Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 25/10/2021 (Segunda-Feira) às 21:15 Dafabet
Futebol Americano

Palpite: Monday Night Football - New Orleans Saints x Seattle Seahawks - NFL - 25/10

Odd: 1,94
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 25/10/2021 às 18:35

Encerrando a semana 07 de jogos da temporada da NFL, New Orleans Saints e Seattle Seahawks se enfrentam no Lumen Field pelo Monday Night Football. A partida terá transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN.

 Vs 

Local do evento: Seattle – Washington

A última vez que as equipes se enfrentaram foi na temporada 2019/20 e os Saints venceram fora de casa por 33x27 como underdogs por 5,5 pontos no handicap. O total, definido em 44 naquela partida, terminou em over. 

No Lumen Field, a temperatura será de 11°C, com umidade do ar em 74% e ventos fortes entre 12 e 17mph. Céu nublado e com 80% de chances de chuva durante a partida. 

Os Saints (3-2 W/L) estão vindo de uma bye week após derrotarem Washington por 33x22 fora de casa na semana 05. A equipe é a 2° colocada na NFC South, com três vitórias a menos do que os líderes Tampa Bay Buccaneers, próximos adversários de New Orleans em confronto na tarde de domingo pela semana 08.

Jameis Winston fez 12 passes para touchdown ao longo de cinco jogos e lançou apenas 3 intercepções, mas o quarterback não se saiu tão bem quanto seu rating de 108.1 sugere. Winston tem sido impreciso em seus lançamentos e teve sorte de seus passes ruins não se tornarem interceptações em uma alta proporção, com 22,5% de seus lançamentos até o momento sendo classificados como ruins, enquanto o quarterback tem completado apenas 60,3% de seus passes. Winston, porém, tem mérito de não ter sofrido tantos sacks quanto deveria nos cinco primeiros jogos, identificando bem a pressão e abandonando o pocket quando necessário, já que foi pressionado em 28,4% dos dropbacks até aqui, mas sofreu apenas 9 sacks. A OL está desfalcada de Erik McCoy e Terron Armstead e o interior da linha, com: Calvin Throckmorton, Cesar Ruiz e Andrus Peat tem feito um péssimo trabalho na proteção, enquanto os tackles Ryan Ramczyk e James Hurst ainda fizeram um trabalho sólido. Com Michael Thomas e Tre'quan Smith lesionados, Winston não tem muito talento no grupo de recebedores para trabalhar no jogo aéreo e Deonte Harris, que lidera a equipe com 236 jardas em recepções, é outro desfalque da equipe para o jogo de hoje. Marquez Callaway tem sido uma opção em profundidade e teve boa atuação contra Washington no último jogo, com 4 recepções para um total de 85 jardas e 2 touchdowns, enquanto os tigh ends Adam Trautman e Juwan Johnson são outros potenciais alvos para serem trabalhados pelo quarterback nessa partida. O running back Alvin Kamara segue como o jogador mais importante no ataque de New Orleans e realizou 15 recepções para um total de 113 jardas e 3 touchdowns. 

Com poucas opções no jogo aéreo, o head coach Sean Payton adaptou seu plano de jogo para essa temporada e os Saints estão utilizando o jogo terrestre em 56,5% dos snaps, com Alvin Kamara lidando com uma carga de 18,8 carregadas em média por jogo, enquanto Jameis Winston tem feito uso de corridas para escapar de sacks. Versátil, Taysom Hill também vinha sendo uma opção no jogo terrestre, mas desfalcará o time nessa partida por conta de uma concussão. Assim como na proteção ao quarterback, a linha ofensiva vem tendo dificuldades na abertura de espaços para o jogo terrestre, que apesar do uso elevado, não tem sido eficiente, com Kamara possuindo média de apenas 3,9yds por carregada. Sean Payton por vezes tem utilizado o fullback Alex Armah e o tigh end Garrett Griffin como bloqueadores extras no jogo terrestre, mas apesar de Armah ser eficiente na função, isso não tem ajudado tanto na abertura de espaços. 

Além dos poucos turnovers do ataque, os Saints permaneceram competitivos nos cinco primeiros jogos por conta da defesa, que tem sido tão forte quanto foi na última temporada. Comandada pelo coordenador Dennis Allen, a defesa tem mais interceptações do que passes para touchdown permitidos nessa temporada, limitando os quarterbacks adversários a um rating médio de 71.3, 2° menor marca da liga no momento. A equipe conseguiu apenas 8 sacks em cinco partidas, mas tem gerado pressão em 24,3% dos dropbacks, com: Cameron Jordan, Tanoh Kpassagnon e Payton Turner sendo os edge rushers mais efetivos da equipe, Turner, porém, é outro que desfalcará a equipe no jogo de hoje. Allen tem apresentado vários pacotes de nickel nessa temporada e: Paulson Adebo, Marcus Williams e P.J. Williams já conseguiram duas interceptações cada, enquanto Marshon Lattimore ainda é o grande destaque da secundária, que também tem contado com boas exibições de Malcolm Jenkins e Chauncey Gardner-Johnson. O linebacker Demario Davis, também segue fazendo um excelente trabalho na cobertura e já desviou 3 passes, com quarterbacks possuindo rating de apenas 75.2 explorando Davis no jogo aéreo. A equipe permitiu 131 jardas terrestres para Washington na última partida, mas a defesa também se manteve efetiva na contenção ao jogo terrestre na maior parte do tempo, limitando os adversários a uma média de apenas 3,3yds por tentativa de corrida. Cameron Jordan, Demario Davis e Shy Tuttle são alguns dos defensores que foram sólidos contra a corrida até o momento. 

O special team tem feito um bom trabalho na cobertura dos kickoffs, mas a equipe já permitiu alguns bons retornos de punt para os adversários. Deonte Harris vinha sendo o retornador principal do time, mas com o jogador fora do jogo de hoje, é provável que Marquez Callaway e Alvin Kamara fiquem encarregados dos retornos. Com o kicker Wil Lutz lesionado, os Saints utilizaram Aldrick Rosas nos quatro primeiros jogos e Cody Parkey na última partida, com os dois combinando para 1/4 em tentativas de field goal. O novato Brian Johnson foi contratado e fará sua estreia no jogo de hoje, se tornando o 3° kicker a ser utilizado pelos Saints nessa temporada. O punter Blake Gillikin vem tendo um bom ano, mostrando boa precisão e alcance em seus chutes, que estão viajando em média 49,8yds.

Mesmo desfalcados de Russell Wilson, os Seahawks (2-4 W/L) fizeram uma partida equilibrada contra os Steelers no Sunday Night Football da semana 06, mas acabaram derrotados no overtime por 23x20, sofrendo sua 4° derrota em seis jogos na temporada. A equipe é a 3° colocada na NFC West, com cinco vitórias a menos do que os líderes Arizona Cardinals. Após esse jogo, o time permanece em Seattle, recebendo os Jacksonville Jaguars na semana 08. Os Seahawks tiveram a tabela mais difícil da temporada até o momento. 

Apesar do fumble que deu a vitória aos Steelers no overtime, Geno Smith teve uma exibição sólida em sua 1° partida como titular substituindo o lesionado Russell Wilson. O head coach Pete Carroll ajustou o plano de jogo para lidar com a baixa precisão de Smith, que acabou limitado a passes curtos, confiando em seus recebedores para ganhares jardas após as recepções. Smith completou 71,9% de suas tentativas de passe para uma média de 6,5yds e lançou para um touchdown contra os Steelers no Sunday Night Football da semana 06. Assim como Russell Wilson nas cinco primeiras semanas, o quarterback sofreu bastante atrás da linha ofensiva, sendo pressionado em 27% dos dropbacks e sofrendo 5 sacks contra o forte-pass rush de Pittsburgh. O guard Damien Lewis, que também não vinha fazendo um bom trabalho na proteção, se lesionou no último jogo e é questionável para a partida de hoje. Gabe Jackson e Brandon Shell foram pontos fortes da OL até o momento, ambos sólidos na proteção, mas o left tackle Duane Brown já permitiu 4 sacks e o center Kyle Fuller tem permitido pressão constante pelo meio da OL. Smith buscou alguns passes em profundidade para Tyler Lockett na última partida, mas foi impreciso nos lançamentos, com Lockett agarrando apenas 2 de 7 passes lançados em sua direção, DK Metcalf foi o recebedor mais produtivo do time contra os Steelers e lidera a equipe com 31 recepções para um total de 441 jardas e 5 touchdowns na temporada. Smith também buscou passes para os tigh ends Gerald Everett e Will Dissly, enquanto o running back DeeJay Dallas foi acionado em passes curtos, mas não produziu muitas jardas após as recepções. 

Mesmo na ausência do running back Chris Carson e contra uma forte defesa de Pittsburgh, o jogo terrestre dos Seahawks funcionou bem, o que contribuiu para a boa performance do ataque. A linha ofensiva, que tem problemas sérios na proteção ao quarterback, ao menos tem feito um bom trabalho abrindo espaços para o jogo terrestre e Pete Carroll raramente utiliza bloqueadores extras para ajudar os running backs. Alex Collins conseguiu 101 jardas terrestres e anotou um touchdown contra os Steelers, mantendo média de 4,7yds por tentativa de corrida nessa temporada, enquanto Travis Homer e DeeJay Dallas funcionaram como running backs de apoio e também conseguiram boas corridas no último jogo. 

A defesa tem sido abaixo da média nessa temporada e mostrou problemas, mesmo contra um fraco ataques dos Steelers no último jogo. A equipe não tem perdido muitos tackles, mas mesmo assim tem permitido média de 4,4yds por tentativa de corrida dos adversários, com Al Woods e Poona Ford fazendo um bom trabalho contra a corrida no interior da linha defensiva, mas com a defesa sofrendo para conter corridas laterais. A defesa não tem conseguido converter pressão em sacks, mas o pass-rush não tem sido tão fraco quanto os 11 sacks do time sugerem. Jamal Adams não tem feito uma boa temporada e tem ajudado pouco o pass-rush, mesmo muitas vezes alinhando em formações de blitz, mas: Darrell Taylor, Rasheem Green, Carlos Dunlap, Poona Ford e Kerry Hyder, foram todos capazes de produzir pressão sobre os quarterbacks até o momento, com Taylor, que lidera a equipe com 4,0 sacks, sendo questionável para essa partida. O coordenador defensivo Ken Norton Jr, tem utilizado diversas formações diferentes na secundária, mas conter o jogo aéreo tem sido a principal dificuldade da defesa de Seattle, que tem permitido um rating médio de 102.1 para os quarterbacks adversários, que estão completando 67,9% de suas tentativas de passe contra Seattle. Jamal Adams vem mal quando utilizado na cobertura e os linebackers Jordyn Brooks e Bobby Wagner foram vulneráveis contra passes curtos até o momento, enquanto Sidney Jones também vem tendo fracas exibições. O safety Quandre Diggs é mais ativo na contenção o jogo terrestre do que na cobertura, mas fez um trabalho decente quando alvejado, enquanto o cornerback D.J. Reed tem sido o ponto forte da secundária, permitindo recepções em apenas 53,5% dos passes lançados em sua direção. 

O special team permitiu alguns bons retornos para os Steelers no último jogo, mas no geral, o setor tem feito um bom trabalho na cobertura dos chutes, limitando os oponentes a 18yds em média nos retornos de kickoffs e 7,3yds em média nos retornos de punt. DeeJay Dallas e Freddie Swain conseguiram bons retornos na última partida, mas produziram apenas próximos a média da liga ao longo de seis jogos. O kicker Jason Myers, converteu 5 de 7 tentativas de field goal nessa temporada, com seus dois erros vindo em chutes para menos de 50 jardas. O punter Michael Dickson tem bom alcance em seus chutes, que estão viajando 47,1yds em média, mas segue impreciso e soma 6 touchbacks na temporada.

Lesões

New Orleans Saints 

Ethan Greenidge (OL, Inativo), Brian Poole (DB, Inativo), Dylan Soehner (TE, Inativo), Jalen Dalton (DT, Inativo), Wil Lutz (K, Inativo), Nick Vannett (TE, Inativo), Tre'quan Smith (WR, Inativo), Ken Crawley (CB, Inativo), Michael Thomas (WR, Inativo), Kwon Alexander (LB, Inativo), Marcus Davenport (DE, Inativo), Erik McCoy (OL, Out), Chase Hansen (LB, Inativo), Terron Armstead (T, Out), Tony Jones Jr. (RB, Out), Deonte Harris (WR, Out), Payton Turner (DE, Out), Dwayne Washington (RB, Out) e Taysom Hill (QB, Out). 

Seattle Seahawks

Marcus Webb (DE, Inativo), Ben Burr-Kirven (LB, Inativo), John Ursua (WR, Inativo), D'Wayne Eskridge (WR, Inativo), Russell Wilson (QB, Inativo), Chris Carson (RB, Inativo), Darrell Taylor (DE, Questionável), Alex Collins (RB, Questionável) e Damien Lewis (G, Questionável).

A Linha

Linha Projetada: New Orleans Saints -11
Total Projetado: 43

Recordes: Saints 3-2 ATS e 2-3 O/U, Seahawks 3-3 ATS e 2-4 O/U. 

A linha foi aberta em Saints -5 e caiu para -4 ao longo da semana. 52% das apostas até o momento, vieram no handicap dos Saints. 

O total foi aberto em 44 e caiu bastante ao longo da semana, chegando a 41,5 no dia da partida. 66% das apostas até o momento, vieram no over.

Onde está o valor?

Mesmo com Geno Smith, é provável que os Seahawks no momento, sejam um time melhor na parte ofensiva do que os Saints, já que tanto Smith quanto Winston são limitados e estão sendo pressionados com frequência no pocket, mas Smith conta com um melhor grupo de recebedores e um jogo terrestre que funcionou melhor até aqui. No entanto, os Saints possuem uma ampla vantagem na defesa, com um front-seven bastante sólido na contenção ao jogo terrestre e uma secundária com boa profundidade de talento e que tem sido bem utilizada pelo coordenador defensivo Dennis Allen, que faz uso de diversos pacotes de nickel no sistema defensivo dos Saints. 

Se Smith não tiver a ajuda do jogo terrestre e for desafiado a tentar passes em descidas longas, é pouco provavél que o ataque dos Seahawks funcione tão bem quanto funcionou na última partida contra os Steelers, ao ponto que contra mesmo com escassez de armas para trabalhar no jogo aéreo, Jameis Winston pode explorar as deficiências da defesa dos Seahawks, que foi pouco efetiva contra um decadente Ben Roethlisberger    na última partida. 

Pelas limitações do ataque, não creio que os Saints sejam uma grande equipe nessa temporada, ao ponto em que os Seahawks podem ser apoiados nos pontos certos, mas além do matchup favorável para New Orleans, os Saints também estão em um melhor ponto situacional, vindo de uma semana de folga, por isso, creio que mereçam o favoritismo fora de casa, que poderia ser até mais elevado, como mostra a minha projeção de linha.  

Palpite: New Orleans Saints -4,5 @1.94 na Dafabet

NFL - Season 2021/22

Recorde: 32-28 (53%), +1,19und
ODD Média: 1.90
ROI%: +1,9%
Handicaps: 30-24 (55%), +3,46und
Totais: 2-4 (33%), -2,27und
Site: 26-27 (49%), -3,41und
Youtube: 6-1 (85%), +4,60und


Apostar na Dafabet Dafabet

🎁 Promoções Ativas Dafabet



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


R$ 600 bônus

9.2 (nossa avaliação)

Listada várias vezes como top-25 sites de apostas do mundo, a Dafabet oferece odds acima da média, também patrocina o Santos e o Palmeiras. É uma casa globalmente reconhecida e muito confiável.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail Baixe nosso Ebook Grátis

Outras Dicas

Perdida

Pedro Ivo Fonseca Pedro Ivo Fonseca

29/11 (Seg) às 22:20

Palpite: Washington Football Team x Seattle Seahawks - NFL - 29/11

O Seattle Seahawks viaja até Landover, Maryland para enfrentar o Washington Football Team, no FedEx Field, pela semana 12 da NFL

Mercado: Over e Under | Odd 1.90

LEIA A DICA APOSTA

Dica em aberto

Pedro Ivo Fonseca Pedro Ivo Fonseca

28/11 (Dom) às 15:00

Palpite: Cincinnati Bengals x Pittsburgh Steelers - NFL - 28/11

O Pittsburgh Steelers viaja até Cincinnati, Ohio para jogar no Paul Brown Stadium contra o Cincinnati Bengals pela semana 12 da NFL

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.99

LEIA A DICA APOSTA

Dica em aberto

Pedro Ivo Fonseca Pedro Ivo Fonseca

28/11 (Dom) às 15:00

Palpite: Indianapolis Colts x Tampa Bay Buccaneers - NFL - 28/11

O Tampa Bay Buccaneers viaja até Indianapolis, Indiana para enfrentar o Indianapolis Colts, no Lucas Oil Stadium, pela semana 12 da NFL

Mercado: Over e Under | Odd 1.97

LEIA A DICA APOSTA