De Olho na NFL: Semana 03


27/09/2017

Com o fim da semana 03 de jogos, é hora de darmos uma passada pelo recorde de nosso especialista na NFL, além de conferimos os destaques, surpresas, decepções e resultados das apostas mais apoiadas pelo público no que até aqui, foi a semana mais surpreendente da temporada. Não conhece muito sobre Futebol Americano? Não tem problema! O Aposta10 tem um artigo introdutório sobre um dos esportes mais apostados do mundo, confira: Guia de Apostas para a NFL.

Gustavo Zambrano

Recorde: 15-14-1 (51%), +0,14und
ODD Média: 1.95
ROI%: +0,4%
Handicaps: 11-12-1 (47%), -1,76und
Totais: 3-1 (75%), +1,70und
Teaser: 1-1 (50%), +0,20und

Com recorde de 6-4 na semana 03 e +1,63und de lucro, ficamos com recorde positivo no geral pela primeira vez nessa temporada. A semana 03 foi marcada por diversos resultados inesperados, mas os que seguiram as dicas do Aposta1 não ficaram tão surpresos com a quantidade de underdogs cobrindo suas linhas, já que seis das dez apostas que indicamos nessa semana eram em equipes desfavorecidas nas linhas e nosso recorde em underdogs foi de 4-2. 

Destaque

Equipe: Atlanta Falcons (3-0 W/L)

Os Falcons enfrentaram três equipes da NFC North nessas três primeiras semanas e venceram todas as suas partidas, sendo duas das vitórias fora de casa e em partidas bastante disputadas. Apesar de terem sido salvos pela regra de 10 segundos em revisões no último jogo frente aos Lions, o time tem demonstrado capacidade de decisão na reta final das partidas, o que indica o amadurecimento de uma equipe que no geral ainda é bastante jovem. Derrotados no último Super Bowl após sofrerem uma surpreendente virada no último quarto, os Falcons começaram forte a temporada, mostrando que são novamente candidatos ao título. 

Jogador de Ataque: Larry Fitzgerald (WR, Arizona Cardinals)

Larry Fitzgerald foi mal nas duas primeiras semanas e aos 31 anos e entrando em sua 15° temporada, haviam dúvidas se ele já não estaria entrando em declínio. O wide receiver porém, teve o mais forte desempenho entre os recebedores na semana 03, agarrando 13 dos 15 passes lançados em sua direção para um total de 149 jardas e 1 touchdown. 

Jogador de Defesa: DeMarcus Lawrence (DE, Dallas Cowbys)

O destaque defensivo dessa semana também vem do Monday Night Football entre Cowboys e Cardinals. DeMarcus Lawrence foi um tormento constante para o quarterback Carson Palmer, conseguindo 12 pressões no jogo e terminando a partida com 3 sacks. Já são 6,5 sacks para o defensive end na temporada, apenas 1,5 abaixo de sua melhor marca na carreira obtida na temporada de 2015. 

Jogador Especialista: Marquette King (P, Oakland Raiders)

Aos poucos a mídia esportiva resolveu dar o devido crédito ao trabalho do punter dos Raiders. King tem sido fantástico já por um tempo e esse ano o punter tem sete chutes que colocaram os adversários na linha de 20 ou menos jardas de seu próprio campo, além de média de 53,3yds viajadas por chute. 

Surpresa

Equipe: Jacksonville Jaguars (2-1 W/L)

A vitória dominante dos Jaguars sobre os Ravens teve uma pick certeira aqui no Aposta10. A equipe já soma duas vitórias na temporada, com a defesa tendo segurado os adversários para apenas 7 pontos nos dois triunfos da equipe. Blacke Bortles atuou bem e o time tem um bom conjunto de talentos que pode tornar os Jaguars em candidato aos playoffs nessa temporada. 

Jogador de Ataque: Jacoby Brissett (QB, Indianapolis Colts)

Brissett chegou nos Colts pouco antes de a temporada começar, envolvido na troca que enviou Phillip Dorsett para os Patriots e com Andrew Luck ainda machucado, o quarterback assumiu a vaga de titular logo na semana 02 e quase conduziu a equipe a uma vitória sobre os Cardinals. Brissett brilhou na vitória do time sobre os Cleveland Browns na semana 03, completando 70% de seus passes, anotando dois touchdowns terrestres e um aéreo, tendo boa performance mesmo recebendo pouca ajuda de sua linha ofensiva, que permitiu com que Brissett fosse pressionado em 16 snaps durante a partida. 

Jogador de Defesa: Darius Slay (CB, Detroit Lions)

A defesa dos Lions não foi capaz de conter o ataque dos Falcons, mas a culpa não foi de Darius Slay, que mais uma vez teve uma sólida atuação. Slay conseguiu duas interceptações na partida e teve um total de três passes desviados, chegando a seis desvios de passe em apenas três partidas. 

Jogador Especialista: Ryan Switzer (WR, Dallas Cowboys)

Os retornos foram um problema para os Cowboys na temporada passada, mas a equipe draftou o wide receiver Ryan Switzer para ser utilizado prioritariamente nos retornos e o jogador tem se saído muito bem no quesito. Contra os Cardinals foram quatro retornos de punt, com o mais longo sendo de 21yds e com o jogador terminando com uma sólida média de 10,8yds por tentativa de retorno nos punts. 

Decepção

Equipe: Los Angeles Chargers (0-3 W/L)

A tabela tem sido dura para os Chargers nesse início de temporada, mas a agora equipe de Los Angeles mostrou pouca luta em sua nova casa recebendo os Chiefs na semana 03. A defesa foi dominada pelo jogo terrestre de Kansas e Philip Riversteve sua primeira má atuação nessa temporada, mas mesmo com ele jogando bem nas duas primeiras partidas, o time não foi capaz de vencer nenhum jogo até o mometo. O time fará o seu 3° jogo em casa recebendo os Philadelphia Eagles na semana 04 e com todos os times da divisão tendo recorde positivo nesse momento, os Chargers precisam de uma vitória se quiserem sonhar com classificação aos playoffs. 

Jogador de Ataque: Philip Rivers (QB, Los Angeles Chargers)

Rivers não deu chances para a sua equipe competir contra os Chiefs na semana 03, o quarterback lançou três interceptações e completou apenas 50% de seus passes na derrota do time por 24x10. Rivers havia atuado bem nos dois primeiros jogos e deve voltar as boas exibições no decorrer da temporada, mas com rating de apenas 37.2, o quarterback foi a grande decepção ofensiva da semana 03. 

Jogador de Defesa: Jalen Mills (CB, Philadelphia Eagles)

Os Eagles venceram o jogo frente aos Giants com um field goal decisivo de 61 jardas, mas a vitória poderia ter sido menos sofrida se Mills tivesse tido uma melhor atuação. O cornerback não conseguiu conter Odell Beckham Jr. e os dois touchdowns do wide receiver foram em momentos onde recebia marcação de Mills. O jogador foi o mais alvejado em passes nessas três primeiras semanas e tem sido o maior problema de uma defesa desfalcada dos Eagles. 

Jogador Especialista: Phil Dawson (K, Arizona Cardinals)

Depois de sofrerem com Chandler Catanzaro nas duas últimas temporadas, os Cardinals esperavam consistência na posição de kicker quando assinaram com o veterano Phil Dawson, mas o jogador de 42 anos tem sido bastante impreciso neste início de temporada, tendo errado dois de seus cinco chutes e ainda não tendo convertido nenhum field goal para mais de 50 jardas. 

O Green

Atlanta Falcons -3, contra os Detroit Lions. Os Falcons receberam 70% das apostas na linha de spread.

A maior vitória pública da rodada acabou sendo uma derrota aqui no Aposta10, onde eu indiquei que levassem os Lions em +3. Em uma rodada marcada por zebras, os Falcons quase desperdiçaram a derrota nos segundos finais, mas beneficiados pela regra de revisão, que tira dez segundos do relógio quando a jogada é revista, o time superou os Lions por 30x26 e se manteve invicto na temporada. 

Atlanta Falcons x Detroit Lions, Over 51. 85% das apostas em totais vieram sobre o Over.

A maior vitória pública em totais veio do mesmo jogo onde o público teve sua maior vitória em handicaps na semana 03. Com dois ataques potentes e duas defesas suspeitas, a linha foi aberta em apenas 49 e 85% das apostas em totais nessa partida acabaram sendo no over, o que fez com que a linha subisse para 51 no dia da partida, ainda assim facilmente superada pelas equipes. 

O Red

Green Bay Packers -7, contra os Cincinnati Bengals. Os Packers receberam 82% das apostas na linha de spread.

A maior derrota em um consenso nessa semana 03 acabou sendo uma vitória aqui no Aposta10, onde eu indiquei que levassem um subestimado time dos Bengals como underdogs por 6,5 pontos. Cincinnati se manteve vivo no jogo durante toda a partida, com Andy Dalton atuando melhor e explorando as falhas de uma ainda fraca secundária dos Packers. No overtime, os Packers acabaram ganhando, mas nunca estiveram próximos de cobrir a inflada linha de handicap. 

Kansas City Chiefs x Los Angeles Chargers, Over 48. 79% das apostas vieram sobre o Over.

Pela segunda semana seguida, um over em um jogo dos Chargers foi a derrota púbica nos totais. 79% de todas as apostas no total da partida vieram no over, que nunca esteve próximo de entrar, com os Chiefs gastando bastante tempo no relógio e com os Chargers limitados e cometendo erros frente a uma talentosa defesa de Kansas. 

Fique de Olho:

Los Angeles Chargers (0-3 W/L)

Os Chargers são a grande decepção da semana, mas também são uma equipe que os apostadores devem se manter atentos. A defesa ainda é forte, a tabela até o momento foi complicada e Philip Rivers não irá lançar três interceptações em um mesmo jogo muitas vezes. Os Chargers são talentosos e estando 0-3 no momento, eles devem ser desvalorizados nos próximos jogos. 

Deixe de Lado:

Arizona Cardinals (1-2 W/L)

O ataque até rendeu bem durante o primeiro tempo do Monay Nigh Football frente aos Cowboys, mas voltou a ser ineficiente na reta final da partida e a linha ofensiva tem tido muitos problemas na proteção ao quarterback Carson Palmer. Depois de uma fraca temporada em 2016, os Cardinals foram alardeados como uma possível equipe que daria a volta por cima. A verdade é que esse time não parece ter melhorado em nada e as linhas de handicap ainda supervalorizam o que deveria ser uma defesa de elite, mas que no entanto não foi ao longo dos três primeiros. Problemáticos e supervalorizados, os Cardinals são uma equipe para se passar longe nesse momento. 
    




Casas de apostas

188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar
10Bet

Bônus

R$400

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

R$500

Ganhar



Outras Notícias