Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
homeBlogMercado de ApostasSTJD reverte punição e Alef Manga, julgado por manipulação, poderá voltar ao Coritiba

STJD reverte punição e Alef Manga, julgado por manipulação, poderá voltar ao Coritiba

Josias Pereira Josias Pereira
STJD reverte punição e Alef Manga, julgado por manipulação, poderá voltar ao Coritiba

Na última quinta-feira (11), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), reverteu uma punição aplicada ao atacante Alef Manga, por envolvimento no esquema de manipulação de resultados envolvendo apostas esportivas. Antes punido com 360 dias de suspensão, o atleta agora está livre para voltar a atuar com a camisa do Coritiba.

Além da suspensão, Manga foi multado em R$ 50 mil. O jogador foi acusado de ter provocado um cartão amarelo na partida do Coritiba contra o América Mineiro, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2022, para receber R$ 45 mil de criminosos que realizavam apostas esportivas. Alef confessou ter participado do esquema, se disse arrependido e se dispõe a devolver o dinheiro recebido.

Mesmo com os julgamentos realizados em agosto e setembro de 2023, Manga continuou atuando fora do país, pelo Pafos, do Chifre, mas teve seu contrato de empréstimo encerrado após a FIFA acatar um pedido da CBF e tornar sua punição mundial. No entanto, com o pedido de reversão da pena da semana passada, o atleta poderá voltar a atuar pelo Coxa.

Para que volte a jogar, no entanto, o atleta deverá pagar multa de R$ 60 mil e realizar uma doação de 60 cestas básicas. O Coritiba aguarda a liberação do atleta, e a confirmação de quando a pena dele se iniciou: se em agosto de 2023, quando foi julgado pelo pleno do STJD, ou em outubro do mesmo ano, quando a FIFA internacionalizou a punição.

"A conversão é possível a partir do cumprimento da metade da pena. Oficiamos o documento da CBF para que informe se houve esse cumprimento. A conversão de parte da pena é realizada em caráter social, o atleta vai doar cestas básicas e valores para instituições de caridade", explicou o vice-presidente do STJD, Felipe Bevilaqua, ao ge.

Ainda, vale lembrar que, assim que for liberado pelo STJD, Manga deverá cumprir também outra suspensão no Campeonato Paranaense, já que foi expulso em clássico contra o Athletico-PR na última edição do torneio, após briga generalizada.

"Hoje eu me arrependo muito. Sou ser humano e mereço uma segunda chance. Quero deixar uma mensagem que não façam o que fiz, pois é muito feio. É uma oportunidade que estava precisando, mandar essa mensagem de arrependimento para que possam nos dar uma segunda chance. Passa um filme grande na minha cabeça pela questão de tudo que aconteceu Foi o pior momento da minha vida", afirmou Alef Manga em entrevista ao ge.

Casas de aposta em destaque

logo

Novibet

Star
9.7
logo

Betnacional

Star
9.3