Guia da MLS is Back 2020





08/07/2020

O futebol irá voltar nos EUA nesse dia 8 de julho, após quatro meses de paralisação, mas os problemas com a pandemia do coronavírus seguem no país, inclusive com um time excluído pelo excesso de atletas contaminados e outros dois com risco de não disputar.


Índice
Regulamento
Saída do Dallas FC
Baixa de Jogadores
Sede do Torneio
Grupos
Craques em campo


Regulamento

As 26 equipes foram divididas em seis grupos com base em sua conferência, com um grupo contendo seis equipes e cinco contendo quatro equipes. Cada equipe disputará três partidas da fase de grupos e os resultados serão contabilizados na classificação da temporada regular da MLS de 2020.
Após a fase de grupos, dezesseis equipes avançam para a fase eliminatória: as duas melhores equipes de cada um dos seis grupos, a terceira equipe do Grupo A e as três melhores equipes terminando em terceiro (Grupos B a F) ou quarto ( Grupo A). 
Em caso de empate durante os 90 minutos nos jogos eliminatórios, o classificado será definido em uma decisão por pênaltis.
O campeão do torneio garante uma vaga na Liga dos Campeões da Concacaf, independente se o título for de um time dos EUA ou Canadá.
A final está marcada para o dia 11 de agosto.


Saída do Dallas FC 

O Dallas FC enfrentou problemas dias antes de embarcar para Flórida, com atletas testando positivo, mas neste dia 07 de julho, o técnico do time Luchi González confirmou a desistência do clube em disputar a competição e disse que a prioridade agora é a saúde dos atletas.
Também com problema de muitos jogadores testando positivo, o Nashville viu sua estreia contra o Chicago Fire e ao lado do Colorado Rapids, que também enfrenta um surto em seu grupo, podem desistir da competição.
O torneio que teria 54 jogos viu o número diminuir para 51 e agora pode ficar ainda mais enxuto.


Baixa de Jogadores

Muitos atletas decidiram não disputar a competição pelo receio com uma possível contaminação.
A maior baixa é o atacante venezuelano Carlos Vela, uma das maiores estrelas da MLS e principal jogador do Los Angeles FC, MVP e artilheiro da última temporada.
Com sua esposa grávida, o craque preferiu seguir em casa e anunciou a decisão por suas redes sociais, dizendo que apesar de sentir falta do futebol e de seus companheiros, ele colocou a saúde de sua esposa e família em frente.
Muitos jogadores optaram em não seguir para Flórida, e um dos times que mais sentiram o impacto foi o Vancouver Whitecaps.
A franquia canadense perdeu cinco atletas: Freddy Montero, Lucas Cavallini, Tosaint Ricketts, Andy Rose e Georges Mukumbilwa.


Sede do Torneio

Todos jogos serão realizados no Complexo ESPN Wide World of Sports no Walt Disney World Resort em Bay Lake, Flórida.


Grupos 

Assim como na temporada regular, os times de cada Conferência (Oeste e Leste), ficaram em caminhos opostos e aqui foram divididos em grupos.


Grupo A (Conferência Oeste)

Orlando City
Inter Miami
New York City FC
Philadelphia Union
Chicago Fire
Nashville SC


Grupo B (Conferência Leste)

Seattle Sounders
FC Dallas*
Vancouver Whitecaps
San Jose Earthquakes
*Abandonou a competição

 


Grupo C (Conferência Oeste)

Toronto FC
New England Revolution
Montreal Impact
DC United


Grupo D (Conferência Leste)

Real Salt Lake
Sporting Kansas City
Colorado Rapids
Minnesota United


Grupo E (Conferência Oeste)

Atlanta United
Cincinnati
New York Red Bulls
Columbus Crew


Grupo F (Conferência Leste)

LAFC
Los Angeles Galaxy
Houston Dynamo
Portland Timbers


Craques em campo

Apesar da baixa de Carlos Vela, o principal atleta do futebol nos EUA, muitos jogadores interessantes vão a campo nesta competição.
Listamos dez para ficar de olho durante o torneio e que podem desequilibrar.

 


Ezequiel Barco (Atlanta United)

O jovem Barco surgiu bem no Independiente da Argentina, sendo campeão da Copa Sul-Americana contra o Flamengo em pleno Maracanã em 2017, chegando logo depois aos EUA.
Com 21 anos, o argentino ainda vive um processo de amadurecimento, mas gera grande expectativa para esse ano.


Chicharito Hernández (Los Angeles Galaxy)

Um dos atletas mais conhecidos e carismáticos da MLS, o mexicano Chicharito que viveu bons momentos no Manchester United chegou essa temporada para comandar o ataque do Galaxy.


Cristian Pavón (Los Angeles Galaxy)

Pavón surgiu muito bem no Boca Juniors, mas após uma queda de desempenho, contusões e perda de espaço em La Bombonera, foi negociado de forma surpreendente com os EUA.
Aos 24 anos, o argentino deixou boa impressão na metade da temporada que disputou em 2019 e tenta números melhores.


Josef Martínez (Atlanta United)

O venezuelano de 27 anos chegou ao clube em 2017 e hoje pode ser colocado como um dos mais importantes no elenco. Na temporada passada marcou 33 gols em 39 jogos.


Nani (Orlando City)

Muito conhecido pelos anos defendendo a seleção portuguesa, Nani sempre foi tratado como um dos jogadores mais talentosos do país europeu, apesar da dura comparação com Cristiano Ronaldo.
Chegou ao clube no ano passado e marcou 12 gols na MLS. Tem 33 anos.


Altidore (Toronto FC)

Altidore tem uma carreira interessante pela Europa, onde passou por bons times, mas é lembrado pelos serviços na seleção dos EUA.
Aos 30 anos é peça fundamental no Toronto.


Nicolás Lodeiro (Seattle Sounders)

Uma boa passagem no Botafogo e uma pouco lembrada no Corinthians, este é o desempenho de Lodeiro no Brasil, mas o uruguaio, presença constante na Celeste, se tornou um verdadeiro craque no Seattle, sendo peça fundamental no título do ano passado.
Aos 31 anos carrega a faixa de capitão e a camisa 10.


Pedro Gallese (Orlando City)

Gallese é um bom goleiro peruano e foi vice-campeão da Copa América na temporada passada, sendo decisivo na disputa de pênaltis contra o Uruguai, nas quartas de final, quando defendeu a cobrança de Suárez e classificou sua seleção.
Aos 30 anos, chegou ao clube nessa temporada.


Junior Urso (Orlando City)

Junior Urso é um jogador que teve boa passagem pelo Atlético Mineiro, começou bem no Corinthians, mas depois entrou em conflito com a torcida e foi negociado.
Voluntarioso, o volante de 31 anos deve acertar o meio-campo do City.


Diego Rossi (Los Angeles FC)

Joia uruguaia, Diego Rossi brilhou no Peñarol e logo foi contratado pelo Los Angeles FC. Aos 22 anos é um dos jogadores de maior potencial da MLS.


Veja as odds da MLS na Betfair


Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

Lucro turbinado

Ganhar
Dafabet

Bônus

R$600

Ganhar
Betmotion

Bônus

R$150

Ganhar
Betano

Bônus

R$ 200,00

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar

Newsletter

Iniciando agora no mundo das apostas esportivas?

Aposta 10

Deixe o seu e-mail e
receba materiais exclusivos




Outras Notícias