Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
homeBlogMercado de ApostasSuspenso por 10 anos, ex-jogador inglês diz que Paquetá não deveria mais jogar

Suspenso por 10 anos, ex-jogador inglês diz que Paquetá não deveria mais jogar

Josias Pereira Josias Pereira
Suspenso por 10 anos, ex-jogador inglês diz que Paquetá não deveria mais jogar
whatsappwhatsappwhatsapp
Betway logo
divider
8.4Nossa Avaliaçãoupper right icon

A Betway é uma consolidada casa de apostas europeia. Seu site de apostas oferece diversos mercados para vários esportes e muitas promoções para novos e antigos clientes. A casa é também famosa no mundo do eSports.

whatsappwhatsappwhatsapp

O ex-jogador inglês Kynan Isaac, suspenso do futebol por 10 anos após receber um cartão amarelo proposital em um jogo do seu antigo time, o Stratford Town, contra o Shrewsbury Town, pela sétima divisão inglesa, deu sua opinião sobre o caso envolvendo o meia brasileiro Lucas Paquetá, acusado pela Federação Inglesa (FA) por receber quatro cartões amarelos para beneficiar apostadores no Brasil.

Na visão de Isaac, Paquetá não deveria mais voltar a jogar futebol e ser suspenso por 40 anos, seguindo, obviamente, a lógica da punição aplicada a ele. 

"Você não pode me dar uma suspensão de dez anos por uma acusação e depois esperar que não diga nada se alguém com quatro destas mesmas acusações receber uma sentença menor", disparou o ex-lateral, em entrevista ao "The Athletic"

Isaac espera que a FA siga as mesmas diretrizes que motivaram sua exclusão dos gramados de futebol. Atualmente, Lucas Paquetá encontra-se com a Seleção Brasileira para a disputa da Copa América. 

"Veremos o que farão com Paquetá, se ele será considerado culpado. Será muito interessante ver se seguirão as mesmas diretrizes que estabeleceram. Peguei dez anos. É matemática básica: ele deveria pegar 40 anos e não voltar a jogar futebol. Vejo isso acontecendo? Provavelmente não", lamentou o ex-atleta. 

Aos 31 anos de idade, Isaac não entra em campo desde a temporada 2021/22. Ele não deseja que Paquetá seja banido do futebol, mas reforçou o pedido por isonomia. 

"Não desejo que ele seja banido, mas se me baniram por dez anos por uma única acusação, eles estabeleceram um precedente e certamente terão que continuar com essas mesmas diretrizes", concluiu o ex-jogador. 

(Foto: Rafael Ribeiro/CBF)