O que o São Paulo pode esperar de Fernando Diniz?





27/09/2019

O São Paulo surpreendeu na noite desta quinta-feira e anunciou Fernando Diniz como seu novo treinador. Quando todos esperavam que Vagner Mancini ficaria até o final do ano e em 2020 viesse um novo nome, a diretoria trouxe o ex-Fluminense para o comando de outro Tricolor.

Costuma-se dizer bastante que Diniz tinha um elenco ruim no Flu, o que é verdade. Porém, também é verdade que ele insistiu por demais em peças que não davam certo como Rodolfo e Agenor no gol, Gilberto na lateral e Daniel no meio campo. Também é fato que ele demorou para receber reforços e que o time por mais que não fosse tão ruim tomava conta das partidas.

Análise da equipe do Fluminense

Com Diniz, o Flu iniciou o ano basicamente em um 4-3-3 com: Rodolfo; Gilberto, Nino, Digão e Mascarenhas; Allan, Caio Henrique e Daniel; Luciano, Everaldo e Yony Gonzalez.

Logo de cara teve facilidade contra os pequenos e eliminou o Flamengo na semi-final da Taça Guanabara tendo perdido a final para o Vasco. No segundo turno teve dificuldades e foi eliminado pelo Flamengo novamente na semi-final.

Na Copa do Brasil fez boa campanha e chegou até as semis quando foi eliminado pelo Cruzeiro com dois empates. Vale lembrar que no primeiro jogo o time mineiro deu um chute a gol, enquanto o Fluminense deu 31. No jogo de volta, o Flu começou vencendo, tomou a virada e teve o empate no gol mais bonito do campeonato com o garoto João Pedro marcando de bicicleta. Derrota nos pênaltis, mas time de cabeça erguida.

Na Sul Americana o Flu fez provavelmente os dois melhores jogos sob o comando de Diniz contra Atlético Nacional (4-1) e Peñarol (3-1). Eliminado pelo Corinthians novamente com dois empates quando ele já não era mais o treinador.

No Brasileiro, a campanha era bem ruim com derrotas em casa para equipes fracas no Campeonato Brasileiro em casa como Goiás, Avaí e CSA, partidas essas que o Flu dominou amplamente, teve o controle do jogo, mas não conseguia marcar gols. O retrospecto foi de apenas três vitórias, além de três empates e nove derrotas.Vale ressaltar também que as vitórias de Diniz foram contra o Inter (time reserva), Cruzeiro (time reserva) e Grêmio (aquela virada histórica por 5-4 na Arena).

Pontos Positivos

Quem gosta de bom futebol verá bom futebol. Os time de Diniz controlam muito bem o jogo e tem a posse de bola. Agridem quando tem de agredir e marcam sob pressão pra tentar recuperar a bola e tomar conta da partida.

Outro ponto positivo era fazer subir de produção jogadores medianos como era o caso de Luciano e Everaldo que conseguiram excelentes contratos em Grêmio e Corinthians, respectivamente.

Pontos Negativos

Coloquem o coração em dia, pois irão precisar. As saídas de bola sem chutão são uma marca do treinador. O que gerava muita reclamação quando dava errado como no gol que o Flu sofreu em saída errada de Agenor contra o Bahia, mas aplausos quando dava certo como no fatídico dia que Diniz teve seu nome gritado contra o Atlético Nacional.

Outro ponto negativo é a falta de chutes de longa distância. Particularmente isso era algo que me irritava bastante, mas é uma filosofia de jogo. 

Conclusão

Acho que será interessante vê-lo com uma equipe de melhor qualidade que o Flu. Algo que eu acho bem interessante é que os jogadores costumam gostar bastante de jogar no estilo de jogo dele e compram sempre a briga de manter.

Se o São Paulo conseguir alguns jogadores novos que se encaixem na filosofia para 2020, prevejo bons momentos para o Tricolor do Morumbi.


Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

Lucro turbinado

Ganhar
Dafabet

Bônus

R$600

Ganhar
Betmotion

Bônus

R$150

Ganhar
Betano

Bônus

R$ 200,00

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar

Newsletter

Iniciando agora no mundo das apostas esportivas?

Aposta 10

Deixe o seu e-mail e
receba materiais exclusivos




Outras Notícias