Torneio Wimbledon não será disputado em 2020





01/04/2020

 

Tentando preservar a saúde dos atletas, a organização do evento decidiu pelo cancelamento dos torneios em Wimbledon em 2020, devido a luta contra a pandemia do coronavírus no mundo.

O mais antigo e charmoso torneio de Tênis do mundo não será disputado pela primeira vez em 70 anos e sua edição número 134 ficou para 2021, entre 28 de junho e 11 de julho.

Para muitos estava claro que o torneio, marcado para ter início em 29 de junho, não teria como ser realizado, sobretudo pelo avanço da pandemia do coronavírus na Inglaterra, que totaliza mais de 2300 mortes até aqui e deve ver a situação se agravar em abril, até chegar ao pico de contaminação.

Todo circuito de torneios do ATP Tour Masculino e WTA Feminino estão cancelados até dia 7 de junho, mas o retorno neste verão parece improvável, pois os EUA e Europa estão em meio a uma grande luta contra as contaminações e sofrendo com mortes e excesso de pessoas em seus sistemas de saúde.

Roland Garros já foi reagendado de forma controversa pela Federação de Tênis Francesa, para 20 de setembro e 4 de outubro, disputado logo após o Aberto dos EUA.

O Grand Slam no saibro estava marcado inicialmente para começar em 24 de maio e com a final em 7 de junho.

Mas a situação de Wimbledon é pior pela questão da disputa acontecer na grama e contar com apenas duas quadras cobertas.

Disputar o torneio ao ar livre durante o final do verão ou outono seria ruim devido a falta de luz e também pela formação de orvalho no piso. Um formato menor ou com portões fechados foi descartado pois seria impopular e iria prejudicar a imagem da competição.

Durante a 2º Guerra Mundial, Wimbledon ficou sem jogos durante seis anos, sendo que voltou sem interrupções desde 1946.

A competição foi criada em 1877 por um clube inglês privado, com a presença de apenas 22 tenistas e apenas com a chave masculina, vencida pelo britânico Spencer Gore.

Apenas em 1884 tivemos o torneio feminino, vencido pela tenista inglesa Maud Watson, que venceu a edição seguinte e foi vice-campeã em 1886.

A tenista brasileira Maria Esther Bueno venceu em Wimbledon por três vezes: 1959, 1960 e 1964, sendo vice-campeão em 1965 e 1966.

O suíço Roger Federer é o maior campeão entre os homens, com oito títulos, enquanto a tcheca naturalizada estadunidense Martina Navratilova venceu nove vezes entre as mulheres. 
 

ABRA SUA CONTA E APOSTE NA SPORTSBET.IO


Telegram

Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

Lucro turbinado

Ganhar
Bodog

Bônus

R$200

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Dafabet

Bônus

R$600

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar

Newsletter

Iniciando agora no mundo das apostas esportivas?

Aposta 10

Deixe o seu e-mail e
receba materiais exclusivos




Outras Notícias