Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
homeBlogMercado de ApostasLuta é cancelada na última hora por supostas irregularidades envolvendo apostas

Luta é cancelada na última hora por supostas irregularidades envolvendo apostas

Josias Pereira Josias Pereira
Luta é cancelada na última hora por supostas irregularidades envolvendo apostas
whatsappwhatsappwhatsapp
Stake Logo Light
divider
8.9Nossa Avaliaçãoupper right icon

A Stake é uma casa de apostas e cassino online que mais foca em pagamentos com criptomoedas. São mais de 20 opções aceitas pela plataforma. Crie sua conta e aproveite.

whatsappwhatsappwhatsapp

No último sábado (22), a luta entre os britânicos Aqib Fiaz e Kane Baker, que aconteceria em Birmingham, na Inglaterra, foi cancelada momentos antes de os atletas entrarem no ringue. O promotor de boxe, Eddie Hearn, cancelou a luta devido à "circunstâncias imprevistas", que se confirmaram como sendo padrões irregulares de apostas.

Poucas horas antes da luta começar, a empresa de Hearn, Matchroom Boxing, confirmou que o duelo, que seria uma revanche dos super-plumas Fiaz e Baker, e seria antes da luta entre Tyler Denny e Felix Cash, não iria acontecer. Após o final do evento, Hearn revelou que o motivo para o cancelamento da luta, que o deixou extremamente desconfortável, foram possíveis irregularidades envolvendo apostas.

“Assim que obtive a informação [de possível manipulação na luta], eu investiguei. Eu mesmo fiz isso, fiz isso com minha equipe, fiz isso com a comissão de jogos e tomei a decisão de encerrar a disputa. Quando fiz isso, falei com o Conselho Britânico de Boxe, contei tudo o que tinha feito e disse que iria desistir da luta. Eles concordaram comigo e agora caberá a eles realizar sua própria investigação", destacou Hearn, ao Boxing Social, de acordo com o The Sun.

Após o episódio, Aqib Fiaz e Kane Baker afirmaram, em suas redes sociais, não possuírem envolvimento com as supostas atividades suspeitas envolvendo apostas esportivas:

"A luta desta noite foi cancelada devido a uma situação que eu não tinha conhecimento e na qual eu não tive envolvimento. Há uma investigação em andamento. Fui aconselhado a não fazer comentários neste momento", destacou Fiaz, que venceu Baker em 2020.

Enquanto isso, Baker disse: "Não sou trapaceiro. Nunca apostaria contra mim mesmo para perder uma luta, não importa o quanto esteja pressionado. Estou feliz que a investigação prossiga e feliz que qualquer pessoa ao meu redor seja investigada. Toda a minha carreira pode ser investigada. Ninguém do Time Baker fez nenhuma aposta. Ninguém na minha equipe concordou que eu perdesse qualquer luta", finalizou.

(Foto: The Sun/Reprodução)