Guia da Primeira Fase ( Pré) da Libertadores 2019









Após toda confusão em 2018, final disputada na Espanha, times argentinos acusados de favorecimento, jogadores irregulares, adiamentos das duas partidas finais, começa a Libertadores 2019, a primeira edição com a polêmica final única.


Desde de 2017 a competição é jogada por toda temporada e tem seu pontapé inicial ainda em janeiro,com seis equipes iniciando um longo caminho à procura da fase de grupos e quem sabe jogar no dia 23 de novembro, a final em Santiago, Chile.


Os confrontos tem ínicio no dia 22/01.
 

Vamos aos confrontos:







Delfin/EQU vs Nacional/PAR


Resultado de imagem para Delfin vs Nacional

Dono de boas campanhas nas últimas temporadas no Equador, o Delfin vem para sua segunda participação, disputou na temporada passada e ficou na fase de grupos.
O grande trunfo dos golfinhos é seu estádio, o Jocay, localizado na cidade de Manta, e com a altitude à favor.
Com o ínicio do seu campeonato nacional apenas em 8 de fevereiro, sendo assim , o tempo de preparação foi curto e na terça passada, bateu o Armadillos, da segunda divisão mexicano, por 5x2, onde apresentou seu novo uniforme.

Seu treinador é o argentino Fabián Bustos, que segue no comando da equipe. Foram várias baixas, a principal foi seu craque Andrés Chicaiza, rumo a LDU.
Mas vários destaques seguem no clube, como os laterais Nazareno e Pedro Perlaza. O atacante Tuka Ordónez se recuperou de contusão e se torna uma peça fundamental ao lado do matador Carlos Garces. O goleiro Pedro Ortiz também segue.

A pré-temporada se iniciou no dia 26 de Dezembro, portanto são quase um mês de treinamentos.

 

 

 

 

Resultado de imagem para NAcional Paraguai simbolo


Vice-campeão em 2014, o Nacional vem para sua sétima Libertadores, após uma temporada de altos e baixos em 2018.
A equipe terminou na quarta colocação geral no paraguaio e perdeu seu goleador Adam Bareiro para o futebol mexicano.
Fez diversas contratações, destaque para o brasileiro Matheus Norton, ex-Fluminense.

Os destaques da Academia, são o atacante Sergio Fretes, o meia Argüello e o argentino Juan Vieyra.

A equipe segue sob o comando do argentino Fernando Gamboa, ex-zagueiro que perdeu um pênalti pelo NOB contra o São Paulo, na final da Copa Libertadores de 1992, dando o primeiro título do Tricolor.
Gamboa pegou o time nas últimas cinco rodadas do torneio nacional e conseguiu a classificação para Libertadores.
Ele montou uma equipe bem fechada e que abusava dos contra-ataques. O campeonato paraguaio começa na próxima quarta-feira, 22/01, mas o Nacional teve seu confronto adiado e entra em campo pelo torneio nacional no sábado contra o Guarani.
 

Sobre o confronto:

A primeira partida pode encaminhar muito sobre o confronto. Usando a altitude, o time do Delfin deve buscar a vitória frente ao Nacional, que é uma equipe bem defensiva.
Nesse primeiro confronto vejo favoritismo dos equatorianos, que tem uma equipe com mais remanescentes e entrosada, enquanto o Nacional perdeu peças importantes e com muitas contratações terá que buscar entrosamento.
Acredito em vitória do Delfin na primeira partida.


 

La Guaíra/VEN vs Real Garcilaso/PER


Imagem relacionada

Os venezuelanos do La Guaíra fazem sua estreia na competição.
Fundado em 2008, o time perdeu diversos destaques, sendo o jovem Eder Garcia, a principal perda, o jovem era visto como a jóia da equipe.
Chegaram diversas contratações e bons nomes seguem na equipe, como o meia Juan Azocar, o zagueiro La Mantia e o maestro César Gonzales.

Treinado por Daniel Farias, o La Guaíra surge como azarão nessa fase e tem o inicio do campeonato nacional no próximo final de semana.



Resultado de imagem para Real Garcilaso simbolo


O Garcilaso, do Peru, também é um time jovem, fundado em 2009, vai para sua quarta Libertadores, mas tem história na competição, com a chegada às Quartas de Final em 2013.
Seu estádio está à 3.400 metros de altitude e se torna um reforço importante, pois dificilmente a equipe perde.

Foram muitos contratações e manteve figuras importantes como Archimbaud, o zagueiro Dulanto e o craque Alfredo Ramúa.

Treinado pelo chileno Hector Tápia, ex-atacante com passagem pelo Cruzeiro, e que treinou o Colo-Colo, sem nenhum brilho.
Com pouco tempo de trabalho, é bem dificil saber como será a forma de jogo do Garcilaso.



Sobre o confronto:

Favoritismo dos peruanos do Garcilaso. Apesar do La Guaíra ter disputado a Copa Sul-Americana, sua experiência é limitada, pode até atrapalhar em casa, mas acredito que seja presa fácil no estádio do Garcilaso.

 

 

Bolívar vs Defensor

Imagem relacionada



Um dos maiores clubes da Bolívia e com 33 participações na Libertadores, o Bolívar vem de um ano ruim no campeonato nacional.
Seis vezes semifinalista da competição, tem a força de seu estádio em La Paz e perdeu poucos jogadores.

Chegaram nomes interessantes, como o brasileiro Thomaz Santos, que atuou no São Paulo e se destacou pelo Jorge Wilstermann na Libertadores 2017.
Jogadores que foram bem em 2017, mas caíram de produção em 2018 seguem, como o volante Leonel Justiniano, o atacante Arce, que atuou no Corinthians, o espanhol Callejon e o goleador Marcos Riquelme.

Treinado pelo argentino César Vigevani, que chegou agora e venceu o rival Jorge Wilstermann na estreia do Boliviano, perdendo Jorge Flores com uma fratura na perna. O destaque foi Riquelme, que marcou os dois gols da vitória.

 

Resultado de imagem para Defensor

Em sua 15º participação na Libertadores, o Defensor do Uruguai tem como melhor resultado as semifinais em 2014.

Um clube que revela muito, fez uma campanha de altos e baixos no campeonato passado, mas conseguiu a última vaga para competição.
Vários nomes saíram, como o defensor Mathías Suarez, que foi para o Montpellier e o goleador Germán Ribeiro.

O veterano El Tata González retorna ao clube, é a principal contratação, mas chegaram o zagueiro Maxi Perg e o lateral Mauricio Gómez.
Martin Rabuñal, Álvaro Navarro,Pablo Lopez e o jovem Laquintana são destaques da última temporada que seguem na equipe, que mudou o comando, com a volta de Jorge da Silva.
Ídolo, ele retona nove depois para o Defensor e tem estreia marcada no Uruguaio apenas no dia 9 de fevereiro.
 


Sobre o confronto

O Bolívar é franco favorito nesse confronto, com uma equipe experiente e a altitude ao lado na primeira partida, pega uma equipe que se reforçou, mas é muito jovem.
Foram diversas saídas do Defensor e Jorge da Silva precisa de tempo para entrosar, enquanto o time boliviano mostrou um bom futebol na estreia do boliviano.

 



Agradecimentos ao Sudaca Brasil pelo ótimo conteúdo!!


Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

R$150

Ganhar
Sportingbet

Bônus

R$120

Ganhar
Betfair

Bônus

$30

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bodog

Bônus

R$200

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
22BET

Bônus

100%

Ganhar


Outros Artigos