Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
homeBlogMercado de Apostas"Transformação Histórica": ANJL celebra aprovação do PL dos cassinos, bingos e jogo do bicho

"Transformação Histórica": ANJL celebra aprovação do PL dos cassinos, bingos e jogo do bicho

Josias Pereira Josias Pereira
"Transformação Histórica": ANJL celebra aprovação do PL dos cassinos, bingos e jogo do bicho
whatsappwhatsappwhatsapp
Bet365's logo
divider
9.7Nossa Avaliaçãoupper right icon

A bet365 é uma das maiores casas de apostas do mundo. Tem mais de 90 milhões de clientes e a maior cobertura de eventos. A empresa atua no Brasil por décadas e é reconhecida mundialmente.

whatsappwhatsappwhatsapp

A Associação Nacional de Jogos e Loterias (ANJL) celebrou a aprovação do PL 2.234/22 (antigo PL 442/1991), que legaliza cassinos, bingos e jogo do bicho no Brasil. A votação aconteceu na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, na quarta-feira, 19 de junho, após vários adiamentos. De acordo com a ANJL, a aprovação do PL representa uma "conquista significativa" para o setor.

A ANJL destacou a importância da aprovação do projeto para a economia do país, que vai impactar a geração de empregos, além do potencial turístico que o Brasil poderá alcançar. Ainda, a associação destacou a importância da regulação para a manutenção do jogo responsável, propiciando um ambiente seguro no setor.

"Nós reafirmamos o nosso compromisso em continuar defendendo um ambiente íntegro, regulado e transparente, capaz de gerar milhares de empregos, impulsionar o turismo e posicionar o Brasil entre os líderes globais do setor. Esta regulamentação permitirá uma injeção de recursos na economia, sempre sob a supervisão do Estado para garantir a transparência e a segurança", destacou a ANJL, em postagem no LinkedIn.

A associação finalizou comentando que essa regulamentação impactará positivamente o Brasil e que o momento é de transformação histórica,

Após a aprovação no CCJ, o PL 2.234/22 agora será encaminhada para o plenário do Senado. Até que a votação aconteça, o projeto poderá receber emendas com sugestões de mudanças por parte dos parlamentares.

(Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)