Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
homeBlogMercado de ApostasKayshon Boutte, do Patriots, é preso por realizar mais de oito mil apostas em 11 meses

Kayshon Boutte, do Patriots, é preso por realizar mais de oito mil apostas em 11 meses

Josias Pereira Josias Pereira
Kayshon Boutte, do Patriots, é preso por realizar mais de oito mil apostas em 11 meses

O wide receiver do New England Patriots, Kayshon Boutte, foi preso na última quinta-feira (25), por acusações de contravenção de jogos proibidos para menores de 21 e crime de fraude cibernética, no período em que defendia a equipe da Universidade do Estado da Louisiana (LSU). À época, o atleta tinha 20 anos, e as apostas são ilegais no estado da Louisiana para menores de 21 anos.

Boutte teria realizado mais de 8.900 apostas em um período de 11 meses, entre 6 de abril de 2022 e 7 de maio de 2023, incluindo pelo menos 17 partidas da Associação Atlética Universitária Nacional (NCAA), competição que a LSU disputa. Ele teria apostado em pelo menos seis partidas do seu clube, por meio de uma conta com nome falso, para burlar a lei, segundo informações da polícia de Louisiana.

Além das acusações pelas apostas, o atleta também enfrenta uma acusação por crime cibernético. A polícia soube das irregularidades após uma casa de apostas não revelada alertar as autoridades, e não descarta que Boutle possa ser indiciado por outros crimes. O alerta da operadora foi feito em julho de 2023 e, após investigações, um mandado de prisão foi assinado em 18 de janeiro deste ano.

Vale lembrar que Kayshon Boutte foi escolhido pelo Patriots na sexta rodada do draft de 2023, e atuou em cinco partidas da equipe na temporada. O clube destacou que está ciente de que o atleta está sendo investigado e cooperando com a polícia da Louisiana nas investigações. Já a LSU, time em que Boutle atuava quando realizou as apostas, emitiu um comunicado sobre o caso.

“Em julho de 2023, a LSU foi informada sobre as alegações sobre a conduta imprópria de um ex-aluno relacionada a apostas esportivas enquanto estava matriculado na universidade. Desde então, estamos cooperando com todas as autoridades relevantes envolvidas na investigação e continuaremos assim”, destacou a Louisiana State University.

Ainda, ao The Washington Post, um porta-voz da LSU afirmou não haver evidências de que quaisquer outros estudantes-atletas tenham realizado apostas ou atividades de jogos online proibidos. A LSU destacou também que a universidade está grata pelas medidas que detectam e desencorajam a má conduta relacionada aos esportes.

Casas de aposta em destaque

logo

Novibet

Star
9.7
logo

Betnacional

Star
9.3