Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
homeBlogMercado de ApostasEmbaixador da Betfair, Rivaldo comenta estreia do Brasil na Copa América

Embaixador da Betfair, Rivaldo comenta estreia do Brasil na Copa América

Josias Pereira Josias Pereira
Embaixador da Betfair, Rivaldo comenta estreia do Brasil na Copa América
whatsappwhatsappwhatsapp
Betfair's logo
divider
9.2Nossa Avaliaçãoupper right icon

A Betfair é o site de apostas favorito dos traders e de muitos apostadores em todo mundo. Boa navegação, facilidade para depósitos e saques e boas odds são suas principais características.

whatsappwhatsappwhatsapp

Na última segunda-feira (24), o Brasil estreou na Copa América 2024 com um empate sem gols diante da Costa Rica,. Para falar sobre a partida, a Betfair convocou Rivaldo, embaixador da casa de apostas e grande conhecedor da competição nacional - ele foi campeão e artilheiro do torneio em 1999 -, que também comentou sobre os próximos jogos da Seleção Brasileira.

Em um bate-papo exclusivo para a Betfair, Rivaldo afirmou acreditar na mudança de postura da equipe brasileira. Ainda, o ex-atleta destacou que o empate sem gols não foi o ideal, mas que, há pontos positivos para a estreia no torneio. Além disso, Rivaldo comentou sobre o gol anulado de Marquinhos na partida Segundo ele, caso o gol fosse validado, o jogo seria diferente e "a gente estaria falando de uma goleada".

“É decepcionante por não ter vindo a vitória, mas a gente viu o Brasil jogando forte, criando jogadas. Mas, quando não se vence uma seleção considerada fraca como a Costa Rica, que tem quatorze jogadores que jogam no próprio país, as críticas da imprensa aparecem e os torcedores começam a duvidar da Seleção. Porém, vi muitos pontos positivos, a seleção quis vencer o tempo todo e criou chances, mas perdeu muitas oportunidades”, destacou Rivaldo, à Betfair.

Ainda, o ex-jogador destacou que, ao empatar um jogo desses, é normal que os torcedores questionem o técnico, Para ele, Dorival Jr. poderia ter tirado um volante mais cedo e colocado um jogador mais ofensivo na partida. Rivaldo ainda afirmou que não havia necessidade de jogar com dois meias defensivos na frente da zaga diante da Costa Rica, que não ofereceu perigo nos contra-ataques.

O embaixador da Betfair também reconheceu que Vini Júnior e Endrick não jogaram bem. "Só quem joga sabe, não é fácil atuar contra um time todo na retranca", destacou o ex-atleta. Rivaldo ainda elogiou a partida de Savinho e disse acreditar que o técnico da seleção vai dar mais oportunidades ao jogador contra o Paraguai: "Quando se encara um time todo na retranca você precisa de jogadores habilidosos como ele, que quebram a linha, forçam o um contra um".

"Claro que todos tinham uma expectativa por uma vitória, mas ela não veio e temos outros dois grandes testes para o Brasil se classificar, contra Paraguai e Colômbia. O time é forte e com certeza vai passar à próxima fase”, completou Rivaldo.

(Foto: Rafael ribeiro/CBF)