Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
homePalpitesPalpites BeisebolPalpites MLBHouston Astros vs. Oakland Athletics
Beisebol Banner
MLB
Houston AstrosHouston Astros
versus icon
Oakland AthleticsOakland Athletics

Palpite: Houston Astros (Hunter Brown) x Oakland Athletics (James Kaprielian) - MLB - 26/05

Pinnacle
Over 8,5

Mercado:

Acima/Abaixo
Odds: 1.99
Perdeu

Palpite: Houston Astros (Hunter Brown) x Oakland Athletics (James Kaprielian) - MLB - 26/05

whatsappwhatsappwhatsapp

Com a pior campanha da liga e vindo de 8 derrotas consecutivas, os Oakland Athletics recebem os rivais Houston Astros no Oakland Coliseum na noite desta sexta-feira, abrindo uma série divisional de três partidas.

Local do evento: Oakland - Califórnia

As equipes já se enfrentaram em uma série de três jogos nessa temporada e os Astros varreram os Athletics, vencendo as três partidas. Os três confrontos terminaram em under.

O Oakland Coliseum é um under park, com total base de 7,5, que pode variar dependendo do matchup e/ou das condições climáticas. Hoje, os ventos sopram fortes a 12mph em direção ao campo externo direito, com temperatura de 17°C e umidade do ar em 61%. Céu com muitas nuvens, mas sem previsão de chuva durante a partida.

Os Astros (28-21 W/L) vinham em uma sequência de oito vitórias consecutivas, mas acabaram sendo derrotados nos dois últimos jogos da série contra os Milwaukee Brewers. A equipe é a 2° colocada na divisão West da Liga Americana, 3,0 jogos atrás dos líderes Texas Rangers.

Hunter Brown (RHP, 4-1 W/L e ERA 3.20) será o starter dos Astros. Jovem arremessador de 24 anos e na lista dos 100 principais prospects da liga, Brown tem feito uma excelente temporada. Mesmo sem um cutter em seu repertório, Brown induziu groundballs em 53% das bolas que entraram em jogo contra ele nessa temporada, o que faz com que permita poucos home runs, além de se beneficiar da boa defesa de infield da equipe. O controle tem sido abaixo da média, mas junto com a taxa elevada de groundballs induzidos, Brown tem mantido média de 9.95 strikeouts a cada 9.0 IP. A bola rápida de Brown atinge 96.1mph em média e o arremessador combina ela com um slider e com um curveball. O slider tem sido o arremesso menos efetivo de seu repertorio, com rebatedores possuindo linha de: 297/338/453 (AVG/OBP/SLG) contra o arremesso, mas a combinação de bola rápida e curveball, segue bastante efetiva. A última partida de Brown, foi justamente contra os Astros e o arremessador cedeu apenas uma corrida merecida em 6.0 IP, com 9 K e 0 BB na partida.

A equipe não anotou corridas nas duas últimas partidas e vem com média de apenas 4,3 corridas por jogo, construída por uma linha de: 244/315/381 (AVG/OBP/SLG). Yordan Alvarez lidera o time com 12 home runs e ainda tem sido o destaque do lineup de Houston, com linha de: 297/403/600 (AVG/OBP/SLG), enquanto Kyle Tucker e Mauricio Dubon, também estão com bons números no bastão. Alex Bregman porém, tem mantido baixo aproveitamento e Jeremy Pena chega pouco em base através de walks, o que tem limitado sua produção. Martin Maldonado segue sendo um ponto de baixa produção no lineup e Jose Abreu, principal reforço da equipe para essa temporada, tem sido uma decepção, com linha de: 222/280/259 (AVG/OBP/SLG) e com 0 home runs em 200 passagens no bastão.


Apesar da má temporada de Rafael Montero, que vem com ERA 7.32, o bullpen continua sendo uma unidade de elite para os Astros, que estão com ERA de 3.16, 4° melhor marca da liga e que converteram 76,5% de suas oportunidades de save esse ano. Bryan Abreu foi o reliever mais utilizado pelo manager Dusty Baker nesses dois primeiros meses de temporada e vem com ERA 1.14 em 23.2 IP, enquanto Phil Maton, com controle de elite, mantém ERA 0.77. Hector Neris e Ryne Stanek seguem sólidos e o closer Ryan Pressly tem 8 saves e ERA 3.26 em 19.1 IP.

A equipe tem apenas 19 erros na temporada, 6° menor marca da liga e apesar da grande piora de Kyle Tucker, que vem com -6 corridas salvas no campo direito pela métrica de DRS após vencer o prêmio de Gold Glove da posição no ano passado, a defesa dos Astros ainda tem sido eficiente. Jose Abreu, além do péssimo desempenho no bastão, também não tem se saído bem na primeira base, mas Chas McCormick e Jake Meyers são bons defensores no campo central e Mauricio Dubon acumulou 6 corridas salvas como substituto de Jose Altuve na segunda base. Alex Bregman melhorou como defensor na terceira base ao longo dos anos e Jeremy Pena, que tem cometido menos erros nessa temporada, tem se destacado na posição de shortstop, com 4 corridas salvas pela métrica de DRS. O catcher Martin Maldonado, que já venceu o prêmio de Gold Glove da posição, tem controlado bem os corredores nas bases, mas segue com dificuldade nos bloqueios e está entre os cinco piores da posição em valor gerado através do enquadramento de arremessos. Os Astros, porém, valorizam bastante a defesa de Maldonado, que provavelmente se sai bem em quesitos que não são facilmente capturados pelas estatísticas, como o planejamento de jogo e orientação aos arremessadores.

Promoções Ativas

betmotion logo branca
rating star
8.3
Ler review
Saiba como usar o bônus de boas vindas da Betmotion
Ganhe bônus apostando na Dafabet
Aproveite o código promocional de bônus da Betano
Bônus KTO - Deposite e ganhe até R$ 200 em aposta grátis
Ganhe até R$3.000 na Super Sequência do Brasileirão na Sportsbet.io
Participe do "Jogo dos 7 gols" do Galera Bet e concorra a 10 mil reais
Participe do Bolão do Brasileirão da VBet e concorra a parte de R$2.000 a cada semana
Faça suas apostas no Brasileirão com até 10% de cashback na Dafabet
Ganhe até 100 reais com a Libertadores e Sul-Americana na Dafabet
Como ganhar bônus na VBet
Concorra a até 2.000 reais por semana apostando na Copa do Brasil na Sportsbet.io
Ganhe em dobro apostando na Copa Davis de tênis

Com uma campanha historicamente ruim, os Athletics (10-42 W/L) foram varridos em suas duas últimas séries disputadas e somam oito derrotas consecutivas. A equipe é a última colocada na divisão West da Liga Americana, 19,5 jogos atrás dos adversários dessa série na classificação. Os Athletics tiveram a 3° tabela mais difícil da temporada até o momento.

James Kaprielian (RHP, 0-4 W/L e ERA 8.68) será o starter dos Athletics. Kaprielian tem sido um dos piores arremessadores de uma péssima rotação dos Athletics. Sofrendo com panes de controle, o arremessador tem cedido média de 6.11 walks a cada 9.0 IP. Kaprielian mantém uma boa média de 9.64 strikeouts a cada 9.0 IP, mas que não é o suficiente para torna-lo efetivo, considerando seu perfil de flyballer extremo, com 47,6% das bolas rebatidas contra ele indo para o campo externo e com rebatedores produzindo contato forte em 43,4% das vezes, o que o torna extremamente propenso a ceder home runs. O arremessador adicionou um sinker ao seu repertório, que já contava com: bola rápida, changeup, slider e curveball, mas seus arremessos perderam velocidade e apenas o curveball gerou bons resultados até o momento. A última partida do arremessador, foi justamente contra os Astros e Kaprielian cedeu apenas uma corrida em 5.0 IP, com 5 K e 4 BB.


Apesar da péssima campanha, a equipe teve boa produção no bastão em alguns momentos nessa temporada, mas a queda de produção de Brent Rooker, que em maio, vem com linha de apenas: 200/292/329 (AVG/OBP/SLG), afetou o ataque, que vem com média de apenas 1,4 corridas por jogo nas últimas sete partidas, com linha de: 177/213/218 (AVG/OBP/SLG) no período. Rooker lidera o time com 11 home runs, mas apenas 2 deles foram rebatidos nesse mês, enquanto Esteury Ruiz, rebatedor de leadoff da equipe, é uma grande ameaça de velocidade nas bases e lidera a liga com 26 roubos na temporada. Entre os muitos pontos de baixa produção do lineup, estão: Aledmys Diaz, Nick Allen e Tony Kemp, que rebateram apenas 1 home run cada na temporada e que estão com aproveitamento inferior a .200 no bastão. Ramon Laureano, um dos rebatedores mais estabelecidos do elenco, é outro que vem com baixa produção, tendo sofrido strikeouts em 32,2% de suas passagens no bastão nessa temporada.

O bullpen teve enorme contribuição no patetico recorde dos Athletics até o momento, com a equipe, que já utilizou 22 relievers diferentes nessa temporada, possuindo o pior ERA conjunto da liga no bullpen e tendo convertido apenas 28,6% de suas oportunidades de save. A unidade foi responsável pela derrota de ontem contra os Mariners, com Trevor May e Richard Lovelady combinando para duas corridas cedidas, com May cometendo um blown save, enquanto Lovelady ficou com a derrota, sua 3° no ano. Shintaro Fujinami, um dos reforços do time para essa temporada e que começou o ano na rotação, tem sofrido com panes de controle e foi movido para o bullpen, onde tem se saído ainda pior, com ERA 10.66 em 12.2 IP como reliever. Sam Moll, reliever mais utilizado pelo manager Mark Kotsay, possui ERA 5.19 e tem média de 6.75 walks cedidos a cada 9.0 IP, enquanto Sammy Long, um especialista canhoto, tem sido um destaque solitário na unidade, com ERA 3.52.

A defesa é outro setor em que os Athletics estão entre os piores times da temporada. A equipe tem 33 erros, 3° pior marca da liga e tem apresentado muitos problemas, especialmente no campo interno, onde: Tony Kemp, Aledmys Diaz e Tony Kemp, juntos, combinaram para -13 corridas salvas pela métrica de DRS. Ramon Laureano e J.J. Bleday, estiveram bem no campo externo até aqui, copmbinando para 13 corridas salvas, mas Esteury Ruiz, apesar de ser um jogador bastante veloz, tem se posicionado mal e tem cometido erros no campo central, onde vem com -11 corridas salvas na temporada. O catcher Shea Langeliers, tem sido outro ponto fraco da defesa Oakland, tendo eliminado 29,4% dos corredores que tentaram roubos contra ele, mas com 36 roubos permitos. O principal problema de Langeliers, porém, tem sido o enquadramento de arremessos, quesito em que o catcher está em último em valor gerado, com enorme impacto negativo.

Linha Projetada: Astros 1.37/Athletics 3.70
Total Projetado: 8,5

Onde está o valor?

Minha projeção é idêntica ao total atual dos sportbooks, mas apesar do mau momento de ambos ataques, gosto do over nessa partida. Brown e Kaprielian se enfrentaram recentemente e tiveram boas atuações, mas os rebatedores costumam ter melhor desempenho quando enfrentam o mesmo arremessador em períodos curtos de tempo e por pior que os dois times sejam no bastão, é improvável que sigam com produção tão baixa quanto a que tiveram nos últimos jogos. Brown é um excelente arremessador, mas Kaprielian está entre os piores arremessadores da liga e o bullpen dos Athletics é capaz de contribuir com corridas permitidas nas entradas finais para ajudar o over, no que apesar da falta de valor matemático puro apontado pelo meu modelo, vejo boas chances de um jogo de alta pontuação.

⭐️Aposta: Over 8,5 @1.99

MLB - Season 2023

Recorde: 43-30-1 (58%), +13,46und
ODD Média: 2.00
ROI%: +18,1%
ML: 30-21 (58%), +9,92und
Totais: 13-9-1 (59%), +3,54und
Site: 41-27-1 (60%), +14,17und
Youtube: 2-3 (40%), -0,71und
Sunday Night Baseball: 2-1 (66%), +0,51und

Veja também:

  • Como apostar em beisebol
  • Apostacast: Apostas na MLB 2023

Outros palpites

soccer-stadium-banner
Brasil
versus icon
Holanda