Renan Costa Renan Costa Data: 05/06/2018 (Terça-Feira) às 21:30 Bet365
Futebol

Brasileirão 2018: São Paulo x Internacional

Odd: 1,85
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 04/06/2018 às 19:13

Estádio do Morumbi – São Paulo – SP

Terça feira às 21h30

SÃO PAULO X INTERNACIONAL

Jogo válido pela 10ª Rodada da série A. Após a derrota para o Palmeiras na última rodada, o São Paulo caiu para a 4ª colocação do campeonato. O Internacional deixou escapar a vice-liderança do campeonato ao empatar em casa com o Sport por 0-0. Ocupa agora a 5ª colocação na tabela.

Campanhas:

Confronto direto:

 

Jogos dos times:

Análise do confronto:

 Diante do que tem acontecido nos últimos anos, a campanha do São Paulo é de boa para cima. Na melhor das hipóteses, o Tricolor continuará na segunda colocação da tabela. Na pior, cairá para a sexta, de um a quatro pontos atrás do líder.

O técnico Diego Aguirre tentar dar um tom de normalidade à derrota por 3 a 1 para o Palmeiras, na noite de sábado. Apesar do retrospecto horripilante na arena rival – sete derrotas, com 21 gols contra e apenas quatro pró –, foi a primeira vez que o São Paulo saiu de campo neste Brasileirão sem somar ao menos um ponto.

A preocupação de Aguirre parece evidente: a primeira derrota em nove jogos não pode atrapalhar a caminhada tricolor até a parada para a Copa do Mundo. O uruguaio, que comanda o São Paulo há menos de três meses, considera esse tempo fundamental para treinar o time.

Até lá, faltam três jogos: Internacional (próxima terça-feira, no Morumbi), Atlético-PR (outro sábado, na Arena da Baixada, onde o São Paulo também nunca venceu) e Vitória (outra terça, de novo em casa).

E fazer o time reagir à perda da invencibilidade será a segunda missão de Aguirre no Brasileirão. Lembra qual foi a primeira?

Depois da vitória na estreia, sobre o Paraná, o São Paulo emendou uma sequência de quatro empates – com Ceará, Fluminense, Atlético-MG e Bahia.

– Não quero estar apenas invicto, quero também estar nas primeiras posições, e isso ainda não está acontecendo – tinha afirmado Aguirre, em Salvador.

Depois aconteceu... O São Paulo venceu três jogos seguidos – contra Santos, América-MG e Botafogo – e colou na ponta da tabela.

– Falta muito, mas o começo tem sido bom. Temos de continuar trabalhando, porque o time vai entrosando, vai melhorando – disse o técnico na quarta-feira passada.

Indiscutivelmente, o São Paulo de Aguirre é competitivo, o que definitivamente não era o time de Dorival Júnior, demitido na reta final do Paulistão. Por isso, perder o clássico é normal, como insistiu o técnico, mas voltar a vencer, de preferência já na terça-feira, ainda mais no Morumbi, é fundamental.

Para isso, além de superar dois desfalques certos (Nenê e Bruno Alves) e outro provável (Hudson), o São Paulo tem que corrigir problemas que voltaram a aparecer no clássico, como:

- as falhas individuais, como as de Sidão, Reinaldo e Militão nos gols do Palmeiras;

- a queda de intensidade do primeiro para o segundo tempo, como destacou Bruno Alves;

- a perda de concentração, que fez o time levar três gols em 15 minutos, como explicou Nenê.

Os três jogos até a Copa do Mundo mostrarão para que Aguirre treinará o São Paulo entre junho e julho: se para fazer apenas um bom papel no Brasileirão, quem sabe conquistando uma vaga na Libertadores, ou se para disputar o título nacional. (GE)

Hudson saiu no intervalo de jogo contra o Palmeiras com um incômodo na coxa direita e foi detectado uma pequena contratura. Sem ir à campo nesta segunda, está descartada sua presença no jogo contra o Inter. Para a vaga, Petros e Liziero disputam um lugar na equipe titular.

No caso de Valdívia, ele poderia ser o substituto natural de Marcos Guilherme – que deixou o São Paulo após término de contrato. Mas por cláusula no vínculo por estar emprestado ao São Paulo junto ao Inter, o meia também está fora. Sem Nenê, Lucas Fernandes e Shaylon disputam uma posição na equipe.

A decisão mais fácil para Aguirre, talvez, seja a entrada de Arboleda no lugar de Bruno Alves, que está suspenso. (Torcedores)

 O torcedor que foi ao Beira-Rio saiu frustrado com o empate em 0 a 0 com o Sport e também com o futebol visto em campo. O Inter interrompeu a série de três vitórias consecutivas e desperdiçou a chance de avançar ainda mais na tabela. O resultado não agradou, mas foi justo. Mesmo que o Sport seja um adversário que, teoricamente, o Inter tem a obrigação de vencer, ainda mais jogando dentro de casa, o time pernambucano fez uma apresentação competente e consistente, impondo enormes dificuldades ao colorado e justificando o seu bom desempenho nessas primeiras rodadas do campeonato.

Três atacantes colorados e nenhum armador no meio-campo para entregar a bola a eles. Esta escalação colorada remete a estes problemas. William Pottker teve uma boa chance, na frente do goleiro, no começo do jogo. Foi só. A outra grande chance foi num chute potente de Nico López, de fora da área, no segundo tempo.

Os atacantes colorados não foram privilegiados em relação aos zagueiros do Sport, e o gol não saiu. Foram 38 cruzamentos sem consequência. Foram 15 escanteios que não tiveram resultado prático.

O Inter deixou de faturar dois pontos importantes, com sua torcida quase lotando o Beira-Rio, contra um adversário desfalcado. Continua bem colocado na tabela, mas agora tem duas paradas muito complicadas. Tem o São Paulo terça (5), no Morumbi, e no domingo, o Santos, na Vila Belmiro. (GZH)

Rodrigo Dourado, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, desfalca a equipe que irá em busca de mais uma vitória fora de casa. D'Alessandro, com uma lesão no tornozelo, segue de fora.

Jogadores em recuperação: Juan Alano: lesão coxa direita. Previsão: 7 a 10 dias. D’Alessandro: segue tratamento no tornozelo esquerdo. Klaus: fase final de recuperação. Wellington Silva: fase final de recuperação.


PROVÁVEL SÃO PAULO – Sidão, Éder Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Petros (Liziero) e Lucas Fernandes (Shaylon); Paulinho (Lucas Fernandes), Everton e Diego Souza.

PROVÁVEL INTERNACIONAL - Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Gabriel Dias, Edenilson, Lucca, William Pottker e Patrick; Leandro Damião.


Estatísticas:


A equipe do São Paulo é favorita para o duelo. Joga como mandante onde provou ser uma equipe muito forte. A equipe do Internacional também é uma equipe forte e está em bom momento. Pode surpreender o São Paulo. As odss das casas de apostas para gols Over 2,5 @ 2.40 e para Under 2,5 @ 1.53. As odss para ambas as equipes marcarem: sim @ 1.95 e para nâo @ 1.80. O sites de Apostas estão trabalhando suas odss com o placar entre 1x0 ou 2x0 com favoritismo para o São Paulo. Considero até surpreendente a cotação para gols Over/Under estarem com baixo gols. Os dois times têm bom potencial de ataque e gols.

Odss para 1x2; ambas marcarem; gols Over/Under; Handicap Asiático:

Sugestão de Aposta: Ambas as equipes marcam: sim @ 1.95; São Paulo vence @ 2.05.

Dica de aposta: Over 2 gols @ 1.850. no bet365.

Leia o artigo: Melhore seu psicológico nas aposta esportivas.

Fonte: Footstats, Footystats.



Apostar na Bet365 Bet365




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar



Outras Dicas

Dica em aberto

Fernando Pereira Fernando Pereira

16/10/2018

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: Handicap Asiático | Odd 2.00

LEIA MAIS

Dica em aberto

Renan Costa Renan Costa

15/10/2018

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: Handicap Asiático | Odd 2.10

LEIA MAIS

Halfpush (retorna metade, push metade)

João Paulo Araújo João Paulo Araújo

15/10/2018

Stake (confiança)

(5 de 10)

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.92

LEIA MAIS