Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 16/01/2021 (Sábado) às 18:35 1XBET
Futebol Americano

Palpite: NFC Divisional Round - Los Angeles Rams x Green Bay Packers - Playoffs NFL - 16/01

Odd: 1,91
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 15/01/2021 às 20:01

Após uma grande vitória sobre os Seahawks no Wild Round, os Los Angeles Rams agora encaram os Green Bay Packers, equipe de melhor campanha da NFC durante a temporada regular. Quem vencer avança até a Champinship Series, decisão da NFC. A partida terá transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN. 

 Vs 

Local do evento: Green Bay - Wisconsin

A última vez que as equipes se enfrentaram foi na temporada 2018/19 e os Rams venceram em casa por 29x27 como favoritos por 7,5pts no handicap. O total, definido em 57 naquela partida, terminou em under.

No Lambeau Field, a temperatura será de 2°C, com umidade do ar em 75%. Céu nublado e com 30% de chances de neve durante a partida. 

Com Jared Goff precisando jogar no sacrifício após a lesão de John Wolford, os Rams (Seed #6) surpreenderam e superaram os rivais Seattle Seahawks por 30x20 no Wild Card Round, avançando para enfrentar os Packers no Divisional Round. O único título da franquia foi na temporada 1999-2000, quando o time ainda estava em Saint Louis, enquanto que a última participação foi no Super Bowl LIII em 2019, quando o time acabou derrotado pelos New England Patriots por 13x3. 

Jared Goff começou no banco contra os Seahawks devido a uma lesão no polegar, mas precisou entrar na partida após John Wolford sofrer uma lesão no pescoço no início do jogo. Goff, que já não havia se saído tão bem na temporada, tendo lançado 13 intercepções, realizou poucos passes devido as limitações pela lesão, completando apenas 9 de 19 tentativas, mas conseguindo conectar alguns passes longos e sua exibição foi suficientemente boa para levar os Rams a vitória. A linha ofensiva foi sólida na proteção ao quarterback durante a temporada, permitindo apenas 23 sacks, mas Goff precisou lidar com bastante pressão no último jogo. O principal destaque da OL é o left tackle Andrew Whitworth, que perdeu algumas partidas por conta de lesão nessa temporada, mas que quando esteve em campo, não permitiu nenhum sack ao longo de 600 snaps, enquanto o left guard David Edwards é um dos pontos fracos na proteção, mas se sai bem abrindo espaços para o jogo terrestre. Cooper Kupp e Robert Woods são os alvos mais acionados no jogo aéreo dos Rams e os dois foram responsáveis por 126 das 184 jardas aéreas dos Rams na partida contra os Seahawks, Cupp porém, foi listado como questionável para esse jogo devido a uma lesão no joelho. Goff também pode fazer uso dos tigh ends Tyler Higbee e Gerald Everett do wide receiver Josh Reynolds, desses, apenas Higbee foi acionado na última partida, realizando uma recepção para 4 jardas. Um aspecto importante do ataque dos Rams é o baixo número de faltas cometidas pelo setor, que foi o 2° menos faltoso da liga durante a temporada regular. 

Com Cam Akers, Darrell Henderson Jr. e Malcolm Brown dividindo carregadas na temporada regular, os Rams tiveram um jogo terrestre apenas mediano, Henderson está fora dos playoffs por conta de uma lesão no tornozelo e Brown foi utilizado como running back de apoio na última partida contra os Seahawks. O running back novato Cam Akers, foi pouco utilizado no início da temporada, mas se transformou no running back principal da equipe na reta final e recebeu 28 carregadas na partida do Wild Card Round contra os Seahawks, somando 131 jardas terrestres e anotando um touchdown. Sean McVay possui algumas jogadas desenhadas para que o wide receiver Robert Woods funcione como corredor, mas tentativa de corrida de Woods contra os Seahawks rendeu aos Rams uma perda de 3 jardas. 

Após terminarem a temporada regular com a melhor defesa da liga em média de pontos sofridos por jogo, os Rams foram capazes de conter novamente o quarterback Russell Wilson, pressionando bastante o quarterback dos Seahawks e forçando dois turnovers na partida, com a exibição defensiva do time tendo sido crucial para a vitória no Wild Card Round. Apesar da boa atuação no geral, a equipe mostrou alguma dificuldade na contenção ao jogo terrestre no último jogo, permitindo 136 jardas terrestres em 25 tentativas dos Seahawks, mas o front-seven se saiu muito bem parando corridas durante a temporada, com o defensive tackle Michael Brockers sendo um dos destaques na linha defensiva e com os Rams limitando os oponentes a uma média de 3,8yds por tentativa de corrida. O ponto mais forte da defesa porém, é o pass-rush, que apareceu bem no último jogo, com Aaron Donald e Leonard Floyd, que lideraram a equipe em sacks durante a temporada, conseguindo 2 sacks cada contra os Seahawks. A secundária também é forte e os Rams limitaram os quarterbacks adversários a um rating médio de 80,4 na temporada regular, com os cornerbacks Darious Williams e Jalen Ramsey sendo os principais destaques. Williams conseguiu uma interceptação e retornou para touchdown na última partida, enquanto Ramsey permitiu recepções em apenas 50,7% dos passes lançados em sua direção na temporada, com quarterbacks possuindo rating de 68,6% quando exploram o jogador na cobertura. A exemplo do ataque, a defesa dos Rams também é pouco faltosa, o que auxilia o desempenho geral do setor. 

Nsimba Webster produziu pouco nos retornos durante a temporada e o special team dos Rams tem dificuldades na cobertura dos chutes, com o time tendo permitido um retorno de kickoff para 41 jardas na partida contra os Seahawks e permitindo médias de: 28,3yds para os adversários em retornos de kickoffs e 12,9yds em retornos de punt durante a temporada regular, com o time tendo sofrido um touchdown atreves de um retorno de punt. 3° kicker utilizado pela equipe na temporada, Matt Gay converteu 14 de 16 tentativas de field goal na temporada regular e acertou seus três chutes contra os Seahawks no Wild Card Round. O punter Johnny Hekker é um dos mais talentosos da posição e apesar de ter tido alcance apenas mediano nessa temporada, ainda mostrou grande precisão, com 28 punts que colocaram o adversário na linha de 20 jardas ou menos de seu próprio campo. 

Vencendo 13 jogos em uma temporada incrível de Aaron Rodgers, os Packers (Seed #1) conquistaram a NFC North e terminando com a melhor campanha da NFC, ganharam o direito do mando de campo até o Championship Series e do descanso na rodada de Wild Card da semana passada. Os Packers são uma das franquias mais vitoriosas da liga, com 11 títulos na era pré Super Bowl e quatro conquistas de Super Bowl, a última na temporada 2010-11. 

A equipe comandada pelo head coach Matt LaFleur, terminou a temporada regular com a maior média de pontos por jogo da liga, 31,8, com o quarterback Aaron Rodgers conseguindo o 2° maior rating de sua carreira, sendo favorito ao prêmio de MVP. Rodgers completou 70,7% de seus passes nessa temporada para uma média de 8,2yds por tentativa, com 48 touchdowns e apenas 5 interceptações, com os Packers terminando com apenas 11 turnovers, melhor marca da liga. A linha foi ofensiva fez um grande trabalho na proteção ao quarterback nessa temporada, com Rodgers sendo pressionado em apenas 14% dos dropbacks, sofrendo só 20 sacks, mas os Packers terão um grande desfalque no setor para a disputa dos playoffs, com o left tackle David Bakhtiari, grande destaque da OL, fora do restante da temporada por conta de uma lesão no joelho. É esperado que Yosh Nijman, que atuou em apenas 14 snaps nessa temporada, substitua Bakhtiari, nesse jogo. Além do left tackle, outro nome que se destaca na OL é o center Corey Linsley, forte tanto na proteção quanto abrindo espaços para o jogo terrestre. Davante Adams liderou a equipe em jardas recebidas novamente e é o principal alvo de Rodgers no jogo aéreo, tendo terminado a temporada com: 115 recepções para um total de 1,374 jardas e 18 touchdowns. O quarterback varia bastante seus passes entre os outros alvos, fazendo uso: Marquez Valdes-Scantling e Allen Lazard, do tigh end Robert Tonyan e dos running backs Aaron Jones e Jamaal Williams, com Tonyan tendo se destacado nessa temporada, agarrando 88,1% dos passes lançados em sua direção. 

O jogo aéreo não é a única força do ataque e com um playbook bem equilibrado, os Packers também produziram bem no jogo terrestre, com médias de: 132,4 jardas terrestres por jogo e 4,8yds por carregada nessa temporada. Running back principal da equipe, Aaron Jones passou das mil jardas terrestres e sustentou média de 5,5yds por carregada, identificando bem os espaços abertos pela linha ofensiva e quebrando tackles com frequência. Jamaal Williams e o novato AJ Dillon funcionam como running backs de apoio, com Williams sendo mais dependente da linha ofensiva para produzir, enquanto Dillon foi pouco utilizado na temporada regular, mas teve uma atuação de destaque contra os Titans na semana 16. 

A defesa teve muitos problemas no início da temporada, mas mostrou alguma melhora na reta final, com os Packers permitindo menos de 20 pontos para os adversários em quatro de suas últimas cinco partidas. Os linebacker ajudam pouco na contenção ao jogo terrestre e a linha defensiva formada por: Dean Lowry, Kenny Clark e Kingsley Keke, também não se saiu bem parando corridas, com a equipe permitindo média de 4,5yds por tentativa de corrida dos adversários, mas com: Za'Darius Smith, Rashan Gary e Preston Smith gerando pressão nos quarterbacks adversários de forma constante, o pass-rush funcionou bem, com a equipe acumulando 41 sacks na temporada, 12,5 deles de Za'Darius Smith. Exceto por Kevin King, a secundária como um todo se saiu bem na cobertura, com o cornerback Jaire Alexander e o safety Darnell Savage Jr. sendo os principais destaques, somando juntos, 24 passes desviados e 5 interceptações. A defesa contra o jogo aéreo só não se saiu melhor na temporada, porque os linebackers da equipe também possuem dificuldades na cobertura, além de auxiliarem pouco contra o jogo terrestre. 

Comandado pelo coordenador Shawn Mennenga, o special team é o setor mais fraco dos Packers. Tentando vários retornadores diferentes, o time terminou a temporada com médias de apenas: 18,9yds em retornos de kickoffs e 4,8yds em retornos de punt, enquanto a cobertura nos chutes foi falha e a equipe permitiu dois retornos de punt para touchdown, cedendo médias de: 24,2yds para os adversários nos retornos de kickoffs e 17,1yds nos retornos de punt. Veterano, o kicker Mason Crosby converteu todas as suas 16 tentativas de field goal na temporada, 4 delas para mais de 50 jardas. O punter JK Scott porém, ainda mostrou alcance e precisão abaixo da média e os Packers tiveram um punt bloqueado durante a temporada. 

Lesões

Los Angeles Rams 

Terrell Burgess (S, Out for season), Travin Howard (LB, Inativo), Darrell Henderson (RB, Inativo), Cooper Kupp (WR, Questionável), Kai Forbath (K, Inativo), Taylor Rapp (S, Out), David Edwards (T, Questionável), Terrell Lewis (LB, Out) e John Wolford (QB, Out). 

Green Bay Packers 

Montravius Adams (DE, Inativo), Josiah Deguara (TE, Inativo), Lane Taylor (G, Out for season), Kabion Ento (CB, Inativo), David Bakhtiari (T, Out for season), Raven Greene (S, Inativo), Tyler Ervin (RB, Inativo), John Lovet (FB, Out for season), Dexter Williams (RB, Inativo), Simon Stepaniak (G, Inativo) e Kingsley Keke (DE, Improvável).

A Linha

Linha Projetada: Green Bay Packers -9
Total Projetado: 50

Recordes: Rams 10-7 ATS e 5-12 O/U, Packers 10-6 ATS e 9-6-1 O/U. 

A linha foi aberta em Packers -7, mas caiu para -6,5 pouco tempo após a abertura com a confirmação de que Jared Goff será o quarterback titular dos Rams, permanecendo nesse número durante toda a semana. 76% das apostas vieram no handicap dos Packers.

O total foi aberto em 46,5 e caiu até 45,5 durante a semana. 56% das apostas vieram no under. 

Onde está o valor?

Os Packers serão a escolha da maioria dos apostadores nesse jogo e de fato, possuem algumas vantagens significativas, com os Rams lidando com problemas na posição de quarterback, enquanto os Packers estarão em casa e estão vindo de uma semana de descanso após terem terminado a temporada regular com a melhor campanha da NFC. 

Aaron Rodgers fez uma das melhores temporadas de sua carreira e o ataque dos Packers, isso é inegável, mas a ausência de David Bakhtiari tem potencial de causar problemas ao time, especialmente contra um forte pass-rush dos Rams, e a questão principal é: o quanto Green Bay se beneficiou de uma fraca tabela? Os Packers venceram apenas duas equipes que terminaram a temporada regular com recorde positivo: Saints e Titans, enquanto foram derrotados contra: Buccaneers, Vikings e Colts, duas dessas equipes avançaram aos playoffs com recorde positivo. A defesa dos Packers mostrou algumas melhorias ao longo das últimas semanas da temporada regular, mas o único ataque acima da média que enfrentaram no período foi o dos Titans, e mesmo com o aumento de performance, a equipe ainda terminou com números gerais abaixo da média na defesa, sendo que o time não enfrentou uma grande concorrência ao longo da temporada. Defesas medianas raramente criam contenders legítimos, por melhor que seja o seu ataque. 

Os Rams por sua vez, possuem uma defesa de elite, que pode sustentar o time mesmo com produção ofensiva abaixo da média, o que não acho que será o caso contra uma defesa dos Packers que tem dificuldades para conter o jogo terrestre. 

Minha projeção mostra valor em Green Bay nesse jogo, mas sigo acreditando que os Packers são superestimados, com meus números supervalorizando o ataque, enquanto parecem desvalorizar um pouco os Rams devido a performance abaixo da média no ataque durante a temporada. Entendo o favoritismo dos Packers na linha, mas acho elevado e vejo valor para apoiar os Rams na linha atual de 6,5. 

Palpite: Los Angeles Rams +6,5 @1.91 na 1xbet


Apostar na 1XBET 1XBET



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


Bônus R$ 500,00

8.2 (nossa avaliação)

Uma das casas de apostas mais conhecidas em todo o mundo, a 1XBET possui mercados para apostas em inúmeros tipos de esportes.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail Baixe nosso Ebook Grátis

Outras Dicas

Dica em aberto

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

26/09 (Dom) às 14:00

Palpite: Washington Football Team x Buffalo Bills - NFL - 26/09

Palpite para a partida entre Washington Football Team e Buffalo, válida pela semana 03 de jogos da NFL, com início às 14:00.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.83

LEIA A DICA APOSTA

Dica em aberto

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

23/09 (Qui) às 21:20

Palpite: Thursday Night Football - Carolina Panthers x Houston Texans - NFL - 23/09

Palpite para o Thursday Night Football da semana 03 entre Carolina Panthers e Houston Texans, com início às 21:20 e transmissão pela ESPN.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.90

LEIA A DICA APOSTA

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

20/09 (Seg) às 21:15

Palpite: Monday Night Football - Detroit Lions x Green Bay Packers - NFL - 20/09

Palpite para o Monday Night Football da semana 02 entre Detroit Lions e Green Bay Packers, com início às 21:15 e transmissão pela ESPN.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.91

LEIA A DICA APOSTA