Guia da Copa SP de Futebol Júnior 2020 - Grupos de 01 a 08





30/12/2019

Grupo 01 - Sede: Osvaldo Cruz

O Grupo 01 da Copa São Paulo será disputada na cidade de Osvaldo Cruz (553 km de São Paulo), no estádio Breno Ribeiro do Val. A cidade vem para ser sede pelo terceiro ano seguido, em 2018 recebeu o Internacional de Porto Alegre.

Londrina/PR

Em um ano difícil para o time profissional, o Tubarão teve razões para ser feliz na base. A equipe venceu o Paranaense Sub-19, batendo o Coritiba na final. Em 2019 atuou em Capão Bonito, liderou seu grupo, mas caiu logo na segunda fase, perdendo nos pênaltis para o Fluminense. Sua melhor campanha na história da competição foi chegar até as semifinais.

Destaque

Um dos casos interessantes dos times paranaenses é que sua principal competição de base é sub-19, portanto os jogadores que atuaram nos estaduais estão aptos para disputar a Copinha, um torneio sub-20. Entre esses nomes, destaque para o goleiro Maltos, goleiro menos vazado no estadual e que treinava com os profissionais.

Osvaldo Cruz

Após dois anos atuando em casa, mas não conseguindo classificação, o Osvaldo Cruz tem um grupo complicado pela frente.

Em 2019, o time disputou a segundona do Paulista Sub-20 e foi eliminado logo nas oitavas de final, perdendo os dois jogos para o Taquaritinga por 2x1, após ficar em segundo lugar na primeira fase. Na Copinha, fez uma campanha ruim, conquistando apenas um ponto.

Destaque 

Treinado por PC, Paulo Cesar dos Santos, o time é muito jovem, formado em sua maioria por jogadores abaixo dos 20 anos, mesclando atletas que jogaram o paulista sub-17. Individualmente, o atacante Tarik é um dos grandes destaques. No estadual sub-17 marcou um dos gols da equipe na vitória sobre o Santos.

Ponte Preta

Um dos times mais tradicionais na base, a Ponte Preta já venceu a Copinha duas vezes, em 81 e 82, além de cinco vice-campeonatos, sendo o último em 1998. A realidade é diferente hoje. No ano passado foi eliminada pelo São José na segunda fase do torneio, na disputa por pênaltis. Disputou o Brasileirão da categoria e não venceu sequer um jogo, enquanto no estadual caiu ainda na segunda fase. Uma temporada para esquecer da Macaca.

Destaque

A Ponte enfrenta uma crise financeira e vem de uma temporada ruim em todos setores e categorias, portanto precisa dar uma resposta em 2020. Na temporada passada, o lateral Abner se destacou e foi para o Athletico Paranaense. Treinada por Sandro Forner, a Ponte tem o meia Vinícius Zanocelo, que defendeu a seleção brasileira sub-20 em um triangular amistoso no começo de dezembro.

São José/RS

Dono de um ótimo trabalho na base, o Zequinha vem para superar 2019, quando caiu na terceira fase para o Rio Preto. Com uma boa estrutura, o time foi vice-campeão estadual e chega em boas condições nesta disputa

Destaque

O grande nome do time vem no banco de reservas, com Leocir Dall´Astra, com bons trabalhos em Ypiranga e Cruzeiro, nos profissionais. Ele pega um elenco que tem jogadores que atuaram também na Copa Seu Verardi (popularmente a Copa Gaúcha), onde conquistou a vaga para Copa do Brasil.


Tabela de Jogos

1º rodada - 03/01
Osvaldo Cruz x Ponte Preta
Londrina x São José
 
2º rodada - 06/01

Osvaldo Cruz x São José
Ponte Preta x Londrina

3º rodada - 09/01
São José x Ponte Preta
Osvaldo Cruz x Londrina

Grupo 02 - Sede: Marília

A cidade de Marília, situada a 443 km de São Paulo, recebe mais uma vez a Copinha, no estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal. Situada no Centro-Oeste do estado, tem como anfitrião o time da casa, que já levantou a taça. Em 2019, foi a casa do Cruzeiro/MG.

Marília/SP

O MAC tem uma taça da competição, conquistada em 1979 contra o Fluminense. Hoje a situação é oposta, após um 2018 complicado, a temporada 2019 serviu para retornar a Série A3, com o acesso na segundona estadual. Na Copinha, ficou na segunda posição na primeira fase, venceu o Vocem na segunda fase e caiu apenas para o Cruzeiro, na terceira. Nos últimos três anos conseguiu se classificar para segunda fase. O time disputou a segunda divisão do sub-20 e caiu na fase de oitavas para o Brasilis, após dois empates.

Destaque

A base tem o carinho do torcedor e foi muito utilizada na campanha da segundona 2019. O grande destaque fica no banco de reservas, o treinador Tupãzinho, famoso pelo gol do primeiro título brasileiro do Corinthians em 1990. Com experiência no interior do estado, sobretudo na cidade que ele leva o nome, Tupã, chegou para substituir Daniel Sabino, que irá treinar um time na Série A3, no começo de dezembro. Em um de seus primeiros testes, a equipe da base foi goleada pelos profissionais por 5x0.

Olímpico/SE

A fama da Copinha faz os estados colocarem os estaduais como classificatórios para ela e o Olímpico herdou a quarta vaga do estado do Sergipe, após desistência do Lagarto, que disputou as duas últimas edições. No estadual, foi semifinalista, e caiu para o forte Sergipe, com uma goleada por 4x1. A equipe principal foi rebaixada na primeira divisão e assim deve olhar com carinho para os jovens nesta competição, mas deve encontrar muitas dificuldades no grupo.

Destaque

Adeilton Santos assume o comando do time para esta competição, ele treinou os profissionais nas rodadas finais em 2019, ele foi confirmado no comando no dia 20 de dezembro, mas já trabalha no clube faz algum tempo. Lucas, artilheiro do time no estadual, é um dos nomes para serem observados.

Santos/SP

O Peixe quer apagar as temporadas seguidas de decepção na base após o bicampeonato da Copinha, em 2013 e 14. Em 2020, a melhora foi grande, apesar da falta de títulos. Começou com uma participação vexatória na Copa SP, caindo na primeira fase, e apesar de ter sido eliminado ainda na primeira fase do Brasileirão, terminou sua participação com uma sequência de três vitórias seguidas. No Estadual, finalmente voltou ao mata-mata e caiu nas semifinais para o Red Bull Brasil.

Destaque

O Peixe será treinado por Márcio Zanardi e tem ido bem em seus jogos preparatórios, porém o treinador ganhou baixas de última hora, sendo o lateral Cadu, que inclusive foi relacionado no profissional, lesionado. Allanzinho, outro que frequentou os treinos com Sampaoli, é o principal destaque do Peixe, que promete um futebol ofensivo.

Timon/MA

Temos aqui mais uma daquelas curiosas histórias da Copinha. O Timon é um time do Maranhão, fundado em 2005, está na segunda divisão do estado no futebol profissional. Sua vaga foi conquistada com o título da Copa Maranhão, mas pelo Tocantinense, um time da cidade de Imperatriz, que tem apenas dois anos de idade. Para disputar esta competição, os atletas do clube irão representar o Timon.

Destaques

Treinado por Jairo Nascimento, o Tocantinense disputou a segundona do amador para manter o ritmo. 20 atletas viajaram para São Paulo. Durante a Copa Estadual, que garantiu vaga para Copinha, Muré e Halyson se destacaram.

Tabela de Jogos

1º rodada - 03/01
Marília x Olímpico
Santos x Timon

2º rodada - 06/01
Marília x Timon
Olímpico x Santos

3º rodada - 09/01
Timon x Olímpico
Marília x Santos 

Grupo 03 - Sede: Assis

Distante 434 km de São Paulo, a cidade de Assis é novamente sede da Copinha em 2020. Na temporada passada, foi casa do Sport/PE e teve o Vocem como anfitrião, em comum acordo, é a vez do rival Assisense comandar os jogos no estádio Antônio Viana da Silva, o Tonicão.

Assisense

No ano passado, o rival Vocem foi representante da equipe na competição, chegando a segunda fase e caindo frente ao Marília. Com acordo entre os clubes, agora é a vez do Assisense no torneio,  buscando ao menos repetir a campanha do vizinho nesta edição. Segundo o presidente do clube, seriam realizados testes com garotos da região, além de aproveitar destaques do time na segundona sub-20, competição que o clube foi eliminado ainda na primeira fase.

Destaque

Temos outro time que é treinado por um ex-jogador, e um jovem atleta, o ex-volante Alceu, com passagem no Palmeiras. Com apenas 35 anos, ele fez parte do time que levou o Palmeiras de volta à elite em 2003, inclusive fez parte da base da Copinha daquele ano, quando o alviverde perdeu a final para o Santo André.

Atlético Goianiense

O ano foi especial para o Dragão no futebol profissional, pois conquistou o acesso para Série A do Brasileirão e venceu o goiano. Já no sub-20, o time decepcionou na Copinha, caindo ainda na primeira fase. Em nível estadual, caiu nas quartas de final do Goiano Sub-20 e nas semifinais da Copa Goiás, quando caiu nos pênaltis e invicto.

Destaque 

O treinador é Raphael Miranda, que trabalhou no Trindade, equipe que faz grande trabalho na base. Ele ressaltou que o time usou um time sub-19 na Copa Goiás e a preparação começou em julho e entrosamento não será problema. Lucas Adell, volante que se destacou no Uberlândia, e Daniel Naruto, meia ex-Goiânia, foram dois reforços para o grupo.

Dimensão Capela/AL

Também conhecido como Dimensão Saúde, nome que usou até dezembro de 2018, utilizando o nome de sua cidade como complemento. Foi fundado em 1999 e o time profissional alagoana disputou a primeira divisão em 2019, sendo rebaixado. A equipe chegou as quartas de final do Estadual, mas foi convidada para disputa após desistência do Jaciobá.

Destaque

O trabalho da equipe alagoana é bem feito na base, dominou a fase de classificação no campeonato, mas tropeçou no mata-mata. Este conjunto pode fazer a diferença em um grupo complicado.

Botafogo/SP

Vice-campeão pela segunda vez em 2015, o Botinha tem um bom trabalho na base e vive um momento interessante também no futebol profissional, que hoje disputa a Série B do Brasileirão. Na temporada 2019 caiu para o Trindade, na segunda fase da Copinha e durante o Estadual foi até as quartas de final, caindo para o Palmeiras.

Destaque

Fernando Braghin segue no comando do sub-20 e começou o trabalho logo após a eliminação no estadual. Chegaram nove atletas para reforçar o time nesta competição e durante os amistosos preparatórias, destaques para Rondinely, Gabriel e Alexandre.

Tabela de Jogos

1º rodada - 03/01
Assisense x Botafogo/SP
Atlético GO x Dimensão Capela

2º rodada - 06/01
Assisense x Dimensão Capela
Botafogo/SP x Atlético GO

3º rodada - 09/01
Dimensão Capela x Botafogo/SP
Assisense x Atlético GO

Grupo 04 - Sede: Bauru

Após quatro anos, a cidade de Bauru volta a receber os jogos da Copinha, no estádio Alfredo de Castilho. A cidade onde Pelé deu seus primeiros passos no futebol, jogando pelo BAC, estava distante da competição desde 2016 e agora é casa de um dos grandes clubes brasileiros nesta primeira fase.

Botafogo/RJ 

A situação financeira complicada, faz a Copinha ganhar importância para o Botafogo, afinal o clube está passando por diversas decisões para virar um clube-empresa e precisa de ativos, que podem chegar da base. Em 2019 o Fogão foi eliminado pelo Guarani, nas Oitavas de final, e decepcionou no estadual do Rio de Janeiro e também na Taça OPG. No Brasileirão Sub-20, o clube caiu na primeira fase e venceu apenas cinco de seus 19 jogos.

Destaques 

Treinado por Marcos Soares, o Glorioso teve muitas baixas durante a temporada, entregando diversos jogadores para o time profissional, algo que é enxergado como positivo. Uma das grandes promessas era o lateral Luis Henrique, que jogou as últimas duas partidas do Brasileirão e tem sondagens de clube do exterior. Chegaram nove reforços para o grupo no final da temporada e Maxuel foi um dos grandes destaques ofensivo do time durante o segundo semestre do sub-20.

Noroeste

Reativando sua equipe sub-20, o Noroeste tem jogadores oriundos do trabalho no Sub-17, portanto tem uma equipe mais jovem do que o limite de idade da competição.
Esse entrosamento e convívio no clube podem fazer a diferença em uma boa campanha, a equipe é treinada por Luciano Sato.

Destaque

O meia Paulinho se destacou na série de amistosos do time para competição. Na vitória por 2x1 contra a Penapolense, distribuiu as assistências nos gols e fez grandes jogadas. Capitão do time, o volante Déxter também é referência, afinal atuou com o time profissional nas últimas duas temporadas e deve liderar o meia-campo do alvirrubro.

Novorizontino

Referência em trabalho de base nos últimos anos, o Novorizontino não irá contar com o fator casa nesta fase. Sem isso, ficou fora ainda na primeira fase em 2019, ao contrário da campanha em 2018, quando utilizou bem seu mando de campo e foi eliminado na segunda fase.
No Paulista de 2019 foi eliminado na terceira fase, mas no torneio Sub-17 fez bonito e foi eliminado apenas nas semifinais.

Destaque

O trabalho do Tigre está bem alinhado com William Sander, após uma breve saída, ele retomou e segue deixando o clube sempre competitivo. É um diferencial grande ter um comandante que conhece como poucos o grupo e coloca a equipe como uma das grandes favoritas nesta chave.

Visão Celeste/RN

Uma das maiores zebras de 2019, quando alcançou as oitavas de final e caiu para o Corinthians, goleado por 8x0, o Visão Celeste está de volta, representando o estado do Rio Grande do Norte. A equipe de Parnamirim foi vice-campeão estadual sub-19, caindo na final para o forte ABC, por apenas 1x0.

Destaque

A preparação dos potiguares tem sido boa, pois estão realizando muitos jogos amistosos no estado de São Paulo, contra o Palmeiras, Brasfoot e Primavera, esse foi o profissional. Nomes como Gabriel e João Paulo se destacam no grupo que veio tentar repetir a campanha de 2019.

Tabela de Jogos

1º rodada - 03/01
Noroeste x Novorizontino
Botafogo x Visão Celeste

2º rodada - 06/01
Novorizontino x Botafogo
Noroeste x Visão Celeste

3º rodada - 09/01
Noroeste x Botafogo
Visão Celeste x Novorizontino

Grupo 05 - Sede: Jaú 

Pela primeira vez em sua história, a cidade de Jaú é sede da Copinha, que será disputada no estádio Zezinho Magalhães.

XV de Jaú

Após uma grande participação em 2019, quando levou a decisão da vaga na segunda fase contra o Internacional/RS para os pênaltis, o Galo da Comarca não disputou a competição em 2019, mas venceu a Segundona Paulista Sub-20, um título muito comemorado na cidade. O XV de Jaú busca um trabalho sustentável de crescimento e a base é o principal caminho escolhido.

Destaques 

Luzinel, o herói do título da segundona, não está no grupo do técnico Sérgio Caetano. O meia Gustavo Madureira foi o destaque do time nos amistosos de preparação, deixando sua marca na vitória contra o Novorizontino e no empate frente ao Capivariano.

Serra/ES

Novamente o Serra é o representante Capixaba na competição. Na edição 2019, foi eliminado ainda na primeira fase, mas deixou sua marca com uma vitória. Alan Muzi é o treinador da equipe, ele assumiu o comando do time profissional na última rodada da Série D, quando o clube já estava eliminado. Na Copa do Brasil de 2019, o Serra foi eliminado pela Chapecoense, com uma derrota por 4x0. A equipe foi campeã estadual ao derrotar o Linhares na decisão, por 3x0.

Destaque

Muitos jogadores estiveram no clube para disputa da Copa Espírito Santo, mas o Serra sabe das dificuldades em um grupo cheio de clubes tradicionais. Destaque para o trabalho de Alan Muzi, um treinador que conhece bem o clube e pode ajudar em uma campanha honrosa do Serra.

Vitória/BA

Campeão da Copa do Nordeste e dono de uma das melhores bases do Brasil, o Vitória chega para tentar uma campanha de destaque e quem sabe superar as semifinais, o máximo que alcançou. Em 2019, o Leão caiu na segunda fase da Copinha para o Palmeiras e fez uma campanha regular no Brasileirão. No estadual ficou fora da grande final, fato que pesou na avaliação do elenco.

Destaque 

Entre os nomes que brilharam na Copa do Nordeste, o atacante David é o mais conhecido. Ele marcou um gol na final da competição contra o Ceará e tem sido destaque os amistosos de preparação do Leão, que vem sob o comando de Rodrigo Chagas.

Guarani/SP

Um dos melhores time da última edição da Copinha, o Bugre quase voltou às finais, mas parou no forte São Paulo, perdendo por 5x2 a partida semifinal. Destaque para o futebol ofensivo em 2019, quando goleou o Internacional por 5x0 e ainda passou pelo Botafogo. No Estadual, o Bugre caiu na terceira fase e vem para competição sob o comando de Sérgio Baresi.

Destaque 

É uma incógnita como o Guarani chega, sobretudo por uma crise financeira que atrapalha até a montagem do time profissional e pode obrigar alguns atletas a reforçarem o time nos treinamentos para o Paulistão. A esperança é em Sérgio Baresi, que chegou em março de 2019 e tem experiência pelos nove anos a frente do São Paulo, onde chegou a conquistar o título.

Tabela de Jogos

1º rodada - 03/01
XV de Jaú x Guarani
Vitória x Serra

2º rodada - 06/01
XV de Jaú x Serra
Guarani x Vitória

3º rodada - 09/01
Serra x Guarani
XV de Jaú x Vitória

Grupo 06 - Sede: Rio Claro

Rio Claro, localizada 173 km distante de São Paulo, volta a sediar a Copinha, no estádio Benitão. Com dois clubes na competição, cidade deixou o Velo Clube como anfitrião de seu grupo, enquanto o Rio Claro partiu para outra cidade.

Nacional/AM

Treinado por José Ribamar, o Naça retorna à competição após seis anos de ausência e tenta melhorar o rendimento do estado do Amazonas no torneio. Assim como aconteceu com o Holanda , representante do Amazonas em 2019, o Nacional terá todas despesas pagas para viajar até São Paulo pelo Governo do Estado. A equipe conquistou a vaga de forma polêmica, pois o seu rival na final, o Fast Club, foi eliminado por escalações irregulares e o título do Amazonense sub-19 foi para o Nacional.

Destaque 

Ao contrário de anos anteriores, quando o estado costumava montar uma seleção com os melhores, o Nacional irá escolher o elenco para disputa. A lista dos 20 jogadores que irão para São Paulo será anunciada apenas no dia 27, às vésperas da viagem para capital paulista. No Estadual, Gustavinho foi o nome do time na campanha.

Paraná/PR

Não é novidade todos problemas financeiros do Paraná, que tem se apegado a suas revelações para conseguir ter dias melhores. A campanha na Série B foi boa, mas a oscilação, muitas vezes pela falta de pagamento, fez o time ficar longe do acesso, mas muitos jovens foram usados. O Tricolor da Vila tem como melhor campanha uma semifinal da Copinha e na temporada passada não venceu sequer um jogo e caiu ainda na primeira fase. No estadual foi até as semifinais.

Destaques

Jorge Ferreira é o treinador do Paraná Clube e sabe do momento complicado do clube, por isso tenta blindar seu trabalho e os garotos. Olho em João, jogador que comandava o time no Paranaense Sub-19, sobretudo em lances de bola parada e cobranças de falta. 

RB Brasil 

Após o vice-campeonato estadual, perdeu de forma surpreendente para o Palmeiras, venceu a ida por 2x0 e perdeu a volta, com o mando de campo, por 3x0, o Red Bull Brasil quer ir longe nesta copinha. A estrutura da base segue no clube, apesar da parceria com o Bragantino, por isso devemos esperar um futebol de alto nível.

Destaques

Em 2019, o Toro Loko deu trabalho, quase eliminou o favorito Corinthians, perdendo apenas nos pênaltis e o treinador Alexandre Lemos quer um passo a mais nesta competição. Dono de boas atuações no estadual, Iago Teles é uma das esperanças de gols da equipe.

Velo Clube

Na queda de braço com o rival, que leva o nome da cidade, o Velo Clube ficou na cidade e espera superar 2019, quando caiu na segunda fase para Ferroviária, na decisão por pênaltis. No estadual a equipe ficou na segunda fase, caindo no mesmo grupo do campeão Palmeiras.

Destaque 

O trabalho de Leandro Samarone é bom, pois está há dois anos no comando da categoria e vem conseguindo evoluir as condições do time. Este conhecimento dentro da equipe é um diferencial para equipe da casa conseguir uma das vagas no grupos, que promete ser bem equilibrado.

Tabela de Jogos

1º rodada - 03/01
Velo Clube x Red Bull Brasil
Paraná x Nacional/AM

2º rodada - 06/01
Velo Clube x Nacional/AM
Red Bull Brasil x Paraná

3º rodada - 09/01
Nacional/AM x Red Bull Brasil
Velo Clube x Paraná

Grupo 07 - Sede: Santa Bárbara do Oeste

Com interdição do estádio em Capivari, a cidade de Santa Bárbara D´ Oeste entrou de última hora como sede da competição. A história parece não querer deixar a cidade longe da competição, afinal duas edições atrás, a equipe da cidade, Barbarense, entrou de última hora para substituir um time desistente. O estádio Antônio Lins Guimarães irá receber as partidas do Grupo 07, que conta com um gigante do futebol brasileiro.

Capivariano

É tradição a presença do Capivariano na competição, mas agora o clube não conta com o apoio de sua torcida após a interdição do seu estádio, ganhando um problema para o time profissional. Em 2019 o time decepcionou, caindo na primeira fase da Copinha, em último lugar. No estadual voltou a fraquejar e saiu ainda na primeira fase.

Destaque

Treinado por Erik André Martins, o time pretende esquecer o conturbado 2019 e largar bem. Durante amistosos preparatórios, o Capivariano foi derrotado pela Portuguesa em um de seus últimos jogos. A expectativa é lembrar da tradição do time em surpreender nas primeiras rodadas e contar com um grupo acessível para chegar a segunda fase.

Internacional/RS

O Inter viveu um 2019 ruim na base, conquistou o título estadual, inclusive eliminou o Grêmio nas semifinais, mas não foi bem no Brasileirão da categoria, ficando em 17º lugar entre 20 times. Na Copinha foi eliminado com um sonoro 5x0 para o Guarani, na terceira fase.

Destaque

Com um novo comando técnico, o argentino Eduardo Coudet, o trabalho de Fábio Matias pode ganhar ainda mais importância, afinal o Colorado investiu muito e usou poucos jovens nos últimos anos. Entre os maiores nomes para essa disputa está João Peglow, que substituiu Reinier na Seleção Brasileira Sub-17, campeã mundial em 2019.

Confiança/PB

Fundado em 1953, o Confiança paraibano é uma das grandes surpresas desta edição, após o vice-campeonato estadual sub-19. A Federação do estado foi atrás e conseguiu uma segunda vaga para Paraíba, com isso o clube faz história. 

Destaque

Foi uma grande surpresa, até para o técnico César Wellington, que chegou pouco tempo antes do estadual no Bicho Papão. Com uma base que era do São Paulo Crystal, time com bons trabalho na categoria. Jogadores importantes no estadual, Joeferson e Júlio César são destaques do Confiança, que tenta aproveitar o momento e busca fazer história.

Linense 

Na temporada passada, o Elefante fez boas partidas e em um grupo complicado, que contava com Cruzeiro e Marília, chegou aos quatro pontos e sonhou com a classificação. Fez um estadual regular e chegou a segunda fase, inclusive enfrentando o Corinthians.

Destaque

É um grupo em que o Linense tem condições de conquistar uma das duas vagas e o treinador Edivan Coelho sabe disso. A expectativa são os confrontos com Confiança/PB e Capivariano, verdadeiras decisões para o clube.

Tabela de Jogos

1º rodada - 03/01
Internacional x Confiança/PB
Capivariano x Linense

2º rodada - 06/01
Capivariano x Confiança/PB
Linense x Internacional/RS

3º rodada - 09/01
Confiança/PB x Linense
Capivariano x Internacional

Grupo 08 - Sede: Porto Feliz

O estádio Ernesto Rocco volta a ser sede da Copinha, na cidade de Porto Feliz, distante 241 km de São Paulo.

América/MG 

Um dos melhores trabalhos de base é feito pelo Coelho e no ano passado, a equipe brilhou, apresentando um bom futebol. Chegou até a terceira fase, onde até dominou o Botafogo, mas perdeu por 1x0. No estadual a equipe caiu nas quartas de final para o Cruzeiro, após uma derrota por 3x0 e um empate em 1x1. Em 1996, o América venceu a decisão contra o mesmo adversário, na famosa final mineira no Pacaembu.

Destaque

Sob o comando de Paulo Ricardo, a ordem no América é superar a campanha de 2019, mas a primeira fase guarda bons desafios. Entre os destaques no elenco estão os atacantes Renan Peixoto e Vitão, além do meia Gustavinho e do zagueiro Kaio.

Desportivo Brasil

A casa é do Dragão Chinês, um clube empresa com sede em Porto Feliz. A equipe é conhecida por ser controlado pelo um grupo do país asiático, com foco em revelar atletas. Em 2019, o Desportivo foi eliminado na segunda fase, pelo Primavera, da Copinha e no estadual sub-20, parou na segunda fase.

Destaque

Treinado por Leonardo Galbes, o Desportivo tem como principal diferencial sua estrutura, que leva jogadores para a China, sobretudo para o Shandong Luneng, grupo que comprou o clube. Jogadores como Gustavo Scarpa e Léo Duarte saíram da base do time de Porto Feliz. Portanto a estrutura pode fazer a diferença ao lado do time neste grupo equilibrado.

Galvez/AC

Outros times foram mais longe, mas o Galvez virou notícia e tem uma das histórias mais interessantes da Copinha. Após chegar a terceira fase, ser eliminado pelo Palmeiras e ter uma ajuda para voltar, afinal tinha passagens para voltar antes. Na Copa do Brasil sub-20 o reencontro com o Verdão, que novamente levou a melhor e esses atletas ainda disputaram a Copa Verde, contra elencos profissionais, sendo eliminado ainda na primeira fase.

Destaque 

Ao contrário de 2019, as expectativas são maiores para o treinador Oziel Moreira, afinal o clube já é conhecido. Campeão estadual, o clube perdeu muitos destaques desta temporada, que estouraram a idade e foram para o time principal. Com titulares já definidos, o Imperador viaja na virada do ano para São Paulo e tem mais alguns amistosos no estado do Acre. Destaques para o centroavante John e o atacante Allif.

Volta Redonda/RJ

O Voltaço fez uma excelente campanha na última edição, chegou às quartas de final e caiu apenas na decisão por penalidades para o Vasco. Este desempenho não foi repetido no restante da temporada, mas o treinador Neto Coluci confia em uma boa apresentação do clube carioca nesta edição.

Destaque

O clube recebeu o certificado da CBF como clube formador, um reconhecimento pelo excelente trabalho feito com os jovens. Para este ano, o grupo será diversificado, com alguns atletas seguindo do grupo que foi bem na última edição da competição e outros que chegaram até a atuar pelo profissional, além de outros que sobem do sub-17. O Esquadrão de Aço confia na tradição para surpreender mais uma vez..

Tabela de Jogos

1º rodada - 03/01
Desportivo Brasil x Galvez/AC
América MG x Volta Redonda/RJ

2º rodada - 06/01
Desportivo Brasil x Volta Redonda
Galvez x América/MG

3º rodada - 09/01
Volta Redonda x Galvez
Desportivo Brasil x América MG


Onde Apostar?

Confira nossa lista com as
melhores casas de apostas:

Bet365

R$ 200 bônus

9.4 (nossa avaliação)

Pegar Bônus Review Bet365
Sportsbet.io

Odds Turbinadas

9.3 (nossa avaliação)

Turbinar Review Sportsbet.io
Dafabet

R$ 600 bônus

9.2 (nossa avaliação)

Pegar Bônus Review Dafabet
Betano

Bônus R$ 200

9.1 (nossa avaliação)

Pegar Bônus Review Betano
Betfair

Bônus R$ 200

9 (nossa avaliação)

Pegar Bônus Review Betfair
NetBet

Bônus R$ 200

9 (nossa avaliação)

Pegar Bônus Review NetBet
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail



Outras Notícias