Blog


Veja as últimas Publicações do mundo das apostas.



  • [Vida de Apostador] O peso dos jogos fantasmas nas apostas

    Fernando Pereira Fernando Pereira
    Publicado em 09/05/2020 às 18:23



     


    O futebol começa a voltar nas principais ligas do mundo, após dois meses de paralisação, mas alguns fatos novos podem ter peso nas análises prévias das partidas.

    Podemos colocar dois principais, o primeiro é o aumento nos números de substituição de três para cinco.

    Essa medida deve ser boa para os clubes com melhor elenco, que pode realizar um rodízio sem queda significativa na qualidade de seu jogo.


    Apesar de duas substituições adicionais, a FIFA decidiu que elas só podem ser realizadas em até três atos, sem contar o intervalo. Portanto um time deve mudar mais de um jogador em cada para que possa tirar vantagem desse adicional.

    Essa medida é válida apenas para campeonatos que estejam em andamento ou que estejam próximo de começar e vão ser concluídas até 31 de dezembro de 2020.

    A grande mudança, e que não tem uma data certa para terminar, são os jogos fantasmas, nome popularizado na Europa para as partidas com portões fechados.

    Para alguns times essa medida deve ir além dos ganhos financeiros com bilheteria, pois a presença de seus torcedores se transformava em um combustível para vitórias.

    Quando analisamos uma partida o fator mando de campo tem grande valor, mas agora alguns times perdem a principal arma e podemos ter vantagem para os times melhores tecnicamente.

    Devemos ter alguns exemplos na Bundesliga, onde torcidas como a do Dortmund e Frankfurt exercem grande pressão sobre os adversários.

    O peso em uma análise pode mudar, afinal o fator viagem pode não ser suficiente para aumentar o favoritismo de uma equipe mandante.

    Ainda assim esse fator é menor do que atuar em campo neutro, algo que pode acontecer na reta final da Champions League.

    Os jogadores sabem os atalhos de seu gramado e mesmo que o outro time seja melhor, o fator psicológico ainda tem grande peso nas atitudes da equipe mandante.

    Temos como exemplo o Atlético Mineiro, que costumava atuar muito bem no Horto, ou o Santos, com grande resultados na Vila Belmiro.

    O Galo tem uma média de público melhor, que costuma fazer grande pressão nos adversários, mas os jogadores já conhecem bem cada canto do estádio e podemos dizer que tem um “doping emocional”.


    O casamento do Santos com a Vila Belmiro é bem mais antigo e de grande sucesso, mesmo que isso não represente um sucesso de público, afinal o estádio costuma ter uma taxa de ocupação entre 30% ou 40%, mas a Vila faz muita diferença para o Peixe.

    Acredito que neste caso do Santos, o peso será menor, pois a equipe tem uma história bem maior em seu estádio e sempre com uma média alta de aproveitamento quando atua nela.


    Na Europa teremos as respostas nos próximos dias e a presença de públicos nas Big Leagues ainda parece bem distante, portanto é algo que teremos que nos acostumar pelos próximos meses.

    ABRA SUA CONTA E APOSTE NA SPORTSBET.IO


  • [Vida de Apostador] Não pare na pista das apostas

    Fernando Pereira Fernando Pereira
    Publicado em 22/04/2020 às 12:42

     

    Fala pessoal, estou um pouco sumido aqui, apesar de ter dito no começo do mês que esperava ter uma interação maior no blog, mas foi por um bom motivo.

    Passamos de um mês da paralisação dos principais campeonatos do mundo e após o choque inicial a única saída era aguardar ou inovar.


    Eu confesso que nos primeiros dias a pancada foi grande, mas sempre pregamos e falamos aqui sobre a incerteza do mundo das apostas e que nunca devemos ficar parados.

    Imagine você parado em uma pista, olhando apenas para frente, não irá observar os carros vindo e mesmo que muitos deles consigam desviar de você, uma hora você será atingido.


    Tenho uma experiência de vida com isso e até considero um grande trunfo ter vivido uma falência financeira, pois consigo enxergar com mais clareza cenários sombrios com mais clareza.

    Isto não quer dizer que sou pessimista, apenas realista, para afastar a emoção e tomar a melhor decisão, sabendo que posso falhar.

    Após poucos dias para lamentação, procurei trabalhar com o que tinha em mãos, algumas ligas alternativas de futebol, basquete e, agora, vôlei, além das Liga Pro de Tênis de Mesa e Hóquei no Gelo, na Rússia, feita na medida para apostadores.


    Com um modelo de apostas que utilizo faz muito tempo, consegui encontrar valor com mais facilidade em esportes que tinham histórico e calendário, caso de ligas como Nicarágua e Bielorrússia, mas senti mais dificuldades e oscilação no tênis de mesa e hóquei, algo normal.

    Hoje já começo a cogitar estudar E-sports, algo que no começo de março estava totalmente fora de questão.

    Estamos vivendo algo diferente e precisamos de medidas diferentes, não podemos nos acomodar no que conquistamos ou já realizamos.


    O futuro das ligas nos principais países do mundo é uma incógnita, com a Alemanha sendo a primeira a sinalizar um retorno, mas países como a Dinamarca, pensando em abrir mão da disputa de sua temporada em 2020 e outros como a Holanda levando para setembro.


    No Brasil ainda não temos um plano para o retorno do futebol, pois aqui a pandemia ainda está em seu curso inicial e temos discussões isoladas, como Santa Catarina que viu sua Federação local fazer um protocolo e pleitear o retorno no dia 16 de maio.

    Não pare na pista das apostas, procure alternativas a curto ou médio prazo, pois já estamos vivendo uma nova realidade.

    O retorno do futebol será avisado ao menos com 20 dias de antecedência, portanto você tem tempo para os estudos e já sabe o mínimo necessários, precisando apenas de uma atualização.

    Abra outros planos diante dessa crise e veja que a profissão de apostador necessita de flexibilidade e que às vezes aquele conselho: “Só aposte em duas ou três ligas”, nem sempre pode ser seguido.

    No caso escolha esportes que não sejam dependentes dessa situação para seguirem, caso de E-sports e fuja da possibilidade de dinheiro fácil.

    Evoluir, renovar e se adaptar às novas possibilidades é questão de sobrevivência hoje e como Raul já dizia, se você para o carro pode te pegar.

     

    ABRA SUA CONTA E APOSTE NA SPORTSBET.IO


  • [Vida de Apostador] Dias de Quarentena - Lições de uma pandemia para o apostador

    Fernando Pereira Fernando Pereira
    Publicado em 08/04/2020 às 11:48

    Fala pessoal e os dias, para os apostadores, seguem complicados nesta quarenta, pois temos poucas opções de aposta, com alguns torneios em jogo, mas os principais sem nenhuma expectativa de retorno.

    Existem boatos de que a Bundesliga e o Campeonato Italiano possam retornar em maio, porém nada confirmado, e temos as opções na Bielorrússia, Nicarágua, Burundi e o Tajiquistão.


    A maior parte dos apostadores têm deixado de lado esses torneios, aguardando o retorno da temporada, mas você tem conseguido tirar lições produtivas deste período forçado de férias?


    Pessoal, aqui estamos com assunto voltado para as apostas e sabemos de toda dificuldade de grande parte das pessoas, que estão perdendo empregos, sem renda, etc, portanto estamos focados no modelo de trabalho do apostador, e de quem trabalha com renda variável.


    Hoje em um grupo de apostadores profissionais, um amigo (Grande Raul!), fez a seguinte pergunta: Quais conceitos ou atitudes vocês aperfeiçoaram durante esta quarentena?

    Tentarei colocar alguns pontos que acho importante, e tenho vivido, e outros que já tinha tomado, dentro desses tópicos, tentarei resumir os assuntos que ele engloba.

    1 - Planejamento financeiro

    Este é o mais importante para quem trabalha com apostas e não tem uma renda garantida ou ao menos uma rescisão em caso de interrupção do trabalho.


    Coloque o cenário que você tem um ganho médio de R$5.000,00 e um custo de vida baseado nisso, sem nenhuma margem de segurança.


    Até o dia 15 de março, metade do mês, sua vida estava normal, porém neste momento tivemos os campeonatos interrompidos e você perde toda sua renda, ficando em um desespero sem fim.

    Nesse momento é necessário ter sua reserva de emergência, em que especialistas financeiros aconselham no mínimo seis meses.

    Claro que viver no limite não é interessante, pois um apostador sabe que tem meses bons e ruins e mesmo “jobs” podem cair e deixar ele na mão, sem nenhum aviso prévio.

    Como realizei meu planejamento financeiro?
    Eu separei em diversas partes, sendo os gastos essenciais, que incluem gastos de moradia, alimentação, internet, etc.


    Outros gastos, que posso abrir mão há qualquer momento, deixo como conforto e depois tenho outros que são para planejamento e não agreguem custos mensais fixos obrigatórios.

    E importante, separe um mínimo de 30% do que você ganha para sua reserva de emergência. Tente se esforçar para chegar a três meses rapidamente e depois pode diminuir sua contribuição, mas sem deixar uma parte para investimentos.

    A reserva de emergência é diferente do investimento, pois é um dinheiro que você pode pegar a qualquer momento.

    2 - Tempo

    Eu trabalhava muito, acordava às seis da manhã e terminava o meu dia por volta das 21h00, de segunda a sábado no mínimo e vejo que perdi algumas coisas importantes.

    Você precisa equilibrar o tempo com sua família e o trabalho, algo que é bem difícil, mas hoje, com mais tempo em casa e menos coisas, consigo assistir séries, TV, programas e ficar com mais tempo com pessoas que gosto.

    3 - Contatos

    Escolha bem as pessoas e grupos que convive, veja quais são realmente interessantes para você, não apenas profissionalmente, mas que faça bem para o seu dia a dia.


    4 - Considerações finais

    Hoje eu decidi alterar muitas coisas que estava gastando a mais e também planejando passar mais tempo com meus familiares, algo que eu já estava pensando no começo do ano.

    Ao menos em meu círculo de amigos apostadores, ninguém previa uma pandemia tão forte no mundo, que deixasse praticamente tudo parado.

    Quando fazemos um plano e falamos que devemos proteger gastos inesperados, pensamos em doenças e outras coisas, nunca em uma paralisação total das atividades.


    Bem pessoal, vamos tentar tirar o melhor desse momento, sobreviver a toda essa tempestade e retornar mais forte para os próximos desafios.
     

    ABRA SUA CONTA E APOSTE NA SPORTSBET.IO

     

     

     

     


  • [Vida de Apostador] Dias de Quarentena - Apostar em Tênis de Mesa RUSSO

    Fernando Pereira Fernando Pereira
    Publicado em 02/04/2020 às 11:10

    Mais um dia durante a Quarentena pela Pandemia do coronavírus e com poucas opções de apostas.

    Além de buscar uma rotina e tentar “aproveitar” esse tempo ocioso para estudos e balanço, decidi buscar algumas opções e encontrei “Tênis de Mesa”, na Rússia.

    Entre os principais motivos desta escolha, foi conseguir informações básicas para montar uma aposta nestes jogos, que englobam o meu modelo de apostar.


    Eu gosto do rendimento de atletas, e times, além de confrontos diretos e seus últimos resultados, encontrei um site russo com essas informações e coisas mínimas sobre o esporte.

    Na Liga Pro de Moscou, na Rússia, que é o torneio que aposto, as regras de tênis de mesa são respeitada, com melhor de até cinco sets. Para vencer o atleta tem que somar onze pontos ou em caso de um placar a partir de 10 a 10, uma diferença de dois pontos.


    As apostas são por vitória, handicap de pontos, pontos totais e encontramos na maioria das casas. 

    Nesse circuito de jogos, os atletas são divididos por um ranking dentro da Liga Pro, sendo entre 300-350, 350-400, etc.

    Quatro desafiantes disputam um quadrangular, todos contra todos na primeira fase e os dois primeiros disputam a final, enquanto os outros dois disputam a terceira colocação.

    Em um mesmo dia, o mesmo jogador pode atuar em mais de um quadrangular, pois os jogos costumam ser rápidos.


    Nunca joguei Tênis de Mesa de forma profissional ou séria, ou ping-pong como falamos popularmente, mas já brinquei disso diversas vezes, portanto entendo o básico disso.

    Quanto às apostas eu sigo o mesmo modelo que utilizo em todas, busco informações de rendimento, confrontos diretos e qual gráfico de desempenho ele está, evoluindo ou involuindo.

    Claro que meu rendimento ainda é bem razoável, mas mesmo sem um conhecimento total sobre isso, tendo acertado uma porcentagem aceitável de acertos.

    Mas um alerta, utilizo uma stake bem abaixo da minha normal, que costuma ser de 2% de minha banca. Nessas apostas uso apenas 0.5% da banca, até pela questão de limite.

    Vamos seguindo e se virando com isso.
     

     

     

    ABRA SUA CONTA E APOSTE NA SPORTSBET.IO


  • [Vida de Apostador] Dias de Quarentena - Balanço de Apostas em 2018

    Fernando Pereira Fernando Pereira
    Publicado em 31/03/2020 às 11:24

     

    Os dias de quarentena vão passando, sob muita ansiedade por novidade e quem sabe uma data para volta dos torneios.


    O grande problema é que as previsões mudam a cada aumento dos casos e avanço da pandemia, não deixando um planejamento ou esperança de que tenhamos futebol antes de junho.

    Com isso decidi colocar na planilha todas dicas de apostas que enviei pelo site do aposta10 e fazer um balanço.

    Peguei meu primeiro ano em 2018, quando passei a enviar tips em agosto, precisamente no dia 12 e o resultado até dezembro.

    Para um norte, utilizei uma stake de R$100 como exemplo, em uma banca de R$5 mil, sendo a gestão que costumo utilizar, cada unidade valendo 2%.

    Foram 228 apostas ao todo e um ROI de 3,84%, uma evolução da banca em 18,69% e 9.34 unidades realizadas.

    Um trabalho bem interessante pela quantidade de apostas enviadas e diversas competições.

    Me surpreendi com o resultado dos mercados que mais utilizei, pois o handicap asiático 0.0 é um dos que mais gosto de usar, equivale ao empate anula aposta, e não consegui um bom resultado.

    Tive um pequeno red neste mercado, bem menor que uma unidade.

    O handicap asiático +0.25 foi muito bom, chegando a um ROI de 28,89%, essa aposta paga metade da stake em caso do empate e soube utilizar ele.

    Um mercado que eu nunca pensei muito em trabalhar foi o de gols e ao menos neste balança, fui muito bem e terminei de forma positiva.


    Sobre os campeonatos, acompanhei com mais afinco a Série B e tive um excelente rendimento em 78 apostas.

    Para muitos é a Série Bingo, mas me sinto confortável em apostar nela e os resultados me mostraram o motivo.

    Não apostei tanto na Série A, mas o rendimento também foi interessante.


    Conclusão:

    O handicap asiático +0.25  me faz pensar em tentar utilizar mais a dupla chance e no caso do AH 0.0 e -0.25 ir ao lado do ML, que seria odds maiores.

    Devo fazer um balanço sobre isso para ter o conhecimento melhor.


    Irei passar o rendimento mês a mês de 2019 e depois realizar um balanço total, tentar entender minha evolução, ou involução.

    Vamos enfrentando essa pandemia e a dificuldade mental da quarentena.

     

    ABRA SUA CONTA E APOSTE NA SPORTSBET.IO



Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

Lucro turbinado

Ganhar
Dafabet

Bônus

R$600

Ganhar
Betmotion

Bônus

R$150

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar