NFL Previews 2019: AFC South - Indianapolis Colts


03/09/2019

Indianapolis Colts 

Campanha em 2018/19 – 10-6 W/L (2° na AFC South)

No 1° ano de Frank Reich como head coach da equipe, os Colts começaram 1-5 W/L, mas renasceram após o retorno do wide receiver T.Y. Hilton e venceram 9 de suas 10 partidas seguintes, conseguindo a 2° colocação na AFC South e vaga nos playoffs através do Wild Card. Na pós-temporada, a equipe começou bem, dominando os rivais Houston Texans no Wild Card Round, mas a defesa ruiu na partida seguinte e o time foi eliminado pelos Kansas City Chiefs no Divisional Round, perdendo por 31x13 fora de casa. 

Quem Saiu: Andrew Luck (QB), Al Woods (DT, Seahawks), Ryan Grant (WR, Raiders), Dontrelle Inman (WR, Chargers), J.J. Wilcox (FS, Falcons), Ryan Hewitt (FB, Titans), Najee Goode (LB, Jaguars), Erik Swoope (TE, Raiders), DeShawn Williams (DT, Broncos), Geno Grissom (DE, Saints), Evan Boehm (G, Dolphins), Nate Hairston (CB)  (CB, Jets), Hassan Ridgeway (DT, Eagles), (Matt Slauson (G), Mike Mitchell (FS), Caraun Reid (DT), Charcandrick West (RB), Jihad Ward (DE), Corey Moore (SS), Zach Pascal (WR), Gabe Holmes (TE), Jalen Collins (CB), Obum Gwacham (DE) e Roger Lewis (WR).

Quem Chegou: Justin Houston (DE, Chiefs), Devin Funchess (WR, Panthers), Spencer Ware (RB, Chiefs), Caraun Reid (DT, Cowboys) e Nico Siragusa (G, Packers).

Draft: Rock Ya-Sin (CB, Round 2), Ben Banog (LB, Round 2), Parris Campbell (WR, Round 2), Bobby Okereke (LB, Round 3), Khari Willis (S, Round 4), Marvell Tell (CB, Round 5), EJ Speed (LB, Round 5), Gerri Green (DE, Round 6), Jackson Barton (T, Round 7) e Javon Patterson (C, Round 7).

Os Colts sofreram um grande baque no meio da pré-temporada, com o quarterback Andrew Luck anunciando sua aposentadoria precoce. Exceto por Luck, a equipe não teve perdas significativas na offseason e focou em reforçar a defesa, setor fraco do time na última temporada, trazendo o veterano Justin Houston como ajuda para o pass-rush e selecionando vários defensores no draft. Luck havia ganho novos alvos em: Devin Funchess e Parris Campbell, que agora estarão à disposição de Jacoby Brissett, novo titular da equipe. 
 
Análise 

A aposentadoria de Andrew Luck pegou todos de surpresa, tornando Jacoby Brissett no novo quarterback da equipe, Luck havia jogado todos os jogos da última temporada, após ter perdido a temporada de 2017/18 por lesão, Brissett foi o titular na ocasião, completando apenas 58,8% de seus passes para uma média baixa de 6,6yds por tentativa. Brissett comandará um ataque que tem possivelmente a melhor linha ofensiva da NFL, com o grupo formado por: Anthony Castonzo, Quenton Nelson, Ryan Kelly, Mark Glowinski e Braden Smith tendo permitido apenas 18 sacks na temporada passada e com Nelson tendo se destacado bastante em seu ano de calouro. O grupo de recebedores é talentoso, com: T.Y. Hilton, Devin Funchess, Chester Rogers e os tigh ends Eric Ebron e Jack Doyle, com Hilton e Ebron sendo os principais nomes e com o running back Nyheim Hines também sendo uma boa opção no jogo aéreo. O jogo terrestre foi apenas mediano na última temporada, mas Marlon Mack teve bons números correndo com a bola, com a produção ruim vindo das carregadas do quarterback Andrew Luck e de Nyheim Hines, que funciona melhor como recebedor. 

A defesa foi a 10° melhor em média de pontos cedidos por jogo, com 21,5 na última temporada, mas não era tão efetiva quanto o número faz parecer e foi exposta na derrota da equipe frente aos Chiefs nos playoffs. Novato, Darius Leonard foi um dos defensores mais dominantes da liga no ano passado e tem o efetivo Anthony Walker ao seu lado no corpo de linebackers. O pass-rush foi decente, mas a equipe não terá Jabaal Sheard no início da temporada, o que enfraquece um pouco o front-seven e a secundária é problemática, já que: Pierre Desir e Clayton Geathers são apenas medianos e Kenny Moore II, apesar de ter conseguido 3 interceptações na última temporada, foi um dos cornerbacks mais alvejados da liga e o 3° que mais permitiu recepções. Malik Hooker é a estrela da secundária, sendo excelente na cobertura. 

O special team se saiu muito bem contendo retornos de punt na última temporada, cedendo média de apenas 4,4yds por tentativa de retorno dos adversários, mas a performance não foi tão boa nos retornos de kickoffs, com o time cedendo média de 22,0yds por tentativa de retorno adversária. Chester Rogers foi abaixo da média como retornador do time, mas a princípio seguirá na função. A força do special team dos Colts vem do interminável kicker Adam Vinatieri, entrando em sua 25° temporada na liga e do punter Rigoberto Sanchez, que se destacou como um calouro no ano passado.  

Total de Vitórias Estipulado: 6,5

Mesmo que Luck ainda fosse o quarterback dos Colts, eu já não gostava do time para esse ano. Parte do que fez deles uma boa equipe no ano passado foi uma tabela fraca e sorte em situações de 3° descidas na defesa. Jacoby Brissett é um quarterback decente como backup, mas não é bom para liderar um ataque durante toda uma temporada, ainda que seja apoiado por uma ótima linha ofensiva e um talentoso grupo de recebedores. A defesa é bem mais fraca do que parecia na última temporada e deve sofrer uma grande regressão, exceto por Malik Hooker, a secundária é pouco talentosa e a lesão de Jabaal Sheard piora o pass-rush do time. Com uma tabela mais difícil e uma mudança de quarterback de última hora, não vejo os Colts superando seis vitórias. 

Aposta: Under 6,5 @2.00 na Bet365
 


Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

R$150

Ganhar
Sportingbet

Bônus

Ganhar
Bodog

Bônus

R$200

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Dafabet

Bônus

R$600

Ganhar
Betfair

Bônus

$30

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar



Outras Notícias