Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
homeBlogMercado de ApostasBetfair cede espaço na camisa do Cruzeiro para luta contra a Discriminação Racial

Betfair cede espaço na camisa do Cruzeiro para luta contra a Discriminação Racial

Josias Pereira Josias Pereira
Betfair cede espaço na camisa do Cruzeiro para luta contra a Discriminação Racial
Betfair's logo
divider
9.2Nossa Avaliaçãoupper right icon

A Betfair é o site de apostas favorito dos traders e de muitos apostadores em todo mundo. Boa navegação, facilidade para depósitos e saques e boas odds são suas principais características.

A Betfair, patrocinadora máster do Cruzeiro, vai ceder o espaço mais nobre da camisa celeste para a ONG Observatório da Discriminação Racial no Futebol, no duelo deste sábado (2), contra o Uberlândia, válido pelo Campeonato Mineiro. Com isso, na última rodada da fase de classificação do estadual, a marca da casa de apostas vai figurar, excepcionalmente, na lateral da manga da camisa celeste.

Vale destacar que o Observatório da Discriminação Racial vai figurar no local máster no uniforme das equipes de base da Raposa de forma oficial durante toda a temporada, já que a Betfair resolveu ceder o espaço para a nobre causa. A ação no jogo do time principal será realizada para garantir maior visibilidade e chamar a atenção para o movimento.

"Nada mais justo do que ceder esse espaço para uma causa tão justa como a do Observatório da Discriminação Racial no Futebol. Esperamos que essa parceira ajude no combate ao racismo, mas também colabore na educação da juventude quanto ao jogo responsável", destaca Shane O'Driscoll, Diretor de Marketing da Betfair.

"Estamos extremamente orgulhosos da parceria com a Betfair e da iniciativa de ceder espaço nas camisas de nossas categorias de base para o Observatório Racial. Essa ação espelha os valores essenciais do Cruzeiro, que se empenha no combate ao racismo e, ao mesmo tempo, busca proteger nossos jovens dos perigos do jogo irresponsável", afirma Gabriel Lima, CEO do Cruzeiro.

"Atenção às categorias de base é um passo fundamental no combate ao racismo e a todos os tipos de preconceito, uma vez que é lá que estamos construindo as próximas gerações. Por isso, essa campanha se faz tão importante. Estamos satisfeitos com esse movimento e esperamos que, cada vez mais, ele se torne constante em nosso país", completa Marcelo Carvalho, diretor executivo do Observatório da Discriminação Racial no Futebol.

A ONG Observatório da Discriminação Racial no Futebol foi fundado em 2014, com a missão de monitorar casos de racismo no futebol brasileiro e ajudar no combate a este tipo de violência. Recentemente, dois atletas da base do Cruzeiro que subiram para o profissional, João Pedro e Fernando, foram vítimas de comentários racistas nas redes sociais, após serem afastados pelo clube por participarem de uma festa noturna.

(Foto: Umbrella/Divulgação)

Casas de aposta em destaque

logo

Novibet

Star
9.7
logo

Betnacional

Star
9.3