NFL Previews 2019: NFC South - Carolina Panthers





07/09/2019

Carolina Panthers

Campanha em 2018/19 – 7-9 W/L (3° na NFC South)

Os Panthers começaram muito bem a temporada, indo 6-2 até a semana 09, mas Cam Newton sofreu com uma lesão no ombro e a produção do time despencou, com a equipe sofrendo uma sequência de sete derrotas consecutivas, que empurrou o time ao 3° da NFC South. 

Quem Saiu: Thomas Davis (LB, Chargers), Devin Funchess (WR, Colts), Ryan Kalil (C, Jets), Matt Kalil (LT, Texans), Chandler Catanzaro (K, Jets), Garrett Gilbert (QB, Browns), Marshall Newhouse (RT, Saints), Captain Munnerlyn (CB, Bills), Chris Clark (LT, Saints), Kenjon Barner (RB, Falcons), Damiere Byrd (WR, Cardinals), Wes Horton (DE), Torrey Smith (WR), Da'Norris Searcy (SS), Mike Adams (FS), Fozzy Whittaker (RB), Amini Silatolu (G), Aldrick Robinson (WR), Travaris Cadet (RB), Jared Norris (LB), Bryan Cox Jr. (DE), Jaydon Mickens (WR), Jamaal Jones (WR), Isaiah Battle (LT), T.J. Barnes (DT) e Rashad Ross (WR).     

Quem Chegou: Matt Paradis (C, Broncos), Gerald McCoy (DE, Buccaneers), Bruce Irvin (LB, Falcons), Tre Boston (FS, Cardinals), Chris Hogan (WR, Patriots), Javien Elliott (CB, Buccaneers),

Draft: Brian Burns (LB, Round 1), Greg Little (T, Round 2), Will Grier (QB, Round 3), Christian Miller (LB, Round 4), Jordan Scarlett (RB, Round 5), Dennis Daley (T, Round 6) e Terry Godwin (WR, Round 7).

O GM Marty Hurney concentrou seus esforços para melhorar a defesa durante a offseason, a equipe trouxe: Gerald McCoy e Bruce Irvin e selecionou o linebacker Brian Burns com sua escolha de 1° rodada no draft. A linha ofensiva também foi fortalecida com a chegada do center Matt Paradis e a escolha de Greg Little na 2° rodada do draft, enquanto que Chris Hogan chega para substituir Devin Funchess no grupo de recebedores. 
 
Análise 

Cam Newton teve números decentes, mas não atuou em duas partidas e sua produção não foi suficiente para tornar o ataque dos Panthers em nada mais do que mediano na última temporada. O ataque tem mudanças para este ano, especialmente na linha ofensiva, que agora será formada por: Daryl Williams, Greg Van Roten, Matt Paradis, Trai Turner e Taylor Moton, com o recém chegado Paradis sendo o destaque e com Moton tendo atuado bem ano passado. A OL fez boa proteção ao quarterback e foram apenas 32 sacks cedidos pela equipe em 2018. Versátil, o running back Christian McCaffrey foi o coração do ataque no último ano e principal alvo de Newton no jogo aéreo, os wide receivers: DJ Moore, Curtis Samuel e Jarius Wright continuam na equipe e Chris Hogan reforça o time de recebedores, com o tigh end Greg Olsen sendo outra opção retornando de lesão. Os Panthers tiveram um dos melhores ataques terrestres da liga na última temporada e devem continuar correndo muito com a bola, Christian McCaffrey teve 219 carregadas para um total de 1,098 jardas terrestres e 7 touchdowns, enquanto que o quarterback Cam Newton segue auxiliando o time pelo chão e somou 488 jardas terrestres no ano passado. Reggie Bonnafon e Jordan Scarlett são as outras opções no jogo terrestre, mas McCaffrey deve continuar com uma grande carga de trabalho. 

A defesa foi péssima na última temporada, sendo um dos motivos da campanha negativa dos Panthers. A equipe permitiu média de 4,7yds por tentativa de corrida dos adversários e um rating médio de 99.6 para os quarterbacks oponentes, além de o time ter cedido 32 touchdowns aéreos. O coordenador defensivo Eric Washington foi mantido, mas o time agora atuará no sistema 3-4. Bruce Irvin foi o principal reforço e tentará ajudar um pass-rush que conseguiu apenas 35 sacks no último ano. O veterano Gerald McCoy entra ao lado de Kawann Short e Dontari Poe na linha defensiva, enquanto que Mario Addison, que liderou o time com 9 sacks no ano passado, é deslocado para outside linebacker, com Luke Kuechly e Shaq Thompson jogando no interior da linha, Kuechly é um dos principais defensores da NFL e teve 24,5 tackles que geraram perda de jardas para os adversários no último ano. A secundária foi um dos maiores problemas da defesa na última temporada, com Eric Reid piorando como safety, James Bradberry sendo excessivamente alvejado pelos quarterbacks adversários e Donte Jackson não indo tão bem na cobertura apesar das 4 interceptações, o setor ganhará o reforço de Tre Boston, que atuou muito bem pelos Cardinals no ano passado. 

O special team não produziu bons números de retornos na última temporada e Ray-Ray McCloud III será o novo retornador da equipe. O kicker Graham Gano se lesionou no último ano não estará disponível no início da temporada, então a equipe utilizará o novato Joey Slye como kicker. Michael Palardy permanece como punter do time, mas foi apenas mediano na função na última temporada. 

Total de Vitórias Estipulado: 7,5

A secundária precisará melhorar e a defesa como um todo terá que ter performances melhores do que no ano passado para que os Panthers possam lutar por algo esse ano, mas eu vejo a equipe evoluindo e se tornando uma força na NFC. Christian McCaffrey tornou o jogo terrestre dos Panthers em um dos melhores da liga, ao mesmo tempo e que é uma arma consistente para o quarterback Cam Newton no jogo aéreo e Newton recuperado de lesão, tem condições de atuar melhor do que na última temporada e subir o nível desse ataque. Acredito que os Panthers tenham uma temporada positiva e despontem na briga por uma das vagas no Wild Card. 

Aposta: Over 7,5 @1.60 na Bet365
 


Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

Ganhar
Sportingbet

Bônus

Ganhar
Bodog

Bônus

R$200

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Dafabet

Bônus

R$600

Ganhar
Betfair

Bônus

$30

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar



Outras Notícias