Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
homeBlogMercado de ApostasPrefeito de São Paulo deverá sancionar lei que proíbe corridas de cavalo que envolvam apostas

Prefeito de São Paulo deverá sancionar lei que proíbe corridas de cavalo que envolvam apostas

Josias Pereira Josias Pereira
Prefeito de São Paulo deverá sancionar lei que proíbe corridas de cavalo que envolvam apostas
whatsappwhatsappwhatsapp
whatsappwhatsappwhatsapp

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), vai sancionar a lei aprovada pela Câmara dos Vereadores que proíbe o uso de animais em atividades esportivas que envolvam apostas. A informação é do jornal "Folha de S.Paulo". O texto, de autoria do vereador Xexéu Tripoli (União Brasil), inclui a suspensão de atividades as corridas no Jockey Club da capital paulista.

O local, todavia, deverá judicializar o tema, uma vez que a Lei 7191/84, que dispõe sobre as atividades da equideocultura no país, é de coordenação, fiscalização e orientação do Ministério da Agricultura e não de uma lei municipal. 

Com a sanção de Ricardo Nunes, os estabelecimentos, dentre eles o Jockey Club, terão um prazo de 180 dias para encerrar as atividades. Vereadores da capital paulista favoráveis à legislação prometeram acionar até o setor de zoonoses para apreender os cavalos caso o Jockey insista em seguir com as atividades. 

"Eu acredito muito que esse esporte já passou. Nós estamos no século 21. Passou do tempo da gente usar animal para entretenimento humano e principalmente com apostas”, disse o vereador Xexéu Tripoli, em celebração à aprovação de seu projeto de lei. 

A proibição imposta pela Câmara Municipal de São Paulo foi criticada pela Associação Brasileira de Criadores e Proprietários de Cavalo de Corridas (ABCPCC).

"A cidade tem problemas muito mais urgentes nas áreas de saúde, mobilidade e segurança do que a proibição das corridas de cavalo, um negócio que gera empregos na cidade e no campo", declarou Julio Camargo, presidente da ABCPCC. 

(Foto: janskyclassic/Pixabay)