, Brandin Cooks acabou com a missão de ser o wide receiver #1 da equipe, mas não foi tão sólido durante a temporada regular, agarrando apenas 57% dos passes lançados em sua direção. Cooks é um wide receiver de velocidade e uma das principais opções de Brady em passes em profundidade, tendo feito 18 recepções para 20 ou mais jardas durante a temporada regular. Bem marcado nos playoffs, o jogador realizou apenas 9 recepções em dois jogos e não anotou touchdowns nessa pós-temporada. 

WR - Chris Hogan #15

Hogan apareceu como surpresa nos playoffs da última temporada e foi importante na campanha que levou os Patriots ao título do Super Bowl LI, o jogador porém, passou boa parte dessa temporada lesionado e teve pouco impacto no jogo aéreo, tendo feito apenas 34 recepções. Hogan também tem sido pouco acionado nos playoffs, com apenas 8 passes em sua direção nos dois primeiros jogos. 

WR - Danny Amendola #80

Atuando no slot, Amendola foi a principal opção de passe para Brady nessa pós-temporada, tendo realizado 18 recepções em dois jogos. O jogador apareceu bem na disputa do último Super Bowl e tem sido um dos mais sólidos wide receivers da equipe, devendo ter papel de destaque na partida contra os Eagles. 

WR - Phillip Dorsett #13

Vindo na troca que enviou o quarterback Jacoby Brissett para os Indianapolis Colts na offseason, Dorsett é pouco envolvido no plano de jogo dos Patriots, participando de poucos snaps e lutando para conseguir separação dos cornerbacks quando está em campo. O wide receiver fez apenas uma recepção nessa pós-temporada, mas é um dos alvos que Tom Brady pode utilizar nos playoffs.  

TE - Rob Gronkowski #87

Gronkowski foi liberado para a partida após ter entrado no protocolo de concussão. Grong é o principal alvo de Tom Brady e o coração do grupo de recebedores dos Patriots, liderando a equipe com 8 touchdwons durante a temporada regular. Alto, forte e rápido, Gronkowski é o tigh-end mais dominante da liga, sendo um problema para os setores defensivos devido a sua rara combinação de habilidades. 

TE - Dwayne Allen #83

Segundo tigh-end da equipe, Allen aparece pouco no jogo aéreo, sendo mais utilizado como um bloqueador. O jogador não fez uma boa temporada, mesmo quando fica apenas com os bloqueios e se precisar substituir Gronkowski em uma eventual lesão do titular, os Patriots perdem muito em qualidade na posição. 

Coordenador Ofensivo: Josh McDaniels

Cotado como head coach dos Indianapolis Colts para a próxima temporada, Josh McDaniels tem cinco aparições no Super Bowl como membro de uma comissão técnica e cinco conquistas. McDaniels é coordenador ofensivo dos Patriots desde 2012, mas deve fazer sua última partida pelo time na função. 

Defesa 

Linha Defensiva 

DE - Eric Lee #55

Novato, Lee é um dos principais problemas da equipe na contenção ao jogo terrestre, sendo pouco efetivo no quesito. O jogador teve 3,5 sacks durante a temporada regular, mas também não consegue criar pressão de forma constante sobre os quarterbacks adversários e aparece como um dos elos mais fracos de um frágil front-seven dos Patriots. 

DT - Lawrence Guy #93

Veterano e com passagens por Colts e Ravens, Guy chegou aos Patriots nessa temporada e ganhou a vaga de Alan Branch, com o antigo titular jogando mal esse ano. Guy foi consistente pelo meio da linha defensiva, se destacando na contenção ao jogo terrestre e tendo realizado 3 tackles que geraram perda de jardas durante a temporada regular. 

DT - Malcom Brown #90

Brown é o principal jogador pelo meio da linha defensiva de New England, conseguindo exercer pressão sobre os quarterbacks adversários e sendo também efetivo na contenção ao jogo terrestre. O jogador foi titular na conquista do ano passado e retorna para o seu 2° Super Bowl em três anos como profissional. 

DE - Trey Flowers #98

Flowers foi o novato sensação da defesa dos Patriots na última temporada e apesar de ter anotado apenas 6,5 sacks nessa temporada, o jogador continua bastante consistente na pressão aos quarterbacks, exigindo muitas vezes marcação dupla por parte da linha ofensiva adversária. Flowers é de extrema importância para um pass-rush que foi inconsistente na temporada regular, mas que mostrou alguma melhora nos playoffs. 

DE - Deatrich Wise #91

Escolha de 4° rodada no último draft, Wise reveza snaps com Eric Lee no lado esquerdo da linha defensiva. O jogador é mais ativo no pass-rush, tendo conseguido 5 sacks durante a temporada regular, mas sua ineficácia contra o jogo terrestre faz com que Wise seja utilizado em poucos snaps. 

DT – Adam Butler #70

Também novato, Butler participa de alguns snaps no lugar de Trey Flowers mas foi bastante ineficiente durante a temporada regular, não conseguindo ser muito efetivo no pass-rush e sendo um defensor ruim contra o jogo terrestre, tarefa que deveria ser prioritária para um substituto de Flowers, que funciona mais como um jogador de pass-rush. 

Linebackers

LB - Kyle Van Noy #53

A linha de linebackers foi reestruturada para essa temporada, começando com Kyle Van Noy, ex-jogador dos Lions. A reestruturação porém não deu muito certo e Van Noy, apesar de ativo no pass-rush, foi bastante fraco em vários quesitos do jogo, sendo ruim na cobertura de passes e tendo feito um péssimo trabalho na contenção ao jogo terrestre, grande dificuldade da defesa dos Patriots nessa temporada. 

LB - Elandon Roberts #52

Roberts foi um pouco mais consistente na contenção ao jogo terrestre, mas assim como Van Noy, o linebacker tem muita dificuldade na cobertura ao jogo aéreo, sendo constantemente superado por wide receivers de slot, running backs que recebem passes ou tigh ends. O mau trabalho dos linebackers titulares motivou os Patriots a assinarem com o veterano James Harrison, nosso próximo jogador analisado. 

LB - James Harrison #92

Aos 39 anos de idade e com 15 temporadas de experiência na liga, James Harrison acabou dispensado pelos Pittsburgh Steelers na reta final da temporada, equipe que defendeu por 14 temporadas. Harrison já não o gás de antigamente e não participa de muitos snaps, mas quando em campo, o jogador ainda corresponde sendo um dos poucos linebackers dos Patriots que podem realizar um bom trabalho em chamadas de blitz. 

LB - Marquis Flowers #59

Flowers é mais uma opção para alinhar em jogadas de blitz, mas foi pouco efetivo durante a temporada, tendo apenas 3,5 sacks e parando muitas vezes nos bloqueios adversários. Flowers é limitado como linebacker, sendo exclusivamente utilizado para pressionar os quarterbacks adversários e não se saindo bem nos outros quesitos. 

Secundaria 

CB - Malcolm Butler #21

Herói na penúltima conquista de Super Bowl dos Patriots, Butler foi envolvido em rumores de troca na offseason mas permaneceu com a equipe por toda a temporada. O cornerback teve altos e baixos nessa temporada, desviando menos passes e realizando menos interceptações do que nas temporadas anteriores. Butler é sólido no geral, mas já não tem jogado como um cornerback #1.  

CB - Stephon Gilmore #24

Os Patriots trouxeram Gilmore após terem perdido Logan Ryan para os Titans na última free-agency e o ex-jogador dos Bills acabou sendo o cornerback mais confiável do time. Gilmore recebe poucos passes em sua direção e por isso tem baixos números de passes desviados, mas tem feito um bom trabalho na marcação dos principais wide receivers adversários, sendo especialista em obrigar que os receivers mudem suas rotas durante a execução da jogada. 

CB - Eric Rowe #25

Disparado o pior membro da secundária do time, Eric Rowe entra como cornerback de nickel, tendo a função de marcar o slot receiver do adversário. Rowe porém, não tem executado bem suas funções e na partida contra os Jaguars, permitiu recepções para: Keelan Cole e Dede Westbrook quando esses alinharam no slot, Rowe terá a dura missão de marcar Nelson Agholor nesse jogo. 

S - Patrick Chung #23

Chang é bom na cobertura de passes e foi um dos jogadores mais consistentes da secundária dos Patriots nessa temporada, tendo desviado 9 passes. Veterano, o jogador está na equipe desde 2009 e forma boa dupla de safetys com Devin McCourty. 

S - Devin McCourty #32

Chang é mais ativo na cobertura de passes, ficando muitas vezes encarregado dos tigh ends adversários, enquanto que McCourty aparece mais na contenção ao jogo terrestre e auxilia a cobertura, tendo liderado o time em tackles nessa temporada com 80. 

S - Duron Harmon #30

Os Patriots por vezes alinham com três safetys e quando o fazem, é Duron Harmon que entra no lugar de algum dos linebackers do time. Harmon é bom cobrindo passes e liderou o time em interceptações nessa temporada, tendo conseguido 4. Nos playoffs, Harmon apareceu menos e teve apenas um tackle em duas partidas. 

Coordenador Defensivo: Matt Patricia

Coordenador defensivo dos Patriots desde 2012, Matt Patricia já ocupou vários cargos na equipe, sendo três vezes campeão pelo time de New England. Patricia deve se despedir da equipe após esse Super Bowl, sendo cotado para o cargo de head coach nos Giants e nos Lions. 

Especialistas

K - Stephen Gostkowski #3

Confiável durante quase toda a sua carreira, Gostkowski havia tido um ano ruim na última temporada, errando inclusive um extra-point no Super Bowl. O kicker porém, voltou a ser efetivo nessa temporada, convertendo 37 de 40 tentativas de field goal e indo 4-4 em chutes para mais de 50yds. 

P - Ryan Allen #6

Ryan Allen é um punter bastante preciso e frequentemente consegue colocar os adversários na linha de 20 ou menos jardas de seus próprios campos, o jogador porém não tem grande alcance em seus chutes, com suas bolas viajando em média apenas 43,4 jardas.

KR - Dion Lewis #33

Lewis foi uma força do special team dos Patriots retornando kickoffs nessa temporada, o jogador anotou um touchdown através de retorno e terminou a temporada regular com média 24,8yds por retorno ao longo de 23 tentativas. 

PR - Danny Amendola #80

Assim como Lewis, Danny Amendola também tem se saído bem nos retornos, tendo média de 10,4yds por retorno de punt nesses playoffs e tendo terminado a temporada regular com média de 8,6yds no quesito. 

LS - Joe Cardona #49

Cardona foi selecionado no 5° round do draft de 2015 e se tornou apenas o 4° jogador da história a ser selecionado orginalmente como um long snapper. O jogador atuou em todas as partidas dos Patriots nas últimas três temporadas, conquistando o Super Bowl no ano passado. 

Coordenador dos especialistas: Joe Judge

Esse é o 3° ano de Judge no comando do time de especialistas dos Patriots, o técnico tem feito um bom trabalho com o setor, especialmente na cobertura de chutes, com a equipe permitindo médias de apenas: 18,9yds para os adversários em retornos de kickoffs e 4,6yds em retornos de punt, duas das marcas baixas permitidas por um time na temporada. 

Head Coach: Bill Belichick

No comando dos Patriots desde 2000, Belichick já conquistou cinco Super Bowls e foi eleito técnico do ano em três oportunidades. Trabalhando em comissões técnicas desde os anos 70, o head coach é um dos maiores da história, tendo recorde de 250-118 W/L (67%). 






Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar



Outras Dicas

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

21/10/2018

NFL: New England Patriots x Chicago Bears

Futebol Americano, 21/10, Início às 14:00 e transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.86

LEIA MAIS

Dica em aberto

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

21/10/2018

NFL: Sunday Night Football - Cincinnati Bengals x Kansas City Chiefs

Futebol Americano, 21/10, Início às 21:20 e transmissão ao vivo pela ESPN

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.94

LEIA MAIS

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

18/10/2018

NFL: Thursday Nigh Football - Denver Broncos x Arizona Cardinals

Futebol Americano, 18/10, Início às 21:20 e transmissão ao vivo para pela ESPN

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.85

LEIA MAIS