NFL Previews 2019: NFC South - New Orleans Saints


08/09/2019

New Orleans Saints

Campanha em 2018/19 – 13-3 W/L (3° na AFC North)

Os Saints tiveram uma forte temporada, que poderia ter culminado em uma aparição no Super Bowl se a equipe recebesse a falta de pass interference no final do Divisional Round contra os Philadelphia Eagles. A defesa fez avanços na contenção ao jogo terrestre e Drew Brees teve outra excelente temporada, comandando um dos melhores ataques da liga. 

Quem Saiu: Alex Okafor (DE, Chiefs), Mark Ingram (RB, Ravens), Benjamin Watson (TE, Patriots), Cameron Meredith (WR, Patriots), Tommylee Lewis (WR, Lions), Tyeler Davison (DT, Falcons), Josh LeRibeus (C, Buccaneers), Vince Biegel (LB, Dolphins), Max Unger (C), Kurt Coleman (FS), Manti Te'o (LB), Ryan Groy (G), Kayvon Webster (CB), Michael Hoomanawanui (TE), Jacquizz Rodgers (RB), Marshall Newhouse (RT), Will Compton (LB), Dez Bryant (WR), Jermon Bushrod (T), Evander Hood (DT), Chris Clark (LT), Rishard Matthews (WR), Michael Ola (T), Ulrick John (LT), Josh Huff (WR), Javorius Allen (RB), T.J. Green (S), A.J. Derby (TE), Daniel Lasco (RB), Dan Arnold (WR), Rickey Jefferson (CB), Kerwynn Williams (RB) e Geno Grissom (DE).

Quem Chegou: Nick Easton (G, Vikings), Jared Cook (TE, Raiders), Malcom Brown (DT, Patriots), Latavius Murray (RB, Vikings), Kiko Alonso (LB, Dolphins), Mario Edwards (DT, Giants), Marcus Sherels (CB, Vikings), Patrick Omameh (RT, Jaguars), Josh Martin (LB, Jets), Rob Kelley (RB, Redskins), Wes Horton (DE, Panthers), Marcus Henry (C, Seahawks) e Sylvester Williams (DE, Dolphins).

Draft: Erik McCoy (OL, Round 2), C.J. Gardner-Johnson (S, Round 4), Saquan Hampton (S, Round 6), Alizé Mack (TE, Round 7) e Kaden Elliss (LB, Round 7).

Os Saints perderam algumas peças no ataque, com a saída do running back Mark Ingram e a aposentadoria do center Max Unger. O time trouxe algumas peças para a defesa, como: Malcom Brown e Kiko Alonso, deu mais um alvo para Drew Brees no tigh end Jared Cook e buscou soluções para a OL, escolhendo Erik McCoy no 2° round do draft e assinando com o guard Nick Easton. 
 
Análise 

Os Saints tiveram o 3° melhor ataque da liga em média de pontos na última temporada, com 31,5 por jogo. Drew Brees teve uma de suas melhores temporadas, completando 74,4% de suas tentativas de passe, para uma média de 8,2yds, com 32 touchdowns e apenas 5 interceptações, terminando com rating de 115.7. Michael Thomas despontou como um dos melhores wide receivers da liga, com 125 recepções para um total de 1,405 jardas e 9 touchdowns, Thomas deve continuar sendo o principal alvo de Drew Brees Tre'Quan Smith e o tigh end Jared Cook são outras opções de qualidade. O jogo terrestre foi bastante importante para a eficácia do ataque dos Saints e Alvin Kamara além de um produtivo corredor, também é uma arma recebendo passes curtos e ganhando jardas, o time porém, perdeu o running back Mark Ingram II, que formava uma ótima dupla com Kamara, a equipe trouxe Latavius Murray para ocupar o posto de running back #2, mas Murray vem de uma temporada ruim pelos Vikings. A linha ofensiva foi excelente protegendo o quarterback no último ano, mas entra nessas temporada com o novato Erik McCoy como center, Terron Armstead e Ryan Ramczyk são ótimos tackles, enquanto que o guard Andrus Peat é o ponto fraco da OL. 

A defesa foi mediana no geral no último ano, cedendo 22,1 pontos por jogo. A equipe teve uma das melhores defesas contendo o jogo terrestre, permitindo média de apenas 3,6yds por tentativa de corrida adversária, mas a secundária continuou problemática e o time permitiu um rating médio de 100.3 para os quarterbacks adversários. Malcom Brown é reforço na linha defensiva e se juntará aos ótimos Sheldon Rankins e Cameron Jordan e ao promissor Marcus Davenport na DL, enquanto que o corpo de linebackes tem um eficiente Demario Davis, mas pontos fracos em: Kiko Alonso e AJ Klein. A secundária segue o grande problema do time e os Saints não buscaram reforços para o setor, Marshon Lattimore piorou após uma excelente temporada de calouro e Eli Apple e Ken Crawley tiveram muita dificuldade na cobertura de passes ano passado. Marcus Williams é um safety efetivo, mas Vonn Bell tende a ter problemas na cobertura, se saindo melhor na contenção ao jogo terrestre. 

O special team foi forte no último ano, Taysom Hill e Alvin Kamara devem continuar como os principais retornadores do time, enquanto que a equipe fez ótima cobertura nos chutes, cedendo média de apenas 5,0yds por tentativa de retorno de punt adversário. Wil Lutz é um kicker confiável e converteu 93,3% de suas tentativas de field goal na última temporada, mas o veterano Thomas Morstead piorou como punter e foi um pouco impreciso na campanha passada. 

Total de Vitórias Estipulado: 9,5

Com Drew Brees, Michael Tomas e Alvin Kamara, os Saints ainda possuem muito talento no ataque, mas a linha ofensiva deve piorar com um novato como center e dificilmente o time repetirá números ofensivos tão bons quanto os do ano passado, especialmente com menos opções no jogo terrestre após a saída de Mark Ingram II. O front-seven é forte, mas a equipe não fez melhorias na secundária e deve continuar sofrendo contra o passe. A tabela é bastante complicada e apesar de os Saints serem apontados por grande parte dos “especialistas” como um dos grandes candidatos ao Super Bowl, eu não acho que eles ficaram melhores e uma regressão esperada do ataque aliada a uma tabela difícil e em uma divisão onde vejo Falcons e Panthers como equipes em ascensão, acredito que o time de New Orleans possa ser uma decepção e vou ficar com o under nesse total de vitórias, que é bastante inflado na minha visão. 

Aposta: Under 10,5 @1.66 na Bet365
 


Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

R$150

Ganhar
Sportingbet

Bônus

R$120

Ganhar
Bodog

Bônus

R$200

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Dafabet

Bônus

R$600

Ganhar
Betfair

Bônus

$30

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar



Outras Notícias