MLB Previews 2019: AL East - Baltimore Orioles


18/02/2019

Baltimore Orioles 

Campanha no ano passado: 47-115 W/L (4° na divisão East da Liga Americana) 

Pelo 2° ano consecutivo, os Orioles terminaram em último na divisão East da Liga Americana. A equipe não apenas foi a última de sua divisão, como teve a pior campanha da liga, vencendo apenas 47 jogos. A péssima campanha da equipe fez com que o manager do time, Buck Showalter, que estava no cargo desde 2010, fosse demitido. Dan Duquette, diretor de operações de baseball também foi dispensado. 

Quem Saiu: Caleb Joseph (C, Diamondbacks), Tim Beckham (3B, Mariners), Pedro Alvarez (1B, Marlins), Colby Rasmus (LF, Aposentado), Andrew Susac (C, Dispensado) e Craig Gentry (LF, Giants). 

Quem Chegou: Nate Karns (SP, Rays).

Após a pior temporada da história franquia, o foco dos Orioles foi reformular o front-office, com a chegada de um novo general manager, Mike Elias, que teve sucesso na reconstrução dos Houston Astros nos últimos anos e de um novo manaer, Brandon Hyde, que era técnico do banco dos Cubs, outra equipe que teve sucesso em uma reconstrução nos recentemente. Já para o campo, o time não fez muitos investimentos, com a chegada do arremessador Nate Karns sendo a principal novidade na equipe principal. Lesionado, Karns não atuou na última temporada, mas o arremessador teve algumas performances interessantes pelos Royals dois anos atrás e se retornar bem, poderia facilmente se tornar o arremessador mais seguro de uma ainda fraca rotação. 

Rotação 

A rotação foi terrível na última temporada, com o time registrando o pior ERA da liga. A rotação projetada para esse ano é igual à que terminou a última temporada, mas Nate Karns deve ganhar um ponto entre os cinco titulares quando estiver recuperado de lesão. A equipe foi prejudicada por um número excessivo de home runs cedidos e também por uma fraca defesa no ano passado e eu vejo ambos os pontos melhorando apenas por variância natural. Eu não espero muito de: Dylan Bundy, Andrew Cashner e Yefry Ramirez mas Alex Cobb pode fazer uma temporada melhor, tendo mostrado qualidade em muitos pontos na última temporada.

Ataque 

Muitos jovens formam o que deve ser o lineup inicial dos Orioles esse ano, Cedric Mullins foi péssimo quando ganhou oportunidades no bastão na última temporada, Renato Nunez e DJ Stewart se mostraram boas promessas. Entre os veteranos, Trey Mancini e Jonathan Villar devem ser capazes de se manterem na média da liga, com Villar ainda tendo o plus de ser um bom defensor e um excelente ladrão de bases, já Mark Trumbo parece em declínio apesar de ter tido alguns trechos bons na última temporada e Chris Davis dificilmente se recuperará de seu péssimo 2018, com seu contrato sendo atualmente um dos piores da Major League Baseball. 

Bullpen

O bullpen foi um ponto forte dos Orioles por vários anos, mas os bons relievers saíram do time e a unidade atual é bastante parecida com a que teve péssimas performances na temporada passada. Mychal Givens e Richard Bleier são os principais nomes do bullpen, mas Givens é apenas mediano e Bleier tende a regredir após ter postado ERA 1.93 ao longo de 32.2 IP no ano passado. 

Defesa 

A defesa é outro setor onde os Orioles foram consistentes por vários anos mas caíram de produção na última temporada. Trey Mancini e Mark Trumbo devem fazer um revezamento no posto de designated hitter, mas são péssimos quando escalados no campo externo, o que deve ocorrer algumas vezes, Cedric Mullins II teve muitos problemas cobrindo o campo central quando atuou na última temporada e o campo externo tende a continuar sendo o principal problema defensivo do time. No campo interno as coisas melhoraram, Renato Nunez foi bem como um defensor na 3B no ano passado e Jonathan Villar é decente na segunda base. Projetado para ser o shortstop titular, Richie Martin é veloz e também pode acrescentar defesa decente na posição. 

Análise para essa temporada 

Os Orioles eram péssimos na última temporada e ainda devem ser ruins esse ano, mas alguns fatores atrapalharam o time ano passado e poucos se atentaram a isso. A equipe teve 6 doubleheaders, resultado de seis partidas adiadas por conta de chuva, além de outros dez jogos terem começado com atraso, o que influencia diretamente no ritmo da equipe. Chris Davis foi um dos piores jogadores da liga na última temporada e eu não acho que ele se saíra melhor esse ano, enquanto que a rotação ainda é fraca, o bullpen não tem grandes nomes e o melhor rebatedor da equipe é um decadente Mark Trumbo, que deve ser negociado no meio da temporada caso tenha boas performances. Ainda assim, eu posso ver os Orioles melhorando, em parte por variância natural que deve fazer com que o time não tenha tantos problemas com atrasos de jogos nessa temporada, e em outra porque eu acredito que Alex Cobb irá melhorar que Nate Karns atuará bem e será um ponto de produção na rotação de arremessadores. Entre os rebatedores, Renato Núñez e DJ Stewart atuaram bem na reta final da última temporada e um deles pode se tornar um grande jogador, com Chance Cisco precisando corrigir o seu swing mas tendo talento o suficiente para fazer os ajustes. Vejo os Orioles vencendo algumas partidas inesperadas e acredito que o novo clima no elenco trazido pela renovação geral do front-office e saída de alguns veteranos, se torne algo positivo para o time em campo. Minha previsão é de que o time vença algo entre 68 e 70 jogos. 

Palpite: Over 59 wins 
 


Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

R$150

Ganhar
Sportingbet

Bônus

R$120

Ganhar
Betfair

Bônus

$30

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bodog

Bônus

R$200

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
22BET

Bônus

100%

Ganhar



Outras Notícias