MLB: Season 2018 Previews - AL East


24/03/2018

Baltimore Orioles 

Campanha no ano passado: 75-87 (4° na divisão East da Liga Americana) 

Os Orioles foram o lanterna da divisão na última temporada, com o ataque sendo pouco produtivo e a rotação escassa de talentos, sofrendo ainda mais com a má defesa da equipe.

Quem Saiu: Welington Castillo (C, Chicago White Sox), Jeremy Hellickson (SP, FA), Ubaldo Jimenez (SP, FA), Seth Smith (RF, FA), Ruben Tejada (SS, FA), Paul Janish (SS, FA), Logan Verrett (RP, FA), Chris Johnson (3B, FA), Chris Dickerson (LF, FA), Vidal Nuno (RP, Tampa Bay Rays), Ryan Flaherty (3B, Philadelphia Phillies), Wade Miley (SP, Milwaukee Brewers) e Johnny Giavotella (2B, Miami Marlins).

Quem Chegou: Andrew Cashner (SP, Texas Rangers), Colby Rasmus (LF, Tampa Bay Rays), Alex Presley (LF, Detroit Tigers) e Alex Cobb (SP, Tampa Bay Rays). 

A equipe não teve tantas alterações na offseason e segue com um elenco envelhecido que possui bastante veteranos. Andrew Cashner foi a grande aquisição do time para reforçar uma rotação que foi atroz na última temporada e a grande surpresa no campo fica por conta do catcher Chance Sisco, prospect da organização e que deve dividir ABs com o veterano Caleb Joseph. 

O total de vitórias aberto para essa temporada é 2,5 vitórias abaixo do que o time conseguiu na última temporada, o que me parece justo levando em conta a rotação e envelhecida e escassa de talento, no entanto, eu gosto do over aqui. A rotação pode ser fraca, mas eu espero um ano melhor de Kevin Gausman e Dylan Bundy e mesmo com os números prevendo grande regressão para Andrew Cashner, eu acredito que o arremessador tenha descoberto de fato uma capacidade para forçar contato fraco e assim superar seus números periféricos, não ter mais Wellington Castillo como catcher, deve melhorar por si só o desempenho dos pitchers da equipe, já que Castillo foi consistentemente um dos piores catchers defensivos nos últimos anos. Vejo o ataque melhorando um pouco também, agora que o time não tem mais o ponto improdutivo de J.J. Hardy no lineup e com Manny Machado e Mark Trumbo provavelmente tendo melhores atuações do que na última temporada. O bullpen ainda deve ser acima da média e a defesa, apesar de projetada para ser fraca, deve se sair melhor do que no último ano. 

Palpite: Over 72,5 wins @2.05 na Bet365

Boston Red Sox 

Campanha no ano passado: 93-69 (1° na divisão East da Liga Americana) 
Campanha nos Playoffs: Eliminados pelos Houston Astros por 4x1 na ALDS

Os Red Sox venceram a divisão na última temporada, mesmo com um ataque que foi pouco produtivo durante uma boa parte da campanha do time. A rotação foi mais forte do que os esperado, mesmo om a queda de produção de Rick Porcello, Cy Young da Liga Americana em 2016. Nos playoffs, o time caiu logo na Division Series, sendo dominado pelos Houston Astros, que viriam a ganhar a World Series.

Quem Saiu: Addison Reed (RP, Twins), Doug Fister (SP, Rangers), Fernando Abad (RP, Phillies), Chris Young (OF, Angels), Robbie Ross (RP, White Sox), Rajai Davis (CF), Kyle Kendrick (SP), Michael Ohlman (C), Blaine Boyer (RP), Fernando Rodriguez (RP) e Edgar Olmos (RP).

Quem Chegou: J.D. Martinez (RF, Diamondbacks).

Buscando melhorar um ataque foi o 4° pior em home runs na última temporada, os Red Sox fizeram apenas uma grande contratação na offseason, assinando com J.D. Martinez, um dos free agents mais cobiçados. A equipe entra nessa temporada com a mesma base do último ano, tendo perdido apenas peças secundárias no arremesso durante a offseason. 

Os Red Sox estão saindo de uma campanha de 93 vitórias e a linha definida é três vitórias menor, apesar de o juice ser bem reduzido. O time teve apenas 168 home runs na última temporada, 4° marca mais baixa da liga e isso deve regredir positivamente, com a equipe tendo trazido J.D. Martinez que atingiu 45 home runs na última temporada e com boa parte do lineup provavelmente produzindo números melhores após um ano em baixa. Minha preocupação com os Red Sox é referente ao corpo de arremessadores, Rodriguez e Pomeranz começam a temporada lesionados e Hector Velázquez e Brian Johnson são apenas enchimentos, torando a parte baixa da rotação fraca, David Price dificilmente conseguirá ficar saudável uma temporada inteira e Rick Porcello instável. Eu também espero que o bullpen seja ruim, com Joe Kelly dificilmente repetindo sua boa temporada em 2017. Os Red Sox são um time talentoso no geral, mas eu não acho que vão funcionar bem esse ano e fico com o under no total de vitórias.

Palpite: Under 90,5 wins @2.15 na Bet365

New York Yankees 

Campanha no ano passado: 91-71 W/L ((2° na divisão East da Liga Americana)
Campanha nos playoffs: Eliminados pelos Houston Astros por 4x3 na ALCS. 

Com Aaron Judge tendo rebatido 52 home runs na temporada regular, os Yankees tiveram um dos ataques mais fortes da liga na última temporada, o que os ajudou a superar os problemas com a rotação e levar o time aos playoffs atrás de uma das vagas de Wild Card. Na pós-temporada, o time superou os Twins em jogo único no Wild-Card, avançando até a ALDS onde reverteram uma desvantagem de 0-2 e superaram os Indians, campeões da Liga Americana em 2016. Na final da Liga Americana contra os Houston Astros, o time lutou, mas acabou derrotado em sete jogos, terminando assim o sonho do título na última temporada. 

Quem Saiu: Todd Frazier (3B, Mets), Jaime Garcia (SP, Toronto Blue Jays), Michael Pineda (SP, Seattle Mariners), Wade LeBlanc (RP, Seattle Mariners), Matt Holliday (DH), Sam Demel (RP), Fernando Martinez (OF), Anthony Banda (RP, Diamondbacks), Nick Solak (2B, Diamondbacks), Chase Headley (3B, Padres) e Bryan Mitchell (SP, Padres) e Starlin Castro (2B, Marlins). 

Quem Chegou: Neil Walker (2B, Brewers), Shane Robinson (OF, Angels), Brandon Drury (3B, Diamondbacks) e Giancarlo Stanton (OF, Marlins).

Os Yankees foram bastante ativos na offseason e se livraram de alguns veteranos improdutivos ao mesmo tempo em que adicionaram Giancarlo Stanton a um já fortíssimo ataque. A equipe também assinou com o 2B Neil Walker no decorrer do spring training, fazendo esforços para fortalecer ainda mais o ataque. 

Mesmo que Aaron Judge se parece mais com sua versão da segunda metade da última temporada do que da primeira, os Yankees devem ter um dos ataques mais fortes da liga nessa temporada, com Giancarlo Stanton fortalecendo muito um grupo que já era acima da média no último ano. A rotação também deve se sair melhor, com Masahiro Tanaka provavelmente tendo um ano mais forte do que em 2017 e com Luis Severino se consolidando como um ace legitimo, além de Sonny Gray e Jordan Montgomery serem pitchers talentosos nos últimos pontos da rotação. O bullpen ainda é projetado para ser um dos mais fortes da liga e a defesa deve se manter acima da média. Os Yankees possuem poucos fracos e são um time que pode ultrapassar as cem vitórias nessa temporada, mesmo com 93,5 sendo um dos maiores totais de vitórias abertos nessa temporada, eles são talentosos o suficiente para superaram esse número. 

Palpite: Over 93,5 vitórias @1.68 na Bet365

Tampa Bay Rays 

Campanha no ano passado: 80-82 W/L (3° na divisão East da Liga Americana)

Com uma defesa forte, um bullpen que melhorou ao longo da temporada e uma rotação que acabou sendo efetiva, os Rays superaram suas projeções e quase fizeram os playoffs na última temporada, ficando atrás de Yankees e Red Sox na divisão. 

Quem Saiu: Corey Dickerson (OF, Padres), Evan Longoria (3B, Giants), Brad Boxberger (RP, Diamondbacks), Alex Cobb (SP, Orioles), Tommy Hunter (RP, Phillies), Logan Morrison (1B, Twins), Lucas Duda (1B, Royals), Trevor Plouffe (3B, Rangers), Peter Bourjos (OF, Cubs), Xavier Cedeno (RP, White Sox), Colby Rasmus (OF, Orioles), Taylor Featherston (2B. Twins), Cesar Puello (OF, Diamondbacks), Dustin McGowan (RP), Michael McKenry (C) , Evan Scribner (RP) e Jake Odorizzi (SP, Twins). 

Quem Chegou: Daniel Hudson (RP, Padres), C.J. Cron (1B, Angels), Denard Span (OF, Giants), Christian Arroyo (SS, Giants), Carlos Gomez (OF, Rangers), Ryan Weber (RP, Mariners), Dan Runzler (RP, Pirates) e Vidal Nuno (RP, Orioles). 

Os Rays foram ativos na offseason, adotando uma mini reconstrução e trocando os veteranos: Corey Dickerson e Evan Longoria, enquanto que perdia o pitcher Alex Cobb e o 1B Logan Morrison na free agency. O time se reforçou pouco, resolvendo apostar em uma melhora do veterano Carlos Gomez e no potencial do 1B C.J. Cron, sendo os dois as principais contratações da equipe. 

Os Rays vão entrar na temporada com uma rotação de apenas quatro arremessadores, utilizando o 5° ponto para um jogo combinado de bullpen, o que eu não acho que será um grande problema para eles, a defesa ainda deve ser forte e auxiliar os arremessadores e o bullpen, que foi um dos problemas do time na última temporada, me parece fortalecido esse ano, com Sergio Romo provavelmente sendo mais consistente do que foi na última temporada. O grande problema desse time parece ser o ataque, com a equipe tendo tido as saídas de: Evan Longoria, Logan Morrison e Corey Dickerson, no entanto, eu posso ver Carlos Gomez recuperando um pouco de sua velha forma e C.J. Cron, Kevin Kiermaier, Matt Duffy e Brad Miller trazendo produção no bastão acima do que são projetados. Eu gosto dos Rays como um azarão na forte AL East e acredito que eles superem as 76,5 vitórias.

Palpite: Over 76,5 vitórias @2.00 na Bet365

Toronto Blue Jays

Campanha no ano passado: 89-73 W/L

Os Blue Jays foram uma das grandes decepções da última temporada, passando longe da classificação aos playoffs. O ataque foi um dos mais fracos da liga enquanto que a rotação regrediu e o bullpen encontrou problemas, tornando os Blue Jays em um desastre completo no último ano. 

Quem Saiu: Dominic Leone (RP, Cardinals), Tom Koehler (RP, Dodgers), Michael Saunders (OF, Royals), Miguel Montero (C, Nationals), Darwin Barney (SS, Rangers), Ezequiel Carrera (OF, Braves), Jarrod Saltalamacchia (C, Tigers), T.J. House (RP, White Sox), Jeff Beliveau (RP, Indians), Jose Bautista (OF), Drew Hutchison (RP), Mat Latos (SP), Mike Bolsinger (RP), Brett Oberholtzer (RP), Craig Breslow (RP), Brett Anderson (SP), Lucas Harrell (RP), Darrell Ceciliani (OF) e Michael Nickeas (C). 

Quem Chegou: Sam Gaviglio (SP, Royals), Randal Grichuk (OF, Cardinals), Aledmys Diaz (SS, Cardinals), Seung-Hwan Oh (RP, Cardinals), Jaime Garcia (SP, Yankees), Curtis Granderson (OF, Dodgers), Tyler Clippard (RP, Astros), Rhiner Cruz (RP, Astros), Craig Breslow (RP, Indians) e Jake Petricka (RP, White Sox).

O campo externo e o bullpen foram os principais focos dos Blue Jays na offseas, o time deixou o veterano Jose Bautista sair e trouxe Randal Grichuk e Curtis Granderson para ocuparem posições no campo externo, enquanto que o bullpen foi reforçado com Seung-Hwan Oh e com vários veteranos que estão vindo de uma temporada ruim, mas que podem fazer ajustes e voltarem a ser produtivos. 

Os Blue Jays entraram na última temporada como um concorrente legitimo ao título mas tiveram um ano decepcionante, com o ataque indo bem pior do que o esperado e com a rotação regredindo em relação a 2016. O time ainda é bastante talentoso e o ataque deve se sair melhor do que no último ano, a rotação porém é formada por veteranos instáveis e o bullpen apesar de ter bons nomes, pode não funcionar tão bem. Mesmo com os problemas que eu enxergo nos pitchers da equipe, acredito que isso não os impedirá de chegar na marca de 82 vitórias nessa temporada. 

Palpite: Over 81,5 vitórias @1.86 na Bet365


Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

R$150

Ganhar
Sportingbet

Bônus

R$120

Ganhar
Bodog

Bônus

R$200

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Dafabet

Bônus

R$600

Ganhar
Betfair

Bônus

$30

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar



Outras Notícias