Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 08/10/2021 (Sexta-Feira) às 17:37 Bet365
Beisebol

Palpite: NLDS - Atlanta Braves (Charlie Morton) x Milwaukee Brewers (Corbin Burnes) - Game #1 - MLB Playoffs - 08/10

Odd: 2,40
Stake: 5/10

Status: Perdida

Publicado em 08/10/2021 às 12:03

Abrindo um dos confrontos do Divisional Series da Liga Nacional, Atlanta Braves e Milwaukee Brewers se enfrentam no American Family Field na tarde da sexta-feira. A partida terá transmissão ao vivo para o Brasil pelo FoxSports.

 Vs 

Local do evento: Milwaukee – Wisconsin

As equipes se enfrentaram seis vezes na temporada regular, com três vitórias para cada. Os totais ficaram em: 3-2-1 O/U.

O American Family Field é um over park, com total base de 8,5, que pode variar dependendo do matchup e/ou das condições climáticas. Rebatedores destros possuem vantagem nesse campo. O estádio possui um teto retrátil, que deve permanecer fechado nessa partida, anulando assim, o efeito da direção e intensidade dos ventos sobre o total.  

Vencendo 12 de suas últimas 14 partidas na temporada, os Braves (Seed #3 da Liga Nacional) asseguraram o título da divisão East da Liga Nacional, terminando a temporada regular com 88 vitórias.

Charlie Morton (RHP, 14-6 W/L e ERA 3.34) será o starter dos Braves. Em sua 1° temporada pelos Braves, Morton teve problemas no início da temporada, sustentando um ERA 4.26 até o final do mês de maio, mas o arremessador se recuperou e se saiu muito bem desde a pausa para o All-Star Game, com ERA 3.01 na segunda metade da temporada. Morton diminuiu o uso de seu sinker nessa temporada, aumentando ainda mais a frequência de seu curveball, que tem sido bastante produtivo, enquanto recuperou velocidade na bola rápida, que também tem gerado bons resultados para ele. O arremessador não tem induzido tantas groundballs quanto nos primeiros anos de sua carreira, mas induz contato fraco com frequência e sofreu poucos home runs na temporada, com média de apenas 0.78 home runs permitidos a cada 9.0 IP. Morton tem bom controle de seus arremessos e ainda sustentou uma alta média de 10.47 strikeouts a cada 9.0 IP. Utilizando mais o curverball, Morton sustentou uma divisão de desempenho inversa contra rebatedores nessa temporada, limitando canhotos a uma linha de: 183/273/295 (AVG/OBP/SLG), enquanto destros rebateram: 221/289/322 (AVG/OBP/SLG) contra ele. Morton enfrentou os Brewers uma vez na temporada e teve um bom desempenho, cedendo duas corridas em 6.0 IP, com 6 K e 0 BB na partida.

Desfalcados de Ronald Acuna Jr., que vinha fazendo uma temporada em nível de MVP antes de sofrer um ACL, os Braves tiveram um ataque apenas um pouco acima da média da liga nessa temporada, com a 3° em número de home runs com 239, mas produzindo média de 4,9 corridas por jogo, com linha de: 244/319/435 (AVG/OBP/SLG). Adam Duvall e Jorge Soler chegaram ao time durante o período de negociações e são ambos rebatedores de potência, enquanto Eddie Rosario cresceu de produção no final da temporada e Ozzie Albies teve um bom ano, com 30 home runs e 20 roubos de base. Austin Riley, que liderou a equipe com 33 home runs, foi a grande surpresa do time esse ano, enquanto Freddie Freeman ainda foi um dos principais destaques, com 31 home runs e linha de: 300/393/503 (AVG/OBP/SLG). Dansby Swanson teve 27 home runs na temporada, mas ainda chega pouco em base, o que limita sua eficiência, enquanto Joc Pederson e Travis d'Arnaud foram pontos fracos do lineup, especialmente d'Arnaud, que passou boa parte da temporada lesionado, mas que produziu linha de apenas: 220/284/388 (AVG/OBP/SLG) em 229 passagens no bastão.

O bullpen foi um grande problema para o time no início da temporada e apesar da forte campanha dos Braves, eles terminaram com recorde de: 31-33 W/L em jogos decididos pelos relievers. A unidade, porém, teve melhores atuações nos últimos meses, com: Luke Jackson, Jacob Webb, Drew Smyly, Tyler Matzek, Richard Rodriguez, A.J. Minter e o closer Will Smith, formando o núcleo principal de relievers da equipe. Webb com problemas de controle e Webb e Rodriguez sofrendo com home runs, não tiveram boas atuações no último mês, mas Luke Jackson foi dominante e A.J. Minter, que somou 6 blown saves na temporada, teve melhores atuações quando retornou ao time em agosto após um período de reabilitação na Triple-A, com ERA 3.15 na segunda metade da temporada. O closer Will Smith, converteu 37 de 43 oportunidades de save, mas não foi tão consistente quanto o esperado, sofrendo com home runs e terminando a temporada regular com ERA 3.44 e recorde de 3-7 W/L.

A defesa não se tão bem no início da temporada, mas melhorou ao longo da campanha, especialmente após a chegada de Adam Duvall, que tem jogado defesa de elite no campo externo. Ozzie Albies se manteve sólido na segunda base, mas Dansby Swanson ainda é um problema na posição de shortstop e somou -5 corridas salvas pela métrica de DRS esse ano. Austin Riley, apesar do baixo alcance na terceira base, foi um dos destaques da equipe, com 13 corridas salvas pela métrica de DRS. O retorno de Travis d'Arnaud, também contribuiu para a melhora defensiva do time, fazendo um excelente trabalho em enquadramento arremessos, apesar de ter tido dificuldades no controle dos corredores em base.

Os Brewers (Seed #2 da Liga Nacional) dominaram a divisão Central da Liga Nacional durante quase toda a temporada e conquistaram a divisão com 5 vitórias a mais do que os Saints Louis Cardinals, que terminaram em 2°. A equipe, porém, não se saiu tão bem na reta final da temporada, vencendo apenas 8 de seus últimos 20 jogos e os Brewers tiveram a tabela mais fácil da liga nessa temporada.

Corbin Burnes (RHP, 11-5 W/L e ERA 2.43) será o starter dos Brewers. Concorrente ao prêmio de Cy Young da Liga Nacional, Burnes foi um dos arremessadores mais dominantes da liga nessa temporada, eliminando 35,6% dos rebatedores enfrentados por strikeouts e cedendo walks para apenas 5,2% dos rebatedores enfrentados. O arremessador, que começou a carreira como reliever, produziu ajustes em seu repertório de arremessos a cada temporada e passou a utilizar o cutter como arremesso principal esse ano, com seu cutter atingindo 95.1mph e limitando os rebatedores a uma linha de apenas: 239/303/330 (AVG/OBP/SLG), enquanto seu curveball serve para finalizar os duelos e gerou um total de 54 strikeouts na temporada regular. Burnes enfrentou os Braves uma vez nessa temporada e teve uma de suas poucas más exibições, cedendo 5 corridas em 4.0 IP, sofrendo 9 hits na partida.

Os arremessadores tiveram uma contribuição maior na excelente temporada dos Brewers do que os rebatedores, com a equipe terminando a temporada com o 4° menor aproveitamento e com média de 4,5 corridas por jogo. Omar Narvaez teve um bom início de temporada, mas caiu de produção ao longo do ano e se saiu bastante mal em setembro, enquanto Lorenzo Cain se recuperou um pouco na reta final, ainda terminou com números gerais abaixo da média. Daniel Vogelbach e Rowdy Tellez entregaram baixa produção na primeira base, enquanto Christian Yelich teve uma temporada bem abaixo de seus padrões, com apenas 9 home runs, apesar de ter mantido linha de: 248/362/373 (AVG/OBP/SLG). Avisail Garcia foi o rebatedor de maior destaque da equipe nessa temporada, liderando o time com 29 home runs, enquanto Willy Adames, Luis Urias, Kolten Wong e Eduardo Escobar, também mantiveram uma produção decente no bastão.

O bullpen teve alguns problemas na reta final da temporada, com Brad Boxberger e Daniel Norris tendo algumas atuações ruins, enquanto Brent Suter, que liderou a unidade em entradas arremessadas nessa temporada e terminou com ERA 2.79, apresentou piora em seu controle e diminuição da taxa de strikeouts em setembro. A unidade teve ERA conjunto de 4.04, mas os Brewers foram: 44-24 W/L em jogos decididos pelos relievers esse ano e ainda possuem um núcleo bastante talentoso de relievers, que inclui: Hunter Strickland, Devin Williams e o closer Josh Hader, um dos relievers mais dominantes da liga e que terminou a temporada regular com 34 saves e ERA 1.23 em 58.2 IP.

Uma defesa de elite foi de grande ajuda aos arremessadores da equipe nessa temporada. Christian Yelich, Lorenzo Cain e Avisail Garcia formam um excelente campo externo defensivo, enquanto Willy Adames e Kolten Wong são uma dupla sólida de shortstop e segunda base. O catcher Omar Narvaez, apesar de ainda sofrer no controle dos corredores em base, com 62 roubos permitidos na temporada, também teve papel importante no bom desempenho defensivo da equipe, evoluindo como bloqueador e gerando grande impacto positivo através de enquadramento de arremessos, quesito em que terminou a temporada regular entre os cinco melhores de sua posição.

Linha Projetada: Brewers 1.95/Braves 2.05
Total Projetado: 5,5

Onde está o valor?

Burnes é um arremessador incrível, mas os Braves como equipe são superestimados, já que em geral, construíram seu recorde dessa temporada enfrentando na maior parte das vezes equipes das duas piores divisões da liga e terminaram com recorde de 32-36 W/L contra times com aproveitamento superior a 50%. Milwaukee tem um excelente grupo de arremessadores e uma excelente defesa, que os ajuda na prevenção de corridas, mas o ataque é mediano na melhor das hipóteses e o matchup contra Morton não é favorável, já que o arremessador dos Braves sustentou uma divisão inversa de desempenho contra rebatedores nessa temporada e o lineup dos Brewers possui um bom número de rebatedores canhotos. 

Projetei os Brewers apenas como pequenos favoritos e vejo um grande valor para apoiar os Braves como underdogs na odd atual.

Aposta: Atlanta Braves ML @2.40 na Bet365

MLB - Playoffs 2021

Recorde: 2-2 (50%), 0,00und
ODD Média: 2.25
ROI%: 0%
ML: 1-2 (33%), -0,95und
Totais: 1-0 (100%), +0,95und
Site: 1-2 (33%), -0,95und
Youtube: 1-0 (100%), +0,95und


Apostar na Bet365 Bet365



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


R$ 200 bônus

9.4 (nossa avaliação)

A bet365 é uma das maiores casas de apostas do mundo. Tem mais de 22 milhões de clientes e a maior cobertura de eventos. A empresa atua no Brasil por décadas e é reconhecida mundialmente.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail Baixe nosso Ebook Grátis

Outras Dicas

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

02/11 (Ter) às 21:09

Palpite: World Series - Atlanta Braves (Max Fried) x Houston Astros (Luis Garcia) - Game #6 - MLB - 02/11

Palpite para o jogo #6 da World Series entre Atlanta Braves e Houston Astros, com início às 21:09 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: Over e Under | Odd 2.06

LEIA A DICA APOSTA

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

31/10 (Dom) às 21:15

Palpite: World Series - Houston Astros (Framber Valdez) x Atlanta Braves (Tucker Davidson) - Game #5 - MLB - 31/10

Palpite para o jogo #5 da World Series entre Houston Astros e Atlanta Braves, com início às 21:15 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: Over e Under | Odd 1.90

LEIA A DICA APOSTA

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

30/10 (Sáb) às 21:09

Palpite: World Series - Houston Astros (Zack Greinke) x Atlanta Braves (Jesse Chavez) - Game #4 - MLB - 30/10

Palpite para o jogo #4 da World Series entre Houston Astros e Atlanta Braves, com início às 21:09 e transmissão ao vivo pela ESPN.

Mercado: 1 x 2 | Odd 1.95

LEIA A DICA APOSTA