Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
homeBlogMercado de ApostasQuatro plataformas de apostas e jogos são proibidas de operar na Suécia

Quatro plataformas de apostas e jogos são proibidas de operar na Suécia

Josias Pereira Josias Pereira
Quatro plataformas de apostas e jogos são proibidas de operar na Suécia
whatsappwhatsappwhatsapp
whatsappwhatsappwhatsapp

A Spelinspektionen, Autoridade Sueca de Jogos, proibiu quatro empresas de operar na Suécia sem as licenças exigidas. As empresas são a Itsfail Ltd, Teamfail Limited, NewEra BV e Jer-Team NV. 

De acordo com investigações, a Itsfail Ltd e a Teamfail Limited ofereciam títulos onde os jogadores ganhavam ou perdiam “skins” – itens colecionáveis ​​de jogos de computador populares que muitas vezes podem ser trocados por dinheiro fora do jogo.

Essas plataformas não conseguiam obter uma licença de jogo sueca e frequentemente careciam de medidas adequadas de verificação de idade.

A estratégia da Autoridade Sueca de Jogos enfatiza a garantia de que as atividades de jogos de azar sejam conduzidas através de operadores que possuam uma licença do país. Esta ação recente faz, portanto, parte dos esforços contínuos da Spelinspektionen para regular o mercado e proteger os consumidores suecos de operadores não licenciados.

Vários casos semelhantes surgiram nas últimas semanas. No início deste mês, por exemplo, a Autoridade Sueca de Jogos proibiu a MRSL NV de fornecer jogos sem a licença necessária.

Esta decisão fez com que a MRSL NV se juntasse a uma lista cada vez maior de operadores proibidos na Suécia por infrações à regulamentação local, incluindo Equinox Dynamic, Alpha Interactive Solutions e Nero Media, entre muitos outros.

Além das proibições definitivas, a Autoridade também emitiu uma série de multas recentes. No início desta semana, a Kanon Gaming foi alvo de uma dessas penalizações financeiras, sendo multada em US$ 668 mil (cerca de R$ 3,7 milhões) por múltiplas violações legais – incluindo medidas de proteção insuficientes para jogadores que exibissem sinais de jogo excessivo.

(Foto: Mikael Good/Pixabay)