Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 10/10/2021 (Domingo) às 14:00 Dafabet
Futebol Americano

Palpite: Miami Dolphins x Tampa Bay Buccaneers - NFL - 10/10

Odd: 1,90
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 08/10/2021 às 12:40

Atuais campeões e vindo de uma vitória sobre os New England Patriots no Sunday Night Football, os Tampa Bay Buccaneers recebem os Miami Dolphins no Raymond James Stadium na tarde do domingo.

 Vs 

Local do evento: Tampa - Flórida

A última vez que as equipes se enfrentaram foi na temporada 2017/18 e os Buccaneers venceram fora de casa por 30x20 como favoritos por 1,5pts no handicap. O total, definido em 44 naquela partida, terminou em over. 

A partida será disputada no Raymond James Stadium, palco do último Super Bowl e casa dos Tampa Bay Buccaneers. Informações sobre as condições climáticas ainda não estão disponíveis. 

Em casa, os Dolphins (1-3 W/L) foram novamente pouco eficientes no ataque e perderam para os Indianapolis Colts na semana 04 por 27x17, chegando a sua 3° derrota consecutiva. O time é o 3° colocado na AFC East, com duas vitórias a menos do que os líderes Buffalo Bills. Após essa partida, a equipe viaja para Londres, onde enfrentará os Jacksonville Jaguars na semana 06. 

Substituindo o lesionado Tua Tagovailoa, Jacoby Brissett tem feito um trabalho mediano, sendo vítimade drops dos recebedores, que também não estão produzindo muitas jardas após as recepções. Brissett completou 63,9% de seus passes até o momento, para uma média bem baixa de 4,9yds por tentativa, com rating de 78.8. A linha ofensiva tem sido um dos problemas do ataque e Brissett foi bastante pressionado no último jogo, sofrendo 3 sacks. A OL, formada por: Austin Jackson, Liam Eichenberg, Greg Mancz, Robert Hunt e Jesse Davis, já permitiu 13 sacks, 4° pior marca da liga, com Eichenberg, escolha de 2° round no último draft, sendo o principal problema, com 3 sacks permitidos. O grupo de recebedores também foi problemático até aqui, com a equipe perdendo o wide receiver Will Fuller por lesão, enquanto DeVante Parker, alvo mais acionado do time no jogo aéreo, soma 3 drops e agarrou apenas 53,1% dos passes lançados em sua direção, gerando apenas 2,9yds em média após as recepções. Jaylen Waddle, 6° escolha geral do último draft, tem se saído melhor e acumula 20 recepções para um total de 200 jardas e 1 touchdown, enquanto o tigh end Mike Gesicki já tem 3 recepções para mais de 20 jardas. Os coordenadores George Godsey & Eric Studesville também estão envolvendo bastante os running backs Myles Gaskin e Salvon Ahmed em passes curtos, mas nenhum deles tem ganho jardas com consistência após as recepções. 

O jogo terrestre não funcionou nna última partida contra os Colts e a equipe terminou com apenas 35 jardas terrestres em 16 tentativas. O running back Myles Gaskin, teve boas exibições nas três primeiras semanas, mas tem dividido a carga de trabalho com Malcolm Brown e Salvon Ahmed, ambos pouco efetivos até o momento. Bastante pressionado no pocket, o quarterback Jacoby Brissett também tem tentado corridas, mas que não geraram um grande ganho de jardas na maioria das vezes.

A defesa teve um desempenho mediano nas quatro primeiras semanas. A equipe soma apenas 7 sacks na temporada, mas o pass-rush funcionou bem na última partida contra os Colts e Emmanuel Ogbah, que soma 1,5 sacks no ano, já registrou 10 pressões, enquanto Christian Wilkins e Brandon Jones possuem 2,0 sacks cada. A equipe permitiu 139 jardas terrestres para os Colts na última partida, mas exceto por uma corrida longa de Jonathan Taylor, Indianapolis teve dificuldades para produzir no jogo terrestre na maior parte do confronto, com o defensive tackle Christian Wilkins e o linebacker Andrew Van Ginkel conseguindo infiltrações constantes sobre a linha ofensiva dos Colts e gerando tackles para perdas de jardas. A linha defensiva com: Christian Wilkins, Zach Sieler e John Jenkins vem bem na contenção ao jogo terrestre, mas o linebacker Elandon Roberts tem perdido tackles com frequência e Jerome Baker também teve dificuldades para parar corridas até o momento. Na contenção ao passe, a equipe tem permitido um rating médio de 97.2 para os quarterbacks adversários, marca próxima a média da liga nessa temporada. Os cornerbacks Xavien Howard e Byron Jones fizeram um bom trabalho na cobertura até o momento e somam juntos, 10 passes desviados, mas Eric Rowe não tem se saído bem e o linebacker Jerome Baker tem sido constantemente alvejado em passes curtos. Byron Jones foi listado como questionável para essa partida devido a uma lesão no quadril. 

O special team tem feito um bom trabalho na cobertura dos chutes, com os oponentes não gerando muitas jardas de retorno contra os Dolphlins, mas Jakeem Grant Sr., normalmente um retornador produtivo, também não teve muito sucesso nos retornos para a equipe nas quatro primeiras semanas. O kicker Jason Sanders, converteu 4 de 5 tentativas de field goal nessa temporada. O punter Michael Palardy, não tem se saído bem em sua função, com baixo alcance em seus chutes e somando 2 touchbacks em quatro jogos.

No reencontro de Tom Brady com o técnico Bill Belichick e em noite de quebra de recorde pelo quarterback, os Buccaneers (3-1 W/L) tiveram muita dificuldade, mas acabaram derrotando os New England Patriots fora de casa por 19x17 no Sunday Night Football da semana 04. A equipe lidera a NFC South, com a mesma campanha dos Carolina Panthers, atuais 2° colocados. Após essa partida, o time viaja para a Pennsylvania, onde enfrentará os Philadelphia Eagles no Thursday Night Football da semana 05.

Tom Brady tem se mantido sólido no comando do ataque dos Buccaneers, mas não espetacular. Em condições climáticas desfavoráveis, Brady não conectou muitos passes longos no Sunday Night Football contra os Patriots e completou apenas 51,2% de suas tentativas para uma média de 6,3yds. Brady já lançou para 10 touchdowns e possui rating de 100.3, mas 20,8% de seus passes foram classificados como ruins nas quatro primeiras semanas. O quarterback ainda é muito bem protegido por sua linha ofensiva e tem sido pressionado em apenas 13,3% dos dropbacks, com: Donovan Smith, Ali Marpet, Alex Cappa e Tristan Wirfs sendo muito sólidos na proteção, enquanto o center Ryan Jensen é o único ponto fraco da OL. Brady possui um dos melhores grupos de recebedores da liga, com os wide receivers: Mike Evans, Chris Godwin, Antonio Brown e Tyler Johnson, os tigh ends Rob Gronkowski, OJ Howard e Cameron Brate e os running backs Ronald Jones II e Leonard Fournette, sendo todos, opções de qualidade no jogo aéreo. Mike Evans e Antonio Brown conseguiram 7 recepções cada na última partida e Rob Gronkowski, que ficou fora do último jogo e é questionável para essa partida, lidera o time com 4 touchdowns, enquanto Leonard Fournette tem produzido bem como opção em passes curtos, com média de 8,3yds por recepção.

Leonard Fournette vem de uma boa exibição, com 20 carregadas para um total de 92 jardas na vitória sobre os Patriots no último Sunday Night Football, mas o jogo terrestre da equipe não tem funcionado tão bem nesse início de temporada e Bruce Arians e o coordenador ofensivo Byron Leftwich, estão optando por passes em 70,2% dos snaps ofensivos. A linha ofensiva tem feito um bom trabalho abrindo espaços para a corrida, mas Fournette e Ronald Jones II na maior parte das vezes, não produziram muitas jardas após sofrerem o primeiro contato. Como equipe, os Buccaneers estão com médias de: 72,3 jardas terrestres e 3,7yds por tentativa de corrida.

Dominante na última temporada, a defesa dos Buccaneers tem apresentado alguns problemas esse ano. O time não perdeu jogadores relevantes durante a última offseason, mas o pass-rush só apareceu bem na última partida contra os Patriots, com a equipe conseguindo 4 sacks, 2,0 deles do novato Joe Tryon-Shoyinka, escolha de 1° rodada do último draft. Ao longo de 4 jogos, a defesa pressionou os quarterbacks adversários em apenas 20,8% dos dropbacks, 6° marca mais baixa da liga. A secundária tem sofrido com lesões e o time não terá o cornerback Carlton Davis nessa partida, enquanto Sean Murphy-Bunting, que se lesionou na estreia contra os Cowboys, permanece na lista de inativos e Jamel Dean, cornerback de slot, é listado como questionável para esse jogo. A defesa tem permitido que os quarterbacks adversários completem 73,7% de suas tentativas de passe para uma média de 7,3yds por tentativa, com rating de 102.6. Veterano, Richard Sherman assinou com a equipe para suprir as ausências na secundária, mas teve uma estreia desastrosa contra os Patriots, permitindo recepções em todos os 9 passes lançados em sua direção para um total de 102 jardas. O linebacker Lavonte David, também tem falhado na cobertura e já permitiu 27 passes completos em sua direção 2 touchdowns. Apesar dos problemas contra o jogo aéreo, a defesa ainda vem tendo desempenho de elite na contenção ao jogo terrestre, limitando os oponentes uma média de apenas 2,7yds por tentativa de corrida, menor marca da liga, com: Ndamukong Suh, Vita Vea e William Gholston, formando uma das melhores linhas defensivas da liga, enquanto Shaquil Barrett já conseguiu 3 tackles que geraram perda de jardas nos adversários. 

O special team tem feito um trabalho decente na cobertura, permitindo poucos retornos explosivos para os adversários, enquanto Jaydon Mickens tem conseguido bons retornos para a equipe, com médias de: 25,8yds nos retornos de kickoffs e 8,3yds nos retornos de punt. O kicker Ryan Succop, errou um field goal na partida contra os Patriots e é 4/6 em tentativas de field goal esse ano, com nenhum acerto em tentativas para mais de 50 jardas. O punter Bradley Pinion, tem mostrado boa precisão, mas com baixo alcance em seus chutes, que viajaram apenas 43,8yds em média nos quatro primeiros jogos.

Lesões

Miami Dolphins 

Jaytlin Askew (CB, Inativo), Lynn Bowden Jr. (WR, Inativo), Larnel Coleman (T, Inativo), Allen Hurns (WR, Inativo), Vince Biegel (LB, Inativo), Michael Deiter (G, Inativo), Raekwon Davis (LB, Inativo), Tua Tagovailoa (QB, Inativo), Will Fuller V (WR, Inativo) e Byron Jones (CB, Questionável). 

Tampa Bay Buccaneers 

Sadarius Hutcherson (G, Inativo), Curtis Riley (S, Inativo), Donell Stanley (C, Inativo), Brad Seaton (T, Inativo), Cam Gill (LB, Inativo), Scotty Miller (WR, Inativo), John Molchon (G, Inativo), Sean Murphy-Bunting (CB, Inativo), Zach Triner (LS, Inativo), Carlton Davis (CB, Improvável), Patrick O'Connor (LB, Questionável), Antoine Winfield Jr (S, Questionável), Jason Pierre-Paul  (DE, Questionável), Jamel Dean (CB, Questionável), Rob Gronkowsk (TE, Questionável) e Giovani Bernard (RB, Questionável).

A Linha

Linha Projetada: Tampa Bay Buccaneers -9
Total Projetado: 42

Recordes: Dolphins 2-2 ATS e 2-2 O/U, Buccaneers 1-3 ATS e 3-1 O/U. 

A linha foi aberta em Buccaneers -10 e permanece inalterada na maioria dos sportbooks. 57% das apostas, vieram no handicap dos Buccaneers até o momento. 

O total foi aberto em 47,5 e subiu para 48. 70% das apostas até o momento, vieram no over.

Onde está o valor?

Atuais campeões e sem perderem jogadores titulares na última offseason, os Buccaneers obviamente, ainda são uma das melhores equipes da NFL, mas o time tem enfrentado alguns problemas nesse início de temporada, com lesões na secundária e com o pass-rush caindo de produção em relação ao último ano, enquanto o ataque tem sido pouco equilibrado, sobrecarregando Brady no jogo aéreo. 

Os Dolphins, por sua vez, também parecem mais problemáticos do que eram na temporada passada, desfalcados de seu quarterback titular e com uma linha ofensiva que tem falhado na proteção, além de um grupo de recebedores pouco efetivos. 

A questão aqui, é que enquanto os Buccaneers são uma escolha popular de aposta, o ponto situacional é bastante ruim, com Tampa vindo de duas partidas fora de casa contra fortes adversários e tendo um jogo também fora de casa contra os Philadelphia Eagles em uma semana curta no próximo Thursday Night Football, o que torna essa partida, um ponto claro de decepção. Os Dolphins não estiveram bem nos últimos jogos, mas Jacoby Brissett é um backup adequado e que se saiu melhor do que seu rating de 77.8 sugere e que poderá uma explorar uma secundária desfalcada dos Buccaneers, no que espero que esses Dolphins mantenham esse jogo mais próximo do que o handicap sugere.

Palpite: Miami Dolphins +10 @1.90 na Dafabet

NFL - Season 2021/22

Recorde: 21-16 (56%), +3,12und
ODD Média: 1.90
ROI%: +8,4%
Handicaps: 21-15 (58%), +4,12und
Totais: 0-1 (0%), -1,00und
Site: 17-16 (51%), -0,65und
Youtube: 4-0 (100%), +3,77und


Apostar na Dafabet Dafabet

🎁 Promoções Ativas Dafabet



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


R$ 600 bônus

9.2 (nossa avaliação)

Listada várias vezes como top-25 sites de apostas do mundo, a Dafabet oferece odds acima da média, também patrocina o Santos e o Palmeiras. É uma casa globalmente reconhecida e muito confiável.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail Baixe nosso Ebook Grátis

Outras Dicas

Perdida

Pedro Ivo Fonseca Pedro Ivo Fonseca

29/11 (Seg) às 22:20

Palpite: Washington Football Team x Seattle Seahawks - NFL - 29/11

O Seattle Seahawks viaja até Landover, Maryland para enfrentar o Washington Football Team, no FedEx Field, pela semana 12 da NFL

Mercado: Over e Under | Odd 1.90

LEIA A DICA APOSTA

Dica em aberto

Pedro Ivo Fonseca Pedro Ivo Fonseca

28/11 (Dom) às 15:00

Palpite: Cincinnati Bengals x Pittsburgh Steelers - NFL - 28/11

O Pittsburgh Steelers viaja até Cincinnati, Ohio para jogar no Paul Brown Stadium contra o Cincinnati Bengals pela semana 12 da NFL

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.99

LEIA A DICA APOSTA

Dica em aberto

Pedro Ivo Fonseca Pedro Ivo Fonseca

28/11 (Dom) às 15:00

Palpite: Indianapolis Colts x Tampa Bay Buccaneers - NFL - 28/11

O Tampa Bay Buccaneers viaja até Indianapolis, Indiana para enfrentar o Indianapolis Colts, no Lucas Oil Stadium, pela semana 12 da NFL

Mercado: Over e Under | Odd 1.97

LEIA A DICA APOSTA